Laboratório Citocenter

ELETROFORESE DE HEMOGLOBINA – HPLC

Palavras-chave   Eletroforese de Hb em pH 8,4 – 8,6 Eletroforese de Hb em pH alcalino Hemoglobinopatias Eletroforese de hemoglobina por HPLC Eletroforese em Ph Alcalino   Material Sangue [S]   Condições Sangue total (EDTA).   Jejum Não é necessário.   Conservação Apoio Até 7 dias refrigerado entre 2 e 8 °C.   Volume Mínimo […]

IGE ESPECÍFICO (O215) – GALACTOSA-ALFA-1,3-G

O215 – IGE ESPECÍFICO (O215) – GALACTOSA-ALFA-1,3-GALACTOSA   SINÔNIMOS: GALACTOSE– ALFA -1,3 -GALACTOSE, ALFA-GAL, ALFA GAL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

DIAMINA OXIDASE (DAO PLUS), ATIVIDADE DA ENZIMA

Material Sangue   Palavras Chave DAOPlus Análise da atividade da enzima DAO Enzima diamina oxidase (DAO)   Jejum Mínimo de 8 horas.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Questionário Obrigatório enviar pedido médico. Enviar informação clínica detalhada.   Critérios de Rejeição Amostra sem pedido médico. Marcação A […]

AHPF4 – ANTICORPOS ANTI HEPARINA/PF4

MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO IMUNOANÁLISE POR LÁTEX     INSTRUÇÕES DE ESTABILIDADE A amostra é estável por até 48 horas refrigerada de 2 a 8°C  ou por até 2 semanas congelada   INSTRUÇÕES DE COLETA PLASMA: Realizar coleta utilizando o tubo […]

PRATA

PRATS – PRATA   MATERIAL SORO PROTEGIDO DA LUZ   MEIO(S) DE COLETA Tubo Desmineralizado protegido da luz   VOLUME MÍNIMO 2,5 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO (ICP-MS)   INSTRUÇÕES DE COLETA .Tubo seco ( protegido): Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar […]

ANTICORPOS IGG ANTI VÍRUS SINCICIAL RESPIRATÓRIO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO IMUNOFLUORESCÊNCIA INDIRETA   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO O vírus sincicial […]

IGE ESP (F280) – ALIMENTOS – PIMENTA PRETA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,6 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

PAINEL PARA VAGINOSE PCR

PVPCR – DETECÇÃO DE PATÓGENOS ASSOCIADOS À VAGINOSE (6 BACTÉRIAS)   MATERIAL REGIÃO ENDOCERVICAL OU VAGINAL   MEIO(S) DE COLETA Gynoprep: 2mL, CellPreserv: 2 mL, ThinPrep: 2 mL, SurePath: 2 mL.   VOLUME MÍNIMO 2 ml ( Meio Líquido) ou  500 ul de STM   INSTRUÇÕES DE PREPARO Sinonímias Região Endocervical PVPCR: Raspado endocervical, conteúdo […]

NIPT PANORAMA BÁSICO

Sinônimos: NIPT Basico|NIPT trissomias|Panorama basico|NIPT|Teste pre-natal nao invasivo|Cariotipo fetal em sangue materno|Analise de trissomias fetais por sequenciamento|DNA fetal no sangue materno|Pesquisa de aneuploidias fetais no sangue materno|Rastreamento…   Volume 8,0 ml   Instruções Informações de preparo e coleta *Solicitar previamente o Kit de Coleta NIPT GeneOne. *Realizar a coleta em 2 tubos Cell Fre DNA […]

NIPT PANORAMA AMPLIADO

Sinônimos: NIPT expandido|NIPT microdelecoes|Panorama ampliado|Analise nao invasiva|Teste pre-natal nao invasivo ampliado|Cariotipo fetal em sangue materno|Panorama ampliado|Teste de aneuploidias fetais no sangue materno ampliado|DNA fetal no sangue…   Volume 16,0 mL   Instruções Informações de preparo e coleta *Solicitar previamente o Kit de Coleta NIPT GeneOne. *Realizar a coleta em 2 tubos Cell Fre DNA do […]

AMÔNIA – URINA 24 HORAS

MATERIAL URINA 24 HORAS   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 15 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dados: Informar o volume da diurese.   INSTRUÇÕES DE COLETA Urina de 24 horas: Desprezar a primeira micção da manhã, anotar o horário de início, a partir da próxima micção, armazenar em frasco apropriado toda a […]

PERSONNAONCO – NEOPLASIAS MIELÓIDES

Material Diversos   Palavras Chave Painel NGS Mieloide Leucemia Mieloide Aguda Leucemia Mieloide Cronica Painel molecular somatico para doencas mieloproliferativas (MIELOIDE) Leucemia LMA LMC Genes Analisados Genes para mutações pontuais (hotspot): ABL1, BRAF, CBL, CSF3R, DNMT3A, FLT3, GATA2, HRAS, IDH1, IDH2, JAK2, KRAS, KIT, MPL, MYD88, NPM1, NRAS, PTPN11, SETBP1, SF3B1, SRSF2, U2AF1 e WT1. […]

PROTEÍNA RELACIONADA AO PTH

Material Sangue   Palavras Chave PTH Relacionado a Proteína (R-PTH) Peptídeo Relacionado ao PTH Paratormônio Relacionado a Proteína Peptídeo Relacionado ao Paratormônio PTH-LIKE Peptídeo PTH SIMILE PTH RP PTH-RP, PTHRP   Jejum Não é necessário.   Condições Plasma (EDTA). Coleta Apoio . Centrifugar e separar o plasma em até 1 hora apos a coleta. – […]

IGRA INTERFERON GAMMA – QUANTIFERON-TB GOLD PLU

EXAME REALIZADO MEDIANTE AGENDAMENTO AGENDAR COM TRIAGEM E SUPERVISÃO DE COLETA EXAME REALIZADO DE SEGUNDA A SEXTA NAO COLHER EM VESPERA DE FERIADOS.  OBS: SEXTA FEIRA ATÉ AS 11:30 AM                           Material: Sangue   Sinonimo:                                                    Interferon Gamma Release Assay Quantiferon TB Gold Plus IGRA Mycobacterium tuberculosis Micobacterium […]

PAINEL DE CÂNCER HEREDITÁRIO EXPANDIDO – 264

PCHEX – PAINEL DE CÂNCER HEREDITÁRIO EXPANDIDO – 264 GENES   SINÔNIMOS: PAINEL DE CÂNCER HEREDITÁRIO EXPANDIDO – 264 GENES (NGS+CNV)   MATERIAL SANGUE TOTAL   MATERIAL SANGUE TOTAL OU SWAB BUCAL   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO SEQUENCIAMENTO DE SEGUNDA GERAÇÃO (NGS) E CNV   GENES ANALISADOS ACD, AIP, AKT1, ALK, ANKRD26, APC, […]

C320 ACETILCISTEÍNA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após este período, centrifugar a amostra […]

C375 – IGE ESP (C375) – DROGAS – FOSFOMICINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO As reações de hipersensibilidade a […]

RECONSTRUÇÃO 7

Exame realizado por agendamento. Não confundir com o exame de DNA  paternidade.   MATERIAL SANGUE   MEIO(S) DE COLETA Sangue em cartão FTA (cartão de coleta)   VOLUME MÍNIMO Preenchimento do cartão FTA conforme indicado   Instruções:   Exame de Investigação de Vínculo Genético no qual podem participar:   2 Irmãs do suposto Pai ( […]

HLA-C , TESTE DE HTESTE DE HISTOCOMPATIBILIDADE DE

Material Sangue [S]   Palavras Chave Estudo molecular genótipo HLA-C classe I (alta resolução) Instruções É importante enviar dados clínicos do paciente e histórico familiar para a realização do exame. Exame não é realizado com finalidade de avaliação de transplantes.   Jejum Não necessário. Outros Laboratórios É importante enviar dados clínicos do paciente e histórico […]

C628 – ANTICORPOS IMUNOGLOBULINA IGE ESPECÍFICOS

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO A alergia à metais manifesta-se […]

IGE ESPECÍFICO PARA ISOCIANATO TDI K75

Material Sangue [S]   Palavras Chave Nome popular: Tolueno diisocianato. Ocupacionais.   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL . Volume Recomendável 0,7 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia alimentar, […]

IGE ESP (F414) – ALIMENTOS – PEIXE – TILÁPIA

APF414 – IGE ESP (F414) – ALIMENTOS – PEIXE – TILÁPIA SINÔNIMOS: OREOCHROMIS SPP.   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel […]

ANTICORPOS ANTI NEURONAIS – RECEPTORES NMDA (NR1 E

MATERIAL LÍQUOR   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Amostra coletada através de procedimento médico. Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados e acondicionar corretamente.   INSTRUÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Transportar refrigerado (2°C a 8°C).     INSTRUÇÕES DE ESTABILIDADE A amostra é estável por até […]

TESTE DE PATERNIDADE DUO SALIVA

Coleta Realizada sem agendamento nas seguintes Unidades: T7, Nova Esperança, Clinica Citocenter, Sul, Jardim America e Jardim Europa. Para as Demais Unidades o agendamento com o supervisor de coleta.      INSTRUÇÕES DE PREPARO   DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:   Documentos do Suposto Pai (XEROX) Documentos da Criança: Certidão de Nascimento Ou Declaração de Nascido Vivo(XEROX) Documentos […]

TESTE DE PATERNIDADE TRIO SALIVA

Coleta Realizada sem agendamento nas seguintes Unidades: T7, Nova Esperança, Clinica Citocenter, Sul, Jardim America e Jardim Europa. Para as Demais Unidades o agendamento com o supervisor de coleta.      INSTRUÇÕES DE PREPARO   DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:   Documentos do Suposto Pai (XEROX) Documentos da Criança: Certidão de Nascimento Ou Declaração de Nascido Vivo(XEROX) Documentos […]

ANTICORPOS ANTI 21 – HIDROXILASE ALFA

SINÔNIMOS: ANTICORPOS ANTI 21 HIDROXILASE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO A enzima […]

SÍNDROME DE WILSON (ATP7B) – MLPA

ATP7BM – SÍNDROME DE WILSON (ATP7B) – MLPA   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 10 mL   MÉTODO MLPA GENES ANALISADOS ATP7B   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0697 QUESTIONÁRIO – EXAMES GENÉTICOS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. Dados: É obrigatório envio […]

ROTAVÍRUS ANTICORPOS IGM

ROTAM – ROTAVÍRUS ANTICORPOS IGM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO FIXAÇÃO DO COMPLEMENTO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum não obrigatório   INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa […]

PESQUISA DA MUTAÇÃO VAL30MET NO GENE TTR

Material Sangue [S]   Palavras Chave Amiloidose Familiar por Transtirretina (TTR) Polineuropatia Amiloidótica Familiar (PAF) c.148G>A; p.Val50Met Val30Met V30M V50M PMVTTR Rol ANS Genes Analisados TTR   Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios – Obrigatório enviar histórico clinico do paciente. – Obrigatório enviar pedido médico. Condições Sangue total (EDTA).   Coleta Apoio – Colher os […]

PAINEL DE FISH PARA SÍNDROME MIELODISPLÁSICA

FSMD – PAINEL FISH PARA SÍNDROME MIELODISPLÁSICA   SINÔNIMOS: PAINEL SMD⁄LMA   MATERIAL SANGUE TOTAL OU MEDULA ÓSSEA   MEIO(S) DE COLETA Tubo com Heparina (verde)   VOLUME MÍNIMO 4 mL (Sangue Total ou Medula Óssea   MÉTODO HIBRIDAÇÃO IN SITU FLUORESCENTE GENES ANALISADOS PML⁄RARa, RUNX1T1⁄RUNX1, CBFB⁄MYH11, MLL, EGR1,RELN e PTPRT   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0878 […]

SP 100/PML, ANTICORPO IGG

Material Sangue   Palavras Chave Dots nucleares, anticorpos Multiplos dots nucleares Multiplos pontos nucleares Sp 100⁄PML, Anticorpo IgG Pontos nucleares Anticorpo anti-Sp-100 ⁄ PML Anticorpo anti Sp 100 ⁄ PML   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Coleta Apoio Colher o sangue em 1 tubo de 4 mL com gel separador. Se coleta infantil: […]

FLUORETO.

Material Urina   Palavras Chave Fluor Acido Fluoridrico Fluoreto inorganico Fluoreto urinario   Instruções Não colher em local de trabalho. Retirar o uniforme antes da coleta. Não utilizar recipiente de vidro para coletar ou acondicionar a amostra. Recomenda-se coletar antes da jornada com, no mínimo, 48 horas sem exposição. O material deve ser colhido preferencialmente […]

VACINA HPV NONAVALENTE (GARDASIL9)

PALAVRA CHAVE VACINA HPV   ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 07:30 as 16:00 horas Sábado: 7 as 10:30  horas ESQUEMA DE DOSES  É recomendado administrar três doses com um intervalo mínimo entre a primeira e a segunda dosede de 1 mês, e de 6 meses entre a primeira e a terceira.   […]

INFLIXIMAB ATIVIDADE

INFLAT – INFLIXIMAB ATIVIDADE   SINÔNIMOS: INFLIXIMAB, REMICADE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO IMUNOANÁLISE   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

IGE ESPECIFICO F323 PARA CONALBUMINA

F323 – IGE ESP (F323) – ALIMENTOS – CONALBUMINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

RUBÉOLA PCR

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Rubeola – PCR Qualitativo   Jejum Não é necessário.   Condições .Sangue total (EDTA).   Coleta Apoio Coletar somente de 2ª a 4ª feira. Não colher nos feriados e vésperas de feriados. Sangue total (EDTA).   Volume Mínimo Sangue total (EDTA): 4,0 ml.   INTERPRETAÇÃO A Rubéola é uma […]

PERFIL BIOQUÍMICO DO FERRO

PBFE – PERFIL BIOQUÍMICO DO FERRO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO DIVERSOS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum obrigatório de 8 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador : Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente […]

CRESU – ORTO-CRESOL EM URINA

MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico   VOLUME MÍNIMO 10 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA GASOSA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo: Bebida alcoólica: Evitar o consumo de bebida alcoólica. Dieta: Evitar a ingestão de Benzoato de Sódio (conservante alimentício). Medicação: Evitar o consumo de alguns medicamentos como Fenilsalicilatos, Barbitúricos […]

ANTICORPOS IGM ANTI RICKETTSIA RICKETTSII

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

INFLIXIMAB ANTICORPOS

INFLAC – INFLIXIMAB ANTICORPOS, SORO   SINÔNIMOS: INFLIXIMAB, REMICADE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO IMUNOANÁLISE   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em […]

IGE ESP (F307) – ALIMENTOS – MERLUZA

APF307 – IGE ESP (F307) – ALIMENTOS – MERLUZA SINÔNIMOS: MERLUCCIUS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

ANTÍGENO CRYPTOCOCCUS

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO IMUNOCROMATOGRAFIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou cuidados especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a […]

PAPILOMAVÍRUS HUMANO (HPV) – SONDAS DE ALTO RISCO

HPVRT – PAPILOMAVÍRUS HUMANO (HPV) – SONDAS DE ALTO RISCO   MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Gynoprep (mínimo 2mL), CellPreserv (2 mL), ThinPrep (2 mL), SurePath (2 mL) ou Digene (mínimo 1 mL) por exame.   VOLUME MÍNIMO *Ver Meio de coleta   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL   REGIÃO URETRAL INSTRUÇÕES DE PREPARO […]

SEQUENCIAMENTO DO MICROBIOMA

MICROS – SEQUENCIAMENTO DO MICROBIOMA   MATERIAL FEZES CONGELADA   MEIO(S) DE COLETA Kit Coletor Específico   VOLUME MÍNIMO 1 g ou 1 mL   MÉTODO NGS   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0845 QUESTIONÁRIO DE COLETA PARA MICROBIOMA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo MICROS: Jejum: Não é necessário jejum ou cuidados especiais. Dados: É obrigatório envio da […]

FRUTOSE NA URINA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico   VOLUME MÍNIMO 10 mL   MÉTODO ESPECTROFOTOMETRIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta FRUTU: Amostra isolada: Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a última miccção. Desprezar o primeiro jato de urina e sem […]

SISH – PESQUISA DE HIBRIDIZAÇÃO DO GENE HER-2

Material Diversos   Palavras Chave HER2 c-erb B2 HER-2⁄neu FISH para HER-2 Medicina de Precisão Instruções Não realizamos a coleta do material, pois trata-se de um procedimento médico. Enviar pedido médico e laudo anterior de exames patológicos (obrigatórios)   Jejum Não é necessário.   Condições Biópsia de tumor de mama fixada em formalina 10% e […]

MANGANÊS ERITROCITÁRIO

MANSG – MANGANÊS ERITROCITÁRIO   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo Trace de Heparina sódica ( Tubo heparina tampa Azul)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame , […]

TSH ULTRA SENSÍVEL

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

AMILASE ISOENZIMAS

Material Sangue [S]   Palavras Chave Alfa amilase pancreática Amilase pancreática e salivar Fracionamento da amilase Eletroforese de amilase Fração de amilase Isoenzima Pancreática Isoenzima Salivar Isoenzimas da amilase Isoenzimas da amilase caxumba Isoenzimas da amilase tumores ovário Isoenzimas da amilase pâncreas Isoenzimas da amilase pancreatites Isoenzimas amilase   Jejum Mínimo necessário de 3 horas. […]

PERCLOROETILENO (TETRACLOROETILENO)

PERC – PERCLOROETILENO (TETRACLOROETILENO)   SINÔNIMOS: TETRACLOROETENO, PERCLOROETILENO, PERK, PERCLENO, PCE , PERC   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo em EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA DE GASES   INSTRUÇÕES DE PREPARO Outros: Coletar sangue no início da última jornada da semana laboral.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar […]

TOLUENO

TOLU – TOLUENO SINÔNIMOS: TOLUENO SÉRICO, METIL BENZENO   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA 2 Tubos com EDTA.   VOLUME MÍNIMO 8 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA DE GASES   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo TOLU: É obrigatório o envio de 2 tubos com anticoagulante (EDTA) com capacidade mínima de 4 mL cada. Os tubos […]

METADONA – DOSAGEM

Material Urina [U]   Instruções O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher urina após retenção urinária de 4 horas. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o jato médio em frasco próprio. Após a coleta enviar ao […]

PCR PARA PNEUMOCYSTIS CARINI

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Pcr para pneumocystis jiroveci (carinii) DNA Pcr para pneumocystis carinii Pneumocystis ( pneumocistes ) Pneumocystis jiroveci (carinii) Carini PCR   Instruções A coleta de escarro deve ser feita em casa Escarro: Colher preferencialmente em sala aberta e bem ventilada. Colher preferencialmente pela manhã, ao se levantar e antes do […]

NGCH – NEISSERIA GONORRHOEAE – HIBRIDIZAÇÃO

NGCH – NEISSERIA GONORRHOEAE – HIBRIDIZAÇÃO   MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA CellPreserv , ThinPrep, STM-Digene , SurePath , LiquiPrep  ou GynoPrep   * CellPreserv⁄ ThinPrep  (4mL) SurePath⁄ LiquiPrep⁄ GynoPrep (3ml) Digene (1mL)   VOLUME MÍNIMO *Ver meio de coleta   MÉTODO CAPTURA HÍBRIDA     SECREÇÃO URETRAL INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo Secreção Uretral […]

AMINOÁCIDOS FRACIONADOS QUANTITATIVO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO A cromatografia de aminoácidos auxilia no diagnóstico […]

ÁCIDO FÓLICO ERITROCITÁRIO

Material Sangue [S]   Palavras Chave Folato Acido folico intraeritrocitario Acido folico eritrocitario Acido folico eritrocitario com dosagem de hematocrito   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total ( EDTA )   Coleta Apoio Colher e transportar a amostra protegida da luz, porque o folato é sensível a luz. Minimize a exposição a luz […]

HLADR2 – DETECÇÃO DE HLA DR2

HLADR2 – DETECÇÃO DE HLA DR2   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO PCR-SSOr GENES ANALISADOS HLA-DRB1   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados, homogeneizar e acondicionar corretamente.   INTERPRETAÇÃO O gene HLA-DRB1, classificado como HLA classe […]

TRIAGEM NEONATAL E MOLECULAR NOVA ERA

Material Sangue [S]   Palavras Chave CCLNERA – conclusão Nova Era TSHNEO – tireotropina (TSH) neonatal T4NEO – tiroxina (T4) neonatal 17PNEO – 17 hidroxi progesterona neonatal (17OHP) IRTNEO – tripsina imuno reativa (IRT) neonatal TETANDE – perfil tandem (pku+tirosina) p⁄teste expandido BIOTNEO – deficiencia da biotinidase neonatal GALNEO – galactose neonatal G6NEO – glicose […]

STEINERT ESTUDO MOLECULAR DA DISTROFIA MIOTÔNICA 1

Material SANGUE [S]   Palavras Chave Distrofia Miotônica tipo 1 Distrofia Miotônica de Steinert Doença de Steinert Miopatia miotônica autossômica dominante DM1 Gene DMPK Expansão do número de unidades repetitivas CTG Mutação dinâmica Rol da ANS Código TUSS -40503348 Genes Analisados DMPK (19q13.3)   Jejum Não necessário.   Condições Sangue total (EDTA). Coleta Apoio – […]

TREC E KREC

Material Sangue.   Palavras Chave TRIAGEM PARA IMUNODEFICIENCIA COMBINADA GRAVE-SCID, AGAMA E OUTRAS LINFOPENIAS DE CELULAS T E B IMUNODEFICIENCIA GRAVE COMBINADA – SCID SCID E OUTRAS LINFOPENIAS DE CELULAS T TRIAGEM DE NUMEROS DE TRECs TRIAGEM NEONATAL PARA SCID DETECÇÃO DE KREC e TREC   Instruções Exame pode ser realizado em qualquer faixa etária. […]

ANTICORPOS NEURONAIS E INTRACELULARES NEURONAIS

ANTICORPOS ONCONEURONAIS E INTRACELULARES NEURONAIS(HU, RI, YO, CV2 (CRMP5),  MA2⁄MA, ANFIFISINA, TR (DNER), ZIC4, SOX1, GAD, GFAP, AK5)   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA tubo com gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO CBA + IMUNOHISTOQUIMICA   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

ANTICORPOS ANTI MAG IGM – GLICOPROTEÍNA ASSOCIADA

Material Sangue   Palavras Chave Anticorpos Anti MAG – glicoproteina associada Anticorpos IgM anti-MAG [glicoproteina associada à mielina], soro Anticorpos Anti MAG – glicoproteina associada a mielina Anti MAG IgM   Jejum Jejum não obrigatório.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 ml   Volume Recomendável 2,0 ml

ANTICORPOS ANTI NEURONAIS

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO As síndromes neurológicas associadas a anticorpos antineuronais […]

ANTICORPOS ANTI MAG IGG- GLICOPROTEÍNA ASSOCIADA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Anticorpos anti mag – glicoproteina associada Anticorpos igg anti-mag glicoproteina associada à mielina Anticorpos anti mag – glicoproteina associasa a mielina   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.

ANTICORPOS ANTI NEURONAIS – RECEPTORES NMDA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas diferente das condições […]

TIPAGEM HLA DRB1 (ALTA RESOLUÇÃO)

HLA12A – HLA CLASSE I E CLASSE II ALTA RESOLUÇÃO   MATERIAL SANGUE TOTAL E SWAB ORAL   MEIO(S) DE COLETA Sangue total: Tubo com EDTA (roxo) + Swab oral: 2 swabs de algodão em um tubo estéril e seco   VOLUME MÍNIMO 4 mL (sangue total)   MÉTODO SEQUENCIAMENTO DE SEGUNDA GERAÇÃO (NGS) GENES […]

IGE ESP PARA PIMENTA NEGRA

Material Sangue   Palavras Chave RAST alimentos de origem vegetal Nome cientifico: Piper nigrum Nome popular: pimenta do reino   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a […]

FATOR ANTI-XA ATIVADO

FATXA – FATOR ANTI-XA ATIVADO SINÔNIMOS: FATOR ANTI-X ATIVADO   MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO SUBSTRATO CROMOGÊNICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo Medicação: Extração no intervalo de 4 a 6 horas após administração de heparina Outros: Coletar o plasma citratado com 3,2% […]

HEPATITE C : ANTI HCV WESTERN BLOT

HCVRI – HCV – WESTERN BLOT SINÔNIMOS: HEPATITE C CONFIRMATÓRIO, HEPATITE C IMUNOBLOT   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO WESTERN BLOT   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

IGE ESP. CLARITROMICINA

CLARI – IGE ESPECÍFICA CLARITROMICINA (Q64)   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. […]

IGE ESP. PIRAZOLONAS

C208 – IGE ESP (C208) – PIRAZOLONAS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

ANTICORPOS ANTI RNA POLIMERASE I

SINÔNIMOS: ANTI RNA POLIMERASE TIPO I, POLIMERASE RNA I   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

INFLUENZA A e B – DETECÇÃO POR PCR

FLUAB – INFLUENZA A E B – DETECÇÃO POR PCR   MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Swab em frasco Estéril com Solução Salina ou Tubo Copan em meio UTM.   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL GENES ANALISADOS Gene H (hemaglutinina) e Gene N (neuraminidase)   INSTRUÇOES   SWAB NASOFARINGE E OROFARINGE   INSTRUÇÕES DE […]

FENILALANINA, DOSAGEM PLASMATICA

Material Sangue [S]   Instruções Informar medicamentos em uso e alimentação.   Jejum Não é necessário.   Condições Plasma (Heparina).   Interferentes Hemólise. Lipemia. Questionário Obrigatório preencher e enviar "Questionário para Erros Inatos do Metabolismo.     Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Questionário Obrigatório preencher e enviar "Questionário para Erros […]

PAINEL PARA CÂNCER DE MAMA E OVÁRIO HEREDITÁRIOS

Material Sangue [S]   Palavras Chave Câncer de próstata Câncer de mama Câncer de ovários Câncer colorretal Câncer gástrico Câncer renal Câncer de pele Tumores neuroendócrinos Câncer Herediário Variantes, Mutações, deleções, duplicações, CNVs Sequenciamento NGS Genes Analisados 19 genes: ATM, BRIP1, MLH1, PALB2, RAD51D, BARD1, CDH1, MSH2, PMS2, STK11, BRCA1, CHEK2, MSH6, PTEN, TP53, BRCA2, […]

ANTICORPOS ANTI-SINTETASE

Material SANGUE [S]   Palavras Chave Anticorpos miosite especificos Anticorpos miosite associados Painel de autoanticorpos para miopatias inflamatorias. Anti-MI2 Anti-KU Anti-PM100 Anti-PM75 Anti-JO 1 Anti-SRP Anti-PL7 Anti-PL12 Anti-EJ Anti-OJ Anti-RO52   Jejum – Jejum não obrigatório.   Condições – Soro.   Volume Mínimo – 1,0 mL.   Volume Recomendável – 1,0 mL.  

DIAGNOSTICO MOLECULAR DE TREPONEMA PALLIDUM

MATERIAL DIVERSOS   SWAB ENDOCERVICAL INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta swab endocervical TREPCR: Após a visualização do colo do útero com o auxílio de um espéculo, introduzir um swab estéril 1-2 centímetros no canal endocervical; – Não utilizar swab de algodão e com hastes […]

ANTICORPOS ANTI C1Q

Material Sangue   Condições Soro.   Tempo de Jejum Jejum não necessário.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Comentários Autoanticorpos anti-C1q têm sido descritos no LES e em algumas outras doenças inflamatórias, incluindo urticária-vasculite, doença mista do tecido conjuntivo e hepatite C. São descritos em baixa frequência e baixos títulos em indivíduos normais, aumentando com […]

DETERMINAÇÃO QUANTITATIVA DE AMINOÁCIDOS

CROSQ – DETERMINAÇÃO QUANTITATIVA DE AMINOÁCIDOS   SINÔNIMOS: CROMATOGRAFIA DE AMINOÁCIDOS, QUANTIFICAÇÃO DE AMINOÁCIDOS   MATERIAL PLASMA HEPARINIZADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com heparina sódica (verde)   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA PERFORMANCE (HPLC)   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando o tubo com o anticoagulante correspondente ao exame, […]

VACINA HERPES ZOSTER/SHINGRIX

PALAVRA CHAVE SHINGRIX – HERPES ZOSTER – GSK ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  Duas doses, com intervalo de dois meses. TEMPO DE JEJUM Jejum desnecessário COMENTÁRIOS O que Previne? – O herpes zóster e suas complicações, especialmente a neuralgia pós-herpética […]

HPV DETECÇÃO E GENOTIPAGEM DE ALTO RISCO

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave HPV Detecção e Genotipagem de Alto Risco (Qualitativo) Genotipagem do HPV 16 e 18 Papiloma vírus humano Genotipagem do HPV Pesquisa molecular de HPV HPV-AR PCR HPV HPV PCR   Instruções Mínimo de 08 horas sem higiene local para coleta peniana, anal ou genitália externa feminina. Coleta uretral: Colher […]

VACINA VARICELA

PALAVRA CHAVE VARICELA (CATAPORA)   ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  Duas doses da vacina varicela: a primeira aos 12 meses e a segunda entre 15 e 24 meses de idade. Para crianças até 11 anos, o intervalo mínimo entre doses […]

ANTICORPOS ANTI TÉTANO IGG

SINÔNIMOS: TÉTANO, ANTICORPOS ANTI CLOSTRIDIUM TETANI   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INSTRUÇÕES DE […]

ANTICORPOS ANTI DIFTERIA IGG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO A dosagem de anticorpos da classe IgG […]

MONKEYPOX VIRUS – VARIOLA DOS MACACOS

Instruções   Este exame é realizado apenas em domicílio. Obrigatório apresentar pedido médico. O material biológico para o diagnóstico molecular de Monkeypox vírus (MPXV) em paciente com suspeita de infecção deverá ser da secreção de vesícula (fluidos da lesão) e da crosta de lesão, sendo a secreção da vesícula, a amostra preferencial (maior carga viral). […]

INIBIDOR DO ATIVADOR TISSULAR DO PLASMINOGÊNIO

Material Sangue.   Palavras Chave Fator do PAI-1 Dosagem Inibidor PAI 1 Inibidor do tPA   Jejum Minimo de 8 horas.   Condições Plasma (citrato).   Coleta Apoio Colher sem garrotear ou com garroteamento mínimo. O tubo de citrato deverá ser o segundo na ordem da coleta. Se não houver solicitação de outro exame, colher […]

HIDROXIPROLINA_ M.NORDIN

NORD – HIDROXIPROLINA – M. NORDIN   SINÔNIMOS: OH PROLINA, HIDROXIPROLINURIA   MATERIAL URINA – NORDIN   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico   VOLUME MÍNIMO 10 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA RESOLUÇÃO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dieta: No dia da coleta manter o jejum e evitar o cigarro. Jejum: Na noite anterior ao […]

BARTONELLA HENSELAE

Material Sangue   Palavras Chave Doença da Arranhadura de Gato Bartonela Bartonella Henselae IgM e IgG Bartonella (Rochalimaea) Henselae Bartonella Quintana IgM e IgG   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,6 ml.   Volume Recomendável 0,6 ml.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada.   Comentários As espécies de […]

INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS, PCR

Material Urina [U]   Palavras Chave DST-PCR C.trachomatis * N.gonorrhoeae * U.urealyticum M.genitalis * M. hominis Multiplex Ureaplasma Neisseria Micoplasma Clamidia Mycoplasma Trichomonas IST – Infecções sexualmente transmissíveis   Instruções O material colhido em urina primeiro jato apresenta melhor sensibilidade em relação a urina jato médio. Colher preferencialmente no laboratório a 1ª urina da manhã. […]

TESTE DE SENSIBILIDADE PARA MYCOBATERIAS

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Tuberculose, Teste rápido molecular MTB⁄RIF Ultra Bacilo de Koch e resistência Genexpert MTB⁄RIF Ultra Mycobacterium tuberculosis e resistência, pesquisa por PCR em tempo real. Teste rápido para tuberculose no escarro Gene rpoB Micobacterium tuberculosis Micobacteria tuberculose   Instruções Colher em frasco estéril fornecido pelo laboratório. Colher preferencialmente em sala […]

BTA – ANTÍGENO DE BEXIGA – BLADDER TUMOR ANTIGENO

EXAME ANTÍGENO DE BEXIGA – BLADDER TUMOR ANTIGEN (BTA)   MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 10 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar em frasco apropriado a segunda urina da manhã. Desprezar o primeiro jato de urina e sem interromper a miccção, coletar o jato médio.   INSTRUÇÕES […]

PAINEL PARA SINDROME DE MARFAN E DOENÇAS CORRELATA

Material Diversos   Palavras Chave ACTA2, ADAMTS2, ADAMTSL4, AEBP1, ALDH18A1, ATP6V0A2, ATP6V1A, ATP6V1E1, ATP7A, B3GALT6, B3GAT3, B4GALT7, BGN, CHST14, COL11A1, COL11A2, COL1A1, COL1A2, COL2A1, COL3A1, COL5A1, COL5A2, COL9A1, COL9A2, EFEMP2, ELN, FBLN5, FBN1, FBN2, FKBP14, FLNA, FOXE3, GORAB, GZF1, HRAS, KIF22, LOX, LTBP2, LTBP3, LTBP4, MFAP5, MYH11, MYLK, PIK3R1, PLOD1, PPP1CB, PRKG1, PYCR1, RIN2, ROBO4, […]

CA 242

EXAME CA 242   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 5 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração […]

CLOZAPINA

Material Sangue                                              Não colher em tubo com gel separador.   Palavras Chave Leponex Clozaril   Jejum Não é necessário   Condições Soro   Coleta Apoio – Não colher em tubo com gel separador.   Volume Mínimo 2,0 mL.   Volume Recomendável 3,0 mL.   Critérios de Rejeição Amostras colhidas e enviadas em gel separador. Amostra […]

FLUORETO – SANGUE

Material Sangue [S]   Palavras Chave Fluoreto Fluor   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 2,5 mL.   Volume Recomendável 3,0 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise. Lipemia.  

PAINEL DE CANCER HEREDITÁRIO 37 GENES

PCA37 – PAINEL DE CANCER HEREDITÁRIO 37 GENES   MATERIAL SANGUE TOTAL AMBIENTE   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO SEQUENCIAMENTO DE NOVA GERAÇÃO (NGS) E CNV   GENES ANALISADOS APC, ATM, BAP1, BARD1, BLM, BMPR1A, BRCA1, BRCA2, BRIP1, CDH1, CDK4, CDKN2A, CHEK2, EGFR, EPCAM, FANCC, FANCM, […]

MYCOBACTERIUM TUBERCULOSIS DETECÇÃO E RESISTÊNCIA

Material Diversos   Palavras Chave Tuberculose, TRMTB, TRM TB Teste rápido molecular MTB⁄RIF Ultra Bacilo de Koch e resistência Genexpert MTB⁄RIF Ultra Mycobacterium tuberculosis e resistência, pesquisa por PCR em tempo real. Detecção de resistência a rifampicina Teste rápido para tuberculose no escarro Gene rpoB Micobacterium tuberculosis Micobacteria tuberculose Instruções Colher em frasco estéril fornecido […]

IGE ESPECÍFICO PARA PISTACHE

Material Sangue   Palavras Chave Nome cientifico: Pistacia vera. F203 F 203   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml..   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia […]

ACETILCOLINESTERASE ERITROCITÁRIA

Material Sangue total (EDTA) + Soro.   Palavras Chave Acetilcolinesterase verdadeira Acetil colinesterase   Jejum Não necessário.   Outros Laboratórios – Obrigatório informar o valor do hematócrito do paciente. Cadastrar a informação no campo observação.   Condições Sangue total (EDTA) + Soro.   Volume Mínimo Sangue total em EDTA: 3,0 ml. Soro: 0,5 ml.   […]

PROTEÍNA P RIBOSSOMAL, ANTICORPOS IgG

Material Sangue [S]   Palavras Chave Anticorpos anti ribossomas Anti P ribossomal Psicose lupica Anti P   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0, 3 mL.   Volume Recomendável 0, 4 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada; Lipemia acentuada; Ictericia acentuada; Contaminação microbiana.   Comentários Anticorpos anti-ribossomal P (anti-P) são […]

VACINA DTPA VIP

PALAVRA CHAVE Difteria, tétano, coqueluche e poliomielite. Trata-se de vacina inativada, portanto, não tem como causar a doença. ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  Pode substituir qualquer dose de dTpa. Em caso de viagens a locais de risco para a poliomielite, […]

PSA ULTRA SENSÍVEL

Material Sangue [S]   Palavras Chave Antígeno Específico Prostático Antígeno Prostático Específico PSA Total PSA – Antígeno Próstata PSA US   Instruções Pacientes que tenham sido submetidos a exame de toque retal, praticado relações sexuais ou ejaculação há menos de 2 dias (48 horas), devem aguardar 2 dias (48 horas) para realizar o exame. Em […]

IGE ESPECÍFICO PARA TANGERINA

Material Sangue   Palavras Chave Nome cientifico: Citrus reticulata F302   Jejum Não necessário   Condições Soro   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,7 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia alimentar, alergia a […]

PAINEL ARBOVIROSES ( ZIKA ,DENGUE , CHIKUNGUNYA )

-Material SANGUE [S]   Jejum – Jejum não obrigatório.   -Condições – Soro   -Volume Minimo – 2,0 mL.   -Volume Recomendável – 2,0 mL.   Instruções – Este exame deverá ser realizado preferencialmente nos primeiros 5 dias de evolução dos sintomas clínicos. – Após este período, devido à diminuição da viremia, pode ocorrer a […]

MINI PAINEL RESPIRATÓRIO (P3)

Palavras Chave Painel Vírus Respiratórios   Influenza A Influenza B Vírus Sincicial Respiratório   Instruções – As amostras devem ser coletadas em até quatro dias do início da sintomatologia.   Condições – Swab de nasofaringe.   Coleta -Coleta de nasofaringe: – Posicionar a cabeça do cliente para trás. O cliente deverá utilizar a mascará de […]

DNA NATIVO, AUTO-ANTICORPOS ANTI [AADNA]

Material Sangue [S]   Palavras Chave Teste da Crithidia DS DNA, DNA Nativo Anti DNA de Dupla Hélice Anti DNA Dupla Fita Quantitativo Crithidia Luciliae   Jejum Não necessário. Outros Laboratórios Teste quantitativo. Caso seja solicitado o exame de anticorpos anti DNA sem especificação se é para cadeia dupla ou cadeia simples, a opção é […]

VACINA HEPATITE – B PEDIATRICA

PALAVRA CHAVE Infecção do fígado (hepatite) causada pelo vírus da hepatite B Trata-se de vacina inativada, portanto, não tem como causar a doença. ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  Para a vacinação rotineira de crianças, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) […]

PAINEL DE DOENÇAS TRATÁVEIS

DTRAT – PAINEL DE DOENÇAS TRATÁVEIS   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO SEQUENCIAMENTO DE NOVA GERAÇÃO (NGS) E CNV   GENES ANALISADOS ABCB11, ABCB4, ABCC8, ABCD1, ABCD4, ACADM, ACADVL, ACAT1, ADA, ADAMTS13, AGL, AICDA, AK2, AKR1D1, ALDH7A1, ALDOB, ALPL, AMACR, APOA5, APOC2, […]

ESTRIOL LIVRE

Material Sangue   Palavras Chave E3 Livre UE3 Estriol não conjugado   Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios – Não realizamos a diluição deste analito quando o resultado atingir o limite superior da linearidade do ensaio.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Questionário Para mulher: Informar mês […]

N-METILFORMAMIDA

Material Urina [U]   Palavras Chave Dimetilformamida Instruções Colher urina final de jornada de trabalho. Evitar colher no primeiro dia da jornada semanal de trabalho. O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher urina após retenção urinária de 4 horas. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e […]

INFLUENZA A VÍRUS ANTICORPOS IGM

INFAM – INFLUENZA A VÍRUS ANTICORPOS IGM   SINÔNIMOS: ANTICORPOS IGM ANTI INFLUENZA A,, ANTICORPOS IGM CONTRA INFLUENZA A,  INFLUENZA A VÍRUS -, INFLUENZA A VÍRUS ANTICORPOS IGM,, SOROLOGIA IGM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO IMUNOFLUORESCÊNCIA INDIRETA   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com […]

INFLUENZA B VÍRUS ANTICORPOS IGM

INFBM – INFLUENZA B VÍRUS ANTICORPOS IGM   SINÔNIMOS: ANTICORPOS IGM ANTI INFLUENZA B,, ANTICORPOS IGM CONTRA INFLUENZA B,, INFLUENZA B VÍRUS – SOROLOGIA IGM, INFLUENZA B VÍRUS ANTICORPOS IGM,   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO IMUNOFLUORESCÊNCIA INDIRETA   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com […]

INFLUENZA B VÍRUS ANTICORPOS IGG

INFBG – INFLUENZA B VÍRUS ANTICORPOS IGG   SINÔNIMOS: ANTICORPOS IGG ANTI INFLUENZA B,, ANTICORPOS IGG CONTRA INFLUENZA B,, INFLUENZA B VÍRUS – SOROLOGIA IGG, INFLUENZA B VÍRUS ANTICORPOS IGG,   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO IMUNOFLUORESCÊNCIA INDIRETA   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com […]

ESTANHO

Material Urina [U]   Palavras Chave Estanho, urina Sn   Instruções O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher urina após retenção urinária de 4 horas. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o jato médio em frasco […]

PCR PARA DENGUE

Material Sangue [S]   Palavras Chave PCR para Dengue Diagnóstico molecular e tipagem do vírus da Dengue; RT-PCR e tipagem do vírus da Dengue; Pesquisa para Dengue Instruções Este exame deverá ser realizado preferencialmente nos primeiros 5 dias de evolução dos sintomas clínicos. Após este período, devido à diminuição da viremia, pode ocorrer a não […]

ANTICORPOS ANTI SRP

Material Sangue [S]   Palavras Chave Anticorpos anti SRP [particula de reconhecimento do sinal] Anti SRP   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.

PCR PARA MYCOBACTERIUM TUBERCULOSIS

Palavras Chave Mycobacterium tuberculosis, pesquisa por PCR em material parafinado Tuberculose, pesquisa por PCR em material fixado Mycobacterium tuberculosis, detecção por PCR em tempo real em material fixado PCR para BK em parafina Complexo Micobacteria tuberculose, pesquisa por PCR em material parafinado Micobacteria Micobacterium   Instruções – Necessário pedido médico. – Necessário pedido médico e […]

IGE ESPECÍFICO PARA SALSA F86

Material Sangue [S]   Palavras Chave Nome cientifico: Petroselinum crispum.   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,7 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia alimentar, alergia […]

ANTICORPOS ANTI-MI – MI-1 / MI-2

EXAME ANTICORPOS ANTI-MI-MI-1⁄MI2   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após este período, centrifugar a […]

SOROLOGIA PARA PNEUMOCOCOS (23 SOROTIPOS)

Material Sangue [S]   Palavras Chave streptococcus, anticorpo igg 23 sorotipos, soro sorologia para pneumococos (23 sorotipos) sorologia para streptococcus pneumoniae (23 sorotipos) sorologia para 23 sorotipos de streptococcus pneumoniae anti-pneumococos, anticorpos (23 sorotipos) anticorpos anti-pneumococos (23 sorotipos) pneumococcal, igg (23 sorotipos) pneumococos, polissacarides, anticorpos (23 sorotipos) pneumococos, sorologia (23 sorotipos) pneumococos, anticorpos (23 sorotipos) […]

ESTUDO GENÉTICO DA DOENÇA DE HUNTINGTON

Material DIVERSOS [DIV]   Palavras Chave Doença de Huntington Coréia de Huntington Gene HTT (IT15) Expansão do número de unidades repetitivas CAG Mutação dinâmica Rol da ANS Código TUSS – 40503143 Genes Analisados – HTT (IT15)   Jejum – Jejum não obrigatório.   Condições – Sangue total (EDTA). – Papel filtro.   Coleta Apoio – […]

CITOMEGALOVIRUS IgM, ANTICORPOS (ELFA)

Material SANGUE [S]   Palavras Chave CMV Citomegalovirose Citomegalia   Jejum – Jejum obrigatório de 8 horas. – Intervalo entre mamadas para lactentes.   Condições – Soro.   Volume Recomendável – 0,5 mL.   Questionário – Já realizou este exame anteriormente? – Para mulheres, está grávida?   Critérios de Rejeição – Hemólise acentuada. – Lipemia […]

CLEARANCE DE FÓSFORO

MATERIAL SORO + URINA DE 24 HORAS   MEIO(S) DE COLETA Soro: Tubo gel separador Urina 24 horas: Frasco estéril ou tubo transporte   VOLUME MÍNIMO Soro: 1mL ⁄ Urina: 5 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dados: Obrigatório informar o volume da diurese no campo específico de cadastro.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta SORO: Tubo […]

VACINA GRIPE TRIVALENTE

PALAVRA CHAVE VACINA DA GRIPE TRIVALENTE (A⁄H1N1 – VICTORIA, A⁄H3N2 – DARWIN, B⁄AUSTRIA) ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  Apartir de  6 meses de vida, ima dos ao ano       TEMPO DE JEJUM Jejum desnecessário COMENTÁRIOS   Indicação: Para […]

ÁCIDO METILMALÔNICO

Material Urina   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril sem conservantes   VOLUME MÍNIMO 10 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Urina Isolada: Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a última micção. Desprezar o primeiro jato de urina e sem interromper a micção, coletar […]

ANTICORPOS ANTI LEISHMANIOSE IGG E IGM

Palavras Chave Leishmaniose quantitativo Leishmaniose visceral Imunofluorescência Leishmaniose humana Leishmania Donovani Calazar   Instruções – Os testes sorológicos não se aplicam aos casos suspeitos de Leishmaniose tegumentar ou cutânea. Este teste tem como objetivo a pesquisa de Leishmaniose visceral.   Jejum – Jejum não obrigatório.   Outros Laboratórios – Este exame pesquisa anticorpos IgG e […]

ANÁLISE CROMOSSÔMICA POR ARRAY-CGH 400K (CGH+SNP)

Material Diversos   Palavras Chave Hibridizaçao Genomica Comparativa por Arrays + SNP Analise Cromossomica por Microarranjo SNPHD, CMA, CMAHD, CMAHR, CGH, aCGH Perda de Heterozigose (LOH) Plataforma 400K Microduplicaçao Microdeleçao aCGH+SNP   Instruções O pedido médico deverá conter o motivo da investigação, dados clínicos e fenotípicos do paciente. A interpretação do exame é direcionada pelo […]

ESTUDO GENÉTICO DO EXOMA COMPLETO

Material Diversos.   Palavras Chave Exoma Sequenciamento Completo (exoma) Analise de mutações Sequenciamento do EXOMA Medicina de Precisão   Instruções Obrigatório apresentar relatório médico. Obrigatório apresentar pedido médico. É possível obter resultado inconclusivo ou não informativo dependendo da pergunta clínica, isso pode ocorrer devido a informações incompletas (mutações com significado clínico desconhecido) nos bancos de […]

VACINA BCG

PALAVRA CHAVE Vacina BCG – INDISPONÍVEL NO MOMENTO   ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  Dose única. LOCAL DE APLICAÇÃO Deltoide Direito.   TEMPO DE JEJUM Jejum desnecessário COMENTÁRIOS O que Previne? -Tuberculose — principalmente as formas graves, como meningite tuberculosa […]

DOSAGEM ANTI-XA

MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo FATXA: Medicação: Extração no intervalo de 4 a 6 horas após administração de heparina Outros: Coletar o plasma citratado com 3,2% diluído 1⁄9 ou 3,8% e diluído 1⁄9. Enviar amostra única para a realização […]

ANGIOTENSINA

MATERIAL PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 2,5 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Paciente deverá ficar uma hora em posição supina( DEITADO DE COSTAS COM A CABEÇA E OS OMBROS LIGEIRAMENTE ELEVADOS). antes da coleta da amostra.   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando o tubo com o anticoagulante […]

VACINA HEPATITE A INFANTIL

PALAVRA CHAVE Vacina HEPATITE A INFANTIL –   ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  Duas doses com intervalo de seis meses. LOCAL DE APLICAÇÃO Intramuscular   TEMPO DE JEJUM Jejum desnecessário COMENTÁRIOS O que Previne? – Hepatite A Indicação:  Todas as […]

VACINA PENTAVALENTE

PALAVRA CHAVE Vacina PENTAVALENTE   ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES Aos 2, 4, 6 meses e entre 12 e 18 meses VIA DE APLICAÇÃO: Intramuscular   TEMPO DE JEJUM Jejum desnecessário COMENTÁRIOS O que Previne? – DTPa-VIP⁄Hib: difteria, tétano, coqueluche, […]

VACINA TRIPLICE VIRAL

PALAVRA CHAVE Vacina TRIPLICE VIRAL   ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  A SBIm considera protegido todo indivíduo que tomou duas doses na vida, com intervalo mínimo de um mês, aplicadas a partir dos 12 meses de idade VIA DE APLICAÇÃO: […]

IGE ESPECÍFICO PARA E204 ALBUMINA SORO BOVINO

Material Sangue [S]   Palavras Chave Anticorpos Imunoglobulina IgE Especificos – E204 Albumina Soro Bovino IgE Especifico para E204 Albumina Soro Bovino   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno […]

PAINEL RESPIRATÓRIO (P24), PCR QUALITATIVO

PAINEL RESPIRATÓRIO     Unidades que colhem: Drive Thru Av. Portugal, Jardim America,  Sul, Oeste, Clínica Citocenter, Jardim Nova Esperança, Campinas, Cimrad Garavelo, T 7, Jardim Europa, Medmais.   Palavras Chaves: Painel Respiratório   Painel Síndrome Respiratória Painel (Vírus Influenxa A ( FluA), Vírus InfluenzaA- subtipo H1N1 ( FluA-H1N1),Vírus Influenza A- subtipo H3(fluA-H3), Vírus Influenza […]

IGE ESPECÍFICO PARA EPITÉLIO DE RATO E71

Material Sangue   Palavras Chave E71 E 71   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia alimentar, alergia a venenos, […]

MACROAMILASE

Material – Soro   Volume Recomendável – 4,0 mL   Jejum -Não aplicável . Outros Laboratórios – A dosagem inicial da Amilase é realizada por método enzimático. Caso a sua atividade seja maior que 200 U⁄L, prossegue-se o exame com cromatografia de permeação e novas dosagens. – Nos casos que o resultado for inferior a […]

MINI PAINEL RESPIRATORIO (P4)

VIRUS DETECTADOS   INFLUENZA A         INFLUENZA B                 SARS-COV-2                   VÍRUS SINCICIAL RESPIRATÓRIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Evitar o uso de sprays nasais ou outros medicamentos de uso local no dia da coleta. O paciente deve informar ao coletador se houve alimentação em um período inferior há 2 horas, devido a possibilidade de regurgitar, porém o jejum […]

CHLAMYDIA TRACHOMATIS – ANTICORPOS IGG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

VACINA HAEMOPHILUS INFLUENZAE TIPO B ( HIB )

PALAVRA CHAVE Haemophilus influenzae tipo b, principalmente meningite.   ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES Duas doses com intervalo de dois meses TEMPO DE JEJUM Jejum desnecessário COMENTÁRIOS   Indicação Criacas com mais de 5 anos, adolescentes e adultos nao vavinados […]

3-METIL HISTIDINA – AMINOÁCIDOS

Material Urina [U]   Palavras Chave Histidina 3 metil   Instruções Colher, preferencialmente, a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 04 horas após a última micção. O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o […]

INFLUENZA A VÍRUS ANTICORPOS IGG

INFAG – INFLUENZA A VÍRUS ANTICORPOS IGG   SINÔNIMOS: ANTICORPOS IGG ANTI INFLUENZA A,, ANTICORPOS IGG CONTRA INFLUENZA A,, INFLUENZA A VÍRUS – SOROLOGIA IGG, INFLUENZA A VÍRUS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMOIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar […]

VACINA MININGITE ACWY (GSK)

PALAVRA CHAVE VACINA MENINGOCÓCICA CONJUGADA (ACWY)   ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  Entre 2 e 12 meses de idade: duas doses, com um reforço a partir de um ano de idade, intervalo mínimo de dois meses para última dose. A […]

VACINA PENEUMO 13

PALAVRA CHAVE VACINA PNEUMOCÓCICA 13-VALENTE CONJUGADA   ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  Crianças são 4 doses: 2, 4, 6 e 15 meses , adultos maiores de 50 anos e idosos: dose única.   TEMPO DE JEJUM Jejum desnecessário COMENTÁRIOS O […]

VACINA TRIPLICE ACELULAR DTPA

PALAVRA CHAVE Vacina tríplice bacteriana acelular infantil — DTPa   ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  Pode ser usada para a dose de reforço prevista para os 4-5 anos de idade. Recomendada para o reforço na adolescência. Recomendada para os reforços […]

ZNT8 ANTICORPOS

Palavras Chave ZNT8 ANTICORPOS Anticorpo contra o transportador de zinco   Jejum – Jejum não obrigatório.   Condições – Soro.   Volume Mínimo – 1,0 mL.   Volume Recomendável – 2,0 mL.   Conservação Apoio – Até 10 dias congelado.   Critérios de Rejeição – Lipemia. – Hemólise.

TXCAM – ANTICORPOS IGM ANTI TOXOCARA CANIS

TXCAM – ANTICORPOS IGM ANTI TOXOCARA CANIS   SINÔNIMOS: ANTICORPOS PARA LARVA MÍGRANS VISCERAL (LMV)   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO IMUNOBLOT   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a […]

TRANSLOCAÇÃO BCR-ABL – QUANTITATIVO

Material Diversos [DIV]                           Exame colhido somente de 2ª a 5ª feira.                                  Não deve ser colhido e enviado nos feriados ou em vésperas de feriados. Palavras Chave Cromossomo Filadelfia Cromossomo Philadelphia Leucemia mieloide cronica (LMC) BCR-ABL t(9;22)(q34;q11) Translocaçao 9;22 Chronic Myeloid Leukemia (CML) Ph-positivo b2a2 e b3a2 (p210) LMC-QT BCRABL Transcrito e1a2 (p190) Medicina de […]

ARSÊNIO URINÁRIO FINAL DE JORNADA DE TRABALHO

EXAME ARSÊNIO URINÁRIO FINAL DE JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril ou tubo transporte (alíquota)   VOLUME MÍNIMO 5 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dieta: Não ingerir frutos do mar três dias antes da coleta. INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar em frasco […]

VACINA HEPATITE A ADULTO

PALAVRA CHAVE VACINA HEPATITE A  ADULTO ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  Duas doses, no esquema 0 – 6 meses TEMPO DE JEJUM Jejum desnecessário COMENTÁRIOS O que Previne? – Proteção contra hepatite A.   Indicação:  Proteção contra hepatite A. Contraindicado: […]

VACINA ROTAVIRUS

PALAVRA CHAVE Vacina rotavírus   ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 12 horas ESQUEMA DE DOSES  Vacina oral atenuada pentavalente (VR5) — Para crianças a partir de 6 semanas de idade: três doses, com intervalo mínimo de quatro semanas. Esquema padrão: 2, 4 e 6 meses […]

VACINA HEXAVALENTE

PALAVRA CHAVE VACINA HEXAVALENTE – DTPa-VIP-HB⁄HIb: Difteria, tétano, coqueluche, meningite por Haemophilusinfluenzae tipo b, oliomielite e hepatite B. (hexa). ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 12 horas ESQUEMA DE DOSES  Para a vacinação rotineira de crianças (aos 2, 4, 6 meses e entre 12 e 18 […]

ALUMINIO URINARIO INÍCIO DA JORNADA DE TRABALHO

MATERIAL URINA INÍCIO DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico ou tubo transporte.   VOLUME MÍNIMO 4 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Medicamentos que apresentem alumínio em sua composição devem ser evitados.     INSTRUÇÕES DE COLETA: Coletar em frasco apropriado a amostra no início do primeiro dia da semana da […]

ALUMINIO URINARIO FINAL DA JORNADA DE TRABALHO

MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico ou tubo transporte.   VOLUME MÍNIMO 4 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Medicamentos que apresentem alumínio em sua composição devem ser evitados. Enviar amostra única para a realização deste exame.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar em frasco apropriado a urina do […]

ALUMINIO URINARIO 24 HORAS

MATERIAL URINA 24 HORAS   MEIO(S) DE COLETA Frasco Sem Conservante Tubo cônico ou tubo transporte.( para as unidades que realizam fracionamento)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Medicamentos que apresentem alumínio em sua composição devem ser evitados. Dados: Informar o volume da diurese. Enviar amostra única para a realização deste exame.   INSTRUÇÕES DE COLETA […]

TRANSGLUTAMINASE TECIDUAL ANTICORPOS IGG

Material Sangue.   Palavras Chave Anticorpos anti transglutaminase tecidual IgG Doença celiaca TTG Anti gluten   Jejum Mínimo de 8 horas. Intervalo máximo entre as mamadas para lactentes.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana. Hemólise acentuada. Lipemia acentuada. Amostra inativada pelo calor. […]

VACINA MENINGO B

PALAVRA CHAVE Vacina Meningoócica B   ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta :  das 7:30 as 16:30 Sábado:das  7 as 10:30 horas ESQUEMA DE DOSES  Recomendam o uso rotineiro de quatro doses da vacina meningocócica B aos 3, 5 e 7 meses de vida e entre 12 e 15 meses. Para adolescentes não vacinados […]

ESTUDO MOLECULAR DO GENE P53

Material Diversos   Palavras Chave 17p13 Gene p53 TP53 Estudo Molecular do gene P53 Gene P 53 Sequenciamento Completo (exon 2 ao 11)   Jejum Não necessário.   Condições Sangue total (EDTA) ou Medula óssea (EDTA)   Volume Mínimo 3,0 mL sangue em EDTA   Volume Recomendável 5,0 mL sangue em EDTA   Questionário Obrigatório […]

HIPERMUTAÇÃO IGH (IGVH)

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Hipermutaçao IgH (IgVH) screening Leucemia Linfoide Cronica (HIPERMUTAÇOES SOMATICAS) – IGH – A. Fragmentos + Sanger Genes Analisados IGH   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA) ou Aspirado medular (EDTA).   Volume Mínimo 5,0 mL.   Volume Recomendável 5,0 mL.   Interferentes Uso de anticoagulante incorreto. […]

IGE MÚLTIPLO (GX3) [GX3]

Material Sangue   Palavras Chave RAST para polen de gramineas Gx3 – Polens de Gramineas: Anthoxanthum odoratum (G1 Grama de cheiro, capim doce), Lolium perenne (G   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml . Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   Comentários A dosagem de […]

IGE MÚLTIPLO PARA GX4

Material Sangue   Palavras Chave GX4: Anthoxanthum odoratum (G1 Grama de cheiro, capim doce), Lolium perenne (G5 Azevem perene, capim Phragmites communis (G7 cana de acucar), Secale cereale (G12 centeio), Holcus Lanatus (G13 feno, feno branco, capim lanudo).   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,35 mL.   Volume Recomendável 0,35 mL. […]

GENOTIPAGEM DE HPV EM BLOCO DE PARAFIN

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Tipagem HPV em parafina PCR HPV HPV PCR   Jejum Não é necessário.   Condições Bloco de parafina (tecido devidamente fixado e impregnado em parafina). Coleta Apoio Biópsia de fragmentos de tecidos recém colhidos fixados em álcool e impregnados em bloco de parafina. Conservação Apoio – Enviar a temperatura […]

VDRL – LÍQUOR

VDRLC – VDRL – LÍQUOR   MATERIAL LÍQUOR   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO FLOCULAÇÃO   INSTRUÇÕES DE COLETA Amostra coletada através de procedimento médico.  Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados e  acondicionar corretamente.   INSTRUÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Transportar refrigerado (2°C a 8°C).   INTERPRETAÇÃO […]

ASPERGILLUS – ANTICORPOS

MATERIAL SORO   VOLUME MÍNIMO 2  mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após este período, centrifugar a amostra para obtenção do soro (sobrenadante) e acondicionar corretamente conforme estabelecido […]

DETECÇÃO MOLECULAR DO CLOSTRIDIUM DIFFICILE

MATERIAL FEZES   MEIO(S) DE COLETA Frasco Estéril (SEM CONSERVANTE)   VOLUME MÍNIMO 1g (mínimo)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo CDPCR: Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. Medicação: Substâncias potencialmente interferentes incluem: o creme Vagisil e a pasta de óxido de zinco. Outros: O exame deve ser realizado antes de qualquer procedimento que […]

CANDIDA ALBICANS IgA, ANTICORPOS ANTI [CA-IGA]

Material Sangue [S]   Palavras Chave Anticorpos iga anti candida albicans Candida albicans   Jejum Não é necessário.   Condições Soro   Volume Mínimo 0,8 mL.   Volume Recomendável 0,8 mL.   Comentários Embora a infecção por Candida albicans seja a mais comum, as diferentes espécies de Candida podem produzir diversas síndromes clínicas. Candidemia é […]

CANDIDA ALBICANS IgG, ANTICORPOS ANTI [CA-IGG]

Material Sangue [S]   Palavras Chave Anticorpos Igg Anti Candida albicans Candida albicans   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,8 ml.   Volume Recomendável 0,8 ml.   Comentários Embora a infecção por Candida albicans seja a mais comum, as diferentes espécies de Candida podem produzir diversas síndromes clínicas. Candidemia é […]

CANDIDA ALBICANS IgM, ANTICORPOS ANTI [CA-IGM]

Material Sangue [S]   Palavras Chave Anticorpos IgM anti candida albicans Candida albicans   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Recomendável 0,8 ml.   Comentários Embora a infecção por Candida albicans seja a mais comum, as diferentes espécies de Candida podem produzir diversas síndromes clínicas. Candidemia é a forma mais comum de […]

ELETROFORESE DE PROTEINAS SERICAS 2

PALAVRAS CHAVE -Não aplicável   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   AMOSTRA -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum desejável de 4 h.   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar entre 2° a 8° C   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -A Eletroforese […]

DEPAMIL – DEPURAÇÃO DE AMILASE

DEPAMIL – DEPURAÇÃO DE AMILASE –  SORO E URINA   SINÔNIMOS: CLEARANCE DE AMILASE   MATERIAL SORO E URINA   MEIO(S) DE COLETA Soro: Tubo Desmineralizado Urina: tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO Soro: 0,55 mL ⁄ Urina: 2 mL   MÉTODO CINÉTICO COLORIMÉTRICO     INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo Jejum: Jejum aconselhável de 3 horas. […]

GENE DPYD: TOXICIDADE DO 5-FLUOROURACIL

Material Sangue   Palavras Chave gene DPYD c.1905+1G>A (IVS14+1) c.2846A>T (p.Asp949Val) c.1679T>G (p.Ile560Ser) c.296delTCAT (p.Ser99Tyrfs*17) rs3918290 5-Fluorouracil (5-FU) Deficiência da enzima DPD Toxicidade para 5-FLORURACIL Medicina de Precisão Genes Analisados DPYD   Jejum Não necessário   Condições Sangue Total (EDTA).   Volume Mínimo 2,0 mL de sangue total em EDTA.   Volume Recomendável 4,0 mL […]

VACINA DENGUE

PALAVRA CHAVE Dengue tipo ( 1, 2, 3, e 4) ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  São 3 doses com intervalos de 6 meses uma da outra   TEMPO DE JEJUM Jejum desnecessário COMENTÁRIOS O que Previne? – (DEN1, DEN2, DEN3 e […]

VACINA FEBRE AMARELA

Vacina Febre Amarela ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado : 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  Aplicada a partir de 9 meses de idade. A Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda uma segunda dose para vacinados abaixo dos 2 anos de idade. Adultos não vacinados na infância devem […]

VACINA HEPATITE A + B

PALAVRA CHAVE VACINA HEPATITE A  ADULTO e INFANTIL –VACINA HEPATITE A + B ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES  Apresentação infantil e adulto: duas doses com intervalos de 6 meses. TEMPO DE JEJUM Jejum desnecessário COMENTÁRIOS O que Previne? – Proteção […]

VACINA HPV QUADRIVALENTE

PALAVRA CHAVE VACINA HPV   ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 07:30 as 16:30 horas Sábado: 7 as 10:30  horas ESQUEMA DE DOSES  É recomendado administrar três doses com um intervalo mínimo entre a primeira e a segunda dosede de 1 mês, e de 6 meses entre a primeira e a terceira.   […]

VACINA GRIPE TETRAVALENTE

PALAVRA CHAVE VACINA INFLUENZA – TETRAVALENTE A tetravalente tem duas cepas de influenza A, a H1N1 e a H3N2 e duas cepas de vírus B,  a Victoria e a Yamagata. ATENDIMENTO Unidade Jardim América Segunda a sexta : 8 as 17 horas Sábado: 8 as 11 horas ESQUEMA DE DOSES    TEMPO DE JEJUM Jejum […]

ARSÊNIO URINÁRIO INÍCIO DE JORNADA DE TRABALHO

EXAME ARSÊNIO URINÁRIO INÍCIO DE JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico   VOLUME MÍNIMO 5 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   Instruções de preparo Dieta: Não ingerir frutos do mar três dias antes da coleta. INSTRUÇÕES DE COLETA   Coletar em frasco apropriado a amostra […]

CÁDMIO URINA INÍCIO DE JORNADA DE TRABALHO

EXAME CÁDMIO URINA INÍCIO DE JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 5 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   Instruções de preparo Dieta: Evitar consumo de peixes, farinhas refinadas, chás e cafés. Outros: Evitar uso de cigarro no dia da coleta. Instruções de […]

FLUOR URINÁRIO INÍCIO DA JORNADA DE TRABALHO

FLUOI – FLUOR URINÁRIO INÍCIO DA JORNADA DE TRABALHO   SINÔNIMOS: FLUORETO URINÁRIO   MATERIAL URINA INÍCIO DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO POTENCIOMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dieta: Concentrações elevadas de flúor na água potável, bem como o consumo de chá, frutos do […]

CHUMBO URINÁRIO INÍCIO DE JORNADA DE TRABALHO

MATERIAL URINA INÍCIO DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico ou tubo transporte.   VOLUME MÍNIMO 5 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dieta: Não ingerir frutos do mar três dias antes da coleta.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta : Coletar em […]

IGE ESPECÍFICO PARA PEPINO F244

PF244 – IGE ESP (F244) – ALIMENTOS – PEPINO   SINÔNIMOS: CUCUMIS SATIVUS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar […]

LISTERIOSE SORO AGLUTINAÇÃO

Material Sangue   Palavras Chave Listeria monocytogenes IgG   Jejum Mínimo de 8 horas. Intervalo entre mamadas para lactentes.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada. Contaminação microbiana. Amostra colhida e enviada em tubo gel separador   Comentários Listeria monocytogenes, é […]

RT PCR DIAGNOSTICO MOLECULAR CORONAVIRUS COVID-19

MATERIAIS: Swab de nasofaringe e orofaringe.                                                                                                                    PALAVRAS CHAVES Coronavirus Covid-19 Virus respiratórios   CONDIÇÕES   – Exsudato nasofaríngeo em salina. – Escarro. – Lavado brônquico alveolar. – Aspirado traqueal. – Aspirado ou lavado de nasofaringe. – Aspirado ou lavado de orofaringe.   CONSERVAÇÃO DA AMOSTRA   – Amostra deve ficar refrigerada de 2 […]

MOG, ANTICORPOS

Material Sangue [S]   Palavras Chave MOG [Mielina Oligodendrocito Glicoproteina ] Anticorpos, SORO Anticorpo contra a glicoproteína da mielina do oligodendrócito Anti MOG pelo método CBA Anti MOG   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,4 mL.   Volume Recomendável 0,6 mL.   Comentários A glicoproteína da mielina dos oligodendrócitos (myelin […]

TESTE DO PEZINHO COMPLETO

Material Sangue [S]   Palavras Chave Tireotropina (TSH) neonatal [TSH-N] Pesquisa de hemoglobinopatias [HBNN] 17 Alfa-OH-progesterona neonatal [17-PGN] Tripsina imuno reativa (IRT) [TRIPSI] Atividade enzimatica da biotinidase [BIOTD] Anticorpos IgM anti-toxoplasma gondii [TXMNN] Tiroxina (T4) neonatal [T4-N] Galactose total [GFUT] Anticorpos IgM anti-rubeola [RUBNN] Atividade enzimática da G6PD [G6PD] Anticorpos IgM anti-treponema pallidum [SFM-NN] Anticorpos […]

PAINEL 36 ALÉRGENO

PB36 – PAINEL BRASIL 36 ALÉRGENOS   SINÔNIMOS: PERFIL ANTIGÊNICO   Neste painel são realizados 36 testes, descritos abaixo: Penas de ganso; Penas de Galinha; Penas de pato; Penas de peru; Bacalhau; Camarão; Mexilhão; Atum; Salmão; Clara de ovo; Leite de vaca; Trigo; Amendoim; Soja; Arroz; Carne de porco; Carne de vaca; Carne de frango; […]

RT PCR DIAGNOSTICO MOLECULAR COVID-19 INGLES

MATERIAIS: Swab de nasofaringe e orofaringe.                                                                                                                    PALAVRAS CHAVES Coronavirus Covid-19 Virus respiratórios   CONDIÇÕES   – Exsudato nasofaríngeo em salina. – Escarro. – Lavado brônquico alveolar. – Aspirado traqueal. – Aspirado ou lavado de nasofaringe. – Aspirado ou lavado de orofaringe.   VOLUME RECOMENDÁVEL   – Exsudato nasofaríngeo: 1,0 mL. – Escarro: 3,0 […]

RT PCR DIAGNOSTICO MOLECULAR COVID-19 ESPANHOL

MATERIAIS: Swab de nasofaringe e orofaringe.                                                                                                                    PALAVRAS CHAVES Coronavirus Covid-19 Virus respiratórios   CONDIÇÕES   – Exsudato nasofaríngeo em salina. – Escarro. – Lavado brônquico alveolar. – Aspirado traqueal. – Aspirado ou lavado de nasofaringe. – Aspirado ou lavado de orofaringe.   VOLUME RECOMENDÁVEL   – Exsudato nasofaríngeo: 1,0 mL. – Escarro: 3,0 […]

RT PCR DIAGNOSTICO MOLECULAR COVID-19 ITALIANO

MATERIAIS: Swab de nasofaringe e orofaringe.                                                                                                                    PALAVRAS CHAVES Coronavirus Covid-19 Virus respiratórios   CONDIÇÕES   – Exsudato nasofaríngeo em salina. – Escarro. – Lavado brônquico alveolar. – Aspirado traqueal. – Aspirado ou lavado de nasofaringe. – Aspirado ou lavado de orofaringe.   VOLUME RECOMENDÁVEL   – Exsudato nasofaríngeo: 1,0 mL. – Escarro: 3,0 […]

RT PCR DIAGNOSTICO MOLECULAR COVID-19 FRANCÊS

MATERIAIS: Swab de nasofaringe e orofaringe.                                                                                                                    PALAVRAS CHAVES Coronavirus Covid-19 Virus respiratórios   CONDIÇÕES   – Exsudato nasofaríngeo em salina. – Escarro. – Lavado brônquico alveolar. – Aspirado traqueal. – Aspirado ou lavado de nasofaringe. – Aspirado ou lavado de orofaringe.   VOLUME RECOMENDÁVEL   – Exsudato nasofaríngeo: 1,0 mL. – Escarro: 3,0 […]

ACIDO OROTICO

Material Urina [U]   Instruções Informar dados clínicos. O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher urina após retenção urinária de 4 horas. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o jato médio em frasco próprio. Após a […]

CARIÓTIPO BANDA G CONTAGEM DE 100 CÉLULAS

Coleta de segunda a quinta- feira . Material tem que chegar na area tecnica ate as 13:00 h   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0905 FORMULÁRIO CITOGENÉTICA CARIÓTIPO CONSTITUCIONAL   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com heparina sódica (verde ou azul escuro)   *- Crianças acima de 5 anos e Adultos: 4mL; – Crianças menores […]

OCITOCINA

Material Sangue   Palavras Chave Ocitocina Oxitocina Instruções   Jejum Não é necessário.   Condições Plasma (EDTA).   Volume Mínimo 3,0 mL.   Volume Recomendável 3,0 mL.   Comentário A dosagem da ocitocina deve ser indicada pelo médico solicitante a partir da história clínica da paciente de acordo com os diferentes papéis desempenhados por esse […]

UREAPLASMA UREALYTICUM – DETECÇÃO POR PCR

UUPCR – UREAPLASMA UREALYTICUM – DETECÇÃO POR PCR   SINÔNIMOS: UREAPLASMA UREALYTICUM   MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Secreções: Gynoprep (mínimo 2mL), CellPreserv (2 mL), ThinPrep (2 mL), SurePath (2 mL) ou Digene (mínimo 1 mL) por exame. Sêmen: Frasco Estéril (mínimo 1 mL) Urina: Frasco Estéril ou Tubo Cônico (4 mL).   VOLUME […]

IGE MÚLTIPLO (FX7)

EXAME: IGE MÚLTIPLO (FX7)   Material SANGUE [S]   Palavras Chave FX7: Tomate (F25); levedura (F45); alho (F47); cebola (F48); aipo (F85).   Jejum – Jejum não obrigatório.   Condições – Soro   Volume Recomendável – 3,0 mL.   Conservação Apoio – Até 7 dias refrigerado entre 2 e 8 ºC, ou congelado a – […]

ISOFORMA P210 QUANTITATIVO – TRANSLOCAÇÃO BCR-ABL

Material Diversos   Palavras Chave Cromossomo Filadelfia Cromossomo Philadelphia Leucemia mieloide cronica (LMC) BCR-ABL t(9;22)(q34;q11) Translocaçao 9;22 Chronic Myeloid Leukemia (CML) Ph-positivo b2a2 e b3a2 (p210) LMC-QT BCRABL Instruções Exame colhido somente de 2ª a 5ª feira. Não deve ser colhido nos feriados ou em vésperas de feriados.   Jejum Não é necessário.   Outros […]

COVID-19 SOROLOGIA IGM

Material Sangue   Palavras Chave Sorologia para COVID-19 Anticorpos anti-COVID-19 IgM para COVID-19 Sorologia para SARS-CoV-2oV-2 Anticorpos anti-SARS-CoV-2 IgM anti-SARS-CoV-2 Coronavirus Corona   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 mL.   Volume Recomendável 0,6 mL.   Interferentes Contaminação microbiana. Questionário Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   Comentários Os testes sorológicos […]

CROMO URINÁRIO INÍCIO DE JORNADA DE TRABALHO

MATERIAL URINA INICIO DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril ou tubo transporte (alíquota)   VOLUME MÍNIMO 4mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo I: Dieta: Evitar a ingestão de alimentos que podem elevar os níveis de cromo: Carnes, frango e frutos do mar, ovos, Leite e derivados. Grãos integrais como aveia, linhaça […]

RHDGF – GENÓTIPO RHD FETAL

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Kit coletor específico   VOLUME MÍNIMO 10 mL   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0490 FORMULÁRIO DO GENÓTIPO RHD FETAL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. Dados: Obrigatório envio do formulário disponível dentro do kit  de coleta ou no site DB (completamente preenchido) e pedido […]

ADENOVÍRUS – ANTICORPOS IGG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. […]

ANTICORPOS IGM ANTI ADENOVÍRUS

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO IMUNOFLUORESCÊNCIA INDIRETA   INSTRUÇÕES DE COLETA . Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO Os adenovírus […]

HCV, ANTICORPOS ANTI IMUNOBLOT

Material Sangue   Palavras Chave Hepatite C confirmatorio Hepatite C RIBA HCV RIBA (Recombinant Immunoblot Assay) HCV Imunobloting HCV Imunoblot VHC Imunoblot   Jejum Desejável de 4 horas.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Comentários O vírus da Hepatite C (HCV) é o principal agente etiológico das […]

IGE ESP (F333) – ALIMENTOS – LINHAÇA

PF333 – IGE ESP (F333) – ALIMENTOS – LINHAÇA SINÔNIMOS: LINUM USITATISSIMUM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou cuidados especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente […]

EXAME PAINEL DE EPILEPSIA

Material Sangue   Palavras Chave Síndrome de Dravet Encefalopatia Epilética Lipofuscinose Ceróide Esclerose tuberosa Síndrome de West O Painel de Epilepsia investiga mutações em 245 genes: AARS, ACER3, ADAM22, ADGRV1, ADRA2B , ADSL, AIMP2, ALDH7A1, ALG13, AMT, AP3B2, ARHGEF9, ARV1, ARX, ASAH1, ATP13A2, ATP1A2, ATP6V1A, ATP7A, ATP8A2, BRAF, BRAT1, BSCL2, CACNA1A, CACNA1D, CACNA1E, CACNB4, CASK, […]

ANTICORPOS ANTI RNA – POLIMERASE III

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum obrigatório de 8 horas. Dados: Obrigatório relatar a história clínica ou diagnóstico e motivo para a solicitação na observação   INSTRUÇÕES DE COLETA . Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

IGE ESP (K84) – OCUPACIONAIS – SEMENTE DE GIRASSOL

PK84 – IGE ESP (K84) – OCUPACIONAIS – SEMENTE DE GIRASSOL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou cuidados especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

METIL HISTIDINA – AMINOÁCIDOS

Material Sangue   Palavras Chave 3 metil histidina   IJejum Não é necessário.   Condições Plasma (EDTA).   Coleta Apoio – Centrifugar imediatamente após a coleta e logo em seguida congelar a amostra.   Volume Mínimo 1,5 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.    

HORMÔNIO LUTEINIZANTE-LH 120 MINUTOS

MATERIAL SORO 120 MINUTOS   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Após 120 minutos da administração do estímulo coletar 2 mL de soro.( não adiministramos) Tubo com gel separador:  Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

CULTURA – MYCOPLASMA/UREAPLASMA

CULMU – CULTURA E ANTIBIOGRAMA – MYCOPLASMA⁄UREAPLASMA   SINÔNIMOS: CULTURA DE MICOPLASMAS E UREAPLASMA UROGENITAIS   MATERIAL TRATO GENITAL   MEIO(S) DE COLETA Meio de transporte R1   *Para amostras liquidas: 200 µL que deverá ser inserida em R1. Para amostras coletadas em swab: colocar o swab no meio R1 e homogeneizar.   VOLUME MÍNIMO […]

IGE ESPECÍFICO PARA CIPROFLOXACINA

C307 – IGE ESP (C307) – DROGAS – CIPROFLOXACINA   SINÔNIMOS: ANTICORPOS IGE ANTI CIPROFLOXACINA, ANTICORPOS IGE ANTI CIPROFLOXACINO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso […]

ANTICORPOS ANTI NEUROFASCINA 155

Material Sangue   Palavras Chave Anticorpos Anti Neurofascina 155 IgG Neurofascina 155 Anticorpos IgG Instruções   Jejum Jejum não obrigatório.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 ml   Volume Recomendável 1,0ml.   Critérios de Rejeição Amostra descongelada.

RECONSTRUÇÃO 1

Exame realizado por agendamento. Não confundir com o exame de DNA  paternidade   MATERIAL SANGUE   MEIO(S) DE COLETA Sangue em cartão FTA (cartão de coleta)   VOLUME MÍNIMO Preenchimento do cartão FTA conforme indicado   Instruções: Exame de Investigação de Vínculo Genético no qual podem participar:   Mãe do suposto pai, pai do suposto […]

RECONSTRUÇÃO 12

Exame realizado por agendamento. Não confundir com o exame de DNA  paternidade.   MATERIAL SANGUE   MEIO(S) DE COLETA Sangue em cartão FTA (cartão de coleta)   VOLUME MÍNIMO Preenchimento do cartão FTA conforme indicado   Instruções:   Exame de Investigação de Vínculo Genético no qual podem participar:   Mãe do Filho Legitimo,3 Filhos Legitimos( […]

RECONSTRUÇÃO 9

Exame realizado por agendamento. Não confundir com o exame de DNA  paternidade.   MATERIAL SANGUE   MEIO(S) DE COLETA Sangue em cartão FTA (cartão de coleta)   VOLUME MÍNIMO Preenchimento do cartão FTA conforme indicado   Instruções:   Exame de Investigação de Vínculo Genético no qual podem participar:   3 Irmãs do suposto Pai (Mulheres),Filha […]

RECONSTRUÇÃO 2

Exame realizado por agendamento. Não confundir com o exame de DNA  paternidade   MATERIAL SANGUE   MEIO(S) DE COLETA Sangue em cartão FTA (cartão de coleta)   VOLUME MÍNIMO Preenchimento do cartão FTA conforme indicado   Instruções: Exame de Investigação de Vínculo Genético no qual podem participar:   Mãe do suposto pai,pai do suposto pai,Filho […]

RECONSTRUÇÃO 10

Exame realizado por agendamento. Não confundir com o exame de DNA  paternidade.   MATERIAL SANGUE   MEIO(S) DE COLETA Sangue em cartão FTA (cartão de coleta)   VOLUME MÍNIMO Preenchimento do cartão FTA conforme indicado   Instruções:   Exame de Investigação de Vínculo Genético no qual podem participar:   3 Irmãs do suposto Pai ( […]

RECONSTRUÇÃO 6

Exame realizado por agendamento. Não confundir com o exame de DNA  paternidade.   MATERIAL SANGUE   MEIO(S) DE COLETA Sangue em cartão FTA (cartão de coleta)   VOLUME MÍNIMO Preenchimento do cartão FTA conforme indicado   Instruções:   Exame de Investigação de Vínculo Genético no qual podem participar:   Irmã do suposto Pai ( Mulher), […]

RENINA SERICA

RENIN – RENINA   MATERIAL PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Tubo em EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,2 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo RENIN: Jejum: Aconselhável de 4 horas. Exercícios: Evitar a realização de atividade física. Medicação: A suspensão de medicamentos interferentes deve ser orientada exclusivamente pelo médico. Como sugestão para o profissional médico, […]

SOROLOGIA PARA ESPOROTRICOSE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após este período, centrifugar a amostra para obtenção […]

CORONAVÍRUS 2019 – SARS-COV-2 IGG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA     INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA . Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em […]

TC PESCOCO

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

ANGIOTOMOGRAFIA DO TÓRAX

Exame realizado somente na Center-X. É necessário agendamento. Telefone 3933-9000⁄99437-1814. No valor do exame está incluso o contraste.

INSETOS-MOSQUITO COMUM -PERNILONGO

API71 – IGE ESP (I71) -INSETOS-MOSQUITO COMUM -PERNILONGO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

CHLAMYDIA TRACHOMATIS E NEISSERIA GONORRHOEAE PCR

MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Secreções e Raspados: CellPreserv (mínimo 2 mL), ThinPrep (2 mL), SurePath (2 mL), Gynoprep (2mL) ou Digene (mínimo 1mL) por exame. Sêmen: Frasco Estéril (mínimo 1mL) Urina e Secreção ocular: Frasco Estéril (mínimo 2mL)   VOLUME MÍNIMO *Consultar Meio de coleta   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL   REGIÃO […]

IGE ESPECÍFICO – MORFINA (C260)

Material Sangue [S]   Palavras Chave Anticorpos imunoglobulina Ige especificos – Morfina (C260) Ige especifico – Morfina (C260) Morfina (C260)   Jejum Jejum não obrigatório.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,20 mL   Volume Recomendável 0,30 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas […]

ANTICORPOS ANTI-HMG COA REDUTASE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após este período, centrifugar a amostra para obtenção […]

USG OBSTETRICA COM DOPPLER

Exame realizado na clínica Center-X. Necessário agendamento. Telefone: 3933-9000⁄99437-1814(whatsapp).

USG TRANSFONTANELA

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RX PERNA UNILATERAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

USG MAOS

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

USG TORNOZELOS

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

LEISHMANIA SPP – DETECÇÃO POR PCR

LEIPCR – LEISHMANIA SPP  – DETECÇÃO POR PCR   MATERIAL TECIDO   MEIO(S) DE COLETA Amostras de tecido comprometido (lesões ativas em pele ou mucosas) em frasco estéril com salina   VOLUME MÍNIMO Não aplicável   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou cuidados especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA A coleta do material […]

TESTE DE ARRAY GENÔMICO

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (rolha roxa)   VOLUME MÍNIMO 4 mL   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0713 CGHSP – FORMULÁRIO E TERMO GENÉTICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou cuidados especiais. Dados: Enviar documentos obrigatórios como pedido médico, relatório clínico e formulário.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO *Amostra […]

IGE ESPECIFICO – CASPA DE CAVALO

E3 – IGE ESP (E3) – EPITÉLIOS – CASPA DE CAVALO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 0,6 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

CURVA GLICEMICA E HGH

MATERIAL PLASMA FLUORETADO+ SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com fluoreto (cinza) + tubo Soro ( tampa amarela)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Bebida alcoólica: A abstinência é desejável nas 24 horas que antecedem o teste. Jejum: Jejum obrigatório de 8 horas. Em caso de crianças, seguir orientação médica. ou intervalo entre as mamadas. Coletar amostra […]

APOLIPOPROTEINA E

EXAME APOLIPOPROTEINA E   MATERIAL SORO   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO NEFELOMETRIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.     INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas diferente das […]

ESTUDO DE INTOLERÂNCIA ALIMENTAR A200

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1mL   MÉTODO IMUNOBLOT   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

STREPTOCOCCUS BETA HEMOLITICO CULTURA SWAB V / A

Palavras Chave Streptococcus beta hemolítico grupo B Streptococcus grupo B Streptococcus agalactiae Triagem pre-natal para Streptococcus grupo B Streptococcus em gestante   Instruções Não é realizada coleta cervical e⁄ou endocervical. Nos casos de coletas de secreção vaginal ou anal, pode-se urinar, defecar e tomar banho. Não fazer uso de antissépticos, medicações tópicas e uso de […]

ESTUDO MOLECULAR DAS SÍNDROMES DE PRADER-WILLI E A

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO MS-MLPA   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0697 QUESTIONÁRIO – EXAMES GENÉTICOS   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0596 TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO PARA TESTE GENÉTICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo Jejum: Não é necessário jejum ou cuidados especiais. Dados: É […]

IGE ESP (D205) – ÁCAROS – DERMATOPHAGOIDES PTERON

PD205 – IGE ESP (D205) – ÁCAROS – DERMATOPHAGOIDES PTERONYSSINUS (RDER P10 TROPOMIOSINA)   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente […]

CORE BIOPSIA MAMARIA

Exame realizado na Clínica Center X. Necessário agendamento. Telefone:(62) 99437-1814 (whatsapp)   Esse exame consiste na retirada de fragmentos⁄nódulos de tecido da mama para análise.

TC CORONARIAS

Exame realizado na clínica Center-X. Necessário agendamento. Telefone: 3933-9000⁄99437-1814(whatsapp).   Necessário jejum de 4 horas; Medicamentos de uso rotineiro devem ser mantidos em suas dosagens e horários habituais, tomar com mínimo de água possível; Chegar com 1 hora de antecedência; Trazer exames cardiológicos anteriores e relatórios médicos de cateterismo ou de cirurgias em geral, caso […]

BCR/ABL – QUALITATIVO P190 P210

Material Diversos                                          COLHER 4 TUBOS DE SANGUE COM EDTA ( tampa roxa) Palavras Chave Cromossomo Philadelphia                                   COLETA DE SEGUNDA A QUINTA Cromossomo Filadelfia Leucemia Mieloide Cronica (LMC) BCR-ABL t(9;22)(q34;q11) BCRABL Chronic Myeloid Leukemia (CML) Ph-positivo b2a2 e b3a2 (p210) e1a2 (p190) CP-PCR   Genes Analisados – BCR ABL.   Jejum Não é necessário.   Outros […]

GENE DA CISTATINA BETA SINTETASE

Material Sangue   Palavras Chave 844INS68 CBS Genotipagem da CBS Cistationina Beta Sintetase Cistationa Beta Sintetase Hiper homocisteinemia Estudo molecular do polimorfismo 844INS68 do gene da CBS Genes Analisados CBS.   Jejum Não necessário.   Condições Sangue total (EDTA).   Volume Mínimo 2,0 mL.   Volume Recomendável 4,0 mL.   Interferentes Alguns fatores inerentes à […]

CITOMEGALOVÍRUS – DETECÇÃO POR PCR

MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Sangue total: Tubo com EDTA (roxo) – 2 mL Urina: Frasco estéril – 10 mL     VOLUME MÍNIMO *Ver Meio de coleta   INSTRUÇOES   SANGUE TOTAL INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados, homogeneizar e acondicionar corretamente. URINA INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar […]

GLUTAMATO DEHIDROGENASE

Material Sangue   Palavras Chave Desidrogenase glutamica Glutamato desidrogenase GLDH Instruções   Jejum Não necessário.   Condições Soro   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.

IGE ESPECÍFICA CLORHEXIDINA

CLORE – IGE ESPECÍFICA CLORHEXIDINA SINÔNIMOS: C8, CLOREXIDINA, IGEC8   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO FLUORENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

ANTICORPOS ANTI RIBOSSOMAS

SINÔNIMOS: ANTI-PROTEINA P RIBOSSOMAL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INSTRUÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO […]

IGE MULTIPLO PARA FX20

PFX20 – IGE PAINEL (FX20) – ALIMENTOS   SINÔNIMOS: PAINEL: (F4) TRIGO, (F5) CENTEIO, (F6) CEVADA, (F9) ARROZ   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA […]

IGE MULTIPLO PARA FX16

Material Sangue   Palavras Chave FX16: Morango (F44), pera (F94), limao (F208), abacaxi (F210). Instruções   Jejum Não é necessário.   Condições Soro   Volume Mínimo 0,4 mL.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alergeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, […]

COVID-19 SOROLOGIA IGA

EXAME [MNEMÔNICO]  SARS COV-2, ANTICORPOS IgA [COVIGA]   MATERIAIS SORO   PALAVRAS CHAVES Sorologia para COVID-19 Anticorpos anti-COVID-19 IgA para COVID-19 Sorologia para SARS-CoV-2oV-2 Anticorpos anti-SARS-CoV-2 IgA anti-SARS-CoV-2 Coronavirus Corona   CONDIÇÕES – Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL – 0,6 mL.   TEMPO DE JEJUM – Jejum não obrigatório. CRITÉRIOS DE REJEIÇÃO – Contaminação microbiana.   […]

MYCOPLASMA HOMINIS – DETECÇÃO POR PCR

MHPCR – MYCOPLASMA HOMINIS – DETECÇÃO POR PCR   MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Secreções: Gynoprep (mínimo 2mL), CellPreserv (2 mL), ThinPrep (2 mL), SurePath (2 mL) ou Digene (mínimo 1 mL) por exame. Sêmen: Frasco Estéril (mínimo 1 mL) Urina: Frasco Estéril ou Tubo Cônico (4 mL).   VOLUME MÍNIMO * Consultar Meio […]

PARVALBUMINA DE PEIXE (RCYP C1) (RF355)

F355 – IGE ESP (F355) – PARVALBUMINA CARPA – RCYP C1   SINÔNIMOS: CYPRINUS CARPIO, CARPA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

IGE ESP (F351) – TROPOMIOSINA RECOMBINANTE CAMARÃO

PF351 – IGE ESP (F351) – TROPOMIOSINA RECOMBINANTE CAMARÃO SINÔNIMOS: PEN A 1, RPEN A 1   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

IGE ESP – F426 RGAD C 1 (PARVALBÚMINA) GADUS MORH

PF426 – IGE ESP (F426) – PARVALBUMINA BACALHAU – RGAD C 1 SINÔNIMOS: GADUS MORHUA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separado   VOLUME MÍNIMO 2 mL   NSTRUÇÕES DE COLETA Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para […]

QUETIAPINA – SEROQUEL

QUETI – QUETIAPINA – SEROQUEL   SINÔNIMOS: HEMIFUMARATO DE QUETIAPINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA EFICIÊNCIA +ESPECTROMETRIA DE MASSAS   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

MERCÚRIO URINA INÍCIO DE JORNADA DE TRABALHO

MERUI – MERCÚRIO URINA INÍCIO DE JORNADA DE TRABALHO   SINÔNIMOS: MERCÚRIO INORGÂNICO   MATERIAL URINA INÍCIO DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta MERUI: Coletar em frasco apropriado a amostra […]

EXOMA COM ANÁLISE DE CNV E DNA MITOCONDRIAL

Material Diversos   Palavras Chave Sequenciamento completo do exoma e sequenciamento completo do DNA mitocondrial Instruções Obrigatório apresentar pedido médico. Apresentar relatório médico e informações clínicas detalhadas.   Jejum Não é necessário.   Outros Laboratórios Questionário e termo para EXOMA. Enviar pedido médico. A interpretação do exame é direcionada pelo quadro clinico e desta forma, […]

BKV – POLIOMAVÍRUS – QUANTIFICAÇÃO POR PCR

PARA A REALIZACAO DESSE EXAME NO SANGUE SOMENTE NA CLINICA CITOCENTER. PARA A REALIZAÇÃO DO EXAME NA URINA PODE SER EM QUALQUER UNIDADE   MATERIAL PLASMA OU URINA   MEIO(S) DE COLETA Plasma: Tubo Perolado (PPT) Urina: Frasco Estéril   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL   PLASMA INSTRUÇÕES DE PREPARO […]

INSULINA TIPO

INS1 – INSULINA 15 MINUTOS   MATERIAL SORO 15 MINUTOS   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Após 15 minutos da administração do estímulo coletar 1 mL de soro. – Tubo com gel separador:  Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

INSULINA 180 MINUTOS

INS18 – INSULINA 180 MINUTOS   MATERIAL SORO 180 MINUTOS     MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Após 180 minutos da administração do estímulo coletar 1 mL de soro. – Tubo com gel separador:  Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

INSULINA 210 MINUTOS

INS21 – INSULINA 210 MINUTOS   MATERIAL SORO 210 MINUTOS   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Após 210 minutos da administração do estímulo coletar 1 mL de soro.. Tubo com gel separador:  Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

INSULINA 240 MINUTOS

INS24 – INSULINA 240 MINUTOS   MATERIAL SORO 240 MINUTOS   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Após 240 minutos da administração do estímulo coletar 1 mL de soro. – Tubo com gel separador:  Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

INSULINA 30 MINUTOS

INS30 – INSULINA 30 MINUTOS   MATERIAL SORO 30 MINUTOS   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Após 30 minutos da administração do estímulo coletar 1 mL de soro. Tubo com gel separador:  Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

INSULINA 45 MINUTOS

INS45 – INSULINA 45 MINUTOS   MATERIAL SORO 45 MINUTOS   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Após 45 minutos da administração do estímulo coletar 1 mL de soro. Tubo com gel separador:  Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

INSULINA 60 MINUTOS

INS60 – INSULINA 60 MINUTOS   MATERIAL SORO 60 MINUTOS   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Após 60 minutos da administração do estímulo coletar 1 mL de soro. Tubo com gel separador:  Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

INSULINA 90 MINUTOS

INS90 – INSULINA 90 MINUTOS   MATERIAL SORO 90 MINUTOS   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Após 90 minutos da administração do estímulo coletar 1 mL de soro. Tubo com gel separador:  Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

TC QUADRIL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

PAINEL MOLECULAR PARA COLESTASE CRÔNICA

CHEPA – PAINEL MOLECULAR PARA COLESTASE CRÔNICA   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO SEQUENCIAMENTO DE NOVA GERAÇÃO (NGS) E CNV   GENES ANALISADOS ABCB11, ABCB4, ATP8B1, CFTR, JAG1, KIF12, LSR, MYO5B, NOTCH2, NR1H4, PPM1F, SERPINA1, TJP2, USP53, VIPAS39, VPS33B, WDR83OS   FORMULÁRIO […]

COMPLEMENTO C3 PRÓ-ATIVADOR – FATOR B

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO NEFELOMETRIA     INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras […]

RISCO FETAL TESTE COMBINADO.

Material Sangue [S]   Palavras Chave Teste do risco fetal 1º trimestre Proteína Plasmática associada a gravidez Síndrome de Down PAPP-A + BhCG livre + Translucência nucal 1º trimestre Risco fetal 1º trimestre Perfil Fetal Instruções Atenção: Dados necessários para realização do exame: Ultrassom obstétrico (com medida de translucência nucal) + questionário preenchido pelo médico […]

MICROALBUMINÚRIA – 6 HORAS

MATERIAL URINA 6 HORAS   MEIO(S) DE COLETA Tubo transporte. Meio alternativo: tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Exercícios: Evitar a realização de atividade fisica.   INSTRUÇÕES DE COLETA Urina de 6 horas: Desprezar a primeira micção da manhã, anotar o horário de início,  a partir da próxima micção, durante […]

BORO – SANGUE TOTAL

EXAME Boro   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo trace (sem aditivo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   NSTRUÇÕES DE COLETA Tubo Trace: Colher a amostra direto no tubo trace. Após a coleta, aguardar a retração do coágulo e em seguida, centrifugar. Transferir por inversão o soro obtido para outro tubo trace. Manipular o […]

COVID-19 SOROLOGIA IGG

Material Sangue   Palavras Chave Sorologia para COVID-19 Anticorpos anti-COVID-19 IgG para COVID-19 Sorologia para SARS-CoV-2oV-2 Anticorpos anti-SARS-CoV-2 IgG anti-SARS-C2 Coronavirus Corona   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5mL   Volume Recomendável 0,6mL.   Interferentes Contaminação microbiana. Questionário Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   Comentários Os testes sorológicos para COVID-19 […]

IGE ESP (K82) – OCUPACIONAIS – LÁTEX

K82 – IGE ESP (K82) – OCUPACIONAIS – LÁTEX SINÔNIMOS: HEVEA BRASILIENSIS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

BKV – POLIOMAVIRUS – DETECÇÃO POR PCR

MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA SANGUE TOTAL: Tubo com EDTA (roxo) LÍQUOR E URINA: Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO Sangue total: 4 mL Liquor e Urina : 1 m   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL   INSTRUÇOES   LÍQUOR INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA […]

ANTICORPOS ANTI-FOSFOLIPASE A2

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1  mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO A detecção de Autoanticorpos anti-receptor de Fosfolipase […]

ÁCIDO GAMA AMINOBUTÍRICO – GABA

MATERIAL URINA 24 HORAS CONGELADA   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 15 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dados: Informar o volume da diurese.   INSTRUÇÕES DE COLETA Urina de 24 horas: Desprezar a primeira micção da manhã, anotar o horário de início, a partir da próxima micção, armazenar em frasco apropriado toda […]

TRIPTASE

TRIP – TRIPTASE   SINÔNIMOS: TRIPTASE SÉRICA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração […]

ANTICORPOS ANTI – ESPERMATOZÓIDE

SINÔNIMOS: ANTICORPOS ANTI ESPERMA, ANTICORPOS ANTIESPERMATOZÓIDES, AAE   MATERIAL SORO   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas diferente das […]

TRIPSINA PANCREÁTICA

TRIPS – TRIPSINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas diferente das condições solicitadas […]

CORTISOL E CORTISONA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA EFICÁCIA – ESPECTROMETRIA DE MASSAS   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

TRIPTOFANO DOSAGEM

TRIPT – TRIPTOFANO DOSAGEM   MATERIAL PLASMA EDTA   MEIO(S) DE COLETA PLASMA: Tubo com EDTA (roxo). .   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO HPLC COM DETECÇÃO FLUORIMÉTRICA   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando o tubo com o anticoagulante correspondente ao exame, homogeneizar, centrifugar a amostra, separar o plasma em tubo transporte de […]

ANTICORPOS IGG ANTI SOROTIPOS DE PNEUMOCOCOS

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO IMUNOENZIMÁTICO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO Este teste é utilizado para […]

MAGNÉSIO ERITROCITÁRIO

MGERI – MAGNÉSIO ERITROCITÁRIO   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo trace de heparina sódica (tampa azul escura)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE ABSORÇÃO ATÔMICA (EXCITADOR DE CHAMA)   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados, homogeneizar e acondicionar corretamente.   INTERPRETAÇÃO O magnésio […]

NEISSERIA GONORRHOEAE – PCR

NGPCR – NEISSERIA GONORRHOEAE – PCR   MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Secreções e Raspados: CellPreserv (mínimo 2 mL), ThinPrep (2 mL), SurePath (2 mL), Gynoprep (2mL) ou Digene (mínimo 1mL) por exame. Sêmen: Frasco Estéril (mínimo 1mL) Urina e Secreção ocular: Frasco Estéril (mínimo 2mL)   VOLUME MÍNIMO *Consultar Meio de coleta   […]

IGE ESP (F269) – ALIMENTOS – MANJERICÃO

F26 – IGE ESP (F26) – ALIMENTOS – CARNE DE PORCO SINÔNIMOS: SUS SPP   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA     INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa […]

IGE ESP (F268) – ALIMENTOS – CRAVO

PF268 – IGE ESP (F268) – ALIMENTOS – CRAVO SINÔNIMOS: CRAVO-DA-INDIA, SYZYGIUM AROMATICUM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: […]

IGE ESP (F270) – ALIMENTOS – GENGIBRE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INSTRUÇÕES […]

IGE ESP (C211) – DROGAS – TETRACICLINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO As reações de hipersensibilidade […]

MICROALBUMINÚRIA – 12 HORAS

MIC12 – MICROALBUMINÚRIA – 12 HORAS   MATERIAL URINA 12 HORAS   MÉTODO TURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Exercícios: Evitar a realização de atividade fisica. Dados: Informar a diurese   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta de urina de 12 horas: Desprezar a primeira miccção da manhã, anotar o horário de início,  a partir da próxima miccção, […]

MICROALBUMINÚRIA – 24 HORAS

  MIC24 – MICROALBUMINÚRIA – 24 HORAS   MATERIAL URINA 24 HORAS   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril ou tubo transporte   VOLUME MÍNIMO 5 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dados: Informar o volume da diurese. Exercícios: Evitar a realização de atividade fisica. INSTRUÇÕES DE COLETA Urina de 24 horas: Desprezar a primeira micção da […]

SCHIT – SCHISTOSSOMOSE – ANTICORPOS IGG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido […]

BCR/ABL – TRANSLOCAÇÃO QUANTITATIVO (P210)

SINÔNIMOS: BCR⁄ABL P210, T(9;22), CROMOSSOMO PHILADELPHIA, LEUCEMIA MIELÓIDE CRÔNICA (LMC)   MATERIAL SANGUE TOTAL OU ASPIRADO DE MEDULA ÓSSEA   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 16 mL (Sangue Total) 4 mL (Medula Óssea)   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO   RQ-0728 FORMULÁRIO PARA ANÁLISES ONCOHEMATOLÓGICAS disponivel no […]

TRIAGEM AMPLIADA PARA ERROS INATOS DO METABOLISMO

Material Sangue + Urina [S+U]   Palavras Chave Erros inatos do metabolismo – Triagem Ampliada Triagem Ampliada = Triagem mínima + Triagem Orientada Quitotriosidade, Sialoligossacaridios, Hexosaminidase, Oligossacaridios Triagem Tay-sacks, Beta glicuronidase Triagem Gaucher Triagem Doença de Deposito Mucopolissacarideos   Instruções O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher a primeira urina da manhã ou […]

IGE ESPECIFICO PARA PO CASEIRO H2

Material Sangue.   Palavras Chave RAST po domestico RAST po caseiro RAST po de casa   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 ml.   Volume Recomendável 0,3 ml.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável […]

IGE ESPECIFICO PARA AMEIXA F255

Material Sangue.   Palavras Chave RAST Nome cientifico: Prunus domestica   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 ml.   Volume Recomendável 1,0 ml.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por […]

IGE ESPECIFICO PARA ALERGENOS DO LEITE

Material Sangue   Palavras Chave IgE para Lactose Componentes do leite de vaca (C312) Instruções Não é realizado IgE para lactose por se tratar de um carboidrato. Para melhor clareza nos laudos, mediante à solicitação de "IgE específico para Lactose" serão realizados os IgEs específicos para as principais proteínas do leite capazes de induzir alergia: […]

IGE ESPECIFICO PARA PO CASEIRO H1

Material Sangue.   Palavras Chave RAST po caseiro H1 RAST po domestico H1   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Conservação Apoio – Até 7 dias refrigerado entre 2 e 8 ºC. Após esse período, congelar a -20 ºC por até 3 meses.

IGE ESPECIFICO PARA CORYLUS AVELLANA

Material Sangue   Palavras Chave Nome popular: Aveleira Polens de arvores e arbustos RAST   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,10 mL.   Volume Recomendável 0,15 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais […]

PEPTÍDEO C PÓS-PRANDIAL

Material Sangue.   Palavras Chave Peptideo C Peptídeo C Instruções Ao iniciar a alimentação, marcar o horário, aguardar 2 horas ( ou outro prazo definido pelo médico ) a partir do início da refeição e retornar para coleta da amostra (chegar ao laboratorio pelo menos 10 minutos antes da coleta). Se ingerir sobremesa, faze-lo imediatamente […]

ANTICORPOS ANTI-MDA5 (CADM140)

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum não obrigatório.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após […]

IGE ESPECIFICOS AZITROMICINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

RELAÇÃO ALDOSTERONA RENINA

Material Sangue   Palavras Chave Aldosterona⁄Renina   Jejum Não necessário   Condições Soro para Aldosterona Plasma (EDTA) para Renina Direta Coleta – Coletar entre 7 e 10 h da manhã. – A coleta deve ocorrer na posição sentada⁄ereta ou deitada. Para a posição sentada⁄ereta o cliente não pode ter assumido a posição deitada nas últimas […]

CGH + SNP ARRAY

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (rolha roxa)   VOLUME MÍNIMO 4 mL   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0523 TERMO DE CONSENTIMENTO E FORMULÁRIO CGH ARRAY 180K   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo: Dados: É obrigatório cópia do pedido médico, formulário (disponível no site do DB) preenchido corretamente com a indicação clínica . Em […]

ANTICORPOS IGE ESPECIFICOS AZITROMICINA

AZITRO – IGE ESPECÍFICA AZITROMICINA (C3N)   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em […]

IMUNOFIXAÇÃO – S [IMUFIX]

Material Sangue.   Palavras Chave Eletroforese de Imunoglobulinas Proteina M Proteina Monoclonal Imunoeletroforese de proteinas   Jejum Jejum obrigatório de 8 horas.   Outros Laboratórios – Quando solicitado "Quantificação de Proteína M", lançar o exame Eletroforese de proteínas colocar esta informação no campo "Observação", no momento do cadastro. – Quando solicitado "Pesquisa de Proteína M", […]

IGE ESP (E2) – EPITÉLIOS – PÊLO DE CÃO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em […]

IGE ESPECIFICO PARA BROMUS INERMIS

Material Sangue [S]   Palavras Chave Nomes populares: Cevadilha, falsa-cevada RAST   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,10 mL.   Volume Recomendável 0,15 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia alimentar, […]

IGE ESPECIFICO PARA EXCREMENTO DE PERIQUITO

Material Sangue.   Palavras Chave Excremento de periquito   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,10 ml.   Volume Recomendável 0,15 ml.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia alimentar, alergia a venenos, […]

IGE ESPECIFICO PARA BARATA AMERICANA

I206 – IGE ESP (I206) – ANIMAIS – BARATA VERMELHA   SINÔNIMOS: PERIPLANETA AMERICANA, BARATA AMERICANA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

IGE ESPECIFICO PARA TROPOMIOSINA DO CAMARÃO F351

PF351 – IGE ESP (F351) – TROPOMIOSINA RECOMBINANTE CAMARÃO   SINÔNIMOS: PEN A 1, RPEN A 1   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo […]

IGE ESPECIFICO PARA CENTEIO F5

F5 – IGE ESP (F5) – ALIMENTOS – CENTEIO   SINÔNIMOS: SECALE CEREALE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

IGE ESPECIFICO PARA EPITELIO DE COBAIA

Material Sangue   Palavras Chave E6 Ige para epitelio de cobaia   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,10 mL.   Volume Recomendável 0,15 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia alimentar, alergia […]

IGE ESPECIFICO PARA TRUTA F204

Material Sangue [S]   Palavras Chave Nome cientifico: Oncorhynchus mykiss. Nomes populares: Truta; Salmo gairdnier. F204 F 204   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL   Volume Recomendável 0,5 mL   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas […]

IGE ESPECIFICO PARA FENILBUTAZONA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Analgésicos Anti inflamatórios Anti-inflamatórios Antiinflamatórios   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia alimentar, alergia […]

IGE ESPECIFICO PARA PIMENTA DO REINO/VERDE

Material Sangue   Palavras Chave RAST alimentos de origem vegetal Nome cientifico: Piper nigrum Nome popular: pimenta do reino   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a […]

IGE ESPECIFICO PARA CAQUI RF301

Material Sangue [S]   Palavras Chave RAST Nome cientifico: Diospyros kaki F301   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,7 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia […]

IGE ESPECIFICO PARA LEPIDOGLYPHUS DESTRUCTOR

Material Sangue.   Palavras Chave Acaros   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 ml.   Volume Recomendável 1,0 ml.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia alimentar, alergia a venenos, anafilaxia, asma, […]

IGE ESPECIFICO PARA PÊSSEGO F95

Material Sangue   Palavras Chave RAST alimentos de origem vegetal Nome cientifico: Prunus persica Nome popular: pessego   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do […]

IGE ESPECIFICO PARA PIMENTA MALAGUETA

APF279 – IGE ESP (F279) – ALIMENTOS – PIMENTA MALAGUETA   SINÔNIMOS: CAPSICUM FRUTESCENS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: […]

IGE ESPECIFICO PARA LENTILHA

PF235 – IGE ESP (F235) – ALIMENTOS – LENTILHA   SINÔNIMOS: LENS ESCULENTA     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel […]

IGE ESPECIFICO PARA GRAO DE BICO

F309 – IGE ESP (F309) – ALIMENTOS – GRÃO-DE-BICO   SINÔNIMOS: CHICKPEA, CICER ARIETINUM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0  mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: […]

IGE ESPECIFICO PARA BUPIVACAINA

Material Sangue   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 ml   Volume Recomendável 1,0 ml   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia alimentar, alergia a venenos, anafilaxia, asma, conjuntivite, rinite e síndrome […]

IGE ESPECIFICO PARA TABANUS (MOSCA MUTUCA)

Material Sangue.   Palavras Chave RAST insetos Nome cientifico: Tabanus spp. Nome popular: mosca mutuca   Jejum Não é necessário.   Condições Soro   Volume Mínimo 5 ml.   Volume Recomendável 1,0 ml.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável […]

IGE ESPECIFICO PARA GELATINA C74

Material SANGUE [S]   Palavras Chave Gelatina usada em medicamentos Gelatina bovina Instruções Atenção: A gelatina a que se refere este exame é a gelatina utilizada em medicamentos e não a gelatina usada como alimento.   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,7 mL.   Critérios […]

IGE ESPECIFICO PARA DIPIRONA C294

C294 – IGE ESP (C294) – DROGAS – DIPIRONA ⁄ METAMIZOL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2,0  mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração […]

IGE ESPECIFICO PARA IBUPROFENO

Material Sangue   Palavras Chave Neobrufen Ibuprofeno Analgesicos Anti inflamatorios Antiinflamatorios   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Interferentes Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada. Icterícia acentuada.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno […]

IGE ESPECIFICO PARA PERA F94

Material Sangue   Palavras Chave Nome cientifico: Pyrus communis.   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,7 mL.   Marcação A partir do recebimento da amostra. Diariamente até às 23:59 hs, prazo: 5 dias úteis às 16:00 hs. Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada […]

IGE ESPECIFICO PARA OVO F245

Material Sangue   Palavras Chave RAST ovo de galinha RAST alimentos   Jejum Não é necessário.   Condições Soro   Volume minimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,5 ml   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas […]

IGE ESPECIFICO PARA PELO DE GATO

Material Sangue.   Palavras Chave RAST epitelios e proteinas animais Caspa de gato Pelo de gato. Epitelio de gato. Caspa e pelo de gato   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana. . Comentários A dosagem de anticorpos IgE […]

IGE ESPECIFICO PARA IODO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

IGE ESPECIFICO PARA POLEM DE ARVORES

PTX7 – PÓLENS DE ÁRVORES 7   SINÔNIMOS: PAINEL : (T9) OLIVEIRA, (T12) SALGUEIRO, (T16) PINHEIRO BRANCO, (T18) EUCALIPTO, (T19) ACÁCIA, (T21) MELALEUCA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com […]

IGE ESPECIFICO PARA FORMALDEIDO

PK80 – IGE ESP (K80) – OCUPACIONAIS – FORMALINA   SINÔNIMOS: FORMALDEÍDO⁄FORMALINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente […]

IGE ESPECIFICO PARA ACIDO ACETILSALICILICO C207

C207 – IGE ESP (C207) – DROGAS – ASPIRINA   SINÔNIMOS: ÁCIDO ACETILSALICÍLICO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

IGE ESPECIFICO PARA PHADIATOP INALANTES

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa […]

IGE ESPECIFICO PARA OVOMUCOIDE F233

APF233 – IGE ESP (F233) – ALIMENTOS – OVOMUCOIDE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA OVOALBUMINA F232

APF232 – IGE ESP (F232) – ALIMENTOS – OVO ALBUMINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA CONSERVANTE (ACIDO BENZOICO)

C703 – IGE ESP (C703) – DROGAS – ÁCIDO BENZÓICO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

IGE ESPECIFICO PARA KIWI

F84 – IGE ESP (F84) – ALIMENTOS – KIWI   SINÔNIMOS: ACTINIDIA DELICIOSA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em […]

IGE ESPECIFICO PARA CORANTE VERMELHO

PF340 – IGE ESP (F340) – CORANTE – VERMELHO CARMIM     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA PELO DE CACHORRO E2

E2 – IGE ESP (E2) – EPITÉLIOS – PÊLO DE CÃO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

IGE ESPECIFICO PARA CACAU

F93 – IGE ESP (F93) – ALIMENTOS – CACAU   SINÔNIMOS: THEOBROMA CACAO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

IGE ESPECIFICO PARA PELO DE COELHO E82

PE82 – IGE ESP (E82) – EPITÉLIOS – PÊLO DE COELHO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

IGE ESPECIFICO PARA ABACATE F96

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em […]

IGE ESPECIFICO PARA QUEIJO GORGONZOLA F82

F82 – IGE ESP (F82) – ALIMENTOS – QUEIJO GORGONZOLA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0 ml   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

IGE ESPECIFICO PARA SARDINHA

PF308 – IGE ESP (F308) – ALIMENTOS – SARDINHA   SINÔNIMOS: SARDINA PILCHARDUS     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

IGE ESPECIFICO PARA LÃ K20

K20 – IGE ESP (K20) – OCUPACIONAIS – LÃ   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

IGE ESPECIFICO PARA CEFALOSPORINA C201

C201 – CEFALOSPORINAS (C201) – CEFACLOR, CEFALEXINA, CEFOTAXIMA, CEFUROXIMA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

IGE ESPECIFICO PARA ASPERGILLUS FUMIGATUS M3

M3 – IGE ESP (M3) – FUNGOS – A. FUMIGATUS   SINÔNIMOS: ASPERGILLUS FUMIGATUS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA CEVADA F6

F6 – IGE ESP (F6) – ALIMENTOS – CEVADA   SINÔNIMOS: HORDEUM VULGARE     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA MAMÃO PAPAYA RF293

PF293 – IGE ESP (F293) – ALIMENTOS – MAMÃO PAPAIA   SINÔNIMOS: CARICA PAPAYA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

IGE ESPECIFICO PARA MARACUJÁ F21

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa […]

IGE ESPECIFICO PARA CEFALEXINA C309

C309 – IGE ESP (C309) – DROGAS – CEFALEXINA   SINÔNIMOS: ANTICORPOS ANTI CEFALEXINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA BETERRABA RF319

PF319 – IGE ESP (F319) – ALIMENTOS – BETERRABA   SINÔNIMOS: BETA VULGARIS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente […]

IGE ESPECIFICO PARA OSTRA F290

PF290 – IGE ESP (F290) – ALIMENTOS – OSTRA EDULIS   SINÔNIMOS: IGE ESPECIFICO PARA OSTRA     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo […]

IGE ESPECIFICO PARA PIMENTA VERMELHA F263

PF263 – IGE ESPEC (F263) – ALIMENTOS – PIMENTA VERDE     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

IGE ESPECIFICO PARA TRIMETROPIM C242

C242 – IGE ESP (C242) – DROGAS – TRIMETOPRIM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

IGE ESPECIFICO PARA GERGELIM F10

F10 – IGE ESP (F10) – ALIMENTOS – GERGELIM   SINÔNIMOS: SESAMUM INDICUM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou condições especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA NOZ F256

F256 – IGE ESP (F256) – ALIMENTOS – NOZES   SINÔNIMOS: JUGLANS SPP.   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel sepadador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA SULFAMETHOXAZOL C223

C223 – IGE ESP (C223) – DROGAS – SULFAMETOXAZOL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

IGE ESPECIFICO PARA VITAMINA B12 C721

Material SANGUE [S]   Palavras Chave Cianocobalamina ; Cobalamina   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia alimentar, alergia a […]

IGE ESPECIFICO PARA CASTANHA CAJU F202

PF202 – IGE ESP (F202) – ALIMENTOS – CAJU   SINÔNIMOS: ANACARDIUM OCCIDENTALE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar […]

IGE ESPECIFICO PARA ACARIUS SIRO D70

D70 – IGE ESP (D70) – ÁCAROS – ACARUS SIRO   SINÔNIMOS: ÁCARO DE ARMAZÉM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

IGE ESPECIFICO PARA QUEIJO CHEDDAR F81

PF81 – IGE ESP (F81) – ALIMENTOS – QUEIJO CHEDDAR   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0 ml   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA CANELA RF220

PF220 – IGE ESP (F220) – ALIMENTOS – CANELA   SINÔNIMOS: CINNAMOMUM SPP   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   […]

IGE ESPECIFICO PARA ALTENARIA ALTERNATA M6

M6 – IGE ESP (M6) – FUNGOS – ALTERNARIA ALTERNATA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

IGE ESPECIFICO PARA CLADOSPORIUM HERBARUM M2

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

IGE ESPECIFICO PARA MEXILHAO AZUL F37

PF37 – IGE ESPEC (F37) – ALIMENTOS – MEXILHÃO AZUL   SINÔNIMOS: MYTILUS EDULIS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: […]

IGE ESPECIFICO PARA PENICILLIUM NOTATUM M1

PM1 – IGE ESP (M1) – FUNGOS – PENICILLIUM NOTATUM   SINÔNIMOS: PENICILLIUM CHRYSOGENUM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA CANDIDA ALBICANS M5

M5 – IGE ESP (M5) – FUNGOS – CANDIDA ALBICANS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

IGE ESPECIFICO PARA GRAMA G2

G2 – IGE ESP (G2)- GRAMÍNEAS – GRAMA DAS BERMUDAS   SINÔNIMOS: CYNODON DACTYLON, GRAMA COMUM, GRAMA RASTEIRA     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel […]

IGE ESPECIFICO PARA MANGA F91

APF91 – IGE ESP (F91) – ALIMENTOS – MANGA   SINÔNIMOS: MANGIFERA INDICA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente […]

IGE ESPECIFICO PARA AMENDOA F20

F20 – IGE ESP (F20) – ALIMENTOS – AMÊNDOA   SINÔNIMOS: AMYGDALUS COMMUNIS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

IGE ESPECIFICO PARA BATATA F35

PF35 – IGE ESP (F35) – ALIMENTOS – BATATA   SINÔNIMOS: SOLANUM TUBEROSUM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

IGE ESPECIFICO PARA SALMÃO F41

F41 – IGE ESP (F41) – ALIMENTOS – SALMÃO   SINÔNIMOS: SALMO SALAR   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

IGE ESPECIFICO PARA CENOURA F31

PF31 – IGE ESPEC (F31) – ALIMENTOS – CENOURA     SINÔNIMOS: DAUCUS CAROTA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA XYLOCAINA/LIDOCAINA C82

C232 – IGE ESP (C232) – DROGAS – XILOCAÍNA ⁄ LIDOCAÍNA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo […]

IGE ESPECIFICO PARA PARACETAMOL C209

C209 – IGE ESP (C209) – PARACETAMOL   SINÔNIMOS: TYLENOL, TILENOL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

IGE ESPECIFICO PARA PIROXICAM C304

C304 – IGE ESP (C304) – DROGAS – PIROXICAM   SINÔNIMOS: ANTICORPOS IGE ANTI PEROXICAM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a […]

IGE ESPECIFICO PARA POLVO F59

PF59 – IGE ESP (F59) – ALIMENTOS – POLVO   SINÔNIMOS: OCTOPUS VULGARIS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

IGE ESPECIFICO PARA PROCAINA/NOVOCAINA C83

C284 – IGE ESP (C284) – DROGAS – PROCAÍNA (NOVOCAINA)   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0 ml   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

IGE ESPECIFICO PARA SEDA BRAVA K73

K74 – IGE ESPECÍFICO (K74) –  SEDA CULTIVADA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar […]

IGE ESPECIFICO PARA TARTRAZINA 717

C279 – IGE ESP (C279) – ALIMENTOS – CORANTE AMARELO   SINÔNIMOS: TARTRAZINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

IGE ESPECIFICO PARA VAGEM RF315

PF315 – IGE ESP (F315) – ALIMENTOS – FEIJÃO VERDE   SINÔNIMOS: PHASEOLUS VULGARIS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: […]

IGE ESPECIFICO PARA VERME DE SANGUE I73

PI73 – IGE ESP (I73) – INSETOS – CHIRONOMUS THUMMI   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogen eizar imediatamente após […]

IGE ESPECIFICO PARA MOSTARDA F89

PF89 – IGE ESP (F89) – ALIMENTOS – MOSTARDA   SINÔNIMOS: BRASSICAL SINAPIS SPP   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: […]

IGE ESPECIFICO PARA MEL F19

I1 – IGE ESP (I1) – INSETOS – ABELHA   SINÔNIMOS: APIS MELLIFERA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo […]

IGE ESPECIFICO PARA LULA F58

PF58 – IGE ESP (F58) – ALIMENTOS – LULA PACÍFICO   SINÔNIMOS: TODARODES PACIFICUS     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com […]

IGE ESPECIFICO PARA INSULINA HUMANA C73

PC73 – IGE ESP (C73) –  INSULINA HUMANA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL     MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)     INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa […]

IGE ESPECIFICO PARA INSULINA BOVINA C71

PC71 – IGE ESP (C71) – INSULINA BOVINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0  mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso […]

IGE ESPECIFICO PARA ERVILHA F12

F12 – IGE ESP (F12) – ALIMENTOS – ERVILHA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou condições especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

IGE ESPECIFICO PARA ERITROMICINA C212

C212 – IGE ESP (C212) – DROGAS – ERITROMICINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

IGE ESPECIFICO PARA DICLOFENACO C281

C281 – IGE ESP (C281) – DROGAS – DICLOFENACO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente […]

IGE ESPECIFICO PARA FOLHA DE TABACO B24

PO201 – IGE ESP (O201) – TABACO   SINÔNIMOS: IGE ESPECÍFICO PARA FOLHA DE TABACO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. […]

IGE ESPECIFICO PARA LIMÃO F208

PF208 – IGE ESP (F208) – ALIMENTOS – LIMÃO SICILIANO   SINÔNIMOS: CITRUS LIMON   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou cuidados especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA SACCAROMYCES CEREVISAE F45

APF45 – IGE ESP (F45) – ALIMENTOS – LEVEDURA – FERMENTO   SINÔNIMOS: SACCHAROMYCES CEREVISIAE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

IGE ESPECIFICO PARA AIPO F85

PF85 – IGE ESP (F85) – ALIMENTOS – AIPO   SINÔNIMOS: APIUM GRAVEOLENS     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente […]

IGE ESPECIFICO PARA LAGOSTA F80

APF80 – IGE ESP (F80) – ALIMENTOS – LAGOSTA   SINÔNIMOS: HOMARUS GAMMARU     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel […]

IGE ESPECIFICO PARA CARANGUEIJO/SIRI F23

APF23 – IGE ESP (F23) – ALIMENTOS – CARANGUEJO   SINÔNIMOS: CHIONOECETES SPP   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   […]

IGE ESPECIFICO PARA PENICILINA V C2

  PC2 – IGE ESP (C2) – DROGAS – PENICILINA V   SINÔNIMOS: PENICILOIL V     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel […]

IGE ESPECIFICO PARA LEITE DE CABRA UF300

PF300 – IGE ESP (F300) – ALIMENTOS – LEITE DE CABRA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

IGE ESPECIFICO PARA AMPICILINA C203

C5 – IGE ESP (C5) – DROGAS – AMPICILINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar a coleta utilizando material e meio de coleta adequados. Após retração completa do […]

IGE ESPECIFICO PARA ATUM F40

F40 – IGE ESP (F40) – ALIMENTOS – PEIXE – ATUM   SINÔNIMOS: THUNNUS ALBACARES   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA BOTRYTIS CINEREA M7

PM7 – IGE ESP (M7) – FUNGOS – B. CINEREA   SINÔNIMOS: BOTRYTIS CINERE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente […]

IGE ESPECIFICO PARA AMOXICILINA C204

  C204 – IGE ESP (C204) – DROGAS – AMOXICILINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

IGE ESPECIFICO PARA MARIMBONDO I4

I4 – IGE ESP (I4) – INSETOS – MARIMBONDO   SINÔNIMOS: VESPULA SPP     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml     MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

IGE ESPECIFICO PARA VESPA AMARELA I5

PI5 – IGE ESP (I5) – VENENOS – VESPA AMARELA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogen eizar imediatamente após […]

IGE ESPECIFICO PARA VESPA CABEÇA BRANCA I2

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme […]

IGE ESPECIFICO PARA VESPA EUROPEIA I75

PI75 – IGE ESP (I75) – INSETOS – VESPA CRABRO   SINÔNIMOS: VESPAO CABRO, I75, VESPÃO CABRO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com […]

IGE ESPECIFICO PARA UVA F259

PF259 – IGE ESPEC (F259) – ALIMENTOS – UVA   SINÔNIMOS: VITIS VINIFERA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA PERNILONGO I71

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme […]

IGE ESPECIFICO PARA RHIZOPUS NIGRICANS M11

PM11 – IGE ESP (M11) – FUNGOS – RHIZOPUS NIGRICANS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

IGE ESPECIFICO PARA SOJA F14

F14 – IGE ESP (F14) – ALIMENTOS – SOJA   SINÔNIMOS: GLYCINE MAX   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA STEMPHYLIUM BOTRY M10

PM10 – IGE ESP (M10) – FUNGOS – S. BOTRYOSUM   SINÔNIMOS: STEMPHYLIUM BOTRYOSUM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: […]

IGE ESPECIFICO PARA TOMATE F25

F25 – IGE ESP (F25) – ALIMENTOS – TOMATE   SINÔNIMOS: LYCOPERSICON LYCOPERSICUM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA CASTANHA DO PARÁ F18

F18 – IGE ESP (F18) – ALIMENTOS – CASTANHA DO PARÁ   SINÔNIMOS: BERTHOLLETIA EXCELSA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

ESPECIFICO PEIXE F3 – BACALHAU

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

IGE ESPECIFICO PARA CASPA DE GATO E1

E1 – IGE ESP (E1) – EPITÉLIOS – CASPA DE GATO     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

IGE ESPECIFICO PARA PENA DE GALINHA

E85 – IGE ESP (E85) – EPITÉLIOS – PENA DE GALINHA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

IGE ESPECIFICO PARA CASPA DE BOI E4

E4 – IGE ESP (E4) – EPITÉLIOS – CASPA DE BOI   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

IGE ESPECIFICO PARA CASPA DE CACHORRO E5

APE5 – IGE ESP (E5) – EPITÉLIOS – CASPA DE CACHORRO     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente […]

IGE ESPECIFICO PARA CASPA DE CAVALO E3

E3 – IGE ESP (E3) – EPITÉLIOS – CASPA DE CAVALO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

IGE ESPECIFICO PARA TRIGO F4

F4 – IGE ESP (F4) – ALIMENTOS – TRIGO   SINÔNIMOS: TRITICUM AESTIVUM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA PENICILINA G C1

C1 – IGE ESP (C1) – DROGAS – PENICILINA G   SINÔNIMOS: BENZETACIL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

IGE ESPECIFICO PARA MORANGO F44

F44 – IGE ESP (F44) – ALIMENTOS – MORANGO   SINÔNIMOS: FRAGARIA VESCA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA MILHO F8

F8 – IGE ESP (F8) – ALIMENTOS – MILHO   SINÔNIMOS: ZEA MAYS     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA VESPA I3

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme […]

IGE ESPECIFICO PARA MAÇA F49

PF49 – IGE ESP (F49) – ALIMENTOS – MAÇÃ   SINÔNIMOS: MALUS SYLVESTRIS     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA LEITE DE VACA F2

F2 – IGE ESP (F2) – ALIMENTOS – LEITE   SINÔNIMOS: LEITE DE VACA, IGE PARA LEITE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar […]

IGE ESPECIFICO PARA DERMATOPH PTERONYS D1

APD1 – IGE ESP (D1) – ÁCAROS – D. PTERONYSSINUS SINÔNIMOS: DERMATOPHAGOIDES PTERONYSSINUS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo […]

IGE ESPECIFICO PARA EPITELIO DE OVELHA E81

  APE81 – IGE ESP (E81) – EPITÉLIOS – EPITÉLIO DE CARNEIRO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

IGE ESPECIFICO PARA FEIJÃO BRANCO F15

F15 – IGE ESP (F15) – ALIMENTOS – FEIJÃO BRANCO     SINÔNIMOS: PHASEOLUS VULGARIS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA FORMIGA DE FOGO I70

I70 – IGE ESP (I70) – INSETOS – FORMIGA DE FOGO   SINÔNIMOS: SOLENOPSIS INVICTA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA LATEX K82

APK82 – IGE ESP (K82) – OCUPACIONAIS – LÁTEX   SINÔNIMOS: HEVEA BRAZILIENSIS     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: […]

IGE ESPECIFICO PARA GLUTEN F79

APF79 – IGE ESP (F79)- ALIMENTOS – GLÚTEN     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA GEMA DE OVO F75

APF75 – IGE ESP (F75) – ALIMENTOS – GEMA DE OVO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA DERMATOPH FARINAE D2

APD2 – IGE ESP (D2) – ÁCAROS – D. FARINAE    SINÔNIMOS: DERMATOPHAGOIDES  FARINAE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: […]

IGE ESPECIFICO PARA COCO F36

F36 – IGE ESP (F36) – ALIMENTOS – COCO   SINÔNIMOS: COCOS NUCIFERA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

IGE ESPECIFICO PARA CLARA DE OVO F1

F1 – IGE ESP (F1) – ALIMENTOS – CLARA DE OVO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

IGE ESPECIFICO PARA CEBOLA F48

F48 – IGE ESP (F48) – ALIMENTOS – CEBOLA     SINÔNIMOS: ALLIUM CEPA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA LARANJA F33

PF33 – IGE ESP (F33) – ALIMENTOS – LARANJA   SINÔNIMOS: CITRUS SINENSIS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA CASEINA F78

APF78 – IGE ESP (F78 )- ALIMENTOS – CASEÍNA    MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

IGE ESPECIFICO PARA CARNE DE VACA F27

F27 – IGE ESP (F27) – ALIMENTOS – CARNE DE BOI   SINÔNIMOS: BOS SPP   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

IGE ESPECIFICO PARA CARNE DE PORCO F26

F26 – IGE ESP (F26) – ALIMENTOS – CARNE DE PORCO   SINÔNIMOS: SUS SPP   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA CAFÉ F221

APF221 – IGE ESP (F221) – ALIMENTOS – CAFÉ   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA CAMARÃO F24

F24 – IGE ESP (F24) – ALIMENTOS – CAMARÃO   SINÔNIMOS: PANDALUS BOREALIS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

IGE ESPECIFICO PARA CARNE DE FRANGO F83

F83 – IGE ESP (F83) – ALIMENTOS – CARNE DE FRANGO   SINÔNIMOS: GALLUS SP.   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

IGE ESPECIFICO PARA CARNE DE PERU F284

PF284 – IGE ESP (F284) – ALIMENTOS – CARNE DE PERU   SINÔNIMOS: MELEAGRIS GALLOPAVO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: […]

IGE ESPECIFICO PARA BLOMIA TROPICALIS D201

D201 – IGE ESP (D201) – ÁCAROS- BLOMIA TROPICALIS SINÔNIMOS: ÁCARO DE ARMAZÉM     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA BETA-LACTOGLOBULINA F77

F77 – IGE ESP (F77)- ALIMENTOS – BETA LACTOGLOBULINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

IGE ESPECIFICO PARA BARATA I6

I6 – IGE ESP (I6) – INSETOS – BARATA   SINÔNIMOS: BLATELLA GERMANICA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa […]

IGE ESPECIFICO PARA BANANA F92

F92 – IGE ESP (F92) – ALIMENTOS – BANANA   SINÔNIMOS: MUSA SPP   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

IGE ESPECIFICO PARA AVELÃ F17

F17 – IGE ESP (F17) – ALIMENTOS – AVELÃ   SINÔNIMOS: CORYLUS AVELLANA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

IGE ESPECIFICO PARA AVEIA F7

F7 – IGE ESP (F7) – ALIMENTOS – AVEIA   SINÔNIMOS: AVENA SATIVA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

IGE ESPECIFICO PARA ARROZ F9

F9 – IGE ESP (F9) – ALIMENTOS – ARROZ,   SINÔNIMOS: ORYZA SATIVA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

IGE ESPECIFICO PARA AMENDOIM F13

F13 – IGE ESP (F13) – ALIMENTOS – AMENDOIM   SINÔNIMOS: ARACHIS HYPOGAEA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

IGE ESPECIFICO PARA ALHO F47

PF47 – IGE ESPECIFICO (F47) – ALIMENTOS – ALHO   SINÔNIMOS: ALLIUM SATIVUM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

IGE ESPECIFICO PARA ALGODÃO O1

O1 – IGE ESP (O1) – ALGODÃO    SINÔNIMOS: FIBRAS CRUAS DE ALGODÃO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

IGE ESPECIFICO PARA ABOBORA F225

PF225 – IGE ESP (F225) – ALIMENTOS – ABÓBORA   SINÔNIMOS: CUCURBITA PEPO, ABOBRINHA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

IGE MULTIPLO PARA EX2

Material Sangue   Palavras Chave Caspa e epitelio de gato (E1) Caspa de cao (E5) Epitelio de cobaia (E6) Epitelio Proteinas sericas RAST para epiteios de animais IgE para epitelios de animais   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL. Conservação Apoio – Até 7 […]

IGE ESPECIFICO PARA MELÃO

PF87 – IGE ESP (F87) – ALIMENTOS – MELÃO   SINÔNIMOS: CUCUMIS MELO SPP   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

IGE ESPECIFICO PARA ABELHA I1

I1 – IGE ESP (I1) – INSETOS – ABELHA   SINÔNIMOS: APIS MELLIFERA     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA ABACAXI F210

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

IGE MULTIPLO PARA GX1

Material SANGUE   Palavras Chave Clara de ovo (F1), leite (F2), peixe-bacalhau (F3), trigo (F4), amendoim (F13), soja (F14). Triagem alimentos infantis. RAST para alimentos infantis IgE para alimentos infantis Alergenos alimentares infantis   Jejum Jejum não obrigatório.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Critérios de Rejeição […]

IGE MULTIPLO PARA GX2

Material Sangue [S]   Palavras Chave GX2 = Polen de gramineas (Cynodon dactylon, Lolium perenne, Phleum pratense, Poa pratensis, Sorghum halepense, Paspalum notatum). RAST para polens de gramineas IgE para polen de gramineas   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 ml   Volume Recomendável 0,3 ml   Critérios de Rejeição Contaminação […]

IGE MULTIPLO PARA HX2

Material Sangue   Palavras Chave Poeira de casa Poeira domestica Po domiciliar   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 ml.   Volume Recomendável 0,7 ml.   Interferentes Hemólise intensa.   Critérios de Rejeição Hemólise intensa.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alergeno […]

IGE MULTIPLO PARA MX1

Material SANGUE [S]   Palavras Chave RAST para fungos IgE para bolor IgE para mofo Ige para fungos   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,4 mL.   Volume Recomendável 0,9 mL.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação […]

IGE MULTIPLO PARA EX71

Material Sangue   Palavras Chave Ex71 – Penas: Ganso (E70), galinha (E85), pato (E86), peru (E89) RAST para penas IGE para penas EX71 71   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE […]

IGE MULTIPLO PARA MX2

Material SANGUE   Palavras Chave Mx2 – Fungos: Penicillium chrysogenum, Penicillium notatum (M1); Cladosporium herbarum (M2); Aspergi   Jejum Jejum: Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação […]

IGE MULTIPLO PARA EX72

Material Sangue.   Palavras Chave Ex72 – Penas: Periquito australiano (E78), canario (E201), papagaio (E213), tentilhao (E214), Parakeet (E196) RAST para penas IgE para penas   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   Comentários A dosagem de anticorpos […]

IGE MULTIPLO PARA EX1

IGE MÚLTIPLO (EX1) [EX1] Material Sangue   Palavras Chave Caspa e epitelio de gato (E1) Caspa de cavalo (E3) Caspa de vaca (E4) Caspa de cao (E5) RAST para epitelios de animais IgE para epitelios de animais Instruções   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 ml.   Volume Recomendável 0,5 […]

IGE MULTIPLO PARA FX1

Material Sangue [S]   Palavras Chave Amendoim (F13), avela (F17), castanha do Para ou castanheira do Brasil ou noz do Brasil (F18), amendoa (F20) e coco (F36). RAST para sementes oleagionosas IgE para sementes oleaginosas   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Critérios […]

IGE MULTIPLO PARA FX2

Material Sangue [S]   Palavras Chave Triagem de frutos do mar RAST para frutos do mar IgE para frutos do mar IgE para mariscos IgE para peixes⁄mariscos IgE para peixes⁄frutos do mar Peixe (bacalhau), camarao, mexilhao azul, atum e salmao.   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume […]

IGE MULTIPLO PARA FX3

Material Sangue.   Palavras Chave Trigo (F4), aveia (F7), milho (F8), gergelim (F10) e trigo negro, trigo sarraceno, trigo mourisco (F11) RAST para cereais IgE para cereais IgE para cereal   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   […]

ESTUDO MOLECULAR HLA-B5701

  MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo de EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO PCR-SSOr   INSTRUÇÕES DE PREPARO Não é necessário jejum ou cuidados especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente.   INTERPRETAÇÃO O abacavir […]

FATOR NATRIURÉTICO ARTRIAL (ANF)

CONDIÇÕES   – Plasma (EDTA). VOLUME RECOMENDÁVEL – 3 mL. CONSERVAÇÃO APOIO – Até 30 dias congelado entre 0 a – 10 ºC. CRITÉRIOS DE REJEIÇÃO – Amostras que sofreram descongelamento. COMENTÁRIOS O peptídeo natriurético atrial é um peptídeo relacionado com a diminuição da pressão arterial, secretado por celulas musculares cardíacas atriais. FORMATO DE RESULTADO […]

COMPOSTO-S-11

DCORT – 11 – DESOXICORTISOL   SINÔNIMOS: 11-DESOXICORTISOL COMPOSTO S, DESOXICORTISOL – COMPOSTO S, CORTODOXONA E CORTEXOLONA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO RADIOIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Outros: Enviar amostra única para a realização deste exame.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta : Exame indisponível […]

TOPOGRAFIA/CERATOSCOPIA

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

YAG LASER

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

PAINEL DE SURDEZ (GJB2/GJB6)

Material Sangue   Palavras Chave Painel de Surdez que analisa os genes GJB2 (Conexina 26 ou Cx26) e GJB6 Painel de Surdez (GJB2⁄GJB6) Genes GJB2 e GJB6 Instruções A interpretação do exame é direcionada pelo quadro clinico e desta forma, é essencial uma informação clinica detalhada.   Jejum Não é necessário.   Outros Laboratórios – […]

MAPEAMENTO DE RETINA

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

MICROSCOPIA (1 OLHO)

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

MICROSCOPIA (2 OLHOS)

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

OCT (TOMOGRAFIA DE COERENCIA OPTICA)

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

ORBSCAN

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

PAQUIMETRIA

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

PAN-FOTOCOAGULAÇÃO

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

RETINOGRAFIA

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

TONOMETRIA

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

TAXA RM FISIOGYN – LADO DIREITO

Precisa agendar. O valor total é R$ 400,00. Receber do paciente o valor de R$ 50,00 na Saúde Mais e o paciente irá pagar R$ 350,00 na Fisiogyn.

TAXA RM FISIOGYN – LADO ESQUERDO

Precisa agendar. O valor total é R$ 400,00. Receber do paciente o valor de R$ 50,00 na Saúde Mais e o paciente irá pagar R$ 350,00 na Fisiogyn.

ESPIROMETRIA

Exame realizado na Clínica Radiológica. Precisa ser agendado. Passar orientações ao paciente.     Telefone para agendamento: 3223-0077

FISIOTERAPIA – SESSÃO

Exame realizado na Clínica Fisiogyn. Precisa ser agendado. Fechar sempre pacote com 10 sessões. Valor total das 10 sessões: R$ 320,00. Receber aqui na Saúde Mais o valor de R$ 70,00 e o paciente pagará na Fisiogyn R$ 250,00   Telefone para agendamento: 3218-1508⁄3218-1744⁄98119-8483

ANGIOFLUORESCEINOGRAFIA

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

BIOMETRIA (1 OLHO)

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

BIOMETRIA (2 OLHOS)

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

RX PUNHO UNILATERAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

PAINEL MOLECULAR PARA DOENÇA DIARREICA

PMDD – PAINEL MOLECULAR PARA DOENÇA DIARREICA   MATERIAL FEZES   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril sem conservante   VOLUME MÍNIMO 10g   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL MULTIPLEX   INSTRUÇÕES DE PREPARO Outros: O exame deve ser realizado antes de qualquer procedimento que envolva o uso de contrastes radiológicos. Após o uso de contrastes […]

IGE ESPECÍFICO PARA ÔMEGA-5 F416 [F416] SANGUE [S]

PALAVRAS CHAVES Nome científico: Triticum spp. Omega 5 gliadina Omega5   CONDIÇÕES – Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL – 0,4 mL.   TEMPO DE JEJUM – Jejum não obrigatório.   CONSERVAÇÃO – Até 7 dias refrigerado entre 2 e 8 ºC, ou congelado por até 3 meses.       MARCAÇÃO (a partir da entrada do […]

CAMPIMETRIA (CAMPO VISUAL)

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

CERATOMETRIA

Exame realizado na Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado.     Telefones para agendamento: Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

ANTIGENO HE4

Material Sangue [S]   Palavras Chave Antigeno HE4 Marcador Tumoral de Ovario HE4   Instruções Não utilizar quimioterápicos durante 7 dias que antecedem o exame. A suspensão fica exclusivamente a critério do médico.   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,7 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Comentários A proteína […]

ANTICORPOS IGG ANTI LEGIONELLA PNEUMOPHILA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas […]

SOMA DOS ÁCIDOS

EST – SOMA DOS ÁCIDOS MANDÉLICO E FENILGLIOXÍLICO NA URINA   MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA – HPLC   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta EST: Coletar em frasco apropriado a urina do final do último dia da jornada de […]

IGE MULTIPLO PARA FX15

PFX15 – IGE PAINEL (FX15) – ALIMENTOS   SINÔNIMOS: PAINEL: (F33) LARANJA, (F49) MAÇÃ, (F92) BANANA, (F95) PÊSSEGO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: […]

CADEIAS LEVES LIVRES KAPPA/LAMBDA (FREELITE) URINA

EXAME CADEIAS LEVES LIVRES KAPPA⁄LAMBDA (FREELITE)   Material URINA DE 24 HORAS [U-24]   Palavras Chave Cadeias leves livres KAPPA⁄LAMBDA (FREELITE), urina (U-24)   Jejum – Jejum não obrigatório.   Condições – Urina 24 horas.   Volume Mínimo – 30,0 mL.   Comentários O Freelite é um método comprovado para detectar uma grande variedade de […]

PRÓ BNP – N – TERMINAL

PBNP – PRÓ BNP – N – TERMINAL   SINÔNIMOS: PEPTÍDEO NATRIURÉTICO TIPO-B, N-TERMINAL PRÓ-PEPTÍDEO NATRIURÉTICO TIPO-B   MATERIAL PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Tubo com heparina (verde)   VOLUME MÍNIMO 1,1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material […]

IGE ESP (C305) – DROGAS – ÁCIDO CLAVULÂNICO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO As reações de hipersensibilidade […]

COVID – 19 PESQUISA DE ANTICORPOS NEUTRALIZANTES

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Recomenda-se coleta após 15 dias do início dos sintomas ou da confirmação da infecção por RT-PCR, ou 21 dias após vacinação.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta:   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

CITOMEGALOVÍRUS, PCR – URINA

Material Diversos.   Palavras Chave Citomegalovírus DNA detector qualitativo Detecção do DNA do Citomegalovírus (CMV) CMV-QL PCR em Tempo Real para Citomegalovírus   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA). Líquor. Líquido amniótico. Fragmento de biópsia (conservadas em em álcool 70% refrigerado). Urina recente. Lavado brônquico alveolar. Raspado de lesões e humor aquoso⁄humor […]

OXIDO NITRICO

Material SANGUE [S]   Palavras Chave Oxido Nitrico Dosagem de Oxido NItrico   Instruções Informar medicamentos em uso   Jejum Não é necessário.   Condições – Soro   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.  

HPV BAIXO RISCO E ALTO RISCO (19 GENÓTIPO)

HPVBA – GENOTIPAGEM HPV BAIXO RISCO E ALTO RISCO (19 GENÓTIPOS)   MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Cell Preserv (mínimo 2 mL) Digene (mínimo 1 mL) ThinPrep (mínimo 2 mL) SurePath (2 mL) Gynoprep (2mL)   VOLUME MÍNIMO *Ver meio de coleta   MÉTODO MULTIPLEX REAL TIME – PCR   INSTRUÇÕES:   REGIÃO URETRAL […]

TROPONINA CARDÍACA – T QUANTITATIVA

MATERIAL SORO   MATERIAL SORO   VOLUME MÍNIMO 0,7 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Pacientes em tratamento com doses elevadas de biotina (superior a 5 mg⁄dL), a coleta deve ser realizada até no mínimo 8 horas após a última administração.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa […]

DOPPLER COLORIDO DE ABDOMEN

Preparo de Doppler de Abdome     Véspera do exame   Tomar 40 gotas de Luftal após o almoço, jantar e ao deitar. Tomar 3 (três) colheres (sopa) de leite de magnésia às 14h. Não comer nada de ácido e nem derivados de leite.     Dia do exame   Vir em jejum de 12h.

DST – DETECÇÃO POR PCR MULTIPLEX

Palavra chave DSTPC: DST – DETECÇÃO POR PCR MULTIPLEX                 Exames inclusos Detecção de Chamydia trachomatis, Neisseria gonorrhoeae, Mycoplasma genitalium, Trichomonas vaginalis, Mycoplasma hominis, Ureaplasma urealyticum e Ureaplasma parvum.   Meio(s) de coleta:    MATERIAL DEVE VIR COLHIDO PELO MÉDICO   Coleta Apoio – Para secreções ou raspados colher no kit SurePath, ThinPrep e cell preserv. […]

USG OBSTETRICA

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446  

CITOLOGIA EM MEIO LÍQUIDO

PALAVRAS CHAVE CITOLOGIA EM MEIO LIQUIDO , PREVENTIVO   ATENDIMENTO Material vem colhido pelo medico ou pode ser colhido nas unidades a baixo. Unidades que realizam  a coletaa de colpocitologia: –Nova Esperança –   de segunda a sexta-feira das 07:00 às 12:00h ; –Matriz –  de segunda a sexta-feira das 07:00h às 10:30 ⁄ 12:00 às […]

GE ESPECÍFICO PARA ÔMEGA-5 F416 [F416]

Material Sangue.   Palavras Chave Nome cientifico: Triticum spp. Omega 5 gliadina Omega5   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 ml.   Volume Recomendável 0,4 ml.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como […]

USG PE UNILATERAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

USG COXA UNILATERAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

USG CERVICAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

USG TIREOIDE

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

USG BOLSA ESCROTAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

USG MAO UNILATERAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

USG ARTICULAÇOES

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

USG ABDOME SUPERIOR

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM OMBRO UNILATERAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM ÓRBITA

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM PÉ

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM PERNA UNILATERAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM PELVE

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM PESCOÇO

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM PRÓSTATA

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM PUNHO UNILATERAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM SACRO-ILÍACAS

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM SELA TÚRCICA

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446  

RM MASTÓIDE

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM OUVIDO

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

COLANGIORRESSONANCIA

Jejum de 8 horas. Exame realizado na clínica Center-X e Clínica Radiológica. Necessário agendamento. Telefone: Center X 3933-9000⁄99437-1814(whatsapp). Clínica Radiológica:3223-0077⁄98595-2800    

RM COLUNA CERVICAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM COLUNA DORSAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM COXA

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM CRÂNIO

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM FACE

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM ABDOME SUPERIOR

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM ABDOME INFERIOR

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM ABDOME TOTAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RM BACIA

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

TC PUNHOS

Exame realizado somente na Clínica Radiológica.

TC ABDOME TOTAL

Exame realizado somente na Clínica Radiológica. Jejum de 5 horas.

TC CRANIO

Exame realizado somente na Clínica Radiológica.

TC FACE

Exame realizado somente na Clínica Radiológica.

TC TÓRAX

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446  

TC MASTÓIDE

Exame realizado somente na Clínica Radiológica.

CHLAMYDIA TRACHOMATIS – DETECÇÃO POR PCR

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Chlamydia, Detecção de DNA Chlamydia trachomatis, PCR Clamídia, PCR Neisseria gonorrhoeae PCR Gonococo PCR   Instruções Coleta uretral: Colher preferencialmente pela manhã sem urinar, ou com retenção urinária de 4 horas. Coleta de secreção endocervical: A paciente não deverá ter feito ducha vaginal nas 24 horas anteriores ao exame; […]

PHI – ÍNDICE DE SAÚDE DA PRÓSTATA [PHI]

Material Sangue [S]   Palavras Chave P2PSA proPSA PHI (POSTATE HEALTH INDEX) Indice de Saude da Prostata Instruções A coleta da amostra deve ser realizada antes de qualquer tipo de manipulação prostática, tais como: toque retal e⁄ou massagem prostática. O uso do PHI está indicado, sobretudo, para indivíduos com o seguinte perfil: . 50 anos […]

RX FEMUR UNILATERAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

HIBRIDIZAÇÃO “IN SITU”

                                                   Para esse exame e obrigatório preencher o formulário Palavra Chave – HIBRIDIZAÇÃO "IN SITU"   Condições -Bloco de parafina Resultante de  materila de biopsia   Material recomendável Exames de anatomo-patológicos realizados no LABORATORIO CITOCENTER (Bloco de parafina) – Cadastrar paciente e enviar o boleto de amostra ao setor de patologia para que o mesmo […]

SULFONIURÉIAS SERICO

SULFO – SULFONILUREIAS   SINÔNIMOS: CLORPROPAMIDA, GLIBENCLAMIDA, TOBULTAMIDA, ACETOHEXAMIDA, GLIPIZIDA E GLICAZIDA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA EFICIÊNCIA – ESPECTROMETRIA DE MASSAS   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

METANEFRINAS – FRAÇÕES URINA DE 24 HORAS

METTF – METANEFRINAS FRAÇÕES E TOTAIS   SINÔNIMOS: FEOCROMOCITOMA, GANGLIONEUROBLASTOMA, METANEFRINA E NORMETANEFRINA NA URINA, NEUROBLASTOMA   MATERIAL URINA 24 HORAS COM CONSERVANTE HCL 25%   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Suspender, à critério médico, o uso dos seguintes medicamentos: alfa bloqueadores, antidepressivos, diuréticos, estimulantes do SNC, vasodilatadores, anti-hipertensivos. Dieta: […]

CATECOLAMINAS FRAÇÃO U24HS

Material Urina de 24 horas [U-24]   Palavras Chave Adrenalina Epinefrina Norepinefrina Noradrenalina Dopamina catecolaminas fração livre   Instruções O paciente deverá permanecer 24 horas antes e durante a coleta sem ingerir alimentos como: café, refrigerantes com cola e fumo, umas vez que estes interferem no resultado. Caso faça uso contínuo de algum dos medicamentos […]

COLONOSCOPIA

Exame realizado no CT Diagnósticos, Cliame ou CEMED. Precisa ser agendado. O paciente precisar pagar mais R$ 200,00 em dinheiro na clínica referente a Anestesia. Entregar ao paciente o preparo do exame.     Telefones para agendamento: CT: 3293-5754⁄3933-2750 Cliame Oeste: 3212-2710 Cliame Marista: 3942-6600 CEMED Aparecida de Goiânia: 3280-8340

RX BACIA AP/RÃ

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA

Exame realizado no CT Diagnósticos. Precisa ser agendado. Receber o valor do sistema e caso o paciente tenha acima de 70 anos, problema cardíaco, psiquiátrico, depressão, uso de medicamento controlado, bariátrico e obeso, o mesmo deverá pagar em dinheiro na própria clínica o valor de R$ 200,00 (em dinheiro) referente a Anestesia.   Preparo do […]

RX COLUNA LOMBAR

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

MUTAÇÕES A1298C E C677T DA MTHFR

Material Sangue   Palavras Chave Metilenotetrahidrofolato Redutase MTHFR C677T A1298C Hiperhomocisteinemia Hiper-homocisteinemia c.665C>T c.1286A>C Glu429Ala Ala222Val METIL Genes Analisados MTHFR   Instruções Informar medicamentos em uso.   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA).   Volume Mínimo 2,0 mL de sangue total em EDTA.   Volume Recomendável 4,0 mL de sangue total em […]

ESTUDO MOLECULAR DA MUTAÇÃO A1298C

Material Sangue   Palavras Chave MTHFR Metilenotetrahidrofolato Redutase Metilenotetraidrofolato Redutase A1298C Glu429Ala Hiperhomocisteinemia Hiper-homocisteinemia Genes Analisados MTHFR.   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA). Coleta Apoio – Colher os exames do setor de Genética em tubo separado dos demais setores.   Volume Mínimo 2,0 mL.   Volume Recomendável 4,0 mL.   Interferentes […]

MAPA

Exame realizado na Clínica Portugal. Telefone para agendamento: 3251-4020.

MICOBACTERIAS IDENTIFICAÇÃO POR PCR

Material DIVERSOS [DIV]   Palavras Chave Mycobacterium tuberculosis Micobacterium tuberculois Bacilo de Koch Micobacteria Tuberculose MTB PCRMT   Instruções – Amostra de urina: Após higienização da genitália coletar o volume necessário da 1ª urina da manhã sem desprezar nenhum jato.   Jejum – Jejum não obrigatório. -Colher o material em frasco estéril sem aditivo. – […]

TOXICOLOGICO CABELOS OU PELOS CLT

POIO PSYCHEMEDICS   MATERIAL CABELO OU PELO   O resultado é entregue apenas pela PSYCHEMEDICS de acordo com escolha do paciente no site da empresa, que é de 15 dias CORRIDOS para ser entregue pela empresa. Sem restrição de horário para coleta, enviar na próxima rota do dia.   Atendimento :  Matriz ⁄ São Marcos […]

ANTICORPOS ANTI CONTACTINA 1

Material Sangue [S]   Palavras Chave Anticorpos Anti Contactina 1 IgG Contactina 1 Anticorpos IgG   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Critérios de Rejeição Amostra descongelada.

SULFONIURÉIAS

Material Urina   Palavras Chave Sulfonilureias Sulfonilureia Instruções O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher urina após retenção urinária de 4 horas. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o jato médio em frasco próprio. Após a […]

RECONSTRUÇÃO 8

Exame realizado por agendamento. Não confundir com o exame de DNA  paternidade.   MATERIAL SANGUE   MEIO(S) DE COLETA Sangue em cartão FTA (cartão de coleta)   VOLUME MÍNIMO Preenchimento do cartão FTA conforme indicado   Instruções:   Exame de Investigação de Vínculo Genético no qual podem participar:   2 Irmãs do suposto Pai(Mulheres), Filha […]

RECONSTRUÇÃO 5

xame realizado por agendamento. Não confundir com o exame de DNA  paternidade   MATERIAL SANGUE   MEIO(S) DE COLETA Sangue em cartão FTA (cartão de coleta)   VOLUME MÍNIMO Preenchimento do cartão FTA conforme indicado   Instruções: Exame de Investigação de Vínculo Genético no qual podem participar:   Mãe do suposto Pai,3 Irmãs do suposto […]

ÍNDICE DE SATURAÇÃO DA TRANSFERRINA

IST – ÍNDICE DE SATURAÇÃO DA TRANSFERRINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO CÁLCULO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum obrigatório de 8 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para […]

DEHIDROEPIANDROSTERONA SALIVAR

Material Saliva [SAL]   Palavras Chave Dehidroepiandrosterona salivar DHEA salivar Instruções Não colher logo após alimentação. Por um período de 30 minutos antes da coleta não será permitido qualquer tipo de alimentação ou bebida. Recomenda-se enxaguar a boca com água fria 5 minutos antes da coleta da amostra. O uso de 1 ou 2 gotas […]

PROGESTERONA SALIVAR

Material Saliva   Palavras Chave Progesterona, saliva Instruções Não colher logo após alimentação. Por um período de 30 minutos antes da coleta não será permitido qualquer tipo de alimentação ou bebida. Recomenda-se enxaguar a boca com água fria 5 minutos antes da coleta da amostra. O uso de 1 ou 2 gotas de limão estimula […]

ANTICORPOS ANTI GANGLIOSIDEOS IGM

Material Sangue   Palavras Chave GANGLIOSIDEOS IGM – Sindrome de Guillain-Barre Anticorpos anti disialosil SULFATIDES – IgM GM1 – IgM GM2 – IgM GM3 – IgM GD1a – IgM GD1b – IgM GD3 – IgM GT1a – IgM GT1b – IgM GQ1b – IgM   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo […]

CHLAMYDIA TRACHOMATIS IgM, ANTICORPOS ANTI

Material Sangue   Palavras Chave Linfogranuloma Chlamydia trachomatis Chlamidia Clamidia Clamidia trachomatis   Jejum Não é necessário.   Outros Laboratórios – Cadastrar este exame quando no pedido médico solicitar o anticorpo IgM para Clamídia sem solicitar a quantificação. Caso no pedido médico esteja solicitando quantificação ou titulação, lançar S|CTM-QT.   Condições Soro.   Volume Mínimo […]

PROTEINA S-100 BETA

S100B – PROTEÍNA S-100   SINÔNIMOS: S 100 BETA   EXAME PROTEÍNA S-100   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador   VOLUME MÍNIMO 3,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   TEMPO DE JEJUM Jejum não obrigatório.   Instruções de coleta Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

HERPES SIMPLES VÍRUS 1 E 2, PCR

CONSERVAÇÃO   – Líquor e líquido amniótico: enviar refrigerado entre 2 e 8 ºC, em frasco estéril, preferencialmente no mesmo dia da coleta ou no máximo no dia seguinte. – Sangue total (EDTA): Até 5 dias em temperatura ambiente.   segunda a quinta, pela manha

BCR/ABL-TRANSLOCAÇÃO QUANTITATIVO ( P190 )

MATERIAL SANGUE TOTAL OU ASPIRADO DE MEDULA ÓSSEA   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 16 mL (Sangue Total)  ou 4 mL (Medula Óssea)   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0728 FORMULÁRIO PARA ANÁLISES ONCOHEMATOLÓGICAS   SANGUE TOTAL INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum para a realização do exame. Dados: É obrigatório […]

TOXOPLASMOSE, PCR

PALAVRAS CHAVES                                                 segunda a quinta pela manha e nao colher em vésperas deferiado. PCR qualitativo para Toxoplasma Detecção do DNA do Toxoplasma gondii   VOLUME RECOMENDÁVEL Sangue total (EDTA): 2,0 mL.   TEMPO DE JEJUM – Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS O Toxoplasma gondii é um protozoário parasita intracelular obrigatório. Usualmente assintomática, a infecção é […]

RECONSTRUÇÃO 3

Exame realizado por agendamento. Não confundir com o exame de DNA  paternidade   MATERIAL SANGUE   MEIO(S) DE COLETA Sangue em cartão FTA (cartão de coleta)   VOLUME MÍNIMO Preenchimento do cartão FTA conforme indicado   Instruções: Exame de Investigação de Vínculo Genético no qual podem participar:   Mãe do suposto Pai,Filha Investigante ( Mulher),Mãe […]

RECONSTRUÇÃO 4

Exame realizado por agendamento. Não confundir com o exame de DNA  paternidade   MATERIAL SANGUE   MEIO(S) DE COLETA Sangue em cartão FTA (cartão de coleta)   VOLUME MÍNIMO Preenchimento do cartão FTA conforme indicado   Instruções: Exame de Investigação de Vínculo Genético no qual podem participar:   Mãe do suposto Pai, Irmã do suposto […]

RECONSTRUÇÃO 11

Exame realizado por agendamento. Não confundir com o exame de DNA  paternidade.   MATERIAL SANGUE   MEIO(S) DE COLETA Sangue em cartão FTA (cartão de coleta)   VOLUME MÍNIMO Preenchimento do cartão FTA conforme indicado   Instruções:   Exame de Investigação de Vínculo Genético no qual podem participar:   Mãe do Filho Legitimo, 3 Filho […]

NTOLERÂNCIA À LACTOSE, TESTE GENÉTICO PCR

CONDIÇÕES   – Sangue total (EDTA). tampa roxa   VOLUME RECOMENDÁVEL – 4,0 mL.   TEMPO DE JEJUM   – Jejum não obrigatório.   INTERFERENTES   – Sangue coletado sem EDTA – Amostra coagulada – Amostra hemolisada – Uso de anticoagulante incorreto – Material congelado.   INSTRUÇÕES   – Este teste avalia a presença do […]

IGE ESPECÍFICO PARA ÔMEGA-5 F416

Material Sangue.   Palavras Chave Nome cientifico: Triticum spp. Omega 5 gliadina Omega5   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 ml.   Volume Recomendável 0,4 ml.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como […]

ESTRADIOL, 17 BETA SALIVAR

Material Saliva   Palavras Chave E2 – saliva Delta 2- saliva 17-beta estradiol, saliva E2-SAL   Instruções Não colher logo após alimentação. Recomenda-se enxaguar a boca com água fria 5 minutos antes da coleta da amostra. O uso de 1 ou 2 gotas de limão estimula a salivação, facilitando a obtenção da amostra. Por um […]

GIARDIA LAMBLIA, ANTICORPOS IgM

Material Sangue   Palavras Chave Anticorpos anti Giardia Lamblia IgM Giardíase Sorologia para Giardia   Jejum Desejável de 4 horas.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada. Contaminação microbinana.   Comentários A Giardia lamblia é um protozoário intestinal que infecta humanos […]

MYCOPLASMA GENITALIUM PCR

Material Diversos   Palavras Chave DST-PCR Mycoplasma hominis Mycoplasma genitalium Instruções Urina: O material colhido em urina primeiro jato apresenta melhor sensibilidade em relação a urina jato médio. Colher preferencialmente no laboratório a 1ª urina da manhã. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, e coletar o 1º jato de urina em tubo […]

POLIMORFISMO DO PAI-1

Material Sangue [S]   Palavras Chave Polimorfismo 4G⁄5G no gene inibidor do ativador do plasminogênio   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA).   Volume Recomendável 2,0 mL.   INTERPRETAÇÃO O polimorfismo de inserção⁄deleção (4G⁄5G) no promotor do gene do inibidor do ativador de plasminogênio tipo 1 (PAI-1) tem sido reportado como causa […]

PROTEÍNA BENCE JONES – URINA 24 HORAS

PRB24 – PROTEÍNA BENCE JONES – URINA 24 HORAS   MATERIAL URINA 24 HORAS   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril sem conservantes   VOLUME MÍNIMO 30 mL   MÉTODO PRECIPITAÇÃO E TURVAÇÃO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Evitar o uso de medicamentos e de contraste oral (utilizado em exames radiológicos) ou conforme orientação médica. INSTRUÇÕES […]

ZINCO URINÁRIO 24 HORAS

ZN24 – ZINCO URINÁRIO 24 HORAS   MATERIAL URINA 24 HORAS   MEIO(S) DE COLETA coletor de Urina 24h   MÉTODO COLORIMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dados: Informar o volume da diurese.   INSTRUÇÕES DE COLETA Urina de 24 horas: Desprezar a primeira micção da manhã, anotar o horário de início, a partir da próxima […]

RELAÇÃO CÁLCIO/CREATININA

RCACR – RELAÇÃO CÁLCIO CREATININA – AMOSTRA ISOLADA   MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril ou tubo transporte   VOLUME MÍNIMO 5 mL   MÉTODO COLORIMÉTRICO E CÁLCULO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Medicamentos à base de ácido ascórbico, cefoxitina, cefalotina, frutose, glicose, levodopa, metildopa, nitrofurantoína e piruvato devem ser suspensos, […]

ANTICORPOS IgG ANTI PAPILOMA HUMANO HPV-G

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separa   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas […]

CITOMEGALOVÍRUS IGG, ANTICORPOS (ELFA)

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

LEVETIRACETAM

LEVE – LEVETIRACETAM   SINÔNIMOS: KEPPRA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Desmineralizado   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo Desmineralizado: Realizar coleta utilizando tubo desmineralizado. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras […]

DPYD SENSIBILIDADE AO 5-FLUOROURACIL (5-FU)

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO SEQUENCIAMENTO SANGER GENES ANALISADOS DPYD   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dados: É obrigatório envio da cópia do pedido médico (disponível no site do DB) preenchido corretamente.   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e meio de coleta […]

TRTH – TETRAHIDROFURANO

TRTH – TETRAHIDROFURANO   SINÔNIMOS: THF, TETRAHIDRO URINA, OXIDO DE TETRAMETILENO   MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico   VOLUME MÍNIMO 10 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA GASOSA – DETECÇÃO COM IONIZAÇÃO DE CHAMA   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar em frasco apropriado a urina do final do último dia […]

ANTICORPOS IGG ANTI RICKETTSIA RICKETTSII

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco ou Tubo com gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

IGE ESPECÍFICO PARA MELANCIA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Nome cientifico: Citrullus lanatus. I Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia alimentar, alergia […]

SISH – PESQUISA DE HIBRIDIZAÇÃO DO GENE

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Pesquisa do gene HER-2 por hibridização in situ pela prata (SISH) Pesquisa de Hibridização do gene HER-2 (mama⁄gástrico) SISH – Pesquisa de Hibridização do gene HER-2 Pesquisa do gene HER-2 (mama⁄gástrico) por hibridização in situ pela prata (SISH) Medicina de Precisão Instruções É obrigatório o envio do pedido médico […]

INTERLEUCINA 8

Material Sangue   Palavras Chave IL8 IL-8 Interleucina 8   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL .   Volume Recomendável 1,2 mL .   Comentários A interleucina 8 é produzida por uma enorme variedade de células (monócitos, linfócitos, células do endotélio ou epitélio, fibroblastos) em resposta a diferentes estímulos […]

ANDRÓGENOS LIVRES

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. Tubo […]

IGM ANTI BORRELIA BURGDORFERI

BORRM – ANTICORPOS IGM ANTI BORRELIA BURGDORFERI   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para […]

ESTUDO GENETICO DA APOLIPOPROTEINA E

Material Sangue.   Palavras Chave Apolipoproteína, Genotipagem Genotipagem da APO-E Estudo molecular da APO-E Estudo molecular da apolipoproteína E PCR para APO-E Alzheimer Doenças cardiovasculares Genes Analisados APOE.   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA). Coleta Apoio – Coletar os exames de genética em tubo separado dos demais setores Volume Mínimo 2,0 […]

SEQUENCIAMENTO DO GENE APP ALZHIMER

Material Sangue [S]   Palavras Chave Alzheimer, doença (APP) sequenciamento Gene APP   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA).   Volume Recomendável 5,0 mL.   Interferentes Uso de anticoagulante incorreto.   Questionário Questionários para testes genéticos.   Critérios de Rejeição Uso de anticoagulante incorreto. Material congelado, coagulado ou severamente hemolisado.   Comentários […]

PAINEL MOLECULAR PARA DOENÇA DE ALZHEIMER

Material DIVERSOS   Palavras Chave Alzheimer, doença painel 1 ADGen Alzheimer 5 genes PMALZH4G Genes Analisados APOE, PSEN1, PSEN2, APP, A2M.   Instruções A interpretação do exame é direcionada pelo quadro clínico e desta forma, é essencial uma informação clínica detalhada. Apresentar pedido médico.   Jejum Não é necessário.   Outros Laboratórios Para coletas de […]

BIOMARCADORES NA DOENÇA DE ALZHEIMER

Material Liquor [LIQ]   Palavras Chave Proteina tau total Proteína ptau Proteina tau fosforilada Proteina beta amiloide Peptideo beta-amiloide (1-42) Peptideo beta-amiloide (1-40) Razão beta-amiloide 1-42⁄1-40 Mal de Alzheimer   Instruções Informar dados clinicos do paciente. A coleta do material líquor é um procedimento médico e pode ser realizado no Hermes Pardini através de agendamento […]

DOENÇA DE ALZHEIMER FAMILIAR TESTE GENETICO

Material SANGUE [S]   Palavras Chave Doença de Alzheimer Gene PSEN1 Gene PSEN2 Presenilina Genes Analisados PSEN1 e PSEN2   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA).   Coleta Apoio – Colher os exames do setor de genética em tubo separado dos demais setores..   Volume Mínimo 3,0 mL.   Volume Recomendável 5,0 […]

ANTICORPOS IGM ANTI BORRELIA BURGDORFERI

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO A Doença de Lyme […]

TIOPURINA METIL TRANSFERASE

Material Sangue   Palavras Chave Tiopurina metiltransferase-tpmt Azatioprina   Jejum Não necessário.   Condições Sangue total (EDTA).   Volume Mínimo 5,0 mL.   Volume Recomendável 8,0 mL.   Critérios de Rejeição Amostra congelada. Amostra coagulada. Amostra severamente hemolisada.   INTERPRETAÇÃO A azatioprina foi amplamente utilizada como tratamento de fundo em múltiplos processos de caráter autoimune. […]

COVID-19 PESQUISA DE ANTIGENO TESTE RAPIDO

Exame Covid-19 pesquisa de antígeno teste rápido.   Materiais: Tubo de extração com solução tampão fornecido pelo fabricante Swab, fornecido pelo fabricante.   Kit: Abbott   Palavras Chaves: Teste rápido para coronavírus Sars-COV2 teste rápido Teste rápido para COVID-19 Teste antigênico Rápido   Área: Produção Clínica Citocenter    Condições: O Kit (Tubo de Extração + […]

TÉTANO ANTICORPOS IGG

Material Sangue   Palavras Chave Clostridium Tetani IgG   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,5 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise   INTERPRETAÇÃO O Clostridium tetani é um bacilo esporulado presente no solo e nas fezes de animais. Em condições favoráveis, essa bactéria se desenvolve […]

PAINEL DE CANDIDA

PCAND – DETECÇÃO DE PATÓGENOS ASSOCIADOS À CANDIDÍASE   MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Volume mínimo : Gynoprep (mínimo 2mL), CellPreserv (2 mL), ThinPrep (2 mL), SurePath (2 mL).   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL   REGIÃO ENDOCERVICAL INSTRUÇÕES DE PREPARO Sinonímias Região Endocervical PCAND: Raspado endocervical, conteúdo endocervical, secreção endocervical, escovado endocervical, escovado […]

CHECK-UP DA CRIANÇA

PALAVRAS CHAVE –Check-up Criança   CONDIÇÕES -Hemograma: tubo EDTA rolha roxa -Glicose, Lipidograma: tubo gel separador, rolha amarela -EAS: frasco fornecido pelo laboratório – Parasitologio: frasco fornecido pelo laboratório   Exames: Hemograma, Glicose, Lipidograma, Parasitologia, EAS.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em cada tudo -Colher 10 ml de urina   TEMPO DE […]

IGE ESPECIFICO PARA CEFACLOR C7

Material Sangue [S]   Palavras Chave C7   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do alérgeno responsável pelas síndromes clínicas mediadas por IgE, tais como alergia alimentar, alergia a venenos, anafilaxia, asma, […]

PESQUISA DE TRICHOMONAS

Material Diversos   Palavras Chave Protozoarios Tricomonas   Instruções Coleta uretral: vir para a coleta, preferencialmente pela manhã sem urinar, ou estar sem urinar há pelo menos 4 horas. Coleta vulvar: vir para a coleta, preferencialmente pela manhã sem urinar, ou estar sem urinar há pelo menos 4 horas. Não usar desinfetantes ou medicações tópicas […]

ÁCIDO LÁTICO ARTERIAL

Material Sangue   Condições Plasma (fluoreto) obtido a partir de sangue arterial.   Instruções Evitar exercício físico antes da coleta do exame. Caso tenha feito algum exercício físico antes da coleta, recomenda-se repouso de 30 minutos.   Tempo de Jejum Jejum não necessário.   Coleta O cliente deve estar em repouso. Evitar movimentos de abrir […]

HIV GENOTIPAGEM ( SUBTIPO DO HIV 1 )

Material Sangue.   Palavras Chave HIV Genotipagem ( Subtipo do HIV 1) Resistência aos Anti-retrovirais Mutações no gene do HIV-I   Instruções É necessário o envio de carga viral para a realização do exame. Levando em conta limitações do ensaio, o exame só será realizado mediante a informação da carga viral, sendo executado somente em […]

COMPLEMENTO C3 ATVADOR

CC3 – COMPLEMENTO C3 SINÔNIMOS: COMPLEMENTO BETA 1 C3   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO TURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

RELAÇÃO ÁCIDO ÚRICO / CREATININA – AMOSTRA ISOLADA

RAUCR – RELAÇÃO ÁCIDO ÚRICO⁄ CREATININA – AMOSTRA ISOLADA   MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 5 mL   MÉTODO COLORIMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Medicamentos à base de ácido ascórbico, cefoxitina, cefalotina, frutose, glicose, levodopa, metildopa, nitrofurantoína e piruvato devem ser suspensos, a critério médico. INSTRUÇÕES […]

COTININA URINÁRIA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   VOLUME MÍNIMO 10 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Amostra isolada: Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a última micção. Desprezar o primeiro jato de urina e sem interromper a micção, […]

HELICOBACTER PYLORI – ANTICORPOS IGA

HPA – HELICOBACTER PYLORI – ANTICORPOS IGA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para […]

ANTICORPOS IGM ANTI LEGIONELLA PNEUMOPHILA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

RICKETSIA RICKETTSII ANTICORPOS IGM

Material Sangue, [S]   Palavras Chave Febre Maculosa Riquetsioses Riquetsia Ricketsia Rickettsia Instruções   Jejum Mínimo de 8 horas.   Outros Laboratórios Quando solicitando Sorologia para febre maculosa sem especificar: embora diversas espécies patogênicas já tenham sido identificadas a febre maculosa brasileira (FMB) e a febre das Montanhas Rochosas (FMR) são mais frequentemente causadas por […]

DETECÇÃO MOLECULAR DE MYCOBACTERIUM SPP

MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA PLASMA: Tubo com EDTA (roxo) SECREÇÕES RESPIRATÓRIAS, LAVADO BRONCOALVEOLAR e LIQUOR: Frasco estéril TECIDO: Bloco de parafina   VOLUME MÍNIMO 2mL   MÉTODO PCR E PCR-RFLP GENES ANALISADOS DNA-Mycobacterium   INSTRUÇOES   LAVADO BRONCOALVEOLAR INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta […]

IGE ESPECIFICO PARA PERIPLANETA AMERICANA (I206)

Material SANGUE   Palavras Chave RAST insetos Nome cientifico: Periplaneta americana Nome popular: barata do esgoto   Jejum Jejum: Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 ml.   Volume Recomendável 1,0 ml.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   Comentários A dosagem de anticorpos IgE específicos é utilizada para a identificação do […]

ÍNDICE DE ANDRÓGENOS LIVRES

IALA – ÍNDICE DE ANDRÓGENOS LIVRES   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a […]

CITOMEGALOVIRUS PCR QUANTITATIVO

MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Sangue total: Tubo com EDTA (roxo) – 2 mL Plasma: Tubo PPT ou Vacuette K2 (ambos em EDTA com gel separador) – 2 mL Urina: Frasco estéril – 10 mL Líquor: Frasco estéril – 1 mL   VOLUME MÍNIMO Ver Meio de coleta   PLASMA INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta […]

STUDO MOLECULAR DA MUTAÇÃO C46T DO FATOR XII

Material Sangue [S]   Palavras Chave C46T Gene Fator XII Genes Analisados F12   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA).   Coleta Apoio – Coletar os exames de genética em tubo separado dos demais setores.   Volume Mínimo 2,0 mL.   Volume Recomendável 4,0 mL.   Interferentes Alguns fatores inerentes à amostra […]

ANTICORPOS ANTI – CANAIS DE CÁLCIO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 3,5 mL   MÉTODO ANÁLISE DE RADIOIMUNOPRECIPITAÇÃO   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. .   INSTRUÇÕES DE […]

SANGUE OCULTO AMOSTRA SERIADA

MATERIAL FEZES   MEIO(S) DE COLETA Frasco coletor de fezes sem conservante   VOLUME MÍNIMO 3 gramas   INSTRUÇÕES DE COLETA Necessário envio de fezes frescas recém eliminadas coletadas em frasco coletor limpo e seco. Coletar frações de fezes em diferentes partes do bolo fecal.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas diferente das condições solicitadas […]

CHECK-UP FITNESS

PALAVRAS CHAVE –Check-up Fitness   CONDIÇÕES -Hemograma: tubo EDTA rolha roxa -Glicose,Lipidograma,acido urico,ureia, creatinina,TGO, TGP, Gama GT, Proteina totais e frações,TSH: tubo gel separador, rolha amarela     Exames: Hemograma, Glicose,Lipidograma,acido urico,ureia, creatinina,TGO, TGP, Gama GT, Proteina totais e frações,TSH.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em cada tudo -Colher 10 ml de […]

IGE PAINEL (DX1) – ÁCAROS / PARTÍCULAS

DX1 – IGE PAINEL (DX1) – ÁCAROS ⁄ PARTÍCULAS   SINÔNIMOS: PAINEL: (D1) D. PTERONYSSINUS, (D2) D. FARINAE, (D3) D. MICROCERAS, (D71) L. DESTRUCTOR, (D72) T. PUTRESCENTIAE, (D73) G. DOMESTICUS, (D74) E. MAYNEI, (D201) B. TROPICALIS     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   […]

SÍNDROME PRADER WILLI – ANGELMAN – ESTUDO POR FISH

FSPWAN – ESTUDO DAS SÍNDROMES DE PRADER WILLI E ANGELMAN (FISH)   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com heparina sódica (verde   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO FISH – HIBRIDIZAÇÃO IN SITU POR FLUORESCÊNCIA   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0878 FORMULÁRIO PARA ANÁLISE DE FISH     INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é […]

N- TELOPEPTIDIO, NTX

NTX – TELOPEPTÍDEO – CROSS – LINKS – NTX   SINÔNIMOS: CROSS, NTX, TELOPEPTIDEO, LINKS, N-TELOPEPTÍDEO   MATERIAL SEGUNDA URINA DA MANHÃ   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico   VOLUME MÍNIMO 10 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar a segunda amostra da manhã. Desprezar o primeiro jato de urina, e sem interromper […]

ANTI-TIROSINA FOSFATASE ANTI IA2

PALAVRAS CHAVES -Anti tirosina fosfatase Anti IA2 Anti -ICA 512 -Anti ICA-512   CONDIÇÕES – Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL – 2,0 mL.   TEMPO DE JEJUM – Jejum desejável de 4 horas.   CONSERVAÇÃO – Até 14 dias refrigerado 2 – 8 °C.   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO O diabetes mellitus tipo 1 e caracterizado pela infiltração […]

EVEROLIMUS

Material Sangue.   Palavras Chave Dosagem de Everolimus Everolimus, dosagem, sangue total Certican® Everolimo   Instruções O cliente deve manter o horário habitual de tomada do medicamento e fazer o exame até uma hora antes deste horário, a não ser que existam outras orientações do médico assistente.   Jejum Obrigatório de 3 horas.   Condições […]

HEPATITE B POR PCR TEMPO REAL

Material Sangue [S]   Palavras Chave HBV Load Viral Hepatite B HBV, DNA carga viral   Jejum Não é necessário.   Condições Plasma (EDTA).   Coleta Apoio Plasma EDTA (refrigerado): O sangue deve ser colhido em tubo a vácuo EDTA e após centrifugação transferir o plasma assepticamente (com pipeta estéril ou virgem) para o tubo […]

GRELINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (desmineralizado)   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO RADIOIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum obrigatório de 8 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco ( desmineralizado) Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido […]

FATOR DE NECROSE TUMORAL

Material Sangue   Palavras Chave TNF-Alfa   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada. Contaminação microbiana.

IGE PAINEL (FP73) – ALIMENTOS

FP73 – IGE PAINEL (FP73) – ALIMENTOS   SINÔNIMOS: PAINEL: (F26)  CARNE DE PORCO, (F27) CARNE DE BOI, (F83) CARNE DE FRANGO, (F88) CARNE DE CORDEIRO        MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos […]

TESTOSTERONA LIVRE SALIVAR

Material Saliva [SAL]   Palavras Chave Testosterona livre, saliva Testosterona salivar   Instruções Não colher logo após alimentação. Por um período de 30 minutos antes da coleta não será permitido qualquer tipo de alimentação ou bebida. Recomenda-se enxaguar a boca com água fria 5 minutos antes da coleta da amostra. O uso de 1 ou […]

PESQUISA DE HAEMOPRHILUS DUCREYI

HAEDU – HAEMOPHILUS DUCREYI – PESQUISA SINÔNIMOS: CANCRO MOLE, PESQUISA DE CANCRÓIDE H. DUCREYI, DST, cocobacilo gram-negativo, cancróide   MATERIAL SECREÇÃO GENITAL   MEIO(S) DE COLETA Lâmina sem coloração   MÉTODO COLORAÇÃO DE GRAM   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: De acordo com orientação médica.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta:: Limpar a lesão com o auxílio […]

ACETONA DOSAGEM SANGUE

Material                                                            COLETA DEVE SER REALIZADA NA CLINICA CITOCENTER Sangue. ( Plasma fluoretado.)                                                                        COLHER 3 TUBOS FLUORETO ( TAMPA CINZA ) Palavras Chave Acetona dosagem 2-Propanona Dimetilcetona Eter piroacetico   Jejum Não é necessário.   Outros Laboratórios – Este exame é utilizado para avaliação de exposição à acetona no trabalho (toxicologia). Não confundir com o […]

PROPEPTIDEO AMINOTERMINAL DO PROCOLAGENO TIPO I

PROCO – PROPEPTIDEO AMINOTERMINAL DO PROCOLAGENO TIPO I   SINÔNIMOS: P1NP, PROPEPTÍDEO DO PROCOLÁGENO TIPO 1, PROPEPTÍDEO DO COLÁGENO TIPO 1   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMUNOQUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

PROTEINA LIGADORA DE RETINOL

PFR – PROTEÍNA FIXADORA DE RETINOL   SINÔNIMOS: RBP (RETINOL-BINDING PROTEIN), PROTEINA LIGADORA DO RETINOL, PROTEINA TRANSPORTADORA DO RETINOL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO NEFELOMETRIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso […]

IGE ESPECIFICA PARA ALFA LACTOALBUMINA (F76)

APF76 – IGE ESP (F76)- ALIMENTOS – ALFA LACTOALBUMINA   MATERIAL SORO     MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

BRCA1 – MULTAÇÃO FAMILIAR

Material Sangue [S]   Palavras Chave Câncer de mama e câncer de ovário BRCA1 Mutação familiar conhecida no gene BRCA1 Medicina de Precisão Genes Analisados BRCA1   Instruções Este teste é direcionado ao estudo de variante em um indivíduo, que já tenha variante (patogênica ou provavelmente patogênica) no gene BRCA1, já detectada na família. – […]

IMUNOFIXAÇÃO URINA RECENTE

Material Urina   Palavras Chave Eletroforese de imunoglobulinas Proteina M Proteina Monoclonal Imunoeletroforese de proteinas Instruções O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher a primeira urina da manhã ou após retenção urinária de 4 horas. – Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar […]

INTERFERON GAMMA

INTG – INTERFERON GAMMA   SINÔNIMOS: IFN – GAMA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

RICKETSIA RICKETTSII ANTICORPOS IGG

Material Sangue   Palavras Chave Febre Maculosa Riquetsioses Riquetsia Ricketsia Rickettsia   Jejum Mínimode 8 horas.   Outros Laboratórios Quando solicitando Sorologia para febre maculosa sem especificar: embora diversas espécies patogênicas já tenham sido identificadas a febre maculosa brasileira (FMB) e a febre das Montanhas Rochosas (FMR) são mais frequentemente causadas por Rickettsia rickettsii. Quando […]

LACTOFERRINA

LACTF – LACTOFERRINA – FEZES   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 3 gramas   MÉTODO IMUNOCROMATOGRAFIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Necessário envio de fezes frescas recém eliminadas coletadas em frasco coletor limpo, seco e sem conservante.   INSTRUÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Transportar refrigerado (2°C a 8°C).   INTERPRETAÇÃO A lactoferrina é uma glicoproteína […]

CORTISOL SALIVAR 23H

PALAVRAS CHAVE -Cortisol salivar -Glicocorticóide   ATENDIMENTO -Em todas as unidades.Tem restrinção de cobertura por cônvenios.   CONDIÇÕES -Saliva.   PROCEDIMENTO DE COLETA -Lavar a boca com água. Não é recomendável a coleta caso haja lesões orais com sangramento. Coloque o algodão do kit de coleta salivar ( SALIVETE ) debaixo da língua e aguarde […]

RELAÇÃO PROTEINA CREATININA URINARIA

RPTCR – RELAÇÃO PROTEÍNA⁄CREATININA URINÁRIA    MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril ou tubo transporte   VOLUME MÍNIMO 5 mL   MÉTODO COLORIMÉTRICO E CÁLCULO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Exercícios: Evitar a realização de atividade fisica. INSTRUÇÕES DE COLETA Amostra isolada: Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã […]

CRYPTOSPORIDIUM, PESQUISA

MATERIAL FEZES   MEIO(S) DE COLETA Frasco coletor de fezes   VOLUME MÍNIMO 5 gr   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Evitar o uso de laxantes, antidiarreicos, antiácidos e de contraste oral (utilizado em exames radiológicos) no mínimo 72 horas antes da coleta das fezes ou conforme orientação médica. INSTRUÇÕES DE COLETA Necessário envio de fezes […]

ANTI-RETICULINA IGA

SINÔNIMOS: ARA-IgA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólis.   INTERPRETAÇÃO Este exame é indicado […]

CORTISOL SALIVAR 16H

PALAVRAS CHAVE -Cortisol salivar -Glicocorticóide   ATENDIMENTO -Em todas as unidades.Tem restrinção de cobertura por cônvenios.   CONDIÇÕES -Saliva.   PROCEDIMENTO DE COLETA -Lavar a boca com água. Não é recomendável a coleta caso haja lesões orais com sangramento. Coloque o algodão do kit de coleta salivar ( SALIVETE ) debaixo da língua e aguarde […]

RESISTÊNCIA PROTEÍNA C, ATIVADA

Material Sangue   Palavras Chave Resistência a proteína C ativada Resistência a PCA VA resistente a PCA RPCA Resistência a proteína C Instruções É desejável que o paciente não esteja usando anticoagulante oral por pelo menos 2 semanas e heparina por 48 horas. A suspensão de qualquer medicação deverá ser feita sob a autorização do […]

HEMOGRAMA COMPLETO HEPARINA

PALAVRAS CHAVE -Hemograma   CONDIÇÃO -Sangue total em heparina   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante heparina. Em crianças pode ser utilizada microcoleta em tubo Microtainer. Manter em temperatura ambiente.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS -Constitui importante exame de auxilio diagnostico não somente para […]

IODO SERICO

IODO – IODO SÉRICO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 3,5 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do […]

Entamoeba histolytica IGG

Material Sangue [S]   Palavras Chave Amebíase IgG Amebíase Ameba Anticorpo Anti Amebiase IGG Ameba IGG Anti Entamoeba Histolitica IGG Sorologia Entamoeba IGG Entamoeba Histolitica IGG   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada.   Comentários A […]

DOSAGEM DE PROPETIDIO DOCOLAGENO TIPO 1

Material Sangue.   Palavras Chave P1np Propeptideo procolageno tipo I Propeptideo amino-terminal do procolageno tipo I Propeptido aminoterminal do procolageno tipo I em soro   Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios – Não realizamos a diluição deste analito quando o resultado atingir o limite superior da linearidade do ensaio.   Condições Soro.   Volume Mínimo […]

MYCOBACTERIUM TUBERCULOSIS, PCR

PALAVRAS CHAVE -Tuberculose, -Pesquisa do DNA bacteriano Micobacterium tuberculosis, -Detecção do DNA Micobactérias -Bacilo de Koch   CONDIÇÕES – Escarro 3 ml   VOLUME RECOMENDÁVEL – Colher escarro: 3,0 mL. – COLETA – Coletar e enviar o material em frasco estéril.   CRITÉRIOS DE REJEIÇÃO – Escarro com grande quantidade de saliva.   COMENTÁRIOS -A […]

TESTE DE SUPRESSÃO DO CORTISOL APÓS DEXAMETASONA

CORTD – TESTE DE SUPRESSÃO DO CORTISOL PÓS DEXAMETASONA   MATERIAL SORO PÓS DEXAMETASONA   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. Medicação: O paciente deve tomar a medicação dexametasona 1 mg na noite […]

HEMOGRAMA COMPLETO CITRATO

PALAVRAS CHAVE -Hemograma   CONDIÇÃO -Sangue total em citrato   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante citrato, rolha (azul). Em crianças pode ser utilizada microcoleta em tubo Microtainer. Manter em temperatura ambiente.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS -Constitui importante exame de auxilio diagnostico não […]

TOXICOLOGICO CONCURSO AMOSTRA DE CABELOS OU PELO

Coleta: Na mesma forma do exame toxicológico para CNH.   Formas de pagamento: Á VISTA: Checar valor atualizado. Dinheiro R$ _____________ Cheque (próprios ou de terceiros) no valor de:R$__________ Depósito identificado (Nome e CPF) em conta corrente banco HSBC Ag. 0917; C⁄c: 00566-55 em nome da Psychemedics Brasil. ( Uma cópia do comprovante deverá ser […]

ISOSPORIDIUM, PESQUISA

PALAVRAS CHAVE -Coccídeo -Isospora Belli   CONDIÇÃO – Fezes recente a fresco.   TEMPO DE JEJUM -Não aplicável   VOLUME RECOMENDÁVEL – Aproximadamente metade do frasco de fezes ( frasco próprio).   INSTRUÇÕES DE COLETA – Antes de coletar as fezes, se necessário, urinar no vaso sanitário para evitar a contaminação do material. Em casos […]

CADEIAS LEVES LIVRES KAPPA/LAMBDA

PALAVRAS CHAVE -Kappa e Lambda -Cadeia leve livre de kappa e lambda -Cadeias leves livres -Relação cadeia Kappa⁄Lambda -FLC   CONDIÇÕES -Soro   Jejum aconselhável de 4 horas.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo gel separador rolha (amarela).   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar congelado (-20°C)   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -Estruturalmente, as imunoglobulinas normais […]

PLAQUETAS CONTAGEM COM CITRATO

Material Sangue [S]   Palavras Chave Contagem de plaquetas I Jejum Desejável de 4 horas.   Condições Sangue total (Citrato).   Volume Mínimo 0,5 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Conservação – Até 1 dia em temperatura ambiente. – Até 2 dias refrigerado entre 2 e 8 °C.   Critérios de Rejeição Presença de […]

GASOMETRIA ARTERIAL

PALAVRAS CHAVE              AO COLHER CHAMAR IMEDIATAMENTE O BOY DE URGENCIA                                                  E ENCAMINHAR PARA UNIDADE clinica Citocenter -Equilíbrio ácido básico. -Gases sanguíneos.   CONDIÇÕES – Sangue total heparinizado.   VOLUME RECOMENDÁVEL – Colher 5,0 mL de sangue arterial na seringa com heparina   INFORMAR E ANOTAR – Horário da coleta. – Se foi feito repouso […]

TOXICOLOGICO CABELOS OU PELOS CNH

O resultado é entregue apenas pela PSYCHEMEDICS de acordo com escolha do paciente no site da empresa, que é de 15 dias CORRIDOS para ser entregue pela empresa. Sem restrição de horário para coleta, enviar na próxima rota do dia.   Atendimento :  Matriz ⁄ Clinica Citocenter ⁄Cidade Jardim ⁄ Jardim Europa     Material […]

IGE Especifico para Malte (F90)

PF90 – IGE ESP (F90) – ALIMENTOS – MALTE     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   MÉTODO IMMUNOCAP – (FEIA – FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a […]

STREPTOCOCCUS BETA HEMOLITICO CULTURA SWAB ANAL

Palavras Chave Streptococcus beta hemolítico grupo B Streptococcus grupo B Streptococcus agalactiae Triagem pre-natal para Streptococcus grupo B Streptococcus em gestante   Instruções Não é realizada coleta cervical e⁄ou endocervical. Nos casos de coletas de secreção vaginal ou anal, pode-se urinar, defecar e tomar banho. Não fazer uso de antissépticos, medicações tópicas e uso de […]

STREPTOCOCCUS BETA HEMOLITICO CULTURA

CULO – PESQUISA DE ESTREPTOCOCOS GRUPO A,C,G – SECREÇÃO DE OROFARINGE   SINÔNIMOS: CULTURA PARA ESTREPTOCOCO BETA HEMOLÍTICO DOS GRUPOS A, C, G   MATERIAL SECREÇÃO DE OROFARINGE   MEIO(S) DE COLETA Meio de transporte Stuart, Amies (com ou sem carvão).   MÉTODO CULTURA ESPECÍFICA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: De acordo com orientação médica. […]

ZIKA VIRUS ANTICORPOS IGM

ZICAM – ZIKA VÍRUS ANTICORPOS IGM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a […]

ZIKA VIRUS ANTICORPOS IGG

ZICAG – ZIKA VÍRUS ANTICORPOS IGG   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa […]

ZIKA VIRUS DETECCÃO POR PCR

PALAVRAS CHAVES Febre Zika (FK) Zika Virus (qualitativo) Zica Virus ZIKV ZIKAV   CONDIÇÕES – Soro ou plasma (EDTA)   VOLUME RECOMENDÁVEL – 5,0 mL.   TEMPO DE JEJUM – Jejum não obrigatório.   INSTRUÇÕES – O exame deve ser realizado na fase aguda de viremia, pois após este período pode ocorrer a não detecção […]

HEPATITE B: ANTI-HBC TOTAL

PALAVRAS CHAVE -Hepatite B   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições. -Anotar se o cliente já foi vacinado contra hepatite B   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar entre 2° […]

HEMOGLOBINA PLASMATICA LIVRE

Material Sangue.   Palavras Chave Hemoglobina livre   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 ml.   Volume Recomendável 2,0 ml..  

BROMO

Material Sangue   Palavras Chave Brometos Brometo Bromo   Jejum Não necessário   Condições Soro   Volume Mínimo 1,0 ml.   Volume Recomendável 2,0 ml.

BISMUTO

Material SANGUE [S]   Palavras Chave Bismuto   Jejum – Jejum não obrigatório.   Condições – Sangue total (EDTA).   Volume Mínimo – 2,0 mL.   Volume Recomendável – 2,0 mL.                        

CITOLOGIA GERAL 3

PALAVRAS CHAVE -Citologia geral   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições. -Obrigatório pedido médico preechido com nome completo, data de nascimento, se tiver indicação clínica anotar, carimbo médico e data de solicitção do exame. -Material devidamente identificado por quem fez a coleta.   CONDIÇÃO -Líquidos biológicos e secreções diversas. -Urina: 1ª urina da manhã […]

HLA – B51

HLB51 – DETECÇÃO DE HLA-B51   SINÔNIMOS: ANTÍGENO LEUCOCITÁRIO HUMANO (HLA) B51, HLA-B51, HLAB51, HLAB*51, HLA51,  HL51   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados, homogeneizar e […]

CITOLOGIA GERAL 2

PALAVRAS CHAVE -Citologia geral   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições. -Obrigatório pedido médico preechido com nome completo, data de nascimento, se tiver indicação clínica anotar, carimbo médico e data de solicitção do exame. -Material devidamente identificado por quem fez a coleta.   CONDIÇÃO -Líquidos biológicos e secreções diversas. -Urina: 1ª urina da manhã […]

HEMOCROMATOSE 5 MUTAÇÕES

Material Sangue [S]   Palavras Chave Gene HFE H63D S65C C93R I105T C282Y E168Q Hemocromatose   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total em EDTA.   Volume Mínimo 3,0 mL sangue em EDTA   Volume Recomendável 5,0 mL sangue em EDTA   Critérios de Rejeição Uso de anticoagulante incorreto. Material congelado, coagulado ou severamente […]

HLA DQ2 E DQ8 – DOENCA CELIACA

CELIA – HLA DQ2 E DQ8 – DOENÇA CELÍACA   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO REAL TIME – PCR   GENES ANALISADOS Alelos HLA-DQ2 (DQB*0201), HLA-DQ8 (QA1*03:DQB1*03:02)   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados, homogeneizar e […]

FEBRE AMARELA ANTICORPOS IGM

PALAVRAS CHAVE -VÍRUS DA FEBRE AMARELA ANTICORPOS IGM   ATENDIMENTO -Em todas as unidades, sem restrições   CONDIÇÃO -Soro   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo gel separador, rolha (amarela)   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório   INTERPRETAÇÃO A febre amarela é uma doença grave, causada por flavivírus. Em […]

INSULINA LIVRE

Material Sangue [S]   Palavras Chave Dosagem de insulina livre Insulina biologicamente ativa Insulina livre   Jejum Adultos: Jejum obrigatório de 8 a 14 horas ou conforme orientação médica; Crianças: Jejum obrigatório mínimo de 4 horas ou conforme orientação médica.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.   Conservação […]

RISPERIDONA

Material Sangue   Instruções A coleta ideal deve ser realizada imediatamente antes da administração da próxima dose do medicamento ou conforme orientação médica. Caso o medicamento seja tomado apenas uma vez ao dia, a coleta deve ser feita pelo menos 12 horas após a medicação. Informar medicamentos em uso, dosagem, dia, hora da ultima dose. […]

ACIDOS BILIARES

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA:   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO Este exame pode ser utilizado como avaliação […]

ANTI-BETA 2 GLICOPROTEINA IGA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente,   INTERPRETAÇÃO Os anticorpos anticardiolipina, têm sido fortemente associados a tromboses venosas […]

DENGUE NS1

PALAVRAS CHAVE -Dengue NS1   CONDIÇÕES -Soro       VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo gel separador rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório. -A coleta da amostra de sangue devera ser feita apos 24 ou 48 horas apos o sintoma. -Diagnostico precose para dengue.   COMENTÁRIOS -Na dengue, muitas vezes […]

SOMATOSTATINA

SOMTN – SOMATOSTATINA   SINÔNIMOS: SOMATOSTATINA PLASMÁTICA   MATERIAL PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO RADIOIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Enviar amostra única para a realização deste exame.   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando o tubo com o anticoagulante correspondente ao exame, homogeneizar, centrifugar a […]

INDICAN, PESQUISA

INDIC – PESQUISA INDICAN – TESTE DE DISBIOSE   SINÔNIMOS: INDOXIL SULFATO URINÁRIO   MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril sem conservantes   VOLUME MÍNIMO 20 mL   MÉTODO REAÇÃO DE OBERMEYER   INSTRUÇÕES DE PREPARO Bebida alcoólica: Evitar ingestão de bebidas alcóolicas e consumo de alto teor de iodo.   […]

PROLACTINA APOS DILUIÇÃO

Material -Soro   Palavras Chave PRL diluída Hormônio lactogênico (LTH) Pesquisa de efeito gancho Hook effect Efeito prozona Instruções Repouso de 30 minutos   Jejum Mínimo de 4 horas ou conforme orientação médica.   Condições Soro.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Conservação – Até 3 dias refrigerado entre 2 e 8°C, ou congelado por […]

EPSTEIN BARR QUANTITATIVO PCR

MATERIAL Sangue EDTA   MEIO(S) DE COLETA Sangue total: Tubo com EDTA (rolha roxa) – 2 mL   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL   Instruções   SANGUE TOTAL INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados, homogeneizar e acondicionar corretamente   INSTRUÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Transportar refrigerado […]

CHIKUNGUNYA DETECÇÃO PCR

MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Soro: tubo com  gel separador- soro Urina: Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou cuidados especiais. Não congelar as amostras. INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta soro : Coletar em tubo com gel separador.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas diferente […]

CHIKUNGUNYA ANTICORPOS IGG E IGM

Material Sangue [S]   Palavras Chave Anticorpos Anti Chikungunya IgG E IgM Sorologia de Chinkungunya Chicungunya   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada. Contaminação microbiana. Amostras inativadas pelo calor.   Comentários Os casos suspeitos de infecções […]

LEPTOSPIROSE ANTICORPOS IGG

LEPTG – LEPTOSPIROSE – ANTICORPOS IGG   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a […]

FENCICLIDINA PCP

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico ou tubo transporte.   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO IMUNOCROMATOGRAFIA   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0558 TRIAGEM TOXICOLÓGICO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EXAMES   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo: É obrigatório o envio do formulário RQ-0558 TRIAGEM TOXICOLÓGICO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EXAMES (disponível no site DB) […]

LICOPENO

Material Sangue [S]   Palavras Chave Licopeno   Instruções Informar medicamentos em uso. Não ingerir bebida alcoólica nas últimas 24 horas.   Jejum Mínimo de 8 horas. Outros Laboratórios – Enviar o material congelado e protegido da luz.   Condições Soro ou Plasma (heparina), protegido da luz. Coleta Apoio Enviar material protegido da luz.   […]

LEPTOSPIROSE ANTICORPOS IGM

LEPTM – LEPTOSPIROSE – ANTICORPOS IGM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa […]

CULTURA PARA PESQUISA DE STREPTOCOCCUS

PALAVRAS CHAVES Cultura para Streptococcus agalactiae – Cultura para SGB Triagem pré-natal para streptococus grupo B Pesquisa de estreptococus grupo B em gestante CONDIÇÃO – Swab vaginal, swab retal, swab perianal. INSTRUÇÕES – Não é realizada coleta cervical e⁄ou endocervical. – Nos casos de coletas de secreção vaginal ou anal, pode-se urinar, defecar e tomar […]

VITAMINA H

Material Sangue   Palavras Chave Biotina Vitamina H Vitamina B7 Vitamina B8 vitamina b 8   Instruções Exame colhido apenas de segunda a quarta-feira. Não deve ser colhido nos feriados ou em vésperas de feriados.   Jejum Mínimo de 8 horas.   Outros Laboratórios – A amostra deverá ser enviada de forma a estar no […]

ANTIGENO HELICOBACTER PYLORI

MATERIAL FEZES   MEIO(S) DE COLETA Frasco coletor estéril – sem aditivos   VOLUME MÍNIMO 5 gr   MÉTODO IMUNOCROMATOGRAFIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar amostras de fezes frescas recém eliminadas, em frasco coletor de polipropileno com tampa de rosca, limpo e sem conservantes. Coletar frações de fezes em diferentes partes do bolo fecal. Evitar […]

CHECK-UP MELHOR IDADE MASCULINO

PALAVRAS CHAVE –Check-up Melhor Idade Masculino   Exames: Hemograma, Glicemia, Lipidograma, Uréia, Creatinina, TSH,PSA, Ácido úrico, TGO⁄TGP, Vitamina D 25 hidroxi, EAS, Parasitológico, Sangue Oculto.     CONDIÇÕES -Hemograma: tubo EDTA rolha roxa -Glicemia, Lipidograma, Uréia, Creatinina, TSH, PSA, Ácido úrico, TGO⁄TGP, Vitamina D 25 hidroxi : tubo gel separador, rolha amarela -EAS: frasco fornecido […]

CHECK-UP MELHOR IDADE FEMININO

PALAVRAS CHAVE –Check-up Melhor Idade Feminino   Exames: Hemograma, Glicemia, Lipidograma, Uréia, Creatinina, TSH, Estradiol, Ácido úrico, TGO⁄TGP, Vitamina D 25 hidroxi, EAS, Parasitológico, Sangue Oculto.     CONDIÇÕES -Hemograma: tubo EDTA rolha roxa -Glicemia, Lipidograma, Uréia, Creatinina, TSH, Estradiol, Ácido úrico, TGO⁄TGP, Vitamina D 25 hidroxi : tubo gel separador, rolha amarela -EAS: frasco […]

CHECK-UP PRE NATAL

PALAVRAS CHAVE –Check-up Pre Natal   CONDIÇÕES -Hemograma: tubo EDTA rolha roxa -Glicose, Grupo Sanguineo,HCV, HIV, VDRL, HBsAg, Rubéola IgG⁄IgM, Toxoplasmose IgG⁄IgM, Citomegalovírus IgG⁄IgM, Chagas IFI : tubo gel separador, rolha amarela     Exames: Glicose, Grupo Sanguineo,HCV, HIV, VDRL, HBsAg, Rubéola IgG⁄IgM, Toxoplasmose IgG⁄IgM, Citomegalovírus IgG⁄IgM, Chagas IFI   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml […]

CHECK-UP PRE NUPCIAL MASCULINO

PALAVRAS CHAVE –Check-up pre Nupcial Masculino   CONDIÇÕES -Hemograma: tubo EDTA rolha roxa -Glicose,VDRL,HCV,HIV,HBSag,Anti HBS, Grupo sanguineo: tubo gel separador, rolha amarela – Espermograma: Frasco fornecido pelo laboratório   ESPERMOGRAMA: Seguir manual do exame   Exames: Hemograma, Glicose,VDRL,HCV,HIV,HBSag,Anti HBS, Grupo sanguineo, Espermograma.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em cada tudo -Colher 10 […]

CHECK-UP BÁSICO

PALAVRAS CHAVE –Check-up básico   CONDIÇÕES -Hemograma: tubo EDTA rolha roxa -Glicose, Lipidograma, Ácido úrico, Uréia, Creatinina,TSH: tubo gel separador, rolha amarela -EAS: frasco fornecido pelo laboratório – Parasitologio: frasco fornecido pelo laboratório   Exames: Hemograma, Glicose, Lipidograma, Ácido úrico, Uréia, Creatinina,TSH,Parasitologico, EAS.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em cada tudo -Colher […]

CHECK-UP PRE NUPCIAL FEMININO

PALAVRAS CHAVE –Check-up pre Nupcial Feminino   CONDIÇÕES -Hemograma: tubo EDTA rolha roxa -Glicose,VDRL,HCV,HIV,HBSag,Anti HBS, Grupo sanguineo: tubo gel separador, rolha amarela     Exames: Hemograma, Glicose,VDRL,HCV,HIV,HBSag,Anti HBS, Grupo sanguineo.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em cada tudo -Colher 10 ml de urina   TEMPO DE JEJUM -Jejum obrigatório de 12 a […]

CHECK-UP DA MULHER

PALAVRAS CHAVE –Check-up Mulher   CONDIÇÕES -Hemograma: tubo EDTA rolha roxa -Glicose, Lipidograma, Acido Urico,Uréia, Creatinina,TGO, TGP,TSH: tubo gel separador, rolha amarela -EAS: frasco fornecido pelo laboratório – Parasitologio: frasco fornecido pelo laboratório – Colpocitologia   Exames: Hemograma, Glicose, Lipidograma, Ácido úrico, Uréia, Creatinina,TGO,TGP,Colpocitologia,Parasitologico, EAS.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em cada […]

CHECK-UP SEXO SEGURO

PALAVRAS CHAVE –Check-up Sexo Seguro   Exames: Hemograma, Glicemia, VDRL, HCV,HIV, HBSag, Anti HBS, EAS.     CONDIÇÕES -Hemograma: tubo EDTA rolha roxa -Glicemia, VDRL, HCV,HIV, HBSag, Anti HBS : tubo gel separador, rolha amarela -EAS: frasco fornecido pelo laboratório   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em cada tudo -Colher 10 ml de […]

CHECK-UP DO FÍGADO

PALAVRAS CHAVE –Check-up Fígado   CONDIÇÕES -Hemograma: tubo EDTA rolha roxa -Glicose, Lipidograma, Ácido úrico,TGO, TGP, Gama GT, Fosfatase Alcalina, Bilirrubinas, HBSag, Anti HBS, HCV: tubo gel separador, rolha amarela   Exames: Hemograma, Glicose, Lipidograma, Ácido úrico,TGO, TGP, Gama GT, Fosfatase Alcalina, Bilirrubinas, HBSag, Anti HBS, HCV.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue […]

CHECK-UP DO HOMEM

PALAVRAS CHAVE –Check-up Homem   CONDIÇÕES -Hemograma: tubo EDTA rolha roxa -Glicose, Lipidograma, Acido Urico,TGO, TGP,Uréia, Creatinina, PSA: tubo gel separador, rolha amarela -EAS: frasco fornecido pelo laboratório – Parasitologio: frasco fornecido pelo laboratório   Exames: Hemograma,Glicose, Lipidograma, Acido Urico,TGO, TGP,Uréia, Creatinina, PSA,Parasitologico, EAS.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em cada tudo […]

CA2729

Material Sangue   Palavras Chave Marcador tumoral. Câncer de mama. CA 2729 CA 27-29   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,2 mL.   Volume Recomendável 1,5 mL. . Comentários O marcador tumoral CA 27.29 pode ser usado no acompanhamento de pacientes com câncer de mama. O ensaio permite a detecção da […]

CITOMEGALOVIRUS ELFA IGM

Material SANGUE [S]   Palavras Chave CMV Citomegalovirose Citomegalia   Jejum – Jejum obrigatório de 8 horas. – Intervalo entre mamadas para lactentes.   Condições – Soro.   Volume Mínimo – 0,2 mL.   Volume Recomendável – 0,5 mL.   Questionário Já realizou este exame anteriormente? Para mulheres, está grávida?   Critérios de Rejeição – […]

CALPROTECTINA FECAL

Material Fezes                   Coletar em frasco limpo e seco (sem líquido conservante)                         Palavras Chave Calprotectina fecal   Instruções Antes de coletar as fezes, se necessário, urinar no vaso sanitário para evitar a contaminação do material. Em casos de crianças o coletor pode ser utilizado. Evitar o uso de antiácidos, laxantes, supositório e contraste oral […]

ANATOMOPATOLOGICO BIÓPSIA SIMPLES, IMPRINT E CELL

PALAVRAS CHAVE -Biópsias   ATENDIMENTO -Sem restrições. Em todas as unidades. -Obrigatório pedido médico preechido com nome completo, data de nascimento, se tiver indicação clínica anotar, carimbo médico e data de solicitção do exame. -Material devidamente identificado por quem fez a coleta.   CONDIÇÃO -Fragmento de tecido.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   […]

LINFOCITOS CD4 E CD8 + CD 3

CD483 – SUBPOPULAÇÃO LINFOCITÁRIA CD3 – CD4 – CD8   SINÔNIMOS: LINFÓCITOS T HELPER, OKT4 – OKT8, SUBTIPAGEM DE LINFÓCITOS   Exame com baixa estabilidade, deve ser colhido somente no periodo matutino.. Material precisa chegar na triagem no maximo até as 13:00hs   MATERIAL SANGUE TOTAL AMBIENTE   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo) […]

PREGNENOLONA

PREGN – PREGNENOLONA   SINÔNIMOS: PREGNENOLONA NO SORO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a […]

HIV1 E 2 – IMUNOBLOT

PALAVRAS CHAVE -HIV imunoblot   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições. É indispensável apresentação de documento de identidade contendo foto do cliente. Assinar autorização para realização do exame em impresso próprio.Necessita pedido medico.   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo gel separador, rolha (amarela).   TEMPO […]

CITRATO SANGUE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE ABSORÇÃO MOLECULAR   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO O Citrato […]

ACETILCOLINESTERASE PLASMATICO

Material Sangue.   Palavras Chave Acetil colinesterase – Acilcolina – Colinesterase aguda Colinesterase II – Acil hidrolase PChE – Acetilcolinesterase Pseudocolinesterase Acetilcolinesterase I Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 mL.   Volume Recomendável 0,3 mL.   Comentários A atividade da pseudocolinesterase (benzoilcolinesterase ou colinesterase II ou colinesterase plasmática) é reduzida […]

ANATOMOPATOLOGICO PEÇAS CIRURGICA SIMPLES

PALAVRAS CHAVE -Biópsias   ATENDIMENTO -Sem restrições. Em todas as unidades. -Obrigatório pedido médico preechido com nome completo, data de nascimento, se tiver indicação clínica anotar, carimbo médico e data de solicitção do exame. -Material devidamente identificado por quem fez a coleta.   CONDIÇÃO -Fragmento de tecido.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   […]

UREIA POS-DIÁLISE

Material Sangue [S]   Palavras Chave ureia azotemia uremia nitrogênio uréico   Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios Utilizar este mnemônico apenas quando solicitado ureia após hemodiálise ou CAPD (Diálise Peritoneal Ambulatorial Contínua).   Condições Soro ou plasma (heparina de lítio).   Volume Mínimo 0,3 ml.   Volume Recomendável 0,3 ml.   Critérios de Rejeição […]

ANATOMOPATOLOGICO PEÇAS CIRURGICA COMPLEXA

PALAVRAS CHAVE -Biópsias   ATENDIMENTO -Sem restrições. Em todas as unidades. -Obrigatório pedido médico preechido com nome completo, data de nascimento, se tiver indicação clínica anotar, carimbo médico e data de solicitção do exame. -Material devidamente identificado por quem fez a coleta.   CONDIÇÃO -Fragmento de tecido.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   […]

CURVA INSULINICA

PALAVAS CHAVE -Não aplicável   ATENDIMENTO -Em todas as unidades   CONDIÇÕES -Soro   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo gel separador rolha (amarela).   PROCEDIMENTO DE COLETA De acordo com medido medico,podendo a curva se estender por ate 5 horas.( 75g de glicose )                                                  2 horas: 0, 30, 60, […]

ANTICORPOS ANTI-TIROXINA ANTI-T4

PALAVRAS CHAVE -Anticorpos anti tiroxina – Anti T4 -T4 anticorpos totais   CONDIÇÕES – Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL – Colher 5,0 mL sangue em tubo gel rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM – Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS -Não aplicável                               […]

COMPLEMENTO CH100

CH50 – COMPLEMENTO TOTAL – CH50   SINÔNIMOS: ATIVIDADE TOTAL DO COMPLEMENTO VIA CLÁSSICA, CH100 – COMPLEMENTO TOTAL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo DESMINERALIZADO   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO TURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo DESMINERALIZADO: Realizar coleta utilizando tubo […]

PSA LIVRE

PALAVRAS CHAVE -PSA LIVRE – ANTÍGENO PROSTÁTICO ESPECÍFICO   CONDIÇÃO -Soro   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório   Instruções Nas situações abaixo recomenda-se aguardar o tempo indicado antes da coleta do material: – Após relação sexual com […]

CULTURA DE URINA AUTOMATIZADA

CULT – UROCULTURA E ANTIBIOGRAMA COM CONTAGEM DE COLÔNIAS   SINÔNIMOS: CULTURA DE URINA, CULTURA DE URINA DE JATO MÉDIO   MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Tubo Cônico   (*) Volume mínimo de 3 mL para pacientes adultos saudáveis. Volume mínimo de 1 mL para casos específicos (crianças com saco coletor e […]

CREATINA

Material Sangue [S]                                     colher dois tubos com gel separador   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 3,0 mL.   Volume Recomendável 3,5 mL.   Comentários É uma proteína cuja concentração depende da massa muscular e da atividade da creatinoquinase. Níveis elevados são encontrados nas dietas ricas em proteínas, gravidez, indivíduos com […]

ANTICORPOS ANTI CELULAS ENDOTELIAIS

PALAVRAS CHAVE -ANTICORPO ENDOTELIAL   CONDIÇÕES – Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL – 5,0 mL.   TEMPO DE JEJUM – Jejum não obrigatório.   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar refrigerado entre 2 e 8 °C.   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -Não aplicável   METODOLOGIA -IMUNOFLUORESCENCIA INDIRETA   ROTINA -Considerar segunda-feira à sexta-feira                 […]

CITRATO, URINA AMOSTRA ISOLADA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO ESPECTROFOTOMETRIA UV⁄VIS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Não fazer esforço físico durante a coleta.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta I: Coletar preferencialmente, a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 04 horas após a última micção. Desprezar […]

CITOMEGALOVIRUS IgM NEONATAL

PALAVRAS CHAVE -CITOMEGALOVÍRUS NEONATAL – ANTICORPOS IGM   ATENDIMENTO -Em todas as unidades.   CONDIÇÕES -Sangue capilar -Colher em papel filtro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Não aplicável   COLETA -Para uma coleta adequada do teste, deve-se preencher os círculos com o sangue, de maneira que ela flua por capilaridade no papel filtro. Evite sobreposições de gota, […]

PROTEINA C REATIVA QUANTITATIVA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador : Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

CURVA GLICEMICA E INSULINICA

  -O médico pode solicitar os tempos que desejar, podendo a curva se estender por até 5 horas (75g de glicose)   2 horas: 0, 30, 60, 120 minutos 3 horas: 0, 30,60, 120 e 180 minutos 4 horas: 0, 30, 60, 120, 180, e 240 minutos 5 horas: 0, 30, 60, 120, 180, 240, […]

COTININA

Material Sangue.   Palavras Chave Cotinina Nicotina Metabolito da nicotina   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Critérios de Rejeição Amostras hemolisadas. Amostras enviadas em tubo gel separador.   Comentários A nicotina é o maior constituinte das folhas do tabaco e seu principal […]

DENGUE IGG/IGM – CROMATOGRAFIA

PALAVRAS CHAVE -Sorologia para dengue IGG e IGM   CONDIÇÕES     -Soro   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo gel separador rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum nao obrigatorio. -A coleta da amostra de sangue devera ser feita após  5 a 10 dias do início dos sintomas.   COMENTÁRIOS -Na dengue, […]

VANCOMICINA

VANCO – VANCOMICINA – DOSAGEM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa […]

TRANSGLUTAMINASE ANTICORPOS IGG

ATRAG – ANTI – TRANSGLUTAMINASE IGG   SINÔNIMOS: TRANSGLUTAMINASE TECIDUAL IgG   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

IODO URINA 24H

IODO24 – IODO – URINA 24 HORAS SINÔNIMOS: IODETO, IODO URINÁRIO   MATERIAL URINA 24 HORAS   SEM CONSERVANTE   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO (ICP-MS)   INSTRUÇÕES DE COLETA Urina de 24 horas: Desprezar a primeira micção da manhã, anotar o horário de início, a partir da próxima micção, armazenar em frasco […]

HEMOGLOBINA A1C- HPLC

HBGL – HEMOGLOBINA GLICADA SINÔNIMOS: HBA1C   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA – HPLC   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente.   INTERPRETAÇÃO Hemoglobina Glicada ou Glicosilada, […]

LORAZEPAM

Material Sangue [S]   Palavras Chave Lorazepam Idalprem Orfidal Sedizepam   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.   Critérios de Rejeição Amostras colhidas em tubo com gel separador.    

AUDIOMETRIA

Exame realizado na Clínica Radiológica. Precisa ser agendado. Passar orientações ao paciente.     Telefone para agendamento: 3223-0077

GLICOSE SG

PALAVRAS CHAVE -Glicose   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório -Nao realizar exercicio fisico no dia da coleta, -Nao fumar antes da coleta de sangue.( nicotina altera o resultado do […]

ANTI-CITOPLASMA DE NEUTROFILOS, ANCA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

CURVA GLICEMICA

                                                                                                                PALAVRAS CHAVE Glicemia apos dextrosol, GTT, 75 gramas de glicose anidra ou 82,5 gramas de dextrosol TTG, TTGO Curva Glicêmica COTG Provas funcionais Curva Glicemia Tempos mais Comuns:                       2 horas: 0, 30, 60, 120 minutos (4 dosagens) 3 horas: 0, 30, 60, 120 e 180 minutos (5 dosagens) 4 horas: 0, 30, 60, […]

ACETILCOLINA, ANTICORPO MODULADOR DO RECEPTOR

Material Sangue.   Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios – Caso seja solicitado Anticorpo anti receptor de acetilcolina sem especificar, fazer a opção pelo anticorpo ligador do receptor [S|ACET].   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 ml.   Volume Recomendável 2,0 ml.   Critérios de Rejeição Hemólise. Amostra em tubo com gel separador.   Comentários […]

ACETILCOLINA, ANTICORPO BLOQUEADOR DO RECEPTOR

Material Sangue   Palavras Chave Acetilcolina, anticorpo bloqueador do receptor   Jejum Não necessário. Outros Laboratórios – Caso seja solicitado Anticorpo anti receptor de acetilcolina sem especificar, fazer a opção pelo anticorpo ligador do receptor [S|ACET].   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise. Amostra […]

ACETILCOLINA, ANTICORPO LIGADOR DO RECEPTOR

Material Sangue.   Palavras Chave Anti-acetilcolina Anticorpo anti placa motora Miastenia gravis AChRab Receptor de Acetilcolina, anticorpos anti Anticorpo Anti-Receptor de Acetilcolina, Anti-AChR   Jejum Mínimo de 4 horas Outros Laboratórios Caso seja solicitado Anticorpo anti receptor de acetilcolina sem especificar, fazer a opção pelo anticorpo ligador do receptor [S|ACET].   Condições Soro.   Coleta […]

CADASIL, ESTUDO MOLECULAR, SEQUENCIAMENTO

Material Sangue   Palavras Chave Arteriopatia cerebral autossomica dominante com infartos subcorticais e leucoencefalopatia Gene NOTCH3 CADASIL EXONS 3 E 4 Genes Analisados NOTCH3   Jejum Não necessário.   Outros Laboratórios – Colher os exames do setor de genética em tubo separado dos demais setores.   Condições Sangue total (EDTA)   Coleta Apoio – Colher […]

ANTI-ENDOMISIO IGM

Material Sangue.   Palavras Chave Doença Celiaca Anticorpos Anti Endomisio IgM. Anti gluten   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Comentários Teste útil para o diagnóstico da Doença Celíaca (DC). Endomísio é a camada de tecidoconjuntivo, composta por fibras reticulares, que reveste cada […]

PUNÇÃO ASPIRATIVA DE MEDULA ÓSSEA

AMOSTRA Medula óssea. 6 esfregaços.EXAME SUSPENSO.   ATENDIMENTO Apenas na unidade Vila Brasilia mediante agendamento prévio pelo telefone 4004-8860. A coleta será realizada por um médico de nossa equipe. Rotina de coleta para medula óssea: Segunda a Sexta das 08:00 as 18:00h. O paciente ou seu responsável legal deve assinar o TÊRMO DE CONSENTIMENTO INFORMADO […]

ORGANOCLORADOS E ORGANOFOSFORADOS, ESTUDO, SG

Material Sangue   Palavras Chave Organoclorados Organofosforados Inseticidas Pesticidas Praguicidas Intoxicação agricultura Pragas Controle de pragas   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 5,0 mL.   Volume Recomendável 5,0 mL.   Questionário Informar o nome da substância que teve contato, período em que esteve exposto, data da última exposição e quais […]

TESTE DE PATERNIDADE DUO

Coleta Realizada sem agendamento nas seguintes Unidades: T7,Oeste, Nova Esperança, Clinica Citocenter, Sul, Jardim America e Jardim Europa. Para as Demais Unidades o agendamento com o supervisor de coleta.      INSTRUÇÕES DE PREPARO   DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:   Documentos do Suposto Pai (XEROX) Documentos da Criança: Certidão de Nascimento Ou Declaração de Nascido Vivo(XEROX) Documentos […]

VENLAFAXINA

VENLA – VENLAFAXINA SINÔNIMOS: DOBUPAL, EFEXOR, VANDRAL, VENLAF, VENLIFT   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA ⁄ ESPECTROMETRIA DE MASSAS EM TANDEM   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para […]

HIPERPLASIA ADRENAL CONGENITA, DIAG MOLECULAR

Material Sangue [S]   Palavras Chave Painel Molecular para Hiperplasia Adrenal Genes analisados: CYP21A2, CYP17A1, CYP11B1 e HSD3B2   Instruções Exame colhido somente de 2ª a 4ª feira. Não deve ser colhido e enviado em feriados ou véspera de feriados. A interpretação do exame é direcionada pelo quadro clinico e desta forma, é essencial uma […]

AQUAPORINA 4, NMO, ANTICORPOS IGG

Material Sangue   Palavras Chave Aquaporina 4, Anticorpos IgG Neuromielite óptica, anticorpos IgG Anticorpo para neuromielite óptica, IgG Síndorme de Devic Mielite ótica Neuromielite ótica Doença de Devic Ac anti NMO Anticorpos anti aquaporina 4 Aquaporina 4 (AQP4) CBA   Condições Soro   Volume Mínimo 2,0 mL.   Volume Recomendável 4,0 mL.   Critérios de […]

COXIELLA BURNETTI, ANTICORPOS IGG

Material Sangue [S]   Palavras Chave Anticorpos IgG anti coxiella burnetti (Febre Q) (Fase I + II) Coxiela fase I IgG Coxiela Burneti Febre Q   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,7 mL   Volume Recomendável 1,0 mL.   Comentários A febre Q é uma infecção zoonótica causada pelo patógeno Coxiella […]

HERPES SIMPLES I/II PCR E GENOTIPAGEM SG

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Herpes vírus, Tipo Detecção do DNA do HSV 1⁄2 PCR para Herpes vírus Herpes tipagem   Jejum Amostras de sangue: Não necessário.   Condições Humor aquoso⁄Humor vítreo líquor líquido amniótico sangue total (EDTA) fragmentos de biópsia raspado de lesões.   Coleta Apoio Este mnemônico deve ser usado quando for […]

TOXOPLASMOSE MAT DIVERSOS IFI IGM

AMOSTRA Líquidos biológicos: Líquor, líquido ocular, líquido amniótico, sangue de cordão umbilical e outros. 1,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Amostra colhida pelo médico assistente. Acondicionar a amostra em frasco estéril.   MÉTODO Imunoenzimático.   REFERENCIAL Negativo.   INTERPRETAÇÃO Exame auxiliar no […]

SORO AMILOIDE A

Material Sangue.   Palavras Chave Amilóide Proteína A Amilóidose   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,9 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Critérios de Rejeição Hemóise acentuada. Lipemia acentuada. Amostra inativada pelo calor.   INTERPRETAÇÃO O termo soro amiloide A (SAA) refere-se a uma família de apolipoproteínas sintetizadas no […]

SEROTONINA U24H

Material Urina 24 horas [U-24]   Palavras Chave 5 Hidroxi Triptamina 5 HT Instruções Dieta: Por pelo menos 24 horas antes da coleta do material evitar ameixas, frutos secos, chocolate, abacaxi, banana ou mexilhões, em suas formas naturais ou alimentos que contenham esses ingredientes em sua composição. Alguns medicamentos podem interferir, e o médico deve […]

INTERLEUCINA 1

Material Sangue   Palavras Chave IL-1 beta Interleucina 1 Intereleucina 1 Beta   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.   Comentários A Interleucina 1-beta (IL-1 beta) é uma citocina parácrina. Altos níveis dessa citocina são observados em choque séptico. Esta citocina está envolvida na patogênese […]

INTERLEUCINA 2

Material Sangue [S]   Palavras Chave Receptor de IL-2 CD25 solúvel Cadeia alfa do receptor de IL-2 solúvel Interleucina 2, receptor solúvel   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.   Comentários A Interleucina 2 (IL-2) é produzida por células T ativadas e induz os linfócitos […]

FENOL U24H

Material Urina de 24 horas   Palavras Chave Fenol urinario Acido Carbolico Alcool fenolico   Instruções Não colher em local de trabalho. Retirar a roupa ou uniforme contaminado antes da coleta. Lavar as mãos e genitália antes de cada coleta. Não utilizar cremes ou óvulos vaginais nas 24 horas que antecedem a coleta. O exame […]

ECSTASY

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA ( Coleta assistida)   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico ou tubo transporte.   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO IMUNOCROMATOGRAFIA   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0558 TRIAGEM TOXICOLÓGICO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EXAMES   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dados: É obrigatório o envio do formulário  RQ-0558 TRIAGEM TOXICOLÓGICO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EXAMES (disponível […]

HORMONIO ANTI-MULLERIANO

Material Sangue   Palavras Chave Hormonio Anti Mulleriano Hormonio Anti Muleriano Anti-AMH   Jejum Não é necessário.   Condições Soro. Coleta Apoio Aguardar a completa retração do coágulo e centrifugar no menor tempo possível. Caso não seja coleta em tubo com gel separador, aliquotar em tubo de transporte.   Volume Mínimo 0,3 ml.   Volume […]

ADIPONECTINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO A adiponectina é uma proteína sintetizada pelos […]

RECOVERINA, ANTICORPOS

Material Sangue   Palavras Chave Anti neuronal (Anti-Hu, Yo, Ri, Fifisina, CV2, Ma2, MGT-30, AGNA, Recoverina) Síndrome Neurológica Paraneolplásica Anticorpos paraneoplásicos Anticorpos anti neuronais Painel Onconeural TINTIN   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,5 mL.   Comentários As síndromes paraneoplásicas são um grupo de doenças raras […]

SERTRALINA

Material Sangue [S]   Palavras Chave – Sertralina   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Coleta Apoio Coletar e enviar o material em tubo seco, sem gel separador.   Volume Mínimo 3,0 mL.   Volume Recomendável 3,0 mL.   Critérios de Rejeição Amostras colhidas em tubo com gel separador.   INTERPRETAÇÃO A Sertralina […]

RUBEOLA IgM NEONATAL

MATERIAL SANGUE CAPILAR   MEIO(S) DE COLETA Papel filtro   *Preencher totalmente 2 círculos contidos no cartão.   VOLUME MÍNIMO * Ver meio de coleta   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dieta: Coletar preferencialmente após 48 horas da primeira mamada. Medicação: Uso de corticoides pela mãe e pelo bebê devem ser sinalizados no cartão de coleta. Dados: […]

COXIELLA BURNETTI, ANTICORPOS IGM

Material Sangue [S]   Palavras Chave Anticorpos IgM anti coxiella burnetti (Febre Q) (Fase I + II)Febre Q Coxiela Fase I IgM Coxiela Burneti   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,7 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Comentários A febre Q é uma infecção zoonótica causada pelo patógeno Coxiella burnetii, […]

ZINCO SERICO

Material Sangue   Palavras Chave ZN Zinco Instruções   Jejum Mínimo de 8 horas. para coleta de metais (tubo vacuette 6 mL, tampa branca e sem aditivo).   Condições Soro.   Coleta Coletar em tubo específico para coleta de metais (tubo vacuette 6 mL, tampa branca e sem aditivo).   Recomendações: Se houver outros exames […]

ANTIGENO CYFRA 21.1

PALAVRAS CHAVES CYFRA 21.1 Cifra 21.1 Cyfra 21.1   AMOSTRA Soro. 2,0 ml.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha amarela. Centrifugar, separar o soro e congelar. Manter a amostra congelada até a relização do exame.   COMENTARIOS Exame útil […]

CATECOLAMINAS – FRACOES

Material Sangue [S]   Palavras Chave Adrenalina Epinefrina Norepinefrina Noradrenalina Dopamina catecolaminas fração livre   Instruções – Permanecer 2 dias antes e durante a coleta sem ingerir os alimentos relacionados, pois estes alimentos interferem no resultado: – Café; – Chá; – Chocolates; – Refrigerantes; – Frutas em geral (especialmente manga, banana e abacate), sorvetes, sucos […]

TESTE DO PEZINHO EXPANDIDO DLE

Material Sangue [S]   Palavras Chave Tireotropina (TSH) neonatal [TSH-N] Pesquisa de hemoglobinopatias [HBNN] 17 Alfa-OH-progesterona neonatal [17-PGN] Tripsina imuno reativa (IRT) [TRIPSI] Atividade enzimatica da biotinidase [BIOTD] Anticorpos IgM anti-toxoplasma gondii [TXMNN] Tiroxina (T4) neonatal [T4-N] Galactose total [GFUT] Erros inatos do metabolismo neonatal [EIMN]   Instruções A triagem neonatal deve ser coletada preferencialmente […]

CADMIO

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dieta: Evitar consumo de peixes, farinhas refinadas, chás e cafés. Outros: Evitar uso de cigarro no dia da coleta.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar sangue […]

TESTE DE PATERNIDADE TRE

Coleta Realizada sem agendamento nas seguintes Unidades: T7, Nova Esperança, Clinica Citocenter, Sul, Jardim America e Jardim Europa. Para as Demais Unidades o agendamento com o supervisor de coleta.      INSTRUÇÕES DE PREPARO   DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:   Documentos do Suposto Pai (XEROX) Documentos da Criança: Certidão de Nascimento Ou Declaração de Nascido Vivo(XEROX) Documentos […]

ACIDOS ORGANICOS URINA

Material Urina.   Palavras Chave Analise de Acidos Organicos Urinarios – Qualitativa Avaliaçao qualitativa de acidos organicos Cromatografia de acidos organicos ACORGQL   Instruções Colher, preferencialmente, a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 04 horas após a última micção. Colher o jato médio da urina com retenção de 4 horas entre as […]

TESTOSTERONA BIODISPONIVEL

Material Sangue   Palavras Chave Testosterona   Instruções Está ou esteve em uso de reposição hormonal a base de testosterona (oral, gel, intramuscular, implante hormonal)? Se sim, informar o nome e qual a posologia. Informar uso de outros medicamentos ou vitaminas em uso se houver. Se mulher: está em uso anticoncepcional?   Jejum Não é […]

CROMOSSOMO Y, MICRODELECOES, PESQUISA

Material Sangue.   Palavras Chave Infertilidade Masculina, estudo molecular do cromossomo Y Fator de azoospermia Região analisada (AZFa, AZFb e AZFc) Microdeleções no cromossomo Y EGMCDY Genes Analisados Região analisada: AZF (Yq11.221-Yq11.223).   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA).   Coleta – Colher os exames do setor de Genética em tubo separado […]

ACIDOS ORGANICOS

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO Os ácidos orgânicos são produzidos por muitas vias […]

FIBRILARINA, ANTICORPOS

AFIBRI – ANTICORPOS ANTI-FIBRILARINA SINÔNIMOS: ANTICORPOS ANTI U3-RNP, ANTICORPOS TOTAIS ANTI FIBRILARINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO IMUNOFLUORESCÊNCIA INDIRETA   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração […]

BROMAZEPAM

PALAVRAS CHAVE -Brozepan, Deptran, Lexotan, Nervium, Neurilan, Novazepam, Relaxil, Somalium, Bromopirin, Sulpan, Bro -Benzodiazepínicos   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições. -Anotar medicamentos em uso e data, hora e dose da última tomada do medicamento que contenha BORMAZEPAM em sua fórmula (Leoxatan, Somalium e outros).   CONDIÇÕES – Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL – Colher […]

ULTRA-SONOGRAFIA DE APARELHO URINARIO FEMININO

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Jejum cerca de 8 horas. Tomar 4 copos com […]

CHLAMYDIA,SP IGM

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

PEPSINOGENIO I

Material Sangue   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise.

CHLAMYDIA,SP IGG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMUNOFLUORESCÊNCIA INDIRETA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em […]

EOSINOFILOS, PESQUISA, URINA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico   VOLUME MÍNIMO 10 mL   MÉTODO MICROSCOPIA – COLORAÇÃO DE MAY-GRUNWALD E GIEMSA   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a última micção. Desprezar o primeiro jato de urina […]

CONTAGEM DIFERENCIAL DE CELULAS DIVERSOS

PALAVRAS CHAVE -Citologia diversos   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições. -Obrigatório pedido médico preechido com nome completo, data de nascimento, se tiver indicação clínica anotar, carimbo médico e data de solicitção do exame. -Material devidamente identificado por quem fez a coleta.   CONDIÇÃO -Líquidos biológicos e secreções diversas. -Dependendo do material a amostra […]

LINFOCITOS CD20

CD20 – MARCADORES ISOLADOS – CD20   Amostra com Baixa estabilidade, precisa estar na triagem até as 13:00 hs Colhido de segunda a quinta, não colher em vesperas de feriados.   SINÔNIMOS: LINFÓCITOS B CD20   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO CITOMETRIA […]

RX PUNHOS

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RX PERNAS

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

FOSFATIDILINOSITOL, ANTICORPOS IGA, IGG, IGM

Material SANGUE [S]   Palavras Chave Fosfatidilinositol IgA,IgG E IgM Anticorpos anti-fosfatidil inositol (aFI)   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo – 1,0 mL.   Volume Recomendável – 2,0 mL.  

ANTI-GLIADINA IGM

PALAVRAS CHAVE   -Gliadina IgM -Doenca Celiaca -Gliadina IgM, anticorpos anti   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum aconselhável de 4 horas   COMENTÁRIOS -A doença celíaca consiste numa […]

CHLAMYDIA PNEUMONIAE ANTICORPOS IGG IGM

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

HEPATITE E: ANTI-HEV EIE IGM

HEVM – HEPATITE E – ANTICORPOS IGM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para […]

MYCOPLASMA PNEUMONIAE PCR DIVERSOS

  EXAME SUSPENSO TEMPORARIAMENTE.     AMOSTRA Escarro, fragmento de tecido, aspirado de nasofaringe, swab de orofaringe, lavado brônquico,  lavado broncoalveolar e líquido pleural.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios. Rotina de coleta: Segunda a Sexta até 11:00 horas. Não colher em véspera de feriado.   PREPARO DO PACIENTE […]

RX JOELHOS

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RX ORBITAS

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RX ESTERNO

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RX COXAS

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

PARACOCCIDIOIDES PCR FRAG TECIDO

AMOSTRA Fragmento de tecido ou bloco de parafina.                 EXAME QUE NÃO REALIZAMOS E NEM ENVIAMOS PRA FORA   ATENDIMENTO Apenas nas unidades Aeroporto, Marista e Vila Brasilia. Tem restrição de cobertura por convênios. Este exame geralmente é realizado como complemento do anatomopatológico. Portanto, deve existir um laudo anterior e um bloco de parafina contendo a […]

UROGRAFIA EXCRETORA OU VENOSA COM CONTRASTE

Exame realizado somente na clínica Radiológica. Necessário agendamento. Telefone: 3223-0077   Preparo para Urografia Excretora   USO INTERNO   Véspera do exame:   Tomar 60 gotas de Luftal de 6⁄6 horas; Não jantar na véspera do exame, fazer um lanche leve até às 18h; Tomar 1 (um) comprimido de Polaramine 2mg às 19h; Tomar 1 […]

TRYPANOSOMA CRUZI NEONATAL

Material Sangue [S]   Palavras Chave Doença de Chagas Teste do pezinho Tripanosoma cruzi Tripanosoma cruzi neo natal Chagas neo natal   Instruções A triagem neonatal deve ser coletada preferencialmente entre o 3° a 5° dia de vida, podendo ser realizada entre zero e 28 dias de vida. Recém-nascidos que receberam transfusão sanguínea antes da […]

ESCANOMETRIA

Exame realizado somente na Clínica Radiológica.

DROGAS DE ABUSO, TRIAGEM, PERFIL 12

SINÔNIMOS: TRIAGEM DROGAS DE ABUSO     MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA ( coleta assistida)   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico ou tubo transporte.   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO IMUNOCROMATOGRAFIA   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0558 TRIAGEM TOXICOLÓGICO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EXAMES   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar em um frasco limpo e seco. A urina […]

CHLAMYDIA PSITACCI IFI IGA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Clamídia Psitacose Ornitose Chlamydia Chlamida Clamydia   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Comentários Chlamydia psittaci, uma bactéria gram-negativa intracelular que infecta os homens através da inalação de poeira contendo excrementos secos ou secreções respiratórias de aves infectadas. […]

CHLAMYDIA PSITACCI IGG

Material Sangue [S]   Palavras Chave Psitacose Ornitose Clamídia Chlamidia Chlamydia Clamydia   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Comentários Chlamydia psittaci, uma bactéria gram-negativa intracelular que infecta os homens através da inalação de poeira contendo excrementos secos ou secreções respiratórias de aves […]

CHLAMYDIA PSITACCI IFI IGM

Material Sangue.   Palavras Chave Psitacose Ornitose Clamídia Clamydia Chlamydia   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 ml.   Volume Recomendável 1,0 ml.   Comentários Chlamydia psittaci, uma bactéria gram-negativa intracelular que infecta os homens através da inalação de poeira contendo excrementos secos ou secreções respiratórias de aves infectadas. As […]

CROMO SG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo trace⁄ desmineralizado)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar a amostra em tubo do tipo trace sem aditivo e sem ativador de coágulo. Após a coleta, aguardar retração do coágulo e em seguida centrifugar.Transferir […]

COXSACKIE VIRUS A9, ANTICORPOS G/M

Material Sangue [S]   Palavras Chave Enterovirus   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL   Comentários Coxsackieviruses A e B são enterovírus não-polio associados a um amplo espectro de manifestações clínicas que incluem meningite asséptica, encefalite, pneumonia, miocardite, pleurodinia, exantema e infecção sistêmica generalizada […]

ALFA-2 MACROGLOBULINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.     INSTRUÇÕES DE […]

PROCALCITONINA

Material Sangue   Palavras Chave PCT   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 mL.   Volume Recomendável 1,1 mL.   Interferentes Hemólise acentuada; Lipemia acentuada; Icterícia acentuada Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada. Fibrina. Coágulos.   Comentários A procalcitonina (PCT) é um peptídeo precursor da calcitonina. No indivíduo saudável […]

ANTICORPOS ANTI-ANTIGENO HEPATICO SOLUVEL

PALAVRAS CHAVE -Anticorpos IgG Anti antígenos hepático solúvel fígado⁄pâncreas [M2, LKM1, LC1, SLA] -Anticorpos para fígado-pâncreas (Anti LP) -Antígeno solúvel do fígado Antic -Hepatite auto imune (SLA) M2, LKM1, LC1, SLA, Sp100, gp210   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios.   CONDIÇÕES – Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL – Colher 5,0 […]

MELATONINA

MELAT – MELATONINA SÉRICA   MATERIAL SORO CONGELADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,5  mL   MÉTODO RADIOIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Para amostra noturna a coleta deve ser realizada entre 0:00 e 4:00 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

HERPES SIMPLEX II EIE IGG

Material SANGUE   Palavras Chave Herpes virus HSV   Jejum Jejum obrigatório de 8 horas.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 ml.   Volume Recomendável 1,1 ml.   Questionário Informar se está grávida, se já teve contato e se já fez exame anteriormente.   Comentários Na população em geral podem ser encontrados indivíduos com […]

WARFARINA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Warfarina Coumadin   Jejum Não necessário.   Condições Plasma (EDTA) . Coleta Apoio – Coletar 3 ml de sangue em tubo livre de metal K2 EDTA.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 3,0 mL.   Questionário Informar o uso de medicamentos.   Comentários O warfarin é um […]

OSMOLALIDADE U24H

OSMUR – OSMOLALIDADE URINÁRIA   SINÔNIMOS: OSMOLARIDADE URINÁRIA   MATERIAL URINA 24 HORAS   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 12 mL   MÉTODO PONTO DE CONGELAMENTO   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta OSMUR: Desprezar a primeira miccção da manhã, anotar o horário de início,  a partir da próxima miccção, armazenar em frasco apropriado […]

ACIDO METIL MALONICO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco- desmineralizado   VOLUME MÍNIMO 2 mL     INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco-desminaralizado   INTERPRETAÇÃO O ácido metilmalônico (MMA) é um ácido derivado do ácido propiônico, resultado do catabolismo de aminoácidos e ácidos graxos,  que é transformado em ácido succínico em uma […]

LITIO ENDOGENO

Material Sangue   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Coleta Apoio – Aliquotar 1,0 mL de soro em tubo de alíquota padrão (tubo de transporte). – Não serão aceitas as amostras enviadas em tubo de coleta, com ou sem gel separador, hemolisadas ou lipêmicas. – Enviar o material com urgência.   Volume Mínimo […]

CLORO URINA AMOSTRA ISOLADA

PALAVRAS CHAVE -Cloro   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES -Urina.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 20 ml de urina diretamente no frasco fornecido pelo laboratório. Manter refrigerada.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar de 2° a 8°C   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -O cloro atua juntamente com o sódio […]

FLUOXETINA

FLUX – FLUOXETINA ⁄ NORFLUOXETINA SINÔNIMOS: CLORIDRATO DE FLUOXETINA, ADOFEN, DAFORIN, PROZAC, RENEURON   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (desmineralizado)   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA⁄ESPECTROMETRIA DE MASSAS EM TANDEM (LC-MS⁄MS)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo FLUX: Medicação: Informar medicamentos em uso, dosagem, dia e hora da última dose, […]

GIARDIA LAMBLIA ANTICORPOS IGG

Material Sangue   Palavras Chave Anticorpos anti Giardia Lamblia IgG Giardíase Sorologia para Giardia   Jejum Desejável de 4 horas.   Condições Soro.   Volume Recomendável 2,0 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada. Contaminação bacteriana. . Comentários A Giardia lamblia é um protozoário intestinal que infecta humanos e animais com transmissão fecal-oral, […]

HEPATITE B: GENOTIPAGEM

HBGE – GENOTIPAGEM E RESISTÊNCIA ANTIVIRAL – HEPATITE   MATERIAL PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Tubo PPT ( edta com gel separador)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL E SEQUENCIAMENTO SANGER   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou cuidados especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando […]

VIRUS INFLUENZA TIPO A, ANTICORPOS G/M

Material Sangue [S]   Palavras Chave Vírus respiratório Gripe   Instruções Este exame não é específico para gripe suína Influenza A (H1N1).   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   INTERPRETAÇÃO Os vírus influenza pertencem à família Orthomyxoviridiae, são classificados nos tipos A, B, […]

VIRUS INFLUENZA TIPO B, ANTICORPOS G/M

Material SANGUE [S]   Palavras Chave Vírus respiratório Gripe Gripe espanhola . Condições – Soro.   Volume Recomendável – 1,0 mL.   NTERPRETAÇÃO Os vírus influenza pertencem à família Orthomyxoviridiae, são classificados nos tipos A, B, C e D com base em suas proteínas centrais. Os vírus influenza A e B são uma causa frequente […]

CITOSOL HEPATICO TIPO 1, ANTICORPOS LC1

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO IMUNOBLOT   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.

UREIA URINA AMOSTRA ISOLADA

UREU – URÉIA URINÁRIA   MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ENZIMÁTICO   INSTRUÇÕES DE COLETA Amostra isolada: Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a última micção. Desprezar o primeiro jato de […]

COLINESTERASE ERITROCITARIA

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO POTENCIOMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO A amostra pode ser coletada em qualquer dia e horário, desde que o trabalhador esteja em trabalho contínuo nas últimas 4 (quatro) semanas sem afastamento maior que 4 (quatro) dias.   INTERPRETAÇÃO […]

METANOL SG

Material Sangue.   Palavras Chave Alcool metilico   Jejum Não é necessário.   Condições Plasma (Fluoreto).   Coleta Apoio – A amostra deve ser centrifugada, separada e congelada imediatamente após a coleta. – Enviar preferencialmente em tubo de transporte fornecido pelo Hermes Pardini. – Ao transferir à amostra para o tubo de transporte recomenda-se respeitar […]

RX ABDOME SIMPLES

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RX CRANIO

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

ULTRA-SONOGRAFIA MAMARIA

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Não necessita preparo e nem jejum. Chegar 15 minutos […]

ULTRA-SONOGRAFIA OBSTETRICA

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Chegar 15 minutos antes do horário […]

ULTRA-SONOGRAFIA OBSTETRICA TRANSVAGINAL

ATENDIMENTO Unidade Imagem Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Chegar 15 minutos antes do horário marcado para o exame. Trazer exames anteriores em diagnóstico por imagem. *

ULTRA-SONOGRAFIA PELVICA

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Tomar 5 copos de água duas […]

ULTRA-SONOGRAFIA PELVICA TRANSVAGINAL

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Não necessita preparo e nem jejum. Chegar 15 minutos […]

ULTRA-SONOGRAFIA PROSTATICA

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Tomar 5 copos de água duas […]

MANGANES

MANGA – MANGANÊS SÉRICO     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo trace (sem aditivo), Tubo Desmineralizado   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar a amostra em tubo do tipo trace sem aditivo e sem ativador de coágulo( Tubo Desmineralizado). Após a coleta, aguardar retração do coágulo e em seguida centrifugar.Transferir […]

COPROPORFIRINA PESQUISA FEZES

MATERIAL FEZES PROTEGIDA DA LUZ   MEIO(S) DE COLETA Frasco coletor de fezes sem conservante protegido da luz   VOLUME MÍNIMO 5 gramas   MÉTODO FLUORESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Necessário envio de fezes frescas recém eliminadas coletadas em frasco coletor âmbar limpo, seco e sem aditivos.   INSTRUÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Transportar refrigerada e protegido […]

URANALISE PRIMEIRO JATO

PALAVRA CHAVE -EAS   CONDIÇÃO -Urina primeiro jato.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 10 ml de urina diretamente no frasco fornecido pelo laboratório. -Fazer higienização no local para começar a colher o paciente não deve estar fazendo de pomada ou creme vaginal, pois podem causar alterações no exame, evitar  de colher no ciclo menstrual e informar […]

TOXOPLASMOSE NEONATAL IGM

NTOXM – TOXOPLASMOSE NEONATAL – ANTICORPOS IGM   SINÔNIMOS: TOXOPLASMA GONDII   MATERIAL SANGUE CAPILAR   MEIO(S) DE COLETA Papel filtro   *Preencher totalmente 2 círculos contidos no cartão de coleta.   VOLUME MÍNIMO * Ver meio de coleta   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dieta: Coletar preferencialmente após 48 horas da primeira mamada. […]

G6PD NEONATAL

Material Sangue   Palavras Chave Glicose 6 Fosfato Dehidrogenase neo natal Teste do pezinho G6PD neonatal G6PDH Instruções A triagem neonatal deve ser coletada preferencialmente entre o 3° a 5° dia de vida, podendo ser realizada entre zero e 28 dias de vida.   Recém-nascidos que receberam transfusão sanguínea antes da coleta da amostra para […]

CORTISOL 16:00 H

AMOSTRA Soro. 1,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições. A coleta deve ser realizada  as 16:00 horas.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   Repouso de 30 minutos antes da coleta   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha vermelha. A coleta deve ser […]

COPROPORFIRINA PESQUISA URINA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA PROTEGIDA DA LUZ   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril sem conservantes protegido da luz   VOLUME MÍNIMO 15 mL   MÉTODO FLUORESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta : Urina Isolada: Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a última micção. […]

PERFIL REUMATOLOGICO

AMOSTRA Soro 2,0 ml e Sangue com EDTA 3,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições. Este perfil é composto pelos seguintes exames: Acido urico, Eletroforese de proteinas séricas, Fator anti-nucleo, Fator reumatóide, Hemossedimentação e Waaler-Rose.   PREPARO DO PACIENTE Jejum desejavel de 4 horas   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em […]

BETA-HCG PESQUISA

PALAVRAS CHAVE -BHCG   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo gel separador rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS -O Beta-HCG é um hormônio produzido pelas células do Sincício-trofoblasto da placenta. -O aumento dos níveis de Beta-HCG em mulheres é indicação de gravidez (já no […]

TROPONINA I QUALITATIVA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,61 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas diferente das condições solicitadas .   INTERPRETAÇÃO As troponinas (I, C, e T) são membros de um complexo de proteínas que modulam a interação […]

MICROALBUMINURIA URINA AMOSTRA ISOLADA

MICAL – MICROALBUMINÚRIA   MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Meio alternativo: tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO TURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Exercícios: Evitar a realização de atividade fisica.   INSTRUÇÕES DE COLETA Amostra isolada: Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo […]

CALCIO URINA AMOSTRA ISOLADA

PALAVRAS CHAVE -Calciúria   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES -Urina.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher urina diretamente no frasco fornecido pelo laboratório.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório. -Colher preferencialmente no laboratório a 1ª urina da manhã ou com intervalo de 4 horas entre as micções. Fazer higiene da genitalia com […]

HLA B27

HLA27 – HLA B27 – DETECÇÃO POR PCR   SINÔNIMOS: ANTÍGENO LEUCOCITÁRIO HUMANO (HLA) B27, HLA-B27, HLAB27, Espondilite, doenças reumáticas, REUMATISMO   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e meio de […]

LEPTINA

LEPTI – LEPTINA     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração […]

ULTRA-SONOGRAFIA OBS. COM DOPLLER

ATENDIMENTO Apenas na unidade Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto.   PREPARO DO PACIENTE Não necessita preparo e nem jejum. Chegar 15 minutos antes do horário marcado para o exame. Trazer exames anteriores em diagnóstico por imagem.

ULTRA-SONOGRAFIA OBST. 1° TRIM.

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Não necessita preparo e nem jejum. Chegar 15 minutos […]

ULTRA-SONOGRAFIA ENDO COM DOPLLER

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Não necessita preparo e nem jejum. Chegar 15 minutos […]

ULTRA-SONOGRAFIA PUNÇÃO MAMA

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Não necessita preparo e nem jejum. Chegar 15 minutos […]

ULTRA-SONOGRAFIA DE ABDOME INFERIOR FEMININO

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Ingerir de 6 a 8 copos […]

ULTRA-SONOGRAFIA DE ABDOME INFERIOR MASCULINO

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Ingerir de 6 a 8 copos […]

ULTRA-SONOGRAFIA DE ABDOME SUPERIOR

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Jejum noturno de 12 horas. Chegar 15 minutos antes […]

ULTRA-SONOGRAFIA DE ABDOME TOTAL

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Jejum noturno de 12 horas. Tomar 5 copos com […]

ULTRA-SONOGRAFIA DE APARELHO URINARIO MASCULINO

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Jejum cerca de 8 horas. Tomar 4 copos com […]

ULTRA-SONOGRAFIA DE BOLSA ESCROTAL

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Não necessita preparo e nem jejum. Chegar 15 minutos […]

ULTRA-SONOGRAFIA DE TIREOIDE

ATENDIMENTO Nas Unidades: 1. Imagem. Av Tocantins 1311 – Setor Aeroporto. 2. Catedral. Av. Universitária esquina com a rua 94 – Setor Sul. Horário de realização do exame: 08:00 as 11:00 horas e 14:00 as 17:00 horas. Agendar atendimento pelo telefone: 4004-8860. * PREPARO DO PACIENTE Não necessita preparo e nem jejum. Chegar 15 minutos […]

HEXOSAMINIDASE A

Material Sangue [S]   Palavras Chave HEXOSAMINIDASES A E B (TAY-SACHS E SANDHOFF)-PHEPA SACHS TAY-SACHS SANDHOFF   Jejum Desejável de 4 horas. Outros Laboratórios – Informar dados clínicos, medicamento usado, data e hora da coleta da amostra.   Condições Plasma (Heparina). Coleta Apoio – Informar dados clínicos, medicamento usado, data e hora da coleta da […]

CLOBAZAM

CLOBA – CLOBAZAM (C), NORCLOBAZAM (N) E RELAÇÃO N⁄C SINÔNIMOS: FRISIUM, URBANIL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo desmineralizado   VOLUME MÍNIMO 2,5  mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA ⁄ ESPECTROMETRIA DE MASSAS EM TANDEM (LC-MS⁄MS)   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo desmineralizado: Realizar coleta utilizando tubo desmineralizao. Após retração completa do coágulo, centrifugar a […]

PROTEINA C REATIVA ULTRASSENSIVEL

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

BORDETELLA PERTUSSIS IGM

PALAVRAS CHAVE -Coqueluche -Tosferina -Bordetela   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios.   CONDIÇÕES -Soro.   COLETA -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum aconselhável de 4 horas   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar refrigerado (2 a 8 °C)   […]

CITOMEGALOVIRUS PCR

MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Sangue total: Tubo com EDTA (roxo) – 2 mL Plasma: Tubo PPT ou Vacuette K2 (ambos em EDTA com gel separador) – 2 mL Urina: Frasco estéril – 10 mL Líquor: Frasco estéril – 1 mL   VOLUME MÍNIMO *Ver Meio de coleta   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL […]

RESISTENCIA A INSULINA

AMOSTRA Soro   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições. Este exame é um perfil no qual são realizadas as dosagens de Glicose e Insulina e calculados os índices HOMA-IR e HOMA-BETA.   PREPARO DO PACIENTE Jejum de 8 horas.   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo (rolha amarela)

TESTE DO PEZINHO MASTER

Material Sangue [S]   Palavras Chave Fenilalanina [PKU] Tireotropina (TSH) neonatal [TSH-N] Pesquisa de hemoglobinopatias [HBNN] 17 Alfa-OH-progesterona neonatal [17-PGN] Tripsina imuno reativa (IRT) [TRIPSI] Atividade enzimatica da biotinidase [BIOTD] Anticorpos IgM anti-toxoplasma gondii [TXMNN] Análise qualitativa de aminoácidos [CR.AA] Tiroxina (T4) neonatal [T4-N] Galactose total [GFUT] Anticorpos IgM anti-rubeola [RUBNN] Atividade enzimática da G6PD […]

CISTINA QUANTITATIVA U24H

MATERIAL URINA 24 HORAs   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   MÉTODO ESPECTROFOTOMETRIA DE ABSORÇÃO MOLECULAR   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dados: Informar o volume da diurese.   INSTRUÇÕES DE COLETA Urina de 24 horas: Desprezar a primeira micção da manhã, anotar o horário de início, a partir da próxima micção, armazenar em frasco apropriado toda […]

TOXOPLASMOSE ELISA IGA

TOXA – TOXOPLASMA GONDII ANTICORPOS IGA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

TOXOPLASMOSE PROVA DA AVIDEZ DE IGG

TOXAV – TOXOPLASMOSE AVIDEZ – ANTICORPOS IGG (CLIA)   SINÔNIMOS: AVIDEZ DE IGG PARA TOXOPLASMOSE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta […]

VITAMINA D3, 25 HIDROXI VITAMINA D

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,62 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido […]

ACIDO TRANSMUCONICO UFJT

Material Urina   Palavras Chave Benzeno Attm U attm Acido transmuconico Acido Transmuconico Urina Benzeno Urina   Instruções Próximo aos dias da coleta, manter dieta isenta de alimentos que contenham Ácido Sórbico (Sorbato) (Ex: maioneses, pescados, margarinas e embutidos) em sua composição. Coletar a partir do 3º dia seguido de exposição ao Benzeno. O material […]

CLEARANCE DA CREATININA U12H

AO RECEBER A AMOSTRA FAVOR MANTER REFRIGERADA   PALAVRAS CHAVE -Creatinina, Clareamento * Depuração de creatinina endógena -Ritmo de filtração glomerular * DCE -Depuração de creatinina   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições. Anotar medicamentos em uso, altura e peso do cliente. -Colher 5,0 ml de sangue em tubo com gel separdor rolha (amarela), […]

FIBROSE CISTICA, MUTACAO DF508

FC508 – FIBROSE CÍSTICA – PESQUISA DA MUTAÇÃO F508   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO SEQUENCIAMENTO   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados, homogeneizar e acondicionar corretamente.   INTERPRETAÇÃO A fibrose cística é causada por alteração […]

LAMBDA CADEIA LEVE, U24H

PALAVRAS CHAVE -CADEIA LEVE LAMBDA   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios.   CONDIÇÃO -Urina de 24 horas. Sem conservante.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório. Manter dieta habitual durante o período de coleta da urina. Não fazer esforço físico durante a coleta.   INSTRUÇÕES DE COLETA -Ao acordar […]

GABAPENTINA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Neurotin Progresse Anticonvulsivante Instruções Coletar antes da próxima dose do medicamento ou conforme orientação médica.   Jejum Mínimo de 8 horas.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 ml.   Volume Recomendável 0,3 ml.   Interferentes Antiácidos podem diminuir a absorção da Gabapentina.   Critérios de Rejeição Amostra colhida […]

TRIGLICERIDES POS-PRANDIAL

AMOSTRA Soro pós-prandial. 1,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Fazer refeição habitual ou conforme orientação médica e retornar ao laboratório 2 horas após o início do almoço para coleta da amostra de sangue.   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, […]

CREATINAFOSFOQUINASE, ISOENZIMAS

Material Sangue [S]   Palavras Chave CPK ISOENZIMAS, CKMB, CK-MB, CPK-MB, CK-MM, CPK-MM, CK-BB CPK-BB, CPK-mitocondrial MacroCK Macro CK   Jejum Outros Laboratórios Este exame fornece o valor percentual de cada fração da CPK (MM, MB, BB) não sendo , portanto, uma dosagem direta e sim relativa. É realizada a pesquisa de macroCK neste exame. […]

ANTI-RETICULINA IGG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2  mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO Os anticorpos anti-reticulina servem como um teste de […]

ALDOSTERONA U24H

MATERIAL URINA 24 HORAS   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   INSTRUÇÕES DE PREPARO: Evitar a ingestão excessiva de alcaçuz, pois esta substância pode diminuir os níveis de Aldosterona, visto que essa substância possui um efeito similar ao da Aldosterona. Exercícios: O exercício excessivo e o estresse podem estimular a secreção adrenocorticais e elevar o […]

AMINA TESTE

PALAVRAS CHAVE -Não aplicável   ATENDIMENTO -Apenas nas unidades Matriz, Samaritano e São Marcos. Sem restrições.   CONDIÇÕES -Secreção vaginal.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher secreção vaginal com swab descartável estéril. Manter em temperatura ambiente.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Manter em temperatura ambiente.   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -Teste útil para diagnóstico […]

RUBEOLA ELFA IGM

Material Sangue   Palavras Chave Sarampo Alemao   Jejum Obrigatório de 8 horas. Intervalo entre mamadas para lactantes.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 ml.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada. Contaminação microbiana. Amostra inativada pelo calor.   Comentários Doença viral de comportamento benigno, exceto em grávidas […]

FATOR VON WILLEBRAND

FVOWI – FATOR DE VON WILLEBRAND   SINÔNIMOS: ANTÍGENO DO FATOR DE VON WILLEBRAND   MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,2 mL   MÉTODO IMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: A coleta deverá ser realizada com […]

GILBERT, DIAGNOSTICO MOLECULAR

Material Sangue [S]   Palavras Chave Diagnostico genetico da Sindrome de Gilbert Sindrome de Crigler-Najjar Gene UGT1A1 Genes Analisados UGT1A1.   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA).   Volume Mínimo 2,0 mL   Volume Recomendável 4,0 mL   Interferentes Alguns fatores inerentes à amostra biológica, assim como aqueles citados nos critérios de […]

HEPATITE C: PCR QUANTITATIVO

Material Sangue [S]   Palavras Chave HCV VHC Quantificação do RNA por PCR Hepatite C PCR Quantitativo Tempo Real HCV Carga Viral HCV PTRHCV   Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios Condições Soro ou plasma (EDTA). Coleta Apoio Plasma EDTA (congelado): O sangue deve ser colhido em tubo a vácuo EDTA e após centrifugação transferir […]

SUBUNIDADE ALFA DOS HORMONIOS GLICOPROTEICOS

Material Sangue [S]   Palavras Chave Alfa subunidade dos hormônios glicoproteicos hipofisários Sub alfa hormônios glicoproteicos hipofisários Subunidade alfa hormônios glicoproteicos hipofisários Subunidade alfa do TSH, HCG, FSH e LH   Jejum Não necessário. Outros Laboratórios O ensaio detecta a subunidade alfa do HCG, TSH, LH e FSH sem, no entanto , fazer distinção entre […]

SUPEROXIDO DISMUTASE

Material Sangue [S]   Palavras Chave SOD Antioxidantes   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (Heparina sódica). Sangue total (EDTA).   Volume Mínimo 4,0 mL.   Volume Recomendável 4,0 mL.   Questionário Informar medicamento em uso.   Critérios de Rejeição Presença de coágulos. Hemólise acentuada. Sangue total com outro conservante.   Comentários A […]

TACROLIMUS, PROGRAF, FK506

  PROGR – PROGRAF – DOSAGEM DE TACROLIMUS   SINÔNIMOS: PROTOPIC, FK506   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO IMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. Medicação: Anotar medicamentos e dosagem em uso. Outros: Anotar data e horário da […]

SELENIO SG

SELEN – SELÊNIO SÉRICO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo trace (sem aditivo)- tubo desmineralizado   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Carbamazepina, fenitoína e ácido valproico podem causar diminuição do selênio sérico. Corticóides, ácido ascórbico podem elevar as […]

BAAR PESQUISA ESCARRO AMOSTRA SERIADA

AMOSTRA Escarro.                                ESTE EXAME A PARTIR DE AGORA ESTA SENDO TERCERIZADO. A DATA DE ENTREGA CONTINUA A MESMA.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher de preferência pela manhã quando o material geralmente é mais abundante. Lavar a boca com água fazendo bochechos e […]

BAAR CULTURA URINA

AMOSTRA Urina matinal.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher toda a micção urina matinal em frasco estéril . Manter em temperatura ambiente.

G6PD, MUTACAO GENÉTICA, 202-GA

Material Sangue   Palavras Chave Diagnostico genetico da G6PD atraves da detecçao da mutaçao 202 (G-A) Mutaçao G202A Gene G6PD Genes Analisados G6PD   Jejum Não é necessário. . Condições Sangue total (EDTA). Coleta Apoio – Colher exames de Genética em tubo separado dos demais setores. – Utilizar material estéril e realizar coleta asséptica. – […]

SRY, PESQUISA, PCR

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Resíduo de cromossomo Y   Jejum Não necessário.   Condições Sangue Total (EDTA) ou Swab bucal.   Volume Recomendável Sangue: 2,0 mL. Swab bucal: 1 swab.   Critérios de Rejeição Amostra hemolisada. Amostra coagulada.   Comentários Este estudo tem como objetivo a definição de forma rápida e segura do […]

CORTISOL SALIVAR

PALAVRAS CHAVE -Cortisol salivar -Glicocorticóide   ATENDIMENTO -Em todas as unidades.Tem restrinção de cobertura por cônvenios.   CONDIÇÕES -Saliva.   PROCEDIMENTO DE COLETA -. Não é recomendável a coleta caso haja lesões orais com sangramento. Coloque o algodão do kit de coleta salivar ( SALIVETE ) debaixo da língua e aguarde 5 a 10 minutos. […]

ACANTOCITOS PESQUISA

Material Sangue EDTA   Volume 4,0 mL + 3 láminas   Jejum :Jejum não necessário.   Comentarios Acantócitos são hemácias espiculadas irregulares, encontradas em pacientes com deficiência congênita de beta lipoproteínas. Células semelhantes podem ser observadas em pacientes com disfunção hepato-celular grave, alcoolismo crônico, pós-esplenectomia, síndromes de mal-absorção e, menos frequentemente no hipotireoidismo avançado. Indicações: […]

ORNITINA

AMOSTRA Soro ou plasma (heparina sódica). Plasma. 1,5 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios. Previsão de entrega do resultado: 25 dias úteis.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Informar medicamentos em uso e suspeita clínica.   COLETA Colher 2×5,0 ml de sangue em tubo ( 10 ml) […]

HELICOBACTER PYLORI IGM

HPM – HELICOBACTER PYLORI – IGM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a […]

MACROPROLACTINA

Material Sangue.   Palavras Chave Macro prolactina Big big prolactina Bigprolactina Recuperaçao da prolactina Hormonio lactogenico (LTH) Macroprolactina Prolactina PEG Instruções Necessário repouso de 30 minutos após atividade física.   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,8 ml.   Volume Recomendável 1,0 ml.   Questionário Sendo solicitado isolado, informar somente se […]

METOTREXATE

MTREXU – METOTREXATO   SINÔNIMOS: METOTREXATE, MTX, MIANTREX CS, AMETOPTERINA   MATERIAL SORO PROTEGIDO DA LUZ   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel- protegido da luz   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum obrigatório de 3 horas para todas as idades.   Medicação MTREXU: Anotar todas medicações administradas nos 3 últimos dias. […]

MIELOPEROXIDASE, ANTICORPOS

MPO – ANTICORPOS ANTI MIELOPEROXIDASE – MPO   SINÔNIMOS: ANTI MPO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador : Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

PNEUMOCOCOS ANTICORPOS IGG

PNEUG – ANTICORPOS IGG ANTI PNEUMOCOCOS   SINÔNIMOS: ANTICORPOS ANTI PNEMOCÓCICA, VACINAS ANTIPNEUMOCÓCICAS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho)- Tubo Desmineralizado   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum obrigatório de 8 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco desmineralizado: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após […]

NOCARDIA CULTURA DIVERSOS

AMOSTRA Secreções genitais, urina, esperma e outros líquidos biológicos.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA As amostras líquidas geralmente são colhidas fora do laboratório e trazidas pelo cliente. As amostras de lesões são colhidas diretamente com swabs estéreis ou espátula. Fazer esfregaçoes em tres […]

NOCARDIA PESQUISA DIVERSOS

AMOSTRA Raspados de lesões, secreções e líquidos biológicos.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA As amostras líquidas geralmente são colhidas fora do laboratório e trazidas pelo cliente. As amostras de lesões são colhidas diretamente com espátula de Ayre. Fazer esfregaçoes em tres lâminas e […]

DEOXIPIRIDINOLINA U

Material Urina.   Palavras Chave Deoxipiridinolina total [DPD] [cross-links] Deoxypiridinolina Deoxpiridinolina Instruções Colher, preferencialmente, a segunda urina do dia. – Informar medicamentos em uso. O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher urina após retenção urinária de 4 horas. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, […]

CROMOGRANINA A

CROMA – CROMOGRANINA A SINÔNIMOS: CGA, SECRETOGRANINA I   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

PRO-INSULINA

PROIN – PRÓ-INSULINA INTACTA   SINÔNIMOS: PRÓ-INSULINA,  PRO INSULINA, PROINSULINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Necessário jejum de 12 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, […]

PTH N, MOLECULA INTACTA, PARATORMONIO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,6 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido […]

RUBEOLA PROVA DA AVIDEZ DE IGG

Material Sangue   Palavras Chave Rubeola Avidez IgG   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Critérios de Rejeição Amostra com hemólise acentuada. Amostra com lipemia acentuada. Amostra com fibrina. Amostra coagulada.   Comentários Doença viral de comportamento benigno, exceto em grávidas quando infecção aguda […]

CHLAMYDIA TRACHOMATIS PCR QUALITATIVO URINA

URINA INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo urina : Não é necessário preparo prévio.   MEIO(S) DE COLETA Urina e Secreção ocular: Frasco Estéril (mínimo 2mL)   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta urina: Amostra isolada: Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a última micção. Desprezar o […]

PROTEINA TRANSPORTADORA DE COBALAMINA

TRANII – TRANSCOBALAMINA II   SINÔNIMOS: HOLO-TRANSCOBALAMINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo gel separador   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou gel separador (amarelo)   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO DE MICROPARTÍCULAS   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro […]

IGE PAINEL HX1 – POEIRA

HX1 – IGE PAINEL (HX1) – POEIRA   SINÔNIMOS: PAINEL: (H1) PÓ CASEIRO GREER, (D1) D. PTERONYSSINUS, (D2) D. FARINAE, (I6) BARATA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparo especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA […]

TRYPANOSSOMA CRUZI IFI

AMOSTRA Soro: 1,0 ml   ATENDIMENTO Em todas as unidades, sem restrincoes.   PREPERO DO PACIENTE Jejum nao obrigatorio.   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha amarela.

RX BACIA

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RX BRAÇOS

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RX CALCANEO

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RX CAVUM LAT/HIRTZ

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

RX COLUNA CERVICAL

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

GAUCHER, DIAGNOSTICO MOLECULAR

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave gene GBA GBA, sequenciamento ngs sequenciamento completo do gene GBA Doença de Gaucher Instruções A interpretação do exame é direcionada pelo quadro clínico e desta forma, é essencial uma informação clínica detalhada. Apresentar pedido médico.   Jejum Não é necessário.   Outros Laboratórios ATENÇÃO: enviar os documentos obrigatórios solicitados […]

GLUTATIONA PEROXIDASE

Material Sangue [S]   Palavras Chave GPX Antioxidantes Glutationa Peroxidase nos eritrocitos   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (Heparina sódica) ou, Sangue total (EDTA).   Volume Mínimo 3,0 mL.   Volume Recomendável 4,0 mL.   Critérios de Rejeição Presença de coágulos. Hemólise acentuada. Sangue total com outro conservante   Comentários A Glutationa […]

HEMOCROMATOSE, MUTACOES C282Y, H63D,S65C

PALAVRAS CHAVE -HEMOCROMATOSE C282Y, H63D E S65C   ATENDIMENTO -Em todas as unidades.   CONDIÇÃO -Sangue total EDTA.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante EDTA, rolha (roxa).   TEMPO DE JEJUM -Não é necessário jejum ou cuidados especiais   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -Exame útil na identificação de mutações […]

MUTACAO GENETICA C677T E A 1298C

MTHFR – MTHFR – MUTAÇÕES C677T E A1298C   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL GENES ANALISADOS MTHFR   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados, homogeneizar e acondicionar orretamente.     INSTRUÇÕES DE […]

COBALTO SG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo desmineralizado   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO ESPECTROFOTOMETRIA DE ABSORÇÃO ATÔMICA   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta : Coletar  a amostra direto no tubo desmineralizado. Após a coleta, aguardar a retração do coágulo e em seguida, centrifugar. Transferir por inversão o soro obtido para outro tubo trace. Manipular […]

COBALTO URINA

Material Urina [U]   Instruções Colher ao final do último dia de jornada da semana Não colher em local de trabalho. Retirar o uniforme antes da coleta. Informar se está exposto ocupacionalmente. Colher em frasco plástico e evitar contaminação externa (mãos, roupas, locais contaminados). O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher urina após […]

PROTEINURIA DE 12 HORAS

AO RECEBER A AMOSTRA FAVOR MANTER REFRIGERADA   AMOSTRA Urina de 12 horas. Sem conservante.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Manter dieta habitual durante a coleta. Não fazer esforço físico durante a coleta. Mulheres: não realizar a coleta da urina no período menstrual.   COLETA […]

SOROLOGIA PARA CHAGAS

CHAEL – CHAGAS – ANTICORPOS IGG – ELISA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso […]

HIV ANTICORPOS

PALAVRAS CHAVE -HIV   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 2X 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório   COMENTÁRIOS -A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) e causada por dois tipos de vírus da imunodeficiência humana, HIV tipo-1 e HIV tipo-2. O […]

LINFOCITOS CD3

CD3 – LINFÓCITOS T CD3 +   SINÔNIMOS: IMUNOFENOTIPAGEM DE LINFOCITOS CD3, LINFÓCITOS T CD3     Exame com baixa estabilidade, deve ser colhido somente no periodo matutino.. Material precisa chegar na triagem no maximo até as 13:00hs   MATERIAL SANGUE TOTAL AMBIENTE   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,5 […]

LINFOCITOS CD56/CD16

CD56 – CÉLULAS NATURAL KILLER CD56   SINÔNIMOS: CD56 + CD16, CÉLULAS NATURAL KILLER, CÉLULAS NK, LINFÓCITOS N   Exame colhido de segunda a Sexta, no periodo matutino Precisa estar na triagem ate as 11:30hs do mesmo dia.   MATERIAL SANGUE TOTAL AMBIENTE   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,5 […]

ANATOMOPATOLOGICO MEDULA OSSEA

PALAVRAS CHAVE -Biópsias   ATENDIMENTO -Sem restrições. Em todas as unidades. -Obrigatório pedido médico preechido com nome completo, data de nascimento, se tiver indicação clínica anotar, carimbo médico e data de solicitção do exame. -Material devidamente identificado por quem fez a coleta.   CONDIÇÃO -Fragmento de tecido.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   […]

COBRE U24H

MATERIAL URINA 24 HORAS   MEIO(S) DE COLETA Frascos de urina de 24h   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Carbamazepina, estrógenos, contraceptivos orais, fenobarbital e fenitoína podem interferir no resultado do exame. Dados: Informar o volume da diurese.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta: Desprezar a […]

VITAMINA B1

MATERIAL SANGUE TOTAL PROTEGIDO DA LUZ   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,2 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA – HPLC   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo para : Bebida alcoólica: Não ingerir álcool 24 horas antes da coleta do material.   Jejum: Jejum de 8 horas.   Medicação: À critério do […]

TESTE DO PEZINHO BASICO

Material Sangue [S]   Palavras Chave Fenilalanina [PKU] Tireotropina (TSH) neonatal [TSH-N] Pesquisa de hemoglobinopatias [HBNN] 17 Alfa-OH-progesterona neonatal [17-PGN] Tripsina imuno reativa (IRT) [TRIPSI] Atividade enzimatica da biotinidase [BIOTD] Anticorpos IgM anti-toxoplasma gondii [TXMNN] Instruções A triagem neonatal deve ser coletada preferencialmente entre o 3° a 5° dia de vida, podendo ser realizada entre […]

ANTI-FATOR INTRINSECO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

APOLIPOPROTEINA E, GENOTIPAGEM

PALAVRAS CHAVES Apolipoproteína, Genotipagem Genotipagem da APO-E Estudo molecular da APO-E Estudo molecular da apolipoproteína E PCR para APO-E   CONDIÇÕES – Sangue total (EDTA).   VOLUME RECOMENDÁVEL – 5 mL.   Interferentes Alguns fatores inerentes à amostra biológica, assim como aqueles citados nos critérios de rejeição, podem interferir nas técnicas de biologia molecular e […]

AMIODARONA

Material Sangue   Palavras Chave Ancoron   Instruções Colher 12 horas após a última dose do medicamento. Informar medicamento em uso e horário da última dose.   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.                  

ANTIOXIDANTES TOTAIS

Material Sangue.   Palavras Chave ANTOX CTAO Estado total de antioxidação Capacidade total de antioxidantes Poder Antioxidante Total   Jejum Não é necessário.   Condições Plasma (EDTA).   Volume Mínimo 1,0 ml.   Volume Recomendável 2,0 ml.   Critérios de Rejeição Lipemia acentuada. Hemólise acentuada.   Comentários Ensaio que mensura todos os antioxidantes presentes no […]

BICARBONATO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA tubo com gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMÁTICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo […]

BIOTINIDASE NEONATAL

AMOSTRA Sangue capilar em papel de filtro próprio.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Exame realizado apenas em crianças com idade entre 3 a 30 dias de vida.   COLETA Cuidados pré-coleta: 1. Não tocar o papel de filtro com as mãos, luvas, soluções anti-sépticas ou […]

CARNITINA LIVRE E TOTAL

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 3,0 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA EFICÁCIA – ESPECTROMETRIA DE MASSAS   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para […]

CITOMEGALOVIRUS PROVA DA AVIDEZ IGG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador : Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

DONOVAN CORPUSCULOS PESQUISA DIVERSOS

Material Diversos   Palavras Chave Calymmatobacterium granulomatis Klebsiella granulomatis Corpusculos de Donovan Donovania inguinal   Instruções É aconselhável que se aguarde 07 dias após a utilização de antimicrobianos para a realização do exame ou conforme orientação do médico. Informar se o cliente está ou esteve recentemente em uso de antimicrobianos.   Jejum Não é necessário. […]

11-DESOXICORTICOSTERONA

PALAVRAS CHAVES 11-desoxicorticosterona 11 – deoxicorticosterona 11 desoxicorticosterona DOCA DOC   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO RADIOIMUNOENSAIO     INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em […]

AMP CICLICO URINARIO 2H JEJUM

PALAVRAS CHAVE cAMP Adenosina Monofosfato Cíclico   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES – Urina 2 horas. – Urina 3 horas e 30 minutos. – Urina conforme orientação médica .   VOLUME RECOMENDÁVEL – 30 mL.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   INSTRUÇÕES – O material deve ser colhido de […]

FOSFATIDILSERINA, ANTICORPOS

Material Sangue   Palavras Chave Fosfatidilserina ,FOSFATIDILSERINA, ANTICORPOS IgM, IgG e IgA   Jejum Mínimo de 8 horas.   Condições Soro   Volume Mínimo 0,3 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Interferentes Icterícia acentuada   .Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada.   Comentários Anticorpos antifosfatidilserina são utilizados para a avaliação das manifestações clínicas […]

ANTI-MAG IGM

PALAVRAS CHAVE -Anticorpos Anti MAG – glicoproteina associada -Anticorpos IgM anti-MAG [glicoproteina associada à mielina], soro -Anticorpos Anti MAG – glicoproteina associada a mielina -Anti MAG IgM   ATENDIMENTO -Em todas as unidades.   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL – Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   […]

ANTI-OVARIO IGG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO Avaliação do processo autoimune como um dos […]

HIV1 GENOTIPAGEM

HIVGE – HIV 1 – RESISTÊNCIA GENOTÍPICA   MATERIAL SANGUE TOTAL E PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Plasma: Tubo PPT em  EDTA com gel separador  e Sangue Total: Tubo com EDTA (roxo).   VOLUME MÍNIMO 1 mL   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0500 CONSENTIMENTO INFORMADO HIVGI – HIVGE   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum […]

3-ALFA DIOL GLUCORONIDE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 3,5 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   NTERPRETAÇÃO O Androstanediol Glucoronide (3 ALFA DIOL) é […]

ANTI-DNA-NATIVO, DUPLA HELICE

  SINÔNIMOS: ANTICORPO IGG ANTI NDNA, ANTI-DNA (DUPLA HÉLICE) OU NATIVO.   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso […]

ACTINOMYCES CULTURA DIVERSOS

AMOSTRA Líquidos biológicos, secreções e raspados de lesões.   ATENDIMENTO Apenas nas unidades Aeroporto, Marista e Vila Brasilia. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Seringa ou recipiente estéril selados, sem aditivos.   MÉTODO Cultura em meios apropriados.   VALOR REFERENCIAL Negativo.   INTERPRETAÇÃO Exame útil no diagnóstico de infecções por […]

ACTINOMYCES PESQUISA DIVERSOS

AMOSTRA Líquidos biológicos, secreções e raspados de lesões.   ATENDIMENTO Apenas nas unidades Aeroporto, Marista e Vila Brasilia. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Seringa ou recipiente estéril selados e⁄ou lâminas   MÉTODO Exame microscópico.   INTERPRETAÇÃO Exame útil no diagnóstico de infecções por actinomicetos.

17-OH-PREGNENOLONA

PALAVRAS CHAVES 17HPG – 17 HIDROXIPREGNENOLONA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Soro no Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador:  Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   […]

FATOR V LEIDEN

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Fator V de Leiden Gene FV PCR para Fator V Analise da mutação pontual: R506Q (G1691A) Gene: Fator V da coagulação rs6025   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA) Saliva (swab bucal). Coleta Apoio Colher os exames do setor de Genética em tubo separado dos demais […]

TRANSAMINASE GLUTAMICO OXALACETICA, TGO, AST

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

ALBUMINA DIVERSOS

PALAVRAS CHAVES -Albumina em líquidos corporais   ATENDIMENTO – Exame restrito para o samaritano.   CONDIÇÕES – Líquido ascítico, líquido peritoneal e líquor.   VOLUME RECOMENDAVEL – 0,6 mL   TEMPO DE JEJUM – Não aplicavel   CONSERVAÇÃO (TRIAGEM) – Ate um dia refrigerado, Não congelar   INSTRUÇÕES – A coleta do material líquor é […]

HALOPERIDOL

HALO – HALOPERIDOL SINÔNIMOS: HALDOL DECANOATO, HALDOL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (desmineralizado)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA⁄ESPECTROMETRIA DE MASSAS EM TANDEM (LC-MS⁄MS)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Outros: Recomendável realizar a coleta da amostra 12 horas após a última administração do medicamento.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta […]

ANTIBIOGRAMA AUTOMATIZADO DIVERSOS

AMOSTRA Líquidos biológicos, secreções e raspados de lesões.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA A amostra deve ser colhida em frasco estéril ou swab sem aditivos. Manter sob refrigeração.   MÉTODO Antibiograma automatizado.   INTERPRETAÇÃO O exame é útil para orientação no tratamento das […]

CULTURA QUANTITATIVA DIVERSOS

PALAVRAS CHAVE -Cultura   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Lavado bronco-alveolar, escovado brônquico e aspirado traqueal.   VOLUME RECOMENDÁVEL -A critério do médico assistente que realizará a coleta da amostra.   INSTRUÇÕES DE COLETA -Este procedimento deve ser realizado por equipe médica especializada. O material deverá ser obtido antes das biópsias. […]

ANTI-FILAGRINA

Material Sangue   Palavras Chave Filagrina Profilagrina Anticorpos anti queratina Fator anti-perinuclear Anticorpo Anti- AKA Instruções   Jejum Mínimo de 8 horas   Condições Soro. Colher sangue em 1 tubo de 4 mL com gel separador. Aguardar 30 minutos. Centrifugar a 2200 g por 10 minutos a 18 ºC. Aliquotar 1 mL de soro em […]

ANTI-CITRULINA, CCP

SINÔNIMOS:  3 PEPTÍDEO CITRULINADO CÍCLICO, PEPTÍDEO CITRULINADO  CÍCLICO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para […]

VIGABATRINA

VAGA – VIGABATRINA (GAMA-VINIL GABA) SINÔNIMOS: SABRIL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo desmineralizado   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA⁄ESPECTROMETRIA DE MASSAS EM TANDEM (LC-MS⁄MS)   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido […]

ALFA GALACTOSIDASE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 5 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO A alfa-galactosidase é uma enzima presente nos […]

TRYPANOSSOMA CRUZI IGM IFI

CHAMI – CHAGAS – ANTICORPOS IGM – IFI   SINÔNIMOS: ANTICORPOS ANTI-TRYPANOSOMA CRUZI IGM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   MÉTODO IMUNOFLUORESCÊNCIA INDIRETA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

VITAMINA B2

MATERIAL SANGUE TOTAL EDTA   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA – HPLC   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: À critério do médico fazer a suspensão de suplementos vitamínicos nas 24 horas que antecedem a coleta de sangue para o exame. Jejum: Jejum de 8 horas. […]

VITAMINA C

VITAC – VITAMINA C SINÔNIMOS: ÁCIDO ASCÓRBICO, VITAMINA ANTI ESCORBÚTICA   MATERIAL SORO OU PLASMA  PROTEGIDO DA LUZ ( TUBO ÂMBAR OU PAPEL ALUMINIO)   MEIO(S) DE COLETA Plasma: Tubo com Heparina sódica envolvido no papel aluminio. Ou Soro: Tubo Âmbar ou Tubo Soro enviado envolvido no papel aluminio.   VOLUME MÍNIMO 0,7 mL   […]

VITAMINA B6

AMOSTRA SANGUE TOTAL EDTA . 4,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios.   PREPARO DO PACIENTE Jejum obrigatorio de 8:00 horas.  Não ingerir álcool na véspera da coleta.   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante EDTA, rolha roxa. Centrifugar, separar o plasma […]

VITAMINA E

VITE – VITAMINA E SINÔNIMOS: TOCOFEROL, ALFA TOCOFEROL   MATERIAL SORO OU PLASMA  PROTEGIDO DA LUZ ( TUBO ÂMBAR OU TUBO ENVOLVIDO NO PAPEL ALUMINIO)   MEIO(S) DE COLETA Soro: Tubo seco (Desmineralizado) ou Gel separador (Âmbar) Ou Tubo Gel separador Envolvido no papel aluminio.   Amostra alternativa= Plasma: Tubo com citrato (azul), Tubo com […]

ANTI-NUCLEOSSOMO

SINÔNIMOS: FAN, ANTI CROMATINA   MATERIAL: SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo […]

ANTI-COCLEA

SINÔNIMOS: ANTICORPOS ANTI-68KD, CÓCLEA, AUTOANTICORPOS, HEAT SHOCK PROTEIN 70 (HSP70), HSP 70   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a […]

ALBUMINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

HEMOCULTURA AUTOMATIZADA PARA FUNGOS

AMOSTRA Sangue total colhido diretamente em frasco apropriado contendo meio líquido para hemocultura. Adultos: 8,0 a 10,0 ml por amostra. Criança: 1,0 a 3,0 ml por amostra. Manter em temperatura ambiente.   ATENDIMENTO Coleta realizada apenas nas unidades Aeroporto, Bueno, Marista e Vila Brasilia. Pode também serem realizadas coletas domiciliares e hospitalares.   PREPARO DO […]

HEMOCULTURA AUTOMATIZADA PARA MICOBACTERIAS

AMOSTRA Sangue total colhido diretamente em frasco apropriado contendo meio líquido para hemocultura. Adultos: 8,0 a 10,0 ml por amostra. Criança: 1,0 a 3,0 ml por amostra. Manter em temperatura ambiente.   ATENDIMENTO Coleta realizada apenas nas unidades Aeroporto, Bueno, Marista e Vila Brasilia. Pode também serem realizadas coletas domiciliares e hospitalares.   PREPARO DO […]

CISTATINA C

Material Sangue [S]   Palavras Chave Cescitina   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 ml.   Volume Recomendável 0,7 ml.   Critérios de Rejeição Hemólise. Lipemia acentuada.   Comentários A Cistatina C é uma proteína cuja concentração sérica depende quase que exclusivamente da capacidade de filtração glomerular. Sua concentração independe […]

GLUTATION REDUTASE

PALAVRAS CHAVE -Coeficiente da Atividade da Glutationa Redutase   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios. -Rotina de coleta: segunda e terça até 16:00h. Não colher em véspera de feriado.   CONDIÇÃO – Sangue total (EDTA)   VOLUME RECOMENDÁVEL –Rotina de coleta: segunda e terça até 16:00h. Não colher em véspera […]

C-TELOPETIDIO, CTX-I

Material Sangue [S]   Palavras Chave C Telopeptideo PDCO CROSSLPAS CTelopeptideo Interligadores C Terminais CTX C-Telopeptideo Carboxitelopeptideo de ligaçao cruzada do colageno Carboxi telopeptideo de ligaçao cruzada do colageno   Instruções Colher preferencialmente no período da manhã.   Jejum Mínimo de 8 horas.   Condições Plasma (EDTA).   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável […]

PIRUVATOQUINASE

PIRUV – PIRUVATO QUINASE   SINÔNIMOS: PK   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com Heparina (verde) ou Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente.     INSTRUÇÕES […]

PROTROMBINA, MUTACAO GENETICA G20210A

Material Diversos [DIV]                 COLHER 2 TUBOS   Palavras Chave Gene da Protrombina Mutante; Mutação analisada: G20210A; FII 20210; Mutação do Fator 2; F2 Mutação; Fator II.   Jejum Condições Sangue total (EDTA),   Volume Mínimo Sangue (EDTA): 2,0 mL.   Volume Recomendável Sangue (EDTA): 4,0 mL.   Critérios de Rejeição Amostra hemolisada. Amostra coagulada.   […]

HAEMOPHILUS INFLUENZA TIPO B, ANTICORPOS

Material Sangue.   Palavras Chave Anticorpos anti Haemophilus influenza tipo B Anticorpos IgG Haemophilus influenza tipo B Anticorpos IgG anti Haemophilus influenza . Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 ml.   Volume Recomendável 2,0 ml.   Comentários Haemophilus influenzae são bastonetes gram-negativos pleomórficos que comumente colonizam e infectam o trato […]

ANTI-GANGLIOSIDEO GQ1B IGG

Material Sangue.   Palavras Chave SULFATIDEOS – IgG ⁄⁄⁄ GQ1b – IgG Anticorpos anti disialosil GM1 – IgG GM2 – IgG GM3 – IgG GD1a – IgG GD1b – IgG GD2 – IgG GD3 – IgG GT1a – IgG GT1b – IgG GQ1b ? IgG ⁄⁄ GQ1b – IgG   Jejum Não é necessário.   […]

HIDROXIBUTIRATO DESIDROGENASE ALFA

HBDH – ALFA HIDROXIBUTIRATO DESIDROGENASE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco ( desmineralizado)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ESPECTROFOTOMETRIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta Tubo Seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. […]

ACIDO URICO U

PALAVRAS CHAVES -Uricosúria   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES – Urina recente (jato médio da 1ª urina da manhã ou urina com no mínimo 4 horas de retenção urinária).   VOLUME RECOMENDÁVEL – 30 mL.   INTERFERENTES -Não refrigerar   INSTRUÇÕES – Colher preferencialmente no laboratório a 1ª urina da manhã […]

CADMIO UFJT

MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico. Meio alternativo: tubo transporte.   VOLUME MÍNIMO 5 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dieta: Evitar consumo de peixes, farinhas refinadas, chás e cafés. Outros: Evitar uso de cigarro no dia da […]

INSULINA POS-PRANDIAL

PALAVRAS CHAVE -INSULINA POS-PRANDIAL   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições. -A coleta da amostra deve ser realizado 2 horas após o almoço ou conforme orientação do médico solicitante.   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela). -A coleta deve ser realizada […]

ALUMINIO URINA

MATERIAL URINA INÍCIO DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico ou tubo transporte.   VOLUME MÍNIMO 4 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Medicamentos que apresentem alumínio em sua composição devem ser evitados. Enviar amostra única para a realização deste exam   INSTRUÇÕES DE COLETA: Coletar em frasco apropriado a amostra no […]

METANFETAMINAS, PESQUISA

AMOSTRA Urina. 10 ml. A amostra deve ser colhida no laboratório. Em caso de menores ou incapazes a amostra deve ser coletada no laboratório, sob supervisão do responsável legal (coleta assistida).   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios. Identificar positivamente o cliente com documento de identidade contendo foto. Assinar autorização […]

KAPPA CADEIA LEVE

KAPPA – KAPPA – CADEIA LEVE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO NEFELOMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a […]

LAMBDA CADEIA LEVE

LAMBD – LAMBDA – CADEIA LEVE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO NEFELOMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

LAMOTRIGINA

LAMTG – LAMOTRIGINA   SINÔNIMOS: LAMICTAL, LAMITOR   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA – HPLC   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em […]

METIL-ETILCETONA UFJT

MEC – METIL ETIL CETONA FINAL DE JORNADA   SINÔNIMOS: 2-BUTANONA, MEK, ETILMETILCETONA   MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MÉTODO CROMATOGRAFIA GASOSA   INSTRUÇÕES DE PREPARO O n-hexano interfere na metabolização da metil-etil-cetona   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar em frasco apropriado a urina do final do último dia da jornada de trabalho, […]

MICROSPORIDIOS PESQUISA

Material Fezes   Palavras Chave Microspora Microporidium   Instruções Antes de coletar as fezes, se necessário, urinar no vaso sanitário para evitar a contaminação do material. Em casos de crianças utilizar coletor de urina, se necessário. Evitar o uso de talco, laxantes, antiácidos, contraste oral ( utilizado em exames radiológicos) e supositórios nos 3 dias […]

MYCOBACTERIUM TUBERCULOSIS PCR URINA

Material Diversos   Palavras Chave Mycobacterium tuberculosis Micobacterium tuberculois Bacilo de Koch Micobacteria Tuberculose MTB PCRMT Instruções Amostra de urina: após higienização da genitália coletar o volume necessário da 1ª urina da manhã sem desprezar nenhum jato.   Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios – Teste molecular qualitativo para detecção de Mycobacterium tuberculosis. – Cadastrar […]

OPIACEOS, PESQUISA

AMOSTRA Urina. 10 ml. A amostra deve ser colhida no laboratório. Em caso de menores ou incapazes a amostra  deve ser colhida no laboratório sob supervisão do responsável legal ( coleta assistida).   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios. Identificar positivamente o cliente com documento de identidade contendo foto. Assinar […]

OXCARBAZEPINA

OSCAR – OXCARBAZEPINA   SINÔNIMOS: ALZEPINOL, ANTICONVULSIVANTE, TRILEPTAL, AURA, 10 HIDROXICARBAZEPINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Soro: Tubo seco ( DESMINERALIZADO)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum de 4 horas ou mais. Medicação: À critério médico, suspender o uso de inibidores da MAO (enzima monoamina oxidase).   INSTRUÇÕES […]

PROLACTINA POOL

Material Sangue [S]   Palavras Chave PRL Hormônio lactogênico (LTH) Instruções Repouso de 30 minutos para quem fez exercício físico.   Jejum Mínimo de 4 horas Ou conforme orientação médica.   Condições Soro   Coleta Apoio – Se não houver especificação das coletas, no pedido médico, coletar 3 amostras de 15 em 15 minutos (basal, […]

PROTEINA C FUNCIONAL

PTCF – PROTEÍNA C – FUNCIONAL   SINÔNIMOS: PROTEÍNA C ATIVIDADE, PROTEÍNA C DA COAGULAÇÃO   MATERIAL PLASMA CITRATADO CONGELADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,2 mL   MÉTODO CROMOGÊNICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: A coleta deverá ser realizada […]

PROTEINURIA DE 24 HORAS

PTU24 – PROTEÍNA URINÁRIA 24 HORAS   MATERIAL URINA 24 HORAS   MÉTODO COLORIMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dados: Informar o volume da diurese.   INSTRUÇÕES DE COLETA – Urina de 24 Horas: Desprezar a primeira miccção da manhã, anotar o horário de início,  a partir da próxima miccção, armazenar em frasco apropriado toda a […]

MACONHA, THC, PESQUISA

MACO – MACONHA – CANABINÓIDES – TESTE DE TRIAGEM   SINÔNIMOS: CANABINÓIDES   Detecção após exposição: de 4 horas até 4 dias. A coleta de urina para os exames de drogas de abuso deve ser assistida e pode ser realizada em todas as unidades, desde que seja confirmada previamente a disponibilidade de colhedor masculino para […]

REVISAO DE LAMINA CT

AMOSTRA Lâmina citológica que foi examinada em outro laboratório e necessita ser reavaliada por outro citopatologista.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições. Solicitar cópia laudo anterior.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA A coleta foi realizada pelo médico assistente ou no laboratório onde foi realizado o primeiro exame.   MÉTODO […]

PRE-ALBUMINA

PREAL – PRÉ-ALBUMINA   SINÔNIMOS: TRANSTIRRETINA, PA, TTR   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   MÉTODO IMUNOTURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente […]

TESTE DO PEZINHO PLUS

Material Sangue [S]   Palavras Chave Fenilalanina [PKU] Tireotropina (TSH) neonatal [TSH-N] Pesquisa de hemoglobinopatias [HBNN] 17 Alfa-OH-progesterona neonatal [17-PGN] Tripsina imuno reativa (IRT) [TRIPSI] Atividade enzimatica da biotinidase [BIOTD] Anticorpos IgM anti-toxoplasma gondii [TXMNN] Análise qualitativa de aminoácidos [CR.AA] Tiroxina (T4) neonatal [T4-N] Galactose total [GFUT] Instruções Este perfil equivale aos exames: Fenilalanina (PKU) […]

TRYPANOSOMA CRUZI HA

CHAHA – CHAGAS – HEMAGLUTINAÇÃO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO HEMAGLUTINAÇÃO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a […]

TRYPANOSSOMA CRUZI IGG IFI

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido […]

BRCA1/BRCA2, MUTACAO GENETICA

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO SEQUENCIAMENTO E MLPA GENES ANALISADOS BRCA1 e BRCA2   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0567 BRCA 1 E 2 (NGS OU MLPA) OU PAINEL DE 30 GENES PARA CÂNCER HEREDITÁRIO FORMULÁRIO E CONSENTIMENTO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é […]

FOSFATIDILETANOLAMINA, ANTICORPOS IGA, IGG, IGM

Material Sangue   Palavras Chave Fosfatidiletanolamina, Painel de Anticorpos IgA, IgG e IgM Fosfatidiletanolamina IGG IGA E IGM   Jejum Não é necessário.   Condições Soro   Volume Mínimo 1,0 mL   Volume Recomendável 1,5 mL   Comentários Os autoanticorpos antifosfatidiletanolamina pertencem à classe dos anticorpos antifosfolípides. O contexto clínico é o da síndrome do […]

ANTI-PROTEINASE PR3, ANTICORPOS

PALAVRAS CHAVE -PR3 -Proteinase 3 -Anti PR3 -Síndrome de Churg Strauss -Granulomatose de Wegner   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios.   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS […]

NIQUEL U24H

Material Urina 24 horas   Palavras Chave Ni Instruções Não colher em local de trabalho. Retirar o uniforme antes da coleta. Recomenda-se coletar após 17 a 39 horas de exposição semanal. Não utilizar recipiente de vidro. Não utilizar frasco de tampa colorida. O exame é realizado na amostra de urina 24h. Utilizar o frasco sem […]

NIQUEL SG

NIQS – NÍQUEL SÉRICO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo trace sem aditivos- tubo desmineralizado   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta NIQS: Realizar a coleta em tubo trace sem aditivo, preferencialmente a vácuo, centrifugar a amostra no tubo […]

COCAINA, PESQUISA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Tubo transporte. Meio alternativo: tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Detecção após exposição: de 4 horas até 4 dias. A coleta de urina para os exames de drogas de abuso deve ser assistida e pode ser realizada em todas as lojas, desde […]

DIALDEIDO MALONICO

Material Sangue   Palavras Chave Malônico Dialdeído MDA Malondialdeído MDA radical livre   Jejum Não é necessário.   Condições Soro ou plasma (EDTA).   Volume Mínimo 0,6 mL.   Volume Recomendável 1,5 mL.   Critérios de Rejeição Lipemia acentuada.   Comentários O dialdeído malônico (MDA) é um produto final da lipoperoxidação lipídica. Contribui para a […]

EOSINOFILOS, PESQUISA, MUCO NASAL

AMOSTRA Secreção nasal.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Deve ser feita inicialmente, uma higiene nasal com cotonete e soro fisiológico. Após a higiene, o material deve ser colhido de cada narina com escova citológica ou cotonete (crianças) e transferido para as lâminas(1 a […]

ESCHERICHIA COLI SOROTIPAGEM DIVERSOS

AMOSTRA Colônias de Escherichia coli em meios de cultura.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Enviar a placa de petri ou tubo de ensaio com as colônias de E. coli.   MÉTODO Soroaglutinação.   VALOR REFERENCIAL Identificação da sorotipo de E. coli.   INTERPRETAÇÃO […]

FATOR VII ATIVIDADE

FAT7 – FATOR VII SINÔNIMOS: FATOR ESTÁVEL, PROCONVERTINA   MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,3 mL   MÉTODO COAGULOMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: A coleta deverá ser realizada com o mínimo de trauma possível, preferencialmente […]

FLUORETO UFJT

  FLUOR – FLUOR FINAL DA JORNADA DE TRABALHO SINÔNIMOS: FLUORETO URINÁRIO   MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO POTENCIOMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dieta: Concentrações elevadas de flúor na água potável, bem como o consumo de chá, frutos do mar […]

HEMOGLOBINA H PESQUISA

HBH – HEMOGLOBINA H – PESQUISA SINÔNIMOS: PESQUISA DE ALFA TALASSEMIA   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,6 mL   MÉTODO ELETROFORESE POR CAPILARIDADE   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta […]

HEPATITE B: PCR QUALITATIVO

HBPCR – HEPATITE B – QUALITATIVO   MATERIAL PLASMA CONGELADO OU REFRIGERADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo PPT ( edta com gel separador)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta HBPCR: Realizar coleta utilizando material e tubos de coleta adequados. Imediatamente após a coleta, homogeneizar por […]

HEPATITE B: PCR QUANTITATIVO

HBQT – HEPATITE B – QUANTIFICAÇÃO POR PCR   MATERIAL PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Tubo PPT,   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta HBQT: Realizar coleta utilizando material e tubos de coleta adequados. Imediatamente após a coleta, homogeneizar por inversão (10x), centrifugar os tubos a […]

HEPATITE C: GENOTIPAGEM

  HCVGE – HEPATITE C – GENOTIPAGEM   MATERIAL PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Tubo PPT ( edta com gel separador)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta HCVGE: Realizar coleta utilizando material e tubos de coleta adequados.. A coleta no tubo correto é de fundamental […]

DOENÇA DE KENNEDY, DIAGNOSTICO MOLECULAR

Material Sangue [S]   Palavras Chave Atrofia bulbar e espinhal ligado ao X Atrofia muscular espinobulbar Atrofia muscular bulbo-espinal (BSMA) Doença de Kennedy Gene AR (Receptor de androgeno) Genes Analisados AR (receptor de androgeno)   Jejum Não necessário.   Condições Sangue total (EDTA). Coleta Apoio – Colher exames de Genética em tubo separado dos demais […]

EQUINOCOCOS ANTICORPOS

Material Sangue   Palavras Chave Echinococcus granulosis Hidatidose Cisto hidático   Jejum Jejum não obrigatório.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 ml   Volume Recomendável 1,5 ml   Critérios de Rejeição Amostra lipêmica.   Comentários A equinococose humana (hidatidose ou doença hidática) é causada pelos estágios larvais de cestóides (tênias) do gênero Echinococcus. Echinococcus […]

HOMOCISTEINA

Material Sangue.   Palavras Chave Homocisteína   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Coleta Apoio – Não colher amostra com o paciente deitado*. – Não garrotear por um tempo muito grande. – Aguardar a adequada retração do coágulo, centrifugar imediatamente, separar o soro e colocar sob refrigeração.   Volume Recomendável 0,5 ml.   […]

HPV, ALTO RISCO, CAPTURA HIBRIDA, DV

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Teste de Detecção do DNA para HPV por Captura Híbrida. Captura Híbrida para DNA do HPV Papiloma Vírus Humano, Captura Híbrida PAP DNA, Pesquisa de HPV Captura híbrida de 2ª geração HPV de alto risco   Instruções Permanecer no mínimo 8 horas sem higiene local para coleta peniana, anal […]

IGG SUBCLASSES, PERFIL

SCH – SUBCLASSES DE IGG HUMANA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMUNOTURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para […]

PROTEINA S FUNCIONAL

PTSF – PROTEÍNA S – FUNCIONAL   SINÔNIMOS: PROTEÍNA S ATIVIDADE, PROTEÍNA S DA COAGULAÇÃO   Colher de preferencia na clinica citocenter (amostra                                                                                                  de baixa estabilidade )., Se colher nas unidades chamar boy de urgencia   MATERIAL             PLASMA CITRATADO                          MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,2 mL   MÉTODO COAGULOMÉTRICO […]

DIMEROS D EIE

MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,2 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: A coleta deverá ser realizada com o mínimo de trauma possível, preferencialmente não utilizar garrote. A amostra deverá ser imediatamente transferida para o tubo […]

TROPONINA I QUANTITATIVA ULTRA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido […]

PNEUMOCYSTIS CARINII PCR QUALITATIVO

AMOSTRA Escarro, aspirado traqueal, lavado broncoalveolar, lavado brônquico, líquido pleural.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios. Rotina de coleta: Segunda a Sexta até 11:00 horas. Não colher em véspera de feriado.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Escarro:  2,0 ml. Colher diretamente em frasco estéril. Manter […]

RISTOCETINA COFATOR

FVOWR – ATIVIDADE DE COFATOR RISTOCETINA DO FATOR DE VON WILLEBRAND   SINÔNIMOS: COFATOR RISTOCETINA, DOENÇA DE VON WILLEMBRAND   MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,2 mL     INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   MÉTODO IMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: […]

PARACETAMOL

Material Sangue   Palavras Chave Acetaminofen Tylenol – Tilenol   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.  

ECHOVIRUS ANTICORPOS IGG IGM

Material Sangue   Palavras Chave Enterovirus   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL. . Comentários Os ECHO vírus pertencem ao grupo dos vírus denominados enterovírus, responsáveis por um amplo espectro de doenças (exantemas, infecções do sistema nervoso central, oculares, musculares e respiratórias) em pessoas de […]

COENZIMA Q10

Material Sangue   Palavras Chave Ubiquinol Coenzima Q 10 Co-enzima Q10 Co enzima Q10 Q 10   Instruções Informar medicamentos em uso. Não ingerir bebida alcoólica nas últimas 24 horas.   Jejum Mínimo de 8 horas.   Condições Soro ou plasma (Heparina).   Volume Mínimo 2,0 mL   Volume Recomendável 2,0 mL   Questionário Está […]

RAPAMICINA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Sirolimus Rapamune Instruções Colher de preferência antes da próxima dose do medicamento ou conforme orientação médica. Informar medicamento em uso. Jejum Não é necessário.   Condições Sangue Total (EDTA).   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.   Questionário Está em uso de qual medicamento? Qual foi […]

CARIOTIPO COM BANDAS G SG

  Coleta de segunda a quinta- feira . Material tem que chegar na area tecnica ate as 13:00h                                                                                                                                                                                                                                                      MATERIAL SANGUE TOTAL                                                                         MEIO(S) DE COLETA Tubo com heparina sódica (verde ou azul escuro) *- Crianças acima de 5 anos e Adultos: 4mL; – Crianças menores de 5 anos: 2mL.   FORMULÁRIO […]

CULTURA AUTOMATIZADA DIVERSOS

Material Diversos.   SINONIMO Cultura automatizada Concentração Inibitoria Minima (MIC) Cultura com antibiograma automatizado Antibiograma com MIC     Instruções: Informar se o paciente está ou esteve recentemente em uso de antimicrobianos. É aconselhável que se aguarde 07 dias após a utilização de antibióticos para a realização do exame ou conforme orientação do médico. Líquidos […]

ANTI-ADRENAL

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO Anticorpos anti córtex adrenal são marcadores sensíveis e […]

HERPES VIRUS TIPO 6, PCR QUALITATIVO

PALAVRAS CHAVE -HERPES 6 – DETECÇÃO POR PCR   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios. -Rotina de coleta: Segunda a Sexta até 10:00 horas. Não colher em véspera de feriado.   CONDIÇÃO -Plasma   VOLUME RECOMENDÁVEL -Plasma: Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante EDTA, rolha […]

ANTI-ENDOMISIO IGG

Material Sangue [S]   Palavras Chave EMA Doença Celiaca Anticorpos Anti Endomísio IgG. Anti Gluten   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Critérios de Rejeição Hemólise. Lipemia excessiva.   Comentários Teste útil para o diagnóstico e monitorização do tratamento da Doença Celíaca (DC) […]

NEURONAL NUCLEAR IGG, ANTICORPOS

Material Sangue   Palavras Chave Anti HU(ANNA1) Anticorpo anti-núcleo de neurônio Anti núcleo de neurônio   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Recomendável 2,0 mL.   Comentários As síndromes neurológicas paraneoplásicas (SNP) são definidas como síndromes neurológicas de etiologia desconhecida, associadas com câncer. Em 38% dos casos, as SNP estão associadas com […]

ANTI-RI NEURONAL

PALAVRAS CHAVE -Sindrome Neurológica Paraneoplásica -Anticorpos Anti RI (Neuronal) -Anti RI(ANNA2) -Neuronal   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios.   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   Comentários As síndromes […]

ACIDO FITANICO

Material Sangue.   Palavras Chave Acido Fitanico e Acido Pristanico [Doenca Peroxissomal] Acido Fitânico Acido Pristânico I Jejum Mínimo de 4 horas   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 ml.   Volume Recomendável 2,0 ml.   COMENTÁRIO A determinação dos ácidos pristânico e fitânico é útil para o diagnóstico de doenças em que há defeito […]

ANFETAMINAS, PESQUISA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico   VOLUME MÍNIMO 3 mL   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0558 TRIAGEM TOXICOLÓGICO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EXAMES   INSTRUÇÕES DE PREPARO   Medicação: Evitar o uso de descongestionantes nasais contendo efedrina, fenilpropanolamina, e outras drogas lícitas fenfluramina, mefetermina, fenmetrazina, fentermina, clorpromazina, metoxifenamina, quinacrina, ranitidina, isometeptina e […]

ANTIBIOGRAMA PARA ANAEROBIOS DIVERSOS

AMOSTRA Líquidos biológicos e secreções.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA A amostra deve ser colhida em recipiente estéril e em condições de anaerobiose. O ideal é colher com seringa enviando-a lacrada ao laboratório.   MÉTODO Antibiograma manual em condições de anaerobiose.   INTERPRETAÇÃO […]

GLICEMIA SG CAPILAR

PALAVRAS CHAVE -Glicemia capilar   CONDIÇÃO -Sangue capilar. 1 gota. Colher diretamente na tira reagente do glicosimetro portátil.   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher uma gota de sangue capilar diretamente na tira reagente do glicosímetro portátil. -Anotar o resultado e enviar a etiqueta de código de barras para a […]

HEMOGLOBINA NEONATAL

PALAVRAS CHAVE -Eletroforese de Hemoglobina Neo Natal -Triagem Neo Natal da Hemoglobina S -Anemia Falciforme -Teste do Pezinho   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições. –Exame realizado apenas em crianças com idade entre 3 a 30 dias de vida.   CONDIÇÃO -Sangue capilar em papel de filtro próprio.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Encostar a gota […]

HERPES ZOSTER PCR SG

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Detecção do DNA do vírus Varicela zoster (VZV) Herpes zoster PCR em Tempo Real para VZV (Qualitativo) Varicela zoster VZV   Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios Solicitar o kit Digene, caso a coleta seja em raspado de vesículas. Condições Líquor. Líquido amniótico. Sangue total (EDTA). Biópsia. Líquido ou […]

HEMOSSIDERINA PESQUISA URINA

Material Urina   Palavras Chave Hemossiderina   Instruções O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher a primeira urina da manhã ou após retenção urinária de 4 horas. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o jato médio […]

CROMOSSOMO X FRAGIL, PESQUISA MOLECULAR, PCR, SG

XFRAP – X FRÁGIL – PESQUISA POR PCR – HOMENS E MULHERES   SINÔNIMOS: ESTUDO MOLECULAR DE X-FRÁGIL, GENE FMR1, SÍNDROME DE MARTIN E BELL   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo EDTA (rolha roxa)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO PCR E ANÁLISE DE FRAGMENTOS   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0559 -XFRAP -X […]

NONNE-APELT REACAO LCR

AMOSTRA Líquor. 1,0 ml. Usar frasco estéril.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Amostra colhida pelo médico assistente. Acondicionar a amostra em frasco estéril e manter congelada até a realização do exame.   MÉTODO Reação de turvação.   VALOR REFERENCIAL Negativo.   INTERPRETAÇÃO Exame […]

HELICOBACTER PYLORI IGG

Material Sangue [S]   Palavras Chave H. pylori Helicobacter pylori IgG Helicobacter pilori IgG pylori Helicobacter pilory   Jejum Mínimo de 8 horas.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 ml.   Volume Recomendável 1,0 ml.   Critérios de Rejeição – Hemólise acentuada. – Lipemia acentuada. – Contaminação microbiana.   Comentários O H. pylori é […]

HEMOCULTURA AUTOMATIZADA PARA AEROBIOS

  MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Frasco de hemocultura automatizado. MEIO(S) DE COLETA Frasco de hemocultura automatizado BD:   Pediátrico – BD BACTEC Ped Plus⁄F (Rosa) Aeróbio – BD BACTEC Aerobic Plus⁄F (Azul)   VOLUME MÍNIMO Adulto: 8,0 a 10,0 mL; Pediátrico: 0,5 a 5,0 mL     INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo HEMOCULTURA: […]

HELMINTOS, IDENTIFICACAO, ESPECIME

PALAVRAS CHAVE -Identificação de parasitas -Identificação de verme adulto   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -10 g fezes   VOLUME RECOMENDÁVEL -Coletar 10 g de fezes para estrutura suspeita – verme, larva ou parasita – em um recipiente com água para que não desidrate e enviá-lo imediatamente ao laboratório para identificação. […]

IGG1 SUBCLASSE

SUB1G – IGG – 1 – SUBCLASSE DE IGG   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMUNOTURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

IGG2 SUBCLASSE

SUB2G – IGG – 2 – SUBCLASSE DE IGG   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMUNOTURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador : Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

IGG3 SUBCLASSE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMUNOTURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador : Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

IGG4 SUBCLASSE

SUB4G – IGG – 4 – SUBCLASSE DE IGG     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO IMUNOTURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador : Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

LARVAS PESQUISA FEZES

PALAVRAS CHAVE -Larvas de Strongyloides stercoralis -Estrongiloides stercoralis   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Fezes. +⁄- 10 g. Frasco estéril sem conservante.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher a amostra diretamente no frasco fornecido pelo laboratório. Frasco estéril sem conservante. Evitar a contaminação com urina. Não colher no vaso sanitário. Não usar laxantes. […]

MYCOPLASMA PNEUMONIAE EIE IGM

MYPNM – MYCOPLASMA PNEUMONIAE – ANTICORPOS IGM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente […]

RAIVA ANTICORPOS

Material Sangue   Palavras Chave Resposta vacinal anti rábica humana   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 2,0 mL.   Volume Recomendável 2,5 mL.   Critérios de Rejeição Contaminação bacteriana. Hemólise acentuada.   Comentários Recomenda-se que profissionais que trabalham sob o risco de exposição ao vírus da raiva devem ter títulos de […]

RNA ANTICORPOS

AMOSTRA Soro. 1,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha amarela.

TROPHERYMA WHIPPLEI PCR QUALITATIVO

MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Líquor, líquido articular, líquido pericárdico, soro, lavado broncoalveolar : Frasco estéril Tecido: Bloco de parafina   VOLUME MÍNIMO 1 mL ou mg   TECIDO EM BLOCO DE PARAFINA INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta TWPCR Tecido em Bloco de Parafina: […]

PROTEINA EOSINOFILICA CATIONICA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Proteína Eosinofilia Catiônica   Jejum Não é necessário.Condições Soro.   Volume Recomendável 1,0 mL.   INTERPRETAÇÃO A proteína catiônica eosinofílica (ECP) presente nos grânulos específicos dos eosinófilos apresenta atividade citotóxica, particularmente para células tumorais; ela  está aumentada na população de crianças asmáticas atópicas e não atópicas. Os valores séricos […]

PLASMINOGENIO

Material Sangue   Palavras Chave Atividade de Plasminogenio. Plasminogenio atividade   Jejum Mínimo de 8 horas.   Condições Plasma (Citrato).   Coleta Apoio Realizar coleta no tubo de citrato observando adequação dos seguintes pontos: vácuo, proporção anticoagulante⁄sangue, não realizar garroteamento prolongado, evitar coleta traumática e homogeneização por inversão delicadamente. O tubo de citrato para a […]

PROTEINA C REATIVA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador : Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

SACCHAROMICES CEREVISAE, ASCA, ANTICORPOS

ASCE – ANTI – SACCHAROMYCES CEREVISIAE – IGA E IGG   SINÔNIMOS: ASCA, ASCA IGG e IGA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso […]

HEMATOSCOPIA

PALAVRAS CHAVE -Lâmina de hemograma -Diferencial de leucócitos   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Sangue EDTA   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante EDTA, rolha (roxa).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Manter em temperatura ambiente.   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -A […]

ANTI-MEMBRANA BASAL GLOMERULAR

SINÔNIMOS: ANTI-GBM, ANTIMEMBRANA BASAL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO A membrana […]

ANTI-RNP

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

ANTI-SM

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo […]

ANTI-SSA/RO

AMOSTRA Soro. 1,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, vermelha.

ANTI-SSB/LA

AMOSTRA Soro. 1,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha vermelha.

2,5 HEXANODIONA URINARIA

MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 6 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar em frasco apropriado a urina do final do último dia da jornada de trabalho, ou após o período de exposição. Manter amostra refrigerada desde o momento da coleta.   INSTRUÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO […]

C4 COMPLEMENTO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO TURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

HANTAVIRUS ANTICORPOS IGG IGM

Material Sangue [S]   Palavras Chave Hantavirose IgG e IgM Hantavírus Pulmonar   Jejum Mínimo de 8 horas.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,8 mL   Volume Recomendável 1,5 mL   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Amostra inativada pelo calor. Amostra descongelada. Amostra em tubo com gel separador.   Comentários O hantavírus é o […]

TRANSGLUTAMINASE ANTICORPOS IGA

ATRAA – ANTI – TRANSGLUTAMINASE IGA   SINÔNIMOS: TRANSGLUTAMINASE TECIDUAL IgA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

PERFIL ACILCARNITINAS QUANTITATIVO

Material Sangue   Palavras Chave Disturbios da beta oxidaçao dos acidos graxos Espectrometria de massas em tandem Disturbios dos acidos organicos   Instruções O exame pode ser realizado em pacientes de todas as idades, mesmo sendo a amostra coletada em papel filtro. Essa orientação é válida exclusivamente para este exame.   Jejum Recém-nascidos: intervalo entre […]

FOSFATASE ALCALINA ISOENZIMAS

FALI – FOSFATASE ALCALINA – ISOENZIMAS SINÔNIMOS: FOSFATASE ALCALINA FRACIONADA, FOSFATASE ALCALINA TOTAL + FRAÇÕES   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ELETROFORESE EM AGAROSE   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente […]

DENGUE ANTICORPOS EIE IGM

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

DENGUE ANTICORPOS EIE IGG

PALAVRAS CHAVE -DENGUE – ANTICORPOS IGG                                           ATENDIMENTO -Em todas as unidades.   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum aconselhável de 4 horas     COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -O vírus da dengue é transmitido através dos mosquitos Aedes […]

FATOR REUMATOIDE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido […]

GIARDIA ANTIGENO PESQUISA EIE

GIAP – GIÁRDIA SINÔNIMOS: PESQUISA DE GIARDIA   MATERIAL FEZES   MEIO(S) DE COLETA Coletor de fezes sem aditivos   VOLUME MÍNIMO 3 gramas   MÉTODO IMUNOCROMATOGRAFIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Evitar o uso de laxantes, antidiarreicos, antiácidos e de contraste oral (utilizado em exames radiológicos) no mínimo 72 horas antes da coleta das […]

ACIDO HIALURONICO

Material Sangue [S]   Jejum Mínimo de 8 horas.   Condições Soro.   TUBO SECO   Coleta Apoio – Após retração do coágulo, centrifugar e fazer uma alíquota (pipetar) do soro no tubo de transporte.   Volume Mínimo 2,0 mL.   Volume Recomendável 3,0 mL.   Critérios de Rejeição Amostras enviadas em tubo com gel separador. […]

CHARCOT MARIE-TOOTH, ESTUDO PMP22, POR MLPA

Material SANGUE [S]   Palavras Chave Charcot Marie-Tooth, doença tipo 1A ⁄ Polineuropatia sensível à pressão – CMT1A⁄HNPP (PMP22) MLPA Charcot marie-tooth,tipo 1A-CMT1A⁄HNPP(PMP22) MLPA CMT1A⁄HNPP (PMP22) MLPA Charcot marie tooth tipo 1A, doença de · PMP22 · MLPA   Instruções Apresentar resumo da história clínica do paciente. Sempre que possível, enviar cópia do estudo molecular […]

HERPES ZOSTER EIE IGM

APALAVRAS CHAVE -VARICELA ZOSTER – ANTICORPOS IGM   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios.   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum aconselhável de 4 horas   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar refrigerado (2 a […]

ANTI-SCL70, ESCLERODERMA

SINÔNIMOS: ANTI-TOPOISOMERASE   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. […]

ANTI-ACTINA

Material Sangue.   Palavras Chave Anti Actina   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 ml.   Volume Recomendável 1,5 ml.   Comentários Útil no diagnóstico de Hepatite Auto-imune ( positivo em 80% das hepatites auto imune tipo I ). Anticorpo anti-actina é um subgrupo dos anticorpos anti-músculo liso, dirigido contra […]

ANTI-MITOCONDRIA

SINÔNIMOS: ANTI-AMA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em […]

HEPATITE B: ANTI-HBS EIE

PALAVRAS CHAVE -Hepatite B   -Anotar se o cliente já foi vacinado contra hepatite B   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS -A hepatite B é uma doença infecciosa que afeta o fígado […]

ANTI-ENDOMISIO IGA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Doença Celiaca Anticorpos Anti Endomísio IgA. Anti Gluten I Jejum Não é necessário.   Quando for solicitado Anticorpos Anti Endomísio sem especificar a classe a ser pesquisada ( Se IgA ou Anticorpos totais), deve-se optar pelo exame de Anticorpos Anti Endomísio IgA (S|AAEIGA). A opção pelo exame de Anticorpos […]

DHL, ISOENZIMAS

ISOLDH – ISOENZIMAS DE LACTATO DESIDROGENASE SINÔNIMOS: DESIDROGENASE LÁCTICA – ISOENZIMAS FRACIONADAS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ELETROFORESE EM AGAROSE   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa […]

GASOMETRIA VENOSA

PALAVRAS CHAVE              AO COLHER CHAMAR IMEDIATAMENTE O BOY DE URGENCIA                                                  E ENCAMINHAR PARA UNIDADE clinica Citocenter -Equilíbrio ácido básico. -Gases sanguíneos.   CONDIÇÕES – Sangue total heparinizado.   VOLUME RECOMENDÁVEL – Colher 5,0 mL de sangue venoso na seringa com heparina   INFORMAR E ANOTAR – Horário da coleta. – Se foi feito repouso […]

PSA LIVRE/TOTAL

PALAVRAS CHAVE -PSA LIVRE – ANTÍGENO PROSTÁTICO ESPECÍFICO CONDIÇÃO -Soro   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório   Instruções Nas situações abaixo recomenda-se aguardar o tempo indicado antes da coleta do material: – Após relação sexual com ejaculação, […]

MDR GENE, ESTUDO GENETICO

Material Sangue [S]   Palavras Chave Estudo molecular do MDR Estudo molecular do Gene de Resistência Múltipla a Drogas Polimorfismo C3435T   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA).   Volume Recomendável 2,0 mL.   Interpretação: O gene  MDR (Gene de Resistencia  Multipla a Drogas) codifica                 uma glicoproteina de membrana  (PGP) cuja […]

PH URINA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 5 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Outros: Manter a ingestão habitual de líquidos. INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a última miccção. Desprezar o primeiro jato de […]

MIOGLOBINA

MIOGL – MIOGLOBINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do […]

VITAMINA D3, 1,25 DIHIDROXI VITAMINA D

AMOSTRA Soro. 5,0 ml. Amostras fortemente hemolisadas e com contaminação microbiana evidente serão rejeitadas.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios.   PREPARO DO PACIENTE Jejum aconselhável de 4 horas   COLETA Colher 8,0 ml (2 tubos) de sangue em tubo a vácuo com gel separador,rolha amarela.      

ACIDOS GRAXOS DE CADEIA MUITO LONGA HP

Material Sangue [S]   Palavras Chave Ácidos graxos de cadeia muito longa Ácido graxos saturados Doença Peroxissomal   Instruções Evitar ingestão de bebidas alcoólicas 24 horas antes da coleta.   Jejum Adulto: obrigatório de 12 horas Lactentes: obrigatório de de 4 horas   Condições Soro.   Volume Mínimo 2,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL. […]

MIOGLOBINA PESQUISA URINA

MIOU – MIOGLOBINA – URINA   SINÔNIMOS: MIOGLOBINURIA   MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Meio alternativo: tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO IMUNOQUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo MIOU: Ajustar a urina para pH 8,0 – 9,0 com 0,1 mL de uma solução de carbonato de sódio a 10%. […]

CATECOLAMINAS PLASMATICAS

CATEP – CATECOLAMINAS PLASMÁTICAS   SINÔNIMOS:  CATECOLAMINAS CIRCULANTES, ADRENALINA, EPINEFRINA, NOREPINEFRINA, NORADRENALINA, DOPAMINA   MEIO(S) DE COLETA Tubo com heparina (verde) ou com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo CATEP: Bebida alcoólica: A abstinência é desejável nos 5 dias que antecedem o teste. Dieta: Não é recomendado ingerir durante […]

HIV1 PCR QUALITATIVO

Material Sangue.   Palavras Chave HIV, PCR do DNA Proviral HIV, PCR Qualitativo HIV 1 , Amplificação do DNA Proviral HIV-1, PCR Qualitativo I Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios – Devido ao alto grau de contaminação que pode ocorrer em amostras de Sorologia para HIV, essas amostras não poderão sofrer fracionamento, devendo ser enviadas […]

HIV1 PCR QUANTITATIVO

HIVQT – HIV – QUANTIFICAÇÃO POR PCR   MATERIAL PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Tubo PPT ou Vacuette K2 (ambos em EDTA com gel separador)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta HIVQT: Realizar coleta utilizando material e tubos de coleta adequados. Imediatamente após a coleta, […]

FOSFATASE ALCALINA OSSEA

    FALCO – FOSFATASE ALCALINA ÓSSEA SINÔNIMOS: BAP OSTASE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

HEPATITE B: ANTI-HBC EIE IGG

PALAVRAS CHAVE -Hepatite B   -Anotar se o cliente já foi vacinado contra hepatite B   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS -A hepatite B é uma doença infecciosa que afeta o fígado […]

HEPATITE B: ANTI-HBC EIE IGM

PALAVRAS CHAVE -Hepatite B   -Anotar se o cliente já foi vacinado contra hepatite B   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS -A hepatite B é uma doença infecciosa que afeta o fígado […]

TOPIRAMATO

Material Sangue [S]   Palavras Chave Topamax Instruções A coleta ideal deve ser realizada imediatamente antes da administração da próxima dose do medicamento ou conforme orientação médica.   Jejum Desejável de 8 horas ou conforme orientação médica.   Condições Soro. Coleta Apoio – Coletar em tubo seco (sem gel separador); após retração do coágulo, centrifugar […]

FSH, HORMONIO FOLICULO ESTIMULANTE

PALAVRAS CHAVE -Gonadotrofina hipofisária   -Anotar medicamentos em uso e data da última menstruação (quando pertinente).   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS -O FSH estimula os folículos ovarianos na mulher e a […]

LH, HORMONIO LUTEOTROFICO

PALAVRAS CHAVE -Gonadotrofina hipofisária -Hormônio luteotrófico   -Anotar medicamentos em uso e data da última menstruação (quando pertinente).   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha amarela.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS -O LH é o hormônio estimulador das células […]

CORTISOL POS DEXAMETASONA

PALAVRAS CHAVE -Cortisol pos dexametasona   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum de 8 a 14 horas.   PROCEDIMENTO DE COLETA – Orientar o paciente para tomar 1,0 mg […]

OSTEOCALCINA

OSTE – OSTEOCALCINA   SINÔNIMOS: PROTEINA GLA OSSEA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 ml   Instruções de preparo Medicação: Pacientes em tratamento com doses elevadas de biotina (>5 mg⁄dL), a coleta deve ser realizada até no mínimo 8 horas após a última administração. Jejum: Aconselhável de […]

LIPIDOGRAMA, PERFIL LIPIDICO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   MEIO(S) DE COLETA Gel separador (amarelo) Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após este período, centrifugar a amostra para […]

ANTI-GLIADINA IGA

PALAVRAS CHAVE   -Doenca Celiaca -Gliadina Deaminada   ATENDIMENTO -Em todas as unidades.   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum aconselhável de 4 horas   COMENTÁRIOS Teste útil para diagnostico e monitorização do tratamento da Doença Celíaca […]

ANDROSTENEDIONA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Delta 4 4 Androsten-3 17 Dione D4 And   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 ml.   Volume Recomendável 1,5 ml.   Critérios de Rejeição Amostra com fibrina. Amostra coagulada.   Comentários A androstenediona e um hormônio esteróide androgenico produzido pelo córtex adrenal e […]

11-DEOXI-CORTISOL

SINÔNIMOS: 11-DESOXICORTISOL COMPOSTO S, DESOXICORTISOL – COMPOSTO S, CORTODOXONA E CORTEXOLONA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   MÉTODO RADIOIMUNOENSAIO   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Outros: Enviar amostra única para a realização deste exame.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador:  Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

ANTI-PEROXIDASE

PALAVRAS CHAVE -Anticorpo anti-tireoidiano, Anti-TPO -Anticorpo anti-tireoide, Anti-TPO -Anti-peroxidase -Tireoperoxidase -Anti microssomal -Anticorpo anti-microssomal   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES -Soro.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para […]

CLORO U24H

PALAVRAS CHAVE -Cloro   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES -Urina de 24 horas. Sem conservante.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher todo volume da diurese de volume de 24 horas em frasco estéril fornecido pelo laboratório.   COLETA -Ao acordar pela manhã esvaziar totalmente a bexiga desprezando esta urina. Marcar a hora. A […]

ACETILCOLINA, ANTICORPO ANTI-RECEPTOR

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 3 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO A produção de anticorpos anti-receptores de acetilcolina […]

TRIPSINA IMUNO REATIVA NEONATAL, IRT

Material Sangue   Palavras Chave IRT Teste do pezinho Fibrose Cistica, pesquisa Tripsina Imuno Reativa neonatal Tripsina Imunoreativo neo natal Mucoviscidose   Instruções A triagem neonatal deve ser coletada preferencialmente entre o 3° a 5° dia de vida, podendo ser realizada entre zero e 28 dias de vida. Recém-nascidos que receberam transfusão sanguínea antes da […]

HPV, BAIXO E ALTO RISCO, CAPTURA HIBRIDA, DV

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Teste de Detecçao do DNA para HPV por Captura Hibrida Captura Hibrida para DNA do HPV Papiloma Virus Humano, Captura Hibrida PAP DNA, Pesquisa de HPV Captura hibrida de 2ª geraçao HPV de alto e baixo risco Instruções Apresentar pedido médico. Permanecer no mínimo 8 horas sem higiene local […]

ANTI-CARDIOLIPINA EIE IGM

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em […]

GLUCAGON

  GLUCA – GLUCAGON   MATERIAL PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO RADIOIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Outros: Enviar amostra única para a realização deste exame.   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando o tubo com o anticoagulante correspondente ao exame, homogeneizar, centrifugar a amostra, […]

IMUNOCOMPLEXOS CIRCULANTES

Material Sangue.   Palavras Chave Imunocomplexos Instruções   Jejum Mínimo de 8 horas.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada.   Comentários Os imunocomplexos circulantes não são normalmente expressos em indivíduos saudáveis, mas são rapidamente detectados em pacientes com artrite reumatóide […]

BNP, PEPTÍDEO NATRIURÉTICO

SINÔNIMOS: FATOR NATRIURÉTICO TIPO B, PEPTÍDEO NATRIURÉTICO CEREBRAL   MATERIAL PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Tubo em EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA Plasma: Realizar coleta utilizando o tubo com o anticoagulante correspondente ao exame,   INTERPRETAÇÃO […]

COXSACKIE VIRUS B IGG

Material Sangue.   Palavras Chave Enterovirus Anti Coxsackievirus IgG   Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios – Este exame não permite a distinção entre os sorotipos A e B, devendo ser cadastrado quando não houver especificação do sorotipo no pedido médico.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,10 ml.   Volume Recomendável 0,20 ml.   […]

PARASITOLOGICO SERIADO

PALAVRAS CHAVE           COLHER AS 3 AMOSTRAS EM UM UNICO  FRASCO COM LÍQUIDO CONSERVANTE -Protozoários                            PODE COLHER EM DIAS CONSECUTIVOS OU EM DIAS ALTERNADOS   CONDIÇÃO -Fezes.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher + ou – 10g de fezes para cada amostra solicitada . -As amostras podem ser entregues ao laboratorio no dia que se realizou a […]

T3 LIVRE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,58 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido […]

BENZODIAZEPINICOS, PESQUISA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico ou tubo transporte.   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO IMUNOCROMATOGRAFIA   FORMULÁRIO OBRIGATÓRIO RQ-0558 TRIAGEM TOXICOLÓGICO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EXAMES   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dados: É obrigatório o envio do formulário RQ-0558 TRIAGEM TOXICOLÓGICO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EXAMES (disponível no site DB) […]

INDICE DE TIROXINA LIVRE, ITL

Material Sangue   Palavras Chave ITL, Indice de tiroxina livre Razao de Ligaçao do Hormonio Tireoidiano (THBR-T4) + T4 total T3 retençao + T4 total Indice de Tiroxina Livre ITLSA FTI   Jejum Não necessário   Condições Soro   Volume Mínimo 0,5 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Questionário Utilizou algum medicamento recentemente, inclusive […]

ANTI-RECEPTOR DE TSH, TRAB

PALAVRAS CHAVE -Anticorpo inibidor do TSH -TSH, Anticorpo anti receptor -Anti-receptor de TSH -Anticorpo estimulador da tireóide   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES -Soro.   COLETA -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum desejável de 4 horas.   COMENTÁRIOS […]

COLPOCITOLOGIA

PALAVRAS CHAVE COLPOCITOLOGIA , PREVENTIVO   ATENDIMENTO Material vem colhido pelo medico ou pode ser colhido nas unidades a baixo. Unidades que realizam  a coletaa de colpocitologia:   –OESTE -Segunda a Sexta 7hs ás 10h30hs -12hs ás 14hs   Sabado 7hs ás 10hs -NOVA ESPERANÇA – Segunda a Sexta 7hs ás 14hs         Sabado 7hs ás 10hs […]

HEPATITE C: PCR QUALITATIVO

Material Sangue   Palavras Chave HCV PCR VHC PCR Detecção do RNA HCV Pesquisa por PCR em Tempo Real RNA do Vírus da Hepatite C   Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios Laboratórios Apoio Total⁄SP: Colher a amostra em tubo PPT (EDTA com Gel Separador), centrifugar a amostra e enviar no próprio tubo. Demais Laboratórios: […]

GALACTOSE NEONATAL

GALTO – GALACTOSE + GALACTOSE-1-FOSTATO   SINÔNIMOS: GALACTOSE TOTAL NEONATAL   MATERIAL SANGUE CAPILAR   MEIO(S) DE COLETA Papel filtro   * Preencher totalmente 2 círculos contidos no cartão de coleta.   VOLUME MÍNIMO * Ver meio de coleta   MÉTODO ENZIMÁTICO COLORIMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dieta: Coletar preferencialmente após 48 horas da primeira […]

BAAR PESQUISA URINA

AMOSTRA Urina matinal.                                ESTE EXAME A PARTIR DE AGORA ESTA SENDO TERCERIZADO. A DATA DE ENTREGA CONTINUA A MESMA.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Material Urina, Colher todo volume da primeira urina da manhã em frasco de 24 horas.

WILLIAMS, SINDROME, DIAGNOSTICO MOLECULAR

Material Sangue [S]   Palavras Chave Williams, síndrome 7q11.23 · MLPA Síndrome de Williams Beuren Estenose aórtica supravalvar Diagnostico molecular da síndrome de Williams Beuren Deleção Síndrome de Williams-Beuren Deleção 7q11 Gene ELN MLPA 7q11   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA).   Volume Mínimo 5,0 mL.   Volume Recomendável 5,0 mL. […]

PENFIGO ANTICORPOS

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador (   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

ANTI-PCNA

PALAVRAS CHAVE -Anticorpo anti nucleo de celula em proliferacao   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios.   CONDIÇÕES – Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM – Jejum de 8 horas. – Intervalo entre mamadas […]

BAAR PESQUISA URINA AMOSTRA SERIADA

AMOSTRA Urina matinal colhida em dias subsequentes.          ESTE EXAME A PARTIR DE AGORA ESTA SENDO TERCERIZADO. A DATA DE ENTREGA CONTINUA A MESMA.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Urina matinal colhida em dias subsequentes. Colher toda a micção matinal em frasco estéril, desprezando […]

TROMBOFILIAS, DIAGNOSTICO MOLECULAR

Material Diversos   Palavras Chave Fator V de Leiden Gene da Metilenotetrahidrofolato Redutase Gene mutante da Protrombina Trombofilias Hiperhomocisteinemia   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA). Swab bucal Somente com autorização do setor técnico.   Volume Recomendável 2,0 mL (Sangue EDTA). 2,0 mL (Swab bucal).   Critérios de Rejeição Amostra hemolisada. Amostra […]

ANTI-MI2

SINÔNIMOS: ANTI MITOCÔNDRIA FRAÇÃO M2 ⁄ ANTI M2     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

BETA 2 GLICOPROTEINA 1 ANTICORPOS IGG/IGM

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

FOSFORO URINA AMOSTRA ISOLADA

PALAVRAS CHAVE -Fosforo urinário   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Urina.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 20 ml de urina diretamente em frasco fornecido pelo laboratório. Manter refrigerada.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório. -Colher, preferencialmente, a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 04 horas após a última […]

SUBSTANCIAS REDUTORAS PESQUISA URINA

AMOSTRA Urina. 10 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher urina diretamente no frasco fornecido pelo laboratório. Usar coletores apropriados em lactentes.   MÉTODO Tira reagente.   VALOR REFERENCIAL Negativo   INTERPRETAÇÃO A glicose, geralmente, começa a surgir na urina quando os níveis […]

ATAXIAS, DIAGNOSTICO MOLECULAR, PAINEL

AMOSTRA Sangue total EDTA. 5,0 ml.   ATENDIMENTO. Em todas as unidades. Tem restrição de cobertura por convênios. Previsão de entrega do resultado: 30 dias úteis.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante EDTA, rolha roxa. Manter sob refrigeração (2-80C).

BAAR CULTURA URINA AMOSTRA SERIADA

AMOSTRA Urina matinal colhida em dias subsequentes.     ESTE EXAME A PARTIR DE AGORA ESTA SENDO TERCERIZADO. A DATA DE ENTREGA CONTINUA A MESMA.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Urina matinal colhida em dias subsequentes. Colher toda a micção matinal em frasco estéril, Manter […]

INTERLEUCINA 6

INT6 – INTERLEUCINA 6   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ELETROQUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo INT6: Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. Medicação: Pacientes em tratamento com doses elevadas de biotina (superior a 5 mg⁄dL), a coleta deve ser realizada até no mínimo […]

ANTI-LKM1

SINÔNIMOS: ANTICORPOS ANTI-FRAÇÃO MICROSSOMAL DE FÍGADO E RIM, LIVER-KIDNEY MICROSOME ANTIBODIES 1   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso […]

HTLV1/2, WESTERN BLOT

  HTLVW – HTLV I⁄II – WESTERN BLOT   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO WESTERN BLOT   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

LIPOPROTEINA a

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO NEFELOMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum obrigatório de 8 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em […]

VITAMINA A

VITA – VITAMINA A   SINÔNIMOS: RETINOL, ÁCIDO RETINÓICO   MATERIAL SORO OU PLASMA  PROTEGIDO DA LUZ ( TUBO ÂMBAR OU ENVOLVIDO NO PAPEL ALUMINIO)   MEIO(S) DE COLETA Soro: Tubo seco (Desmineralizado) ou Gel separador (ÂMBAR) ou Gel separador envolvido no papel aluminio. Amostra alternativa = Plasma: Tubo com citrato (azul), Tubo com EDTA […]

LDL, ANTI OXIDADA IGG

Material Sangue       Se no pedido médico solicitar LDL Peroxidada ou LDL Oxidada sem a expressão Anti, não realizamos.                                                Palavras Chave Anti LDL Oxidada Anti LDL Peroxidada   Jejum Mínimo de 12 horas. Outros Laboratórios – Anti LDL Oxidada e Anti LDL Peroxidada são sinônimos. Portanto, as solicitações com uma ou outra nomenclatura resultará no […]

ACETONA URINA

PALAVRAS CHAVES -Acetona dosagem -Acetonúria dosagem -2-Propanona -Dimetilcetona -Éter piroacético   CONDIÇÕES – Urina recente.   COLETA – Congelar imediatamente após a coleta. – Recomenda-se encher totalmente o frasco de urina para diminuir a volatilidade.   VOLUME RECOMENDÁVEL – 50 mL.   TEMPO DE JEJUM –Jejum não obrigatório.   INSTRUÇÕES – Lavar as mãos e […]

ALUMINIO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo trace sem aditivos, tubo trace isento de metais.   VOLUME MÍNIMO 3 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Medicamentos que apresentem alumínio em sua composição devem ser evitados. Enviar amostra única para a realização deste exame.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Coletar a amostra em tubo do tipo […]

CAXUMBA ANTICORPOS EIE IGM

Material Sangue   Palavras Chave Sorologia Parotidite Viral IgM Sorologia Caxumba IgM Paramixovirus IgM Paramyxovirus IgM   Jejum Mínimo de 8 horas.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,1 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Critérios de Rejeição Amostra com hemólise acentuada. Amostra com lipemia acentuada. Contaminação microbiana.   Comentários A caxumba é uma […]

CISTICERCOSE ANTICORPOS EIE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

CHLAMYDIA IFI IGM

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

RISCO FETAL TESTE TRIPLO

Material Sangue   Palavras Chave Teste do Risco Fetal Triplo – 2º trimestre Defeito do Tubo Neural BhCG total + alfafetoproteína + estriol livre 2º trimestre Síndrome de Down Instruções Atenção: Dados necessários para realização do exame: = Ultrassom obstétrico atual (no máximo, 7 dias antes da data da coleta) + questionário preenchido pelo médico […]

SARAMPO EIE IGM

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

ANTI-GLIADINA IGG

PALAVRAS CHAVE   -Doenca Celiaca -Gliadina Deaminada   ATENDIMENTO -Em todas as unidades.   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum aconselhável de 4 horas   COMENTÁRIOS Teste útil para diagnostico e monitorização do tratamento da Doença Celíaca […]

LINFOCITOS CD19

CD19 – FENOTIPAGEM PARA LINFÓCITOS B – CD19   SINÔNIMOS: CÉLULAS B TOTAIS, IMUNOFENOTIPAGEM DE LINFÓCITOS B, LINFÓCITOS   Exame com baixa estabilidade, deve ser colhido somente no periodo matutino.. Material precisa chegar na triagem no maximo até as 13:00hs   MATERIAL SANGUE TOTAL AMBIENTE   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME […]

BLASTOMICOSE ANTICORPOS

SINÔNIMOS: PARACOCCIDIOIDOMICOSE ANTICORPOS   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2  mL   MÉTODO CONTRAIMUNOELETROFORESE   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO O Paracoccidioides brasiliensis é […]

GALACTOSEMIA SG

Material Sangue [S]   Palavras Chave Galactose Galactosemia   Jejum Não necessário.   Condições Plasma (EDTA).   Volume Mínimo 3,0 mL.   Volume Recomendável 3,0 mL.   Critérios de Rejeição Amostra descongelada.

MALARIA ANTIGENO PESQUISA

Material SANGUE [S]   Palavras Chave Teste para malaria Teste optimal Plasmodio Plasmodium Teste rapido para malaria   Jejum – Jejum obrigatório de 8 horas.   Condições – Sangue total (EDTA).   Volume Mínimo – 0,2 mL.   Volume Recomendável – 1,0 mL.   Comentários Permite rápida detecção de proteínas dos plasmódios utilizando anticorpos monoclonais. […]

UROPORFIRINA PESQUISA URINA

Material Urina   Instruções Utilizar frasco protegido da luz (âmbar). O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher a primeira urina da manhã ou após retenção urinária de 4 horas. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o […]

HERPES VIRUS TIPO 6, ANTICORPOS IGG

HER6P – HERPESVÍRUS HUMANO TIPO 6   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Sangue Total: Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO Sangue Total: 2 mL   MÉTODO PCR QUANTITATIVO EM TEMPO REAL   INSTRUÇOES   SANGUE TOTAL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Necessário jejum de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta Sangue Total: […]

CLOSTRIDIUM DIFFICILE TOXINA PESQUISA

Material Fezes.   Palavras Chave Toxina A (enterotoxica) e Toxina B (citotoxica) Clostridium difficilli Toxina A e B   Instruções Recomenda-se realizar o exame em amostras de fezes diarreicas ou com consistência amolecida (semi-formada). Antes de coletar as fezes, se necessário, urinar no vaso sanitário para evitar a contaminação do material. Em casos de crianças […]

CREATININA URINA AMOSTRA ISOLADA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Meio alternativo: tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO COLORIMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE COLETA Amostra isolada: Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a última micção. Desprezar o primeiro jato de urina e sem […]

RUBEOLA IGG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

RUBEOLA EIE IGM

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

FIBROSE CISTICA, MUTACOES, R553X

FC553 – FIBROSE CÍSTICA – PESQUISA DA MUTAÇÃO R553X   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO SEQUENCIAMENTO   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados, homogeneizar e acondicionar corretamente.   INTERPRETAÇÃO A fibrose cística é causada por alteração […]

HEPATITE E: ANTI-HEV EIE IGG

HEVG – HEPATITE E VÍRUS – ANTICORPOS IGG (IGG ANTI-HEV)   SINÔNIMOS:  HEPATITE  E – ANTICORPOS IGG   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

TOXOPLASMOSE IGG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

TOXOPLASMOSE IGM

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

APOLIPOPROTEINA A1

PALAVRAS CHAVES Apo A Apolipoproteina     CONDIÇÕES – Soro.Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha amarela.   VOLUME RECOMENDÁVEL – 5,0 mL.   TEMPO DE JEJUM – Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS A apoliproteína A-I é o principal componente proteico das HDL. A Apo A-I ativa a lecitina-colesterol […]

APOLIPOPROTEINA B

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO TURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO   Medicação: Sugere-se a suspensão de qualquer medicamento à base de andrógenos, diuréticos e corticosteroides, a critério médico.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

BAAR CULTURA DIVERSOS

MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO Líquidos: 5 a 10 mL. Não líquidos: não aplicável   MÉTODO PETROFF (NAOH) + MEIO DE LOWENSTEIN JENSEN   Jejum: De acordo com a orientação médica. Medicação: De acordo com a orientação médica. Outros: Todas as amostras devem vir em frasco estéril sem conservantes, […]

GRUPO SANGUINEO E FATOR RH

Material Sangue [S]   Palavras Chave Tipagem Sanguinea Hemoclassificacao Pesquisa de Du Fator Rh Jejum Não é necessário.   Condições Sangue total (EDTA).   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.   Critérios de Rejeição Amostra coagulada. Hemólise acentuada.   Comentários Os antígenos eritrocitários são geneticamente determinados e podem ser classificados em diversos […]

IMUNOFIXACAO SERICA

PALAVRAS CHAVE -IMUNOELETROFORESE DE PROTEÍNAS SÉRICAS   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DEM JEJUM -Jejum obrigatorio de 8 hors.   COMENTÁRIOS -A imunoeletroforese de proteínas séricas mensura a quantidade de distintas […]

IMUNOFIXACAO U24H

Material Urina de 24 horas [U-24]   Palavras Chave Eletroforese de Imunoglobulinas Proteina M Proteina Monoclonal Imunoeletroforese de proteinas   Instruções O exame é realizado na amostra de urina 24h. Utilizar o frasco sem conservante fornecido pelo laboratório para coleta de urina 24h. Refrigerar desde o início da coleta. Não perder nenhum volume de urina […]

CA72/4, TAG-72

Material Sangue [S]   Palavras Chave Marcadores Tumorais Antigeno Carboidratado CA 72-4 Esofago – Estomago – Colon Reto – Endometrio TAG-72 CA 72.4 Marcador tumoral CA72-4   Instruções Informar medicamentos em uso. Informar se já realizou este exame antes.   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 ml.   Volume Recomendável […]

HERPES SIMPLES I/II MAT DIVERSOS EIE IGM

AMOSTRA Líquidos biológicos: Líquor, líquido ocular, líquido amniótico, sangue de cordão umbilical e outros. 1,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Amostra colhida pelo médico assistente. Acondicionar a amostra em frasco estéril e manter congelada até a realização do exame.   MÉTODO Imunoenzimático. […]

HERPES SIMPLES I/II MAT DIVERSOS EIE IGG

AMOSTRA Líquidos biológicos: Líquor, líquido ocular, líquido amniótico, sangue de cordão umbilical e outros. 1,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Amostra colhida pelo médico assistente. Acondicionar a amostra em frasco estéril e manter congelada até a realização do exame.   MÉTODO Imunoenzimático. […]

TEMPO DE PROTROMBINA

MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,3 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: A coleta deverá ser realizada com o mínimo de trauma possível, preferencialmente não utilizar garrote. A amostra deverá ser imediatamente transferida para o tubo […]

CULTURA SEMIQUANTITATIVA

PALAVRAS CHAVE -Cultura   CONDIÇÃO -Ponta de catéter.   ATENDIMENTO -Sem restrições. Em todas as unidades.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   INSTRUÇÕES DE COLETA -Amostra colhida pelo médico assistente. Acondicionar em frasco estéril.   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar em temperatura ambiente.   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -Exame útil na avaliação de contaminação de catéter de […]

CADMIO U24H

MATERIAL URINA 24 HORAS   MEIO(S) DE COLETA Recipiente ofertado pelo laboratorio   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dieta: Evitar consumo de peixes, farinhas refinadas, chás e cafés. Outros: Evitar uso de cigarro no dia da coleta.   INSTRUÇÕES DE COLETA Urina de 24 horas: Desprezar […]

ESPERMOGRAMA

          Coleta realizada até as 10:00 horas. Pedir boy de urgencia e encaminhar imediatamente para a                                                                    Clinica Citocenter .   .Exame Colhido na Unidade Matriz e Clinica Citocenter PALAVRAS CHAVE                                                              -Coloração Supra-Vital   ATENDIMENTO -. Instruções e preparo: – Abstenção de ejaculação (relação sexual, masturbação e ejaculação noturna) de 2 a 7 dias ou conforme […]

ACIDO URICO U24H

PALAVRAS CHAVES Uricosúria   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições. Fornecer dois frascos com Bicarbonato de Sódio.   CONDIÇÕES – Urina de 24 horas.   VOLUME RECOMENDÁVEL – Diurese de 24 horas   INSTRUÇÕES -Repassar ao paciente os frascos de 24 hs com o conservante bicarbonato de sodio 10 g.   COLETA -Ao acordar […]

CARBOHIDRATOS CROMATOGRAFIA U

Material Urina.   Palavras Chave Pesquisa de: Lactose, Maltose, Galactose, Glicose, Frutose e Xylose. Corpos redutores – Hidratos de Carbono Cromatografia de Glicídeos * Melituria Carboidratos Cromatografia de açucares na urina Carboidratos, urina Glicidios   Instruções O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher preferencialmente a 1ª urina da manhã ou com intervalo de […]

ADENOSINA DEAMINASE

Material Sangue [S]   Palavras Chave Adenosina atividade   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,8 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada.   Comentários ADA é uma enzima que catalisa a conversão da adenosina e inosina, participando do processo de diferenciação e proliferação de linfócitos. […]

AMILASE DIVERSOS

PALAVRAS CHAVES  EXAME SUSPENSO TEMPORARIAMENTE Liquido Peritoneal Liquido Peritonial Liquido Ascitico   ATENDIMENTO Exclusivo para Samaritano.   CONDIÇÕES – Líquido ascítico, pleural, liquior   VOLUME RECOMENDÁVEL – 0,8 mL.   TEMPO DE JEJUM – Jejum não obrigatório.   INSTRUÇÕES – Não realizamos a coleta do material pois trata-se de um procedimento médico.   CONSERVAÇÃO (TRIAGEM) […]

AMILASE URINA AMOSTRA ISOLADA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Amostra isolada: Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a última micção. Desprezar o primeiro jato de urina e sem interromper a miccção, coletar o […]

AMINOACIDOS CROMATOGRAFIA SCREENING NEONATAL

MATERIAL SANGUE CAPILAR   MEIO(S) DE COLETA Papel filtro     * Preencher totalmente 2 círculos contidos no cartão.   VOLUME MÍNIMO * Ver Meio de coleta   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dieta: Coletar preferencialmente após 48 horas da primeira mamada. Medicação: Uso de corticoides pela mãe e pelo bebê devem ser sinalizados no cartão de […]

ANTI-CENTROMERO

PALAVRAS CHAVE –ACA -ANTI CENTROMERE ANTIBODIES   ATENDIMENTO –Em todas as unidades.   CONDIÇÕES –Soro   VOLUME RECOMENDÁVEL –Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Mínimo de 8 horas.   COMENTÁRIOS São anti-anticorpos dirigidos contra o cinetocore do aparelho mitótico. Ocorrem em 22% a […]

ANTI-DNASE B

Material Sangue   Palavras Chave Anti DNASE B DNASEB Anti estreptodornase Estreptococciasde identidade oficial do(a) cliente e a apresentação de eventuais outros documentos exigidos pelo convênio.   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 2,0 mL.

SEXAGEM FETAL EM SANGUE MATERNO 1

Material Sangue                                                                 colher dois tubos sangue EDTA ( tubo tampa roxa ) Palavras Chave Sexagem Fetal Determinação do sexo fetal em sangue materno DNA fetal circulante (cfDNA) Identificação do sexo fetal TSF   Instruções A coleta apenas deve ser realizada a partir da 8ª semana completa de gestação (7 semanas e 7 dias). Não coletamos […]

INIBIDOR DO FATOR VIII, DOSAGEM

IFAT8Q – QUANTIFICAÇÃO DO INIBIDOR DO FATOR VIII   SINÔNIMOS: DOSAGEM DO INIBIDOR DO FATOR VIII   MATERIAL PLASMA CITRATO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO COAGULÔMETRO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Outros: Enviar amostra única para a realização deste exame. INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta IFAT8Q: A […]

SEROTONINA

Material Sangue   Palavras Chave 5 Hidroxi Triptamina 5 HT Serotonina   Instruções O paciente deverá permanecer 24 horas sem ingerir os alimentos relacionados, pois estes interferem no resultado: abacate, ameixa, banana, berinjela, chocolate, frutos secos, mexilhões, nozes, pickles, tomate. O paciente deverá permanecer 7 dias sem ingerir os seguintes medicamentos conforme orientação do seu […]

ANTI-HISTONA

PALAVRAS CHAVE -HISTONA – ANTICORPOS   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum de 8 horas. – Intervalo entre mamadas para lactentes.   COMETÁRIOS Histonas são proteínas associadas ao DNA […]

HEPATITE C: ANTI-HCV EIE

Material Sangue [S]   Palavras Chave Hepatite C Anti HCV Total Anti HCV IgG Sorologia Hepatite C HCV terceira geração Anti HCV de 3º Geração   Jejum Não necessário.   Condições Soro; ou Plasma (EDTA⁄citrato⁄heparina).   Volume Mínimo 0,40 mL.   Volume Recomendável 0,55 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Contaminação microbiana. Amostras inativadas […]

CELULAS NK

MATERIAL SANGUE TOTAL AMBIENTE   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO CITOMETRIA DE FLUXO   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente.     INSTRUÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Transportar em temperatura ambiente.   INTERPRETAÇÃO A Citometria […]

HTLV1/2 ANTICORPOS

HTLV – HTLV I⁄II – ANTICORPOS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o […]

ANTI-ILHOTAS DE LANGERHANS

SINÔNIMOS: ANTICORPOS ANTI-ILHOTAS DE LANGERHANS, ANTICORPOS PARA CÉLULAS DAS ILHOTAS PANCREÁTICAS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente […]

ANTI-INSULINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

C1 ESTERASE INIBIDOR FUNCIONAL

SINÔNIMOS: C1 INH QUALITATIVO, C1 INIBIDOR ESTERASE FUNCIONAL   MATERIAL PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Tubo de citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 2,5 mL   MÉTODO TÉCNICA CROMOGÊNICA     INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta : Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados, homogeneizar a amostra suavemente por inversão de 4 a 5 vezes. […]

OXAZEPAM

AMOSTRA Soro. 2,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições. Anotar medicamentos em uso e data, hora e dose da última tomada do medicamento que contenha OXAZEPAM em sua fórmula (Oxazepan, Miorel e outros).   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com […]

CHUMBO UFJT

MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico ou tubo transporte.   VOLUME MÍNIMO 5 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Agentes quelantes podem interferir no resultado.     INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta: Coletar em frasco apropriado a urina […]

ANTI-JO1

Material Sangue [S]   Palavras Chave Anti Histidil tRNA Sintetase Anti PL1 Anti JO1 Polimiosite Anti-Histidyl TRNA Synthetase Dermatomiosite I Jejum Mínimo de 8 horas. Intervalo entre mamadas para lactentes.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,4 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Critérios de Rejeição Lipemia acentuada. Hemólise acentuada. Contaminação microbiana.   Comentários […]

SODIO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

SODIO U24H

MATERIAL URINA 24 HORAS   SEM CONSERVANTE   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril ou tubo transporte   VOLUME MÍNIMO 5 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dados: Informar o volume da diurese. INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta exame NAUT: Urina de 24 horas: Desprezar a primeira miccção da manhã, anotar o horário de início,  a partir da próxima […]

IGF1, SOMATOMEDINA C

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

SUBSTANCIAS REDUTORAS PESQUISA FEZES

SRP – SUBSTÂNCIAS REDUTORAS – PESQUISA   MATERIAL FEZES   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 3 gr   MÉTODO REATIVO DE BENEDICT   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Evitar o uso de laxantes, supositórios, vitamina C medicamentoso, penicilina e tetraciclinas ou conforme orientação médica. INSTRUÇÕES DE COLETA Necessário envio de fezes frescas recém […]

UREIA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas diferente das […]

UROBILINOGENIO PESQUISA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   Tubo transporte. Meio alternativo: tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 4 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA UROBI: Urina Isolada: Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a última micção. Desprezar o primeiro jato de urina e sem interromper a micção, […]

HERPES SIMPLES I/II PCR QUALITATIVO DIVERSOS

HERPS – HERPES SIMPLES 1 E 2 – DETECÇÃO POR PCR   MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Plasma: Tubo Estéril⁄PPT⁄Tubo com EDTA; Sangue Total: Tubo EDTA (roxo); Líquor: Tubo Estéril ou tubo transporte; Secreção endocervical: tubo CellPreserv;tubo Surepath   * Plasma…..: 2 mL;   Líquor……: 1 mL;   Sangue….: 2 mL;   Secreção endocervical: […]

CA50

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.

RUBEOLA ELFA IGG

Material Sangue [S]   Palavras Chave Sarampo Alemao   Jejum Mínimo de 8 horas. Intervalo entre mamadas para lactentes.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada. Contaminação microbiana. Amostra inativada pelo calor.   Comentários Doença viral de comportamento benigno, exceto em […]

SDHEA, SULFATO DE DEHIDROEPIANDROSTERONA

Material Sangue.   Palavras Chave S-DHEA DHEA-SO4 SDHEA DHEA-S   Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios – Não realizamos a diluição deste analito quando o resultado atingir o limite superior da linearidade do ensaio.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,4 ml.   Volume Recomendável 0,4 ml.   Questionário Está em uso de medicamentos?   […]

HERPES ZOSTER EIE IGG

PALAVRAS CHAVE -VARICELA ZOSTER – ANTICORPOS IGG   ATENDIMENTO -Em todas as unidades.   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum aconselhável de 4 horas   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -Útil no diagnóstico das infecções causadas pelo vírus da Varicella […]

VDRL

Palavras Chave VDRL Sorologia para Sifilis RPR Wasserman Treponema Sorologia para Lues Teste nao treponemico   Jejum – Jejum desejavel de 4 horas. – Intervalo entre mamadas para lactentes.   Condições – Soro.   Volume Mínimo – 0,2 mL.   Volume Recomendável – 0,3 mL.   Critérios de Rejeição – Hemólise acentuada – Lipemia acentuada […]

GLICOSURIA FRACIONADA

PALAVRAS CHAVE -Glicosuria fracionada   CONDIÇÃO -Urina de 24 horas   VOLUME RECOMENDÁVEL -Esvaziar todo o volume da bexiga às 06:00h da manhã, a partir deste horário colher todo o volume urinário das próximas 24 horas até às 06:00h da manhã do dia seguinte.   COLETA -Esvaziar a bexiga às 06:00h da manhã, a partir […]

VITAMINA B12

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,6 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

WAALER-ROSE PROVA

WROSE – WAALER ROSE     MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO AGLUTINAÇÃO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração […]

WIDAL REACAO

WIDAL – WIDAL – REAÇÃO   SINÔNIMOS: FEBRE TIFÓIDE, SALMONELLA TIPHY E PRARATYPHI   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO AGLUTINAÇÃO BACTERIANA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e […]

YERSINIA ENTEROCOLITICA CULTURA FEZES

AMOSTRA Fezes recentes, colhidas em frasco estéril, sem conservante. Manter em temperatura ambiente. Volume ideal: 5,0 g. Volume mínimo: 1,0 g.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Anotar medicamentos em uso. Antibióticos interferem no resultado do exame.   COLETA Colher a amostra diretamente no frasco estéril. […]

ZINCO URINA

Material Urina   Palavras Chave ZN Zinco urinario Instruções Colher urina de início ou final de jornada de trabalho. Não colher após ejaculação (intervalo mínimo para coleta após ejaculação: 24 horas). Não colher em local de trabalho. Retirar o uniforme antes da coleta. O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher urina após retenção […]

ANTI-CARDIOLIPINA EIE IGG

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

PROTOPORFIRINA LIVRE PESQUISA

Material Sangue.   Palavras Chave Protoporfirina livre (eritrocitária)   Jejum Não é necessário.   Condições Sangue Total (EDTA),   Volume Mínimo 3,0 ml.   Volume Recomendável 4,0 ml.   Critérios de Rejeição Amostra coagulada ou hemolisada. Amostra com anticoagulante incorreto. Amostras recebidas em frascos com vazamento.   INTERPRETAÇÃO A protoporfirina eritrocitária livre é um parâmetro […]

ANTI-TIROQUINASE MUSCULO ESPECIFICA

PALAVRAS CHAVE -Musk -Anticorpo Anti Receptor de Músculo especifico da Tireoquinase   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Restrições de convênios.   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha amarela. .   TEMPO DE JEJUM -Mínimo 4 horas para todas as idades.   COMENTÁRIOS O […]

RAGOCITOS PESQUISA

AMOSTRA Líquido sinovial colhido com seringa estéril. Enviar na própria seringa de punção ou transferir para frasco estéril. Volume 1,0 ml. Manter em temperatura ambiente.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições, desde que a amostra tenha sido colhida pelo médico assistente.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Anotar medicamentos em uso.   […]

RENINA ATIVIDADE

RENAT – RENINA (ATIVIDADE)   MATERIAL Sangue EDTA   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO RADIOIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum noturno aconselhável 8 horas   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta RENAT: O tempo ótimo recomendado para realizar a coleta é entre 8 e 10 horas da […]

RETICULOCITOS CONTAGEM

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,33 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente. INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas diferente das condições solicitadas […]

REVISAO DE LAMINA

AMOSTRA Lâminas que foram examinadas em outros laboratórios e necessitam ser reavaliadas por outro médico.   ATENDIMENTO Sem restrições em todas as unidades. Solicitar cópia laudo anterior.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA A coleta foi realizada pelo médico assistente ou no laboratório onde foi realizado o primeiro exame.   MÉTODO Exame […]

RICKETTSIA ANTICORPOS, WEIL-FELIX

RICKE – RICKETTSIA – REAÇÃO DE WEIL – FELIX   SINÔNIMOS: RIQUÉTSIAS, PROTEUS OX2, PROTEUS OX19, PROTEUS OXK   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO AGLUTINAÇÃO DAS PARTÍCULAS   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em […]

ROTAVIRUS PESQUISA FEZES

ROTA – ROTAVÍRUS – PESQUISA   SINÔNIMOS: ROTA VÍRUS   MATERIAL FEZES   MEIO(S) DE COLETA Frasco coletor de fezes sem aditivos   VOLUME MÍNIMO 3 gramas   MÉTODO IMUNOCROMATOGRAFIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Usar laxativos somente quando houver orientação médica. Evitar o uso de antidiarreicos, antiácidos e de contraste oral (utilizado em exames […]

SACAROSE PROVA DE ABSORCAO

PALAVRAS CHAVE -Intolerância à sacarose     Coletar amostra basal e administrar sacarose via oral conforme quantidades a                                                               seguir: 2g⁄kg de peso corporal, com dose máxima de 50g. ATENDIMENTO -Em todas as unidades.      CONDIÇÃO -Plasma fluoreto. 5,0 ml para cada tempo da prova tubo tampa ( Cinza)   TEMPO DE JEJUM -Adultos: jejum obrigatório de […]

INIBINA A

INIBA – INIBINA A   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa […]

SANGUE OCULTO PESQUISA

MATERIAL FEZES   MEIO(S) DE COLETA Frasco coletor de fezes sem conservante   VOLUME MÍNIMO 3 gramas   INSTRUÇÕES DE COLETA Necessário envio de fezes frescas recém eliminadas coletadas em frasco coletor limpo e seco. Coletar frações de fezes em diferentes partes do bolo fecal.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas diferente das condições solicitadas […]

SARAMPO EIE IGG

SARAG – SARAMPO – ANTICORPOS IGG   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0  mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para […]

PROTEINAS TOTAIS E FRACOES SERICAS

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: desejavel de 4 horas INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. […]

ZINCO PROTOPORFIRINA

PRZN – PROTOPORFIRINA ZINCO   SINÔNIMOS: ZPP, ZINCO PROTOPORFIRINA ERITROCITÁRIA   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Heparina sódica   VOLUME MÍNIMO 2  mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame , homogeneizar e acondicionar corretamente protegida da luz, enviada em  tubo âmbar.   INSTRUÇÕES […]

POTASSIO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

POTASSIO U24H

AO RECEBER A MOSTRA FAVOR MANTER REFRIGERADA     AMOSTRA Urina de 24 horas. Sem conservante.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Manter dieta habitual durante o período de coleta da urina.   COLETA Ao acordar pela manhã esvaziar totalmente a bexiga desprezando esta urina. Marcar […]

PRIMIDONA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Mysoline, Misoline, Misolyne Anticonvulsivante Instruções A coleta ideal deve ser realizada imediatamente antes da administração da próxima dose do medicamento ou conforme orientação médica. Caso o medicamento seja tomado apenas uma vez ao dia, a coleta deve ser feita pelo menos 12 horas após a medicação.   Jejum Desejável […]

PROGESTERONA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,56 mL   NSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido […]

PROLACTINA

Material Sangue.   Palavras Chave PRL Hormônio lactogênico (LTH)   Instruções Repouso de 30 minutos para quem fez exercício físico ou conforme orientação médica.   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Critérios de Rejeição Fibrina. Coágulo.   Comentários Prolactina é um hormônio proteico […]

PROTEINAS URINA AMOSTRA ISOLADA

Material URINA [U]   Palavras Chave Proteinuria   Jejum – Jejum não obrigatório.   Condições – Urina isolada.   Volume Mínimo – 0,5 mL.   Volume Recomendável – 0,9 mL.   Critérios de Rejeição – Volume insuficiente.

MONOTESTE

MONOC – MONONUCLEOSE – ANTICORPOS HETERÓFILOS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta MONOC: SORO Tubo com gel separador:  Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a […]

UROCITOGRAMA

AMOSTRA Urina amostra isolada.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher amostra de urina em frasco estéril. Enviar imediatamente ao laboratório.

UROPORFIRINA DOSAGEM U24H

Material Urina de 24 horas [U-24] com conservante   Instruções O exame é realizado na amostra de urina 24h. Utilizar o frasco protegido da luz (âmbar) e com conservante fornecido pelo laboratório para coleta de urina 24h. O conservante a ser utilizado é o Bicarbonato. A amostra deve ser refrigerada desde o início da coleta. […]

INIBINA B

INIB – INIBINA B   SINÔNIMOS: INIB-B, FOLICULOSTATINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

PARACOCCIDIOIDES BRASILIENSIS PESQUISA DIVERSOS

AMOSTRA Secreções, líquidos biológicos e raspado de lesão.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA As amostras líquidas geralmente são colhidas fora do laboratório e trazidas pelo cliente. As amostras de lesões são colhidas diretamente com espátula de Ayre. Fazer esfregaçoes em tres lâminas e […]

OSMOLALIDADE SERICA

OSMOL – OSMOLALIDADE SÉRICA   SINÔNIMOS: OSMOLARIDADE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO PONTO DE CONGELAMENTO   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

PBI, IODO PROTEICO

AMOSTRA Soro. 1,0 ml. PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha amarela.

NIQUEL URINA

NIQUI – NÍQUEL URINÁRIO   MATERIAL URINA INÍCIO DA JORNADA DE TRABALHO OU URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril ou tubo transporte (alíquota)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Outros: Pacientes em diálise podem apresentar […]

ZINCO ERITROCITARIO

ZNERI – ZINCO ERITROCITÁRIO   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo Heparina, tampa azul escuro   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO COM DETECTOR DE MASSAS   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta ZNERI: Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame , homogeneizar e acondicionar corretamente.   […]

HEMOGRAMA COMPLETO

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,33 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Sangue total Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame , homogeneizar e acondicionar corretamente.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas […]

OSMOLALIDADE URINARIA

OSMURI – OSMOLALIDADE URINÁRIA – AMOSTRA ISOLADA   SINÔNIMOS: OSMOLARIDADE URINÁRIA   MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 12 mL   MÉTODO PONTO DE CONGELAMENTO   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a […]

OXIURUS PESQUISA

Palavras Chave Enterobius vermiculares Teste da fita gomada Oxiurus Método de Graham   Instruções Não usar nenhum medicamento no local. Vir ao laboratório pela manhã antes de defecar ou tomar banho (não fazer higiene).   Jejum Não é necessário.   Condições Material colhido na região anal (fita gomada + swab retal em salina). – Fita […]

OXIURUS PESQUISA SEC VAGINAL

AMOSTRA Secreção vaginal.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Não realizar higiene íntima antes da coleta. Evitar contaminação com talco e pomadas.   COLETA Colher secreção vaginal com espátula de Ayre. Fazer dois esfregaços e fixar com fixador citológico. Ver detalhes no manual de coleta.   […]

PARAMINOFENOL URINA

Material Urina [U]   Palavras Chave 4 Aminofenol P Aminofenol Anilina   Instruções Colher preferencialmente durante as últimas 4 horas da jornada de trabalho. Informar se é urina início ou final de jornada, quando for exposição ocupacional. O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher urina após retenção urinária de 4 horas. Lavar as […]

PARASITOLOGICO AMOSTRA ISOLADA

MATERIAL FEZES   MEIO(S) DE COLETA Frasco coletor de fezes – conservante   VOLUME MÍNIMO 5 gramas   INSTRUÇÕES DE COLETA Necessário envio de fezes frescas recém eliminadas. Coletar frações de fezes em diferentes partes do bolo fecal.   INSTRUÇÕES DE ESTABILIDADE A amostra é estável por até 3 dias refrigerada de 2°C a 8°C. […]

PEPTIDIO C

PEPC – PEPTÍDEO C   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ELETROQUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.   Medicação: As amostras não devem ser colhidas em pacientes em tratamento com doses elevadas de biotina (i.e. superior a 5 mg⁄dia) até no mínimo […]

PORFOBILINOGENIO U24H

Material Urina de 24 horas   Instruções O exame é realizado na amostra de urina 24h. Utilizar frasco sem conservante e protegido da luz fornecido pelo laboratório para coleta de urina 24h. Refrigerar desde o início da coleta. Ao acordar esvaziar a bexiga, jogando fora esta urina (não armazenar no frasco da coleta). Anotar o […]

PH FECAL

MATERIAL FEZES   MEIO(S) DE COLETA Frasco coletor de fezes sem conservantes   VOLUME MÍNIMO 2 gramas   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Evitar o uso de laxativos,  antiácidos e de contraste oral (utilizado em exames radiológicos) no mínimo 72 horas antes da coleta das fezes ou conforme orientação médica.   INSTRUÇÕES DE COLETA Necessário envio […]

PLAQUETAS CONTAGEM

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,33 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta PLAQ: Sangue total Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame , homogeneizar e acondicionar corretamente.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras […]

PNEUMOCYSTIS JIROVECI (CARINII) PESQUISA DIVERSOS

Material Diversos   Palavras Chave Pneumocystis carinii Pneumocystis   Instruções Não realizamos a coleta dos materiais de lavado bronco-alveolar, aspirado traqueal e transtraqueal, líquido pleural e biópsias, pois trata-se de procedimentos médicos. A coleta de escarro deve ser feita em casa Jejum Não é necessário.   Condições Escarro. Aspirado traqueal. Aspirado transtraqueal Lavado brônquico. Lavado […]

TRIPSINA PESQUISA FEZES

TRIPSINA FECAL – PESQUISA [TRIPF] Material Fezes.   Palavras Chave Atividade triptica nas fezes   Instruções Não é necessário dieta. Evitar o uso de laxantes, substâncias digestivas, contraste oral ( utilizado em exames radiológicos) e supositórios nos 3 dias que antecedem ao exame e no dia da coleta. Antes de coletar as fezes, se necessário, […]

IGD *IMUNOGLOBULINA D

IGD – IMUNOGLOBULINA D – IGD   MATERIAL SORO CONGELADO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMUNOTURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente […]

TSH, HORMONIO TIREOESTIMULANTE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

EAS ELEMENTOS ANORMAIS E SEDIMENTOSCOPIA

PALAVRA CHAVE -EAS   CONDIÇÃO          -Urina jato médio.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 10ml de urina. -Fazer higiene da genitália com água e sabão. Desprezar o 1º jato de urina e colher jato médio da 1ª urina da manhã e⁄ou urina com no mínimo 2 horas de retenção urinária. Prazo para entrega ao laboratorio é de […]

LISOZIMA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após este período, centrifugar a amostra para obtenção do […]

MAGNESIO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

MALARIA ANTICORPOS IGG

EXAME PLASMODIUM FALCIPARUM (MALÁRIA) ANTICORPOS IGG E IGM   COLETA Tuboou Gel separador   AMOSTRA Soro. 3,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum aconselhável de 4 horas   INTERPRETAÇÃO A malária é causada por protozoários do gênero Plasmodium, transmitida por vetores. Cada espécie confere características específicas à […]

MANGANES UFJT

MANUR – MANGANÊS URINARIO FINAL DE JORNADA DE TRABALHO     MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 3 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar em frasco apropriado a urina do final do último dia da jornada de trabalho, ou após o período de exposição. Manter […]

MEGATESTE

AMOSTRA Soro, 1,0 ml para cada tempo da prova. Plasma com anticoagulante fluoreto de sódio, 1,0 ml para cada tempo da prova.   ATENDIMENTO Somete na unidade Vila Brasilia, de segunda a sexta das 07:00 a 10:00 horas. Tem restrição de cobertura por alguns convênios. O Exame é realizado com acompanhamento médico. Trata-se de uma […]

MELANINA PESQUISA

Material Urina   Instruções O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher urina após retenção urinária de 4 horas. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o jato médio em frasco próprio. Após a coleta enviar ao laboratório […]

MERCURIO SANGUE

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com heparina sódica (tampa verde ou azul escura)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar sangue do final do último dia da jornada de trabalho ou após o período de exposição: Realizar coleta […]

MERCURIO UFJT

MERUR – MERCÚRIO URINA FINAL DE JORNADA DE TRABALHO   SINÔNIMOS: MERCÚRIO INORGÂNICO   MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta MERUR: Coletar em frasco apropriado a urina […]

TSH NEONATAL

Material Sangue.   Palavras Chave Teste do pezinho Tsh neonatal Instruções A triagem neonatal deve ser coletada preferencialmente entre o 3° a 5° dia de vida, podendo ser realizada entre zero e 28 dias de vida. Recém-nascidos que receberam transfusão sanguínea antes da coleta da amostra para triagem neonatal devem repetir a coleta: 10 dias […]

METAHEMOGLOBINA

MHB – METAHEMOGLOBINA   SINÔNIMOS: ANILINA, NITROBENZENO, MET-HB, MEHB, METAEMOGLOBINA, METAEMOGLOBINEMIA, METEMOGLOBINA, MHB   MATERIAL SANGUE TOTAL PROTEGIDO DA LUZ   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO ESPECTROFOTOMETRIA UV⁄VIS   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta MHB: Coletar sangue do início do último dia da jornada de trabalho, ou […]

TTC TESTE

AMOSTRA Urina de jato médio colhida em frasco estéril ou em coletor plástico em caso de lactentes. Volume ideal 10,0 ml.  A amostra deve ser colhida preferencialmente no laboratório e mantida em temperatura ambiente para o cultivo imediato.  Amostra colhida fora do laboratório deve ser mantida no refrigerador (2 a 8 °C) até ser levada […]

METANEFRINAS U24H

METAU – METANEFRINA URINÁRIA   SINÔNIMOS: FEOCROMOCITOMA, GANGLIONEUROBLASTOMA, METANEFRINA E NORMETANEFRINA NA URINA, NEUROBLASTOMA   MATERIAL URINA 24 HORAS COM CONSERVANTE HCL 25%   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA – HPLC   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo METAU: Dieta: Dois dias antes da coleta de urina o paciente deverá evitar a ingestão de chocolate, baunilha, bananas, frutas cítricas […]

METANOL URINÁRIO FINAL DE JORNADA DE TRABALHO

METU – METANOL URINÁRIO FINAL DE JORNADA DE TRABALHO   SINÔNIMOS: ÁLCOOL METÍLICO, ÁLCOOL DA MADEIRA, CARBINOL, METIL CARBINOL, METIL ÁLCOO   MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Frasco de urina 24h   MÉTODO CROMATOGRAFIA GASOSA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo METU: Bebida alcoólica: Abstinência  desejável por 1 semana antes […]

TRANSLOCACAO 15/17, PML-RARa, PCR, SG

AMOSTRA Sangue.  5,0 ml.   ATENDIMENTO Apenas na unidade Vila Brasilia. Tem restrição de cobertura por convênios. Rotina de coleta: Segunda a Quinta até 11:00h. Não colher em véspera de feriado. Fazer cópia do pedido médico e preencher questionário de citogenética.  Previsão de entrega do resultado: 15 dias úteis.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não […]

MYCOPLASMA PNEUMONIAE EIE IGG

MYPNG – MYCOPLASMA PNEUMONIAE – ANTICORPOS IGG   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para […]

UREIA U24H

AMOSTRA Urina de 24 horas. Sem conservante. * Palavras Chave Nitrogenio ureico * ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições. * PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Manter dieta habitual durante o período de coleta da urina. * Volume Mínimo 0,4 mL. * Volume Recomendável 0,4 mL. * COLETA Ao acordar pela manhã esvaziar totalmente […]

MUCOPOLISSACARIDES PESQUISA

Material Urina   Palavras Chave Glicosaminoglicanos Teste Dorfman Mucopolissacaridoses Instruções O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher a primeira urina da manhã ou após retenção urinária de 4 horas. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o […]

TOXOCARA CANNIS EIE IGG

Material Sangue   Palavras Chave Toxocara canis Toxocariase Larva migrans visceral   Jejum Mínimo de 8 horas.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,20 mL.   Volume Recomendável 0,50 mL.   Critérios de Rejeição Lipemia acentuada. Contaminação microbiana. Amostra inativada pelo calor.   Comentários O Toxocara canis é um nematódeo, com ciclo semelhante ao Ascaris […]

TOXOPLASMOSE IFI IGG

TOXG – TOXOPLASMOSE – ANTICORPOS IGG (CLIA)   SINÔNIMOS: TOXOPLASMA GONDII   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA TuboGel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente […]

TOXOPLASMOSE IFI IGM

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

TRANSAMINASE GLUTAMICO PIRUVICA, TGP, ALT

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo gel separador   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar […]

TRANSFERRINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para […]

TRICLOROCOMPOSTOS TOTAIS UFJT

TRIT – TRICLOROCOMPOSTOS TOTAIS URINA FINAL DE JORNADA DE TRABALHO   SINÔNIMOS: TRICLOROETILENO, TRICLOROETANO (TCE)     MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril ou tubo transporte (alíquota)   VOLUME MÍNIMO 10 mL   MÉTODO ESPECTROFOTOMETRIA UV⁄VIS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Bebida alcoólica: Álcool pode reduzir a excreção renal […]

TRIGLICERIDES

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum desejavel de 4 horas   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para […]

GLOBULINA TRANSPORTADORA DA TIROXINA, TBG

Material Sangue [S]   Palavras Chave Proteina de ligaçao dos hormonios tireoidianos Thyrosin Binding Globulin   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.   Questionário Informar medicamentos em uso e, se mulher, informar se esta grávida ou se usa anticoncepcional. Informar qualquer outro medicamento que usa […]

HORMONIO ANTI-DIURETICO, ADH

VASO – VASOPRESSINA (HORMÔNIO ANTIDIURÉTICO – ADH)   SINÔNIMOS: ADH, ARGININA VASOPRESSINA, ANGIO VASOPRESSINA, HAD, ARGIPRESSINA, AVP   MATERIAL PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO RADIOIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum mínimo de 12 horas. Outros VASO: Paciente deve manter-se deitado, sem qualquer estresse, […]

ANTICORPOS IGG ANTI BORRELIA BURGDORFERI

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA . Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise.   INTERPRETAÇÃO A Doença de Lyme […]

TIREOGLOBULINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,6 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente […]

TEMPO DE TROMBINA

TTRO – TEMPO DE TROMBINA   MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 2,0  mL   MÉTODO COAGULOMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: A coleta deverá ser realizada com o mínimo de trauma possível, preferencialmente não utilizar garrote. A […]

TEMPO DE TROMBOPLASTINA PARCIAL ATIVADO

AMOSTRA Plasma citrato. 1,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE   Jejum desnecessário   COLETA Colher 3,5 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante citrato de sódio rolha azul.  

TEOFILINA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Franol Marax Teolong Talofilina Instruções A coleta ideal deve ser realizada imediatamente antes da administração da próxima dose do medicamento ou conforme orientação médica. A meio vida é variável: de 4 até mais de 16 horas. Caso o medicamento seja tomado apenas uma vez ao dia, a coleta deve […]

TESTOSTERONA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

TESTOSTERONA BASAL E POS DEXAMETASONA

AMOSTRA Soro. 1,0 ml para cada tempo da prova.   PREPARO DO PACIENTE Jejum de 8 a 14 horas.   COLETA Medicamento: Dexametasona (Decadron). Fornecido pelo cliente. Dose : 1,0 mg. Via: Oral. Tempos : Basal e 24 horas ou conforme pedido médico. Efeitos colaterais: Nenhum. Atídoto: Sintomáticos se necessário. Contraindicações: Hipersensibilidade ao medicamento.   […]

TESTOSTERONA LIVRE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,75 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas diferente das condições solicitadas .   INTERPRETAÇÃO Nos homens, a testosterona é secretada pelas células adultas de Leydig e é controlada […]

JAK2, MUTACAO V617F, PESQUISA, SG

Material Diversos [DIV]   Palavras Chave Mutação V617F no gene JAK2, detecção por PCR em tempo real JAK2, detecção da mutação V617F Detecção quantitativa da mutação no gene JAK2 V617F quantitativo, detecção da mutação Mutação JAK2 V617F (Éxon 14) Mutação V617F no gene JAK2, detecção quantitativa Medicina de Precisão   Jejum Não é necessário.   […]

TIOCIANATO UFJT

TIOC – TIOCIANATO URINÁRIO FINAL DE JORNADA DE TRABALHO   SINÔNIMOS: CIANETOS, SULFOCIANATO   MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO ESPECTROFOTOMETRIA UV⁄VIS   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta TIOC: Coletar urina do final do último dia da jornada de trabalho, ou após […]

LIPASE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para […]

NITRAZEPAM

Material Sangue   Palavras Chave Nitrazepan, Nitrazepol, Sonebon, Sonotrat Benzodiazepínicos Instruções Informar medicamentos em uso. Informar dosagem, dia e hora da última dose do medicamento Nitrazepam. A coleta ideal deve ser realizada imediatamente antes da administração da próxima dose do medicamento ou conforme orientação médica. Caso o medicamento seja tomado apenas uma vez ao dia, […]

SCHISTOSOMA PESQUISA

AMOSTRA Fezes recentes. +⁄- 10 g.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Nenhum. Não usar laxantes.   COLETA Colher a amostra diretamente no frasco fornecido pelo laboratório. Evitar a contaminação com urina. Não colher no vaso sanitário. Não usar laxantes.

LEISHMANIA PESQUISA

LEISP – LEISHMANIA – PESQUISA   MATERIAL SECREÇÃO DA BORDA DA LESÃO   MEIO(S) DE COLETA Lâmina   VOLUME MÍNIMO 2 Lâminas   INSTRUÇÕES DE COLETA LEISP: Lavar abundantemente a lesão com solução fisiológica estéril, de modo a evitar a contaminação do esfregaço por cocos que, normalmente recobrem a úlcera. Secar a lesão com gaze […]

LEUCOCITOS FECAIS PESQUISA

PALAVRAS CHAVE                                  Frasco sem conservante⁄frasco seco. -Pesquisa de leucócitos fecais   CONDIÇÃO -Fezes.   VOLUME RECOMENDÁVEL –Colher +⁄- 10 g. Sem conservante⁄frasco seco.   TEMPO DE JEJUM -Nenhum. Não usar laxantes,antiácido ou contraste ( usado em exame radiológico) no mínimo 72 horas antes da coleta das fezes.   INSTRUÇÕES DE COLETA -Não usar laxantes,antiácido ou […]

LEUCOGRAMA

PALAVRAS CHAVE -CONTAGEM DIFERENCIAL DE LEUCÓCITOS   CONDIÇÃO -Sangue. 5,0 ml.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante EDTA, rolha roxa.   PREPARO DO PACIENTE -Jejum não obrigatório.   INTERPRETAÇÃO O leucograma engloba os vários tipos de células nucleadas comumente circulantes: granulócitos (principalmente neutrófilos maduros, basófilos e eosinófilos), […]

SODIO URINA AMOSTRA ISOLADA

AMOSTRA Urina. 20 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher a urina diretamente no frasco fornecido pelo laboratório. Manter refrigerada.

LINFOCITOS CD4

CD4 – LINFÓCITOS T AUXILIADORES CD4 +   SINÔNIMOS:  LINFÓCITOS T HELPER, OKT4, SUBTIPAGEM DE LINFÓCITOS     Exame com baixa estabilidade, deve ser colhido somente no periodo matutino.. Material precisa chegar na triagem no maximo até as 13:00hs   MATERIAL SANGUE TOTAL AMBIENTE   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO […]

LINFOCITOS T/B

CD319 – LINFÓCITOS T E B –  CD3 – CD19   SINÔNIMOS: IMUNOFENOTIPAGEM DE LINFÓCITOS T E B, LINFÓCITOS T + LINFÓCITOS B   Exame colhido de segunda a Sexta, no periodo matutino Precisa estar na triagem até as 11:30hs do mesmo dia.   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo) […]

LINFOCITOS CD8

CD8 – LINFÓCITO T CITOTÓXICO CD8 +   SINÔNIMOS: IMUNOFENOTIPAGEM PARA LINFÓCITO T CITOTÓXICO   Exame colhido de segunda a Sexta, no periodo matutino Precisa estar na triagem até as 11:30hs do mesmo dia.   MATERIAL SANGUE TOTAL AMBIENTE   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,5 mL   MÉTODO CITOMETRIA […]

LIPIDES TOTAIS

LIPI – LÍPIDES TOTAIS   SINÔNIMOS: LIPIDEOS, LIPIDIOS   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Bebida alcoólica: A abstinência é desejável nas 72 horas que antecedem o teste. Jejum: Jejum aconselhável de 12 horas   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente […]

TESTE DO PEZINHO AMPLIADO

Material Sangue [S]   Palavras Chave Fenilalanina [PKU] Tireotropina (TSH) neonatal [TSH-N] Pesquisa de hemoglobinopatias [HBNN] 17 Alfa-OH-progesterona neonatal [17-PGN] Tripsina imuno reativa (IRT) [TRIPSI] Atividade enzimatica da biotinidase [BIOTD] Anticorpos IgM anti-toxoplasma gondii [TXMNN] Análise qualitativa de aminoácidos [CR.AA] Tiroxina (T4) neonatal [T4-N]   Instruções Este perfil equivale aos exames: Fenilalanina (PKU) quantitativo, TSH […]

LITIO

Material Sangue [S]   Palavras Chave Litemia Carbolim Carbolitium Litio medicamentoso Instruções A coleta ideal deve ser realizada imediatamente antes da administração da próxima dose do medicamento ou conforme orientação médica. Caso o medicamento seja utilizado apenas uma vez ao dia, a coleta deve ser efetuada no mínimo 12 horas após a última dose (12 […]

T3 RETENCAO

Material SANGUE   Palavras Chave TU T3 Uptake T3 Captaçao T3 Resina T3R T3 RT THBR-T3 T4 Captaçao T3 Retençao Instruções Informar medicamentos em uso ou usados recentemente, inclusive formulas para emagrecer (triostat, thevier). Se mulher, informar se esta gravida ou se usa anticoncepcional.   Jejum Jejum: Não é necessário.   Condições Soro.   Volume […]

T3 REVERSO

T3REV – T3 – TRIIODOTIRONINA REVERSO   SINÔNIMOS: 3,3´,5´-TRIIODOTIRONINA, RT3   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: As amostras não devem ser colhidas em pacientes em uso de biotina. Recomenda-se a suspensão do uso por, no mínimo, 72 horas […]

T3, TRI-IODOTIRONINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,61 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo T3: Jejum: Aconselhável jejum de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente […]

T4 LIVRE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,58 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

T4, TIROXINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,58 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

T4 NEONATAL

Material Sangue   Palavras Chave Tiroxina neo natal Teste do pezinho T4 neonatal Instruções A triagem neonatal deve ser coletada preferencialmente entre o 3° a 5° dia de vida, podendo ser realizada entre zero e 28 dias de vida.   Recém-nascidos que receberam transfusão sanguínea antes da coleta da amostra para triagem neonatal devem repetir […]

TALIO URINA

Material Urina [U]   Palavras Chave Thallium dosagem Talio, urina Instruções O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher urina após retenção urinária de 4 horas. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o jato médio em frasco […]

INSULINA

PALAVRAS CHAVE -INSULINA   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum obrigatório de 8 horas ou conforme pedido médico   COMENTÁRIOS -Além de sua indicação no diagnóstico de insulinoma, a dosagem de insulina pode ser utilizada para estudo […]

VITAMINA K

MATERIAL SORO E PROTEGIDO DA LUZ   MEIO(S) DE COLETA Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA EFICIÊNCIA – HPLC   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo : Bebida alcoólica: Não ingerir qualquer bebida alcoólica 24 horas antes da coleta do material. Jejum: Crianças até 6 anos de idade: Jejum […]

VITAMINA B3

MATERIAL SORO PROTEGIDO DA LUZ   MEIO(S) DE COLETA Gel separador,  protegido da luz   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA⁄ESPECTROMETRIA DE MASSAS     INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

SOMATOTROFICO CORIONICO HORMONIO, HCS, HPL

AMOSTRA Soro. 1,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições. Anotar medicamentos em uso e data da última menstruação (quando pertinente).   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha amarela.

LACTOSE PROVA DE ABSORCAO

PALAVRAS CHAVE -Intolerância à Lactose                                                                 MATERIAL PLASMA   MEIO(S) DE COLETA Tubo Fluoreto- tampa cinza   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum obrigatório de 8 horas. Bebida alcoólica: A abstinência é desejável nas 24 horas que antecedem o teste. Outros: A amostra basal deve ser coletada e em seguida deve-se administrar a lactose do seguinte […]

HERPES VIRUS PESQUISA CITOLOGICA DIVERSOS

AMOSTRA Raspado de lesão, líquidos biológicos e secreções.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Não limpar e nem fazer assepsia no local da lesão.   COLETA O material deve ser colhido diretamente da lesão; raspando-se o local com espátula e transferindo-o para as lâminas. O material […]

HGH, HORMONIO DO CRESCIMENTO

HGH – HORMÔNIO DO CRESCIMENTO HUMANO – HGH   SINÔNIMOS: SOMATOTROFINA, SOMATOTROPINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente […]

ACIDO TRICLOROACETICO UFJT

MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico ou tubo transporte.   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Dieta: Evitar ingestão de alimentos que contenham os conservantes relacionados nas instruções de coleta.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar urina do final do último dia da jornada de trabalho, ou […]

HISTOPLASMOSE ANTICORPOS

HIST – ANTICORPOS ANTI HISTOPLASMA CAPSULATUM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMUNODIFUSÃO DE OUCHTERLONY   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para […]

HOMOCISTINA PESQUISA

Material Urina   Palavras Chave Homocisteina urinaria Instruções O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher urina após retenção urinária de 4 horas. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o jato médio em frasco próprio. Após a […]

HELMINTOS, IDENTIFICACAO, FEZES

PALAVRAS CHAVE -Identificação de parasitas -Identificação de verme adulto   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Fezes contendo vermes visíveis.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Coletar a amostra em frasco de boca larga, limpo e seco. Evitar a contaminação com urina. -Não colher no vaso sanitário. Não usar laxantes.   TEMPO DE JEJUM -Nenhum. […]

IGA *IMUNOGLOBULINA A

IA – IMUNOGLOBULINA A – IGA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO TURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a […]

IGE TOTAL

IGE – IMUNOGLOBULINA E – IGE   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso […]

IGG *IMUNOGLOBULINA G

PALAVRAS CHAVE -IGG   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   AMOSTRA -Soro.                                            VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   PREPARO DO PACIENTE -Jejum não é necessário.   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar entre 2° a 8°C   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -Imunoglobulina G (IgG) é um […]

IGM *IMUNOGLOBULINA M

IGM – IMUNOGLOBULINA M – IGM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo  Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO TURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para […]

ERITROPOIETINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum ou preparos especiais. Outros: Colher as amostras a mesma hora do dia, principalmente no período matutino das 07:30 da manhã e 12:00 (meio-dia).   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com […]

IMUNOELETROFORESE SERICA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum obrigatório de 8 horas. NSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

LEUCINA AMINOPEPTIDASE

Material Sangue [S]   Palavras Chave Arylamidase Naphthlamidase LAP Leucina Aminopeptidase   Jejum Desejável de 4 horas.   Condições Soro.   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.    

IMUNOHISTOQUIMICA, DIAG NEOPLASIAS

AMOSTRA Fragmento de tecido ou bloco de parafina.   ATENDIMENTO Em todas as unidades . Tem restrição de cobertura por convênios. Este exame geralmente é realizado como complemento do anatomopatológico, Portanto, deve existir um laudo anterior e um bloco de parafina contendo a amostra. Se o anátomo tiver sido realizado em outro laboratório o cliente […]

MICROESFEROCITOS PESQUISA

AMOSTRA Sangue. 5,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES Jejum não obrigatório.   COLETA Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante EDTA, rolha roxa. Manter em temperatura ambiente.   INTERPRETAÇÃO Exame útil no diagnóstico da Esferocitose Hereditária. Trata-se de doença genética de padrão de herança autossômico […]

HEMOGLOBINA

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,6 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente. Não coletar as amostras em Tubo EDTA com gel […]

HEMOGLOBINA FETAL

HBF – HEMOGLOBINA FETAL   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,6 mL   MÉTODO ELETROFORESE POR CAPILARIDADE   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente. […]

USG OMBROS

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446

HEMOGLOBINA SOLUBILIDADE

HBS – HEMOGLOBINA S SINÔNIMOS: CÉLULAS FALCIFORMES, DREPANÓCITOS   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,6 mL   MÉTODO ELETROFORESE POR CAPILARIDADE   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o […]

HEMOSSEDIMENTACAO

PALAVRAS CHAVE -VHS   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Sangue EDTA   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante EDTA, rolha (roxa)   TEMPO DE JEJUM Jejum desnecessário   INTERPRETAÇÃO O VHS tem sido empregado no diagnóstico de ampla variedade de condições clínicas, na avaliação […]

HERPES SIMPLES I/II IGG

PALAVRAS CHAVE -HSV -Herpes virus   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -Na população em geral podem ser encontrados indivíduos com altos títulos de […]

HERPES SIMPLES I/II IGM

PALAVRAS CHAVE -HSV -Herpes virus   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -Na população em geral podem ser encontrados indivíduos com altos títulos de […]

GORDURA FECAL PESQUISA

AGP – ÁCIDOS GRAXOS – PESQUISA SINÔNIMOS: GORDURA FECAL   MATERIAL FEZES   MEIO(S) DE COLETA Frasco coletor de fezes sem aditivos   VOLUME MÍNIMO Aproximadamente 10 gramas   MÉTODO MICROSCOPIA – COLORAÇÃO COM SUDAM III   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Evitar o uso de laxantes, supositórios, contrastes ou substâncias digestivas.   INSTRUÇÕES DE COLETA […]

LIQUIDO ASCITICO ROTINA

AMOSTRA Líquido Ascítico. 20 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições. Este exame é um perfil composto pelos seguintes testes: 1. Exame físico: Aspecto, cor e pH. 2. Exame microscópico a fresco. 3. Citometria: Leucócitos e hemácias. 4. Citologia: Contagem diferencial de leucócitos. 5. Bioquímica: Glicose, proteinas totais, albumina, globulinas, amilase, DHL, colesterol […]

HAPTOGLOBINA

HAPTO – HAPTOGLOBINA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO NEFELOMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do […]

TC OMBROS

EXAME REALIZADO NA CLINICA CITOCENTER TELEFONE PARA AGENDAMENTO : 32123446  

HEINZ CORPUSCULOS PESQUISA

PALAVRAS CHAVE -Corpos de Inclusão Intraeritrocitários -Pesquisa de Hemoglobinas instáveis   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Sangue total EDTA.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante EDTA, rolha (roxa).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar temperatura ambiente   CONSERVAÇÃO […]

LIQUIDO PLEURAL ROTINA

AMOSTRA Líquido pleural. 20,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições. Este exame é um perfil composto pelos seguintes testes: 1. Exame físico: Volume, aspecto, cor e pH. 2. Exame microscópico a fresco. 3. Citometria: Leucócitos e hemácias. 4. Bioquímica: Glicose, proteinas totais, albumina, globulinas, amilase e DHL. 5. Bacterioscopia.   PREPARO DO […]

HEMATOCRITO

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,33 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas diferente das condições solicitadas e amostras com hemólise grau I, lipemia acentuada, presença […]

HEMATOZOARIOS PESQUISA

PALAVRAS CHAVE -Hematozoário   ATENDIMENTO -Em todas as unidades.   CONDIÇÃO                                                                                                                                                                             -Sangue capilar. 3 esfregaços estendidos e gotas espessas.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 1 tubo de EDTA, com 3 esfregaços estendidos e gotas espessas -Anotar a temperatura do cliente. Colher amostra da polpa digital mediante punção com lanceta descartável e confeccionar tres esfregaços e […]

HTLV1 PCR QUALITATIVO

Material Sangue [S]   Condições Sangue total (EDTA).   Coleta Coletar e enviar em frasco estéril. Não abrir o tubo.   Conservação Apoio Até 72 horas refrigerado entre 2 e 10 ºC. Não congelar.   Volume Mínimo 5,0 mL.   Volume Recomendável 5,0 mL.   Critérios de Rejeição Amostra com microcoágulos. Amostra com hemólise. Amostra […]

ELASTASE PANCREATICA FECAL

Material Fezes [F]   Palavras Chave Elastase pancreatica 1 fecal.   Instruções Antes de coletar as fezes, se necessário, urinar no vaso sanitário para evitar a contaminação do material. Em casos de crianças utilizar coletor, se necessário. Não usar, laxantes ou supositório. Defecar em vasilhame limpo e seco. Retirar frações de fezes em diferentes partes […]

TESTE GENETICO DE INTOLERÂNCIA A LACTOSE

LACTG – TESTE GENÉTICO DE INTOLERÂNCIA A LACTOSE     MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (rolha roxa) ou Tubo estéril com Swab bucal.   VOLUME MÍNIMO Sangue total: 3mL; Swab oral: 1mL   MÉTODO PCR EM TEMPO REAL GENES ANALISADOS MCM6   SANGUE TOTAL INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta Sangue total LACTG: […]

GORDURA FECAL F72H

PALAVRAS CHAVE               Este exame o paciente tem que seguir a dieta citada abaixo Dosagem de gordura fecal         Entregar para o paciente o coletor que usa para biopsia   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   AMOSTRA Fezes de 72 horas.   INSTRUÇÕES PARA COLETA Instruções – Antes de coletar as fezes, se necessário, urinar […]

FUNGOS CULTURA DIVERSOS

MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Conforme especificações de cada região de coleta. As amostras devem vir obrigatoriamente com a região de coleta informada e frasco vedado para que não haja vazamento.   VOLUME MÍNIMO Variável   MÉTODO CULTURA ESPECÍFICA     INSTRUÇÕES DE PREPARO: Para lesões descamativas deve-se suspender um dia antes da coleta […]

FUNGOS PESQUISA DIVERSOS

MATERIAL DIVERSOS   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril ou lâminas. Meio de transporte Stuart, Amies (com ou sem carvão), somente em casos de secreções. Amostras devem vir em frasco estéril com identificação do paciente, região de coleta informada, frasco bem fechado para que não tenha vazamentos e sem conservantes.   VOLUME MÍNIMO Não aplicável   […]

VITAMINA B5

MATERIAL SANGUE TOTAL PROTEGIDO DA LUZ   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA EFICIÊNCIA – HPLC   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum obrigatório de 8 horas. Enviar amostra única para a realização deste exame. INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta VITB5: Realizar coleta utilizando material […]

IGFBP-3, PROTEINA LIGADORA-3 DO IGF

Material Sangue [S]   Palavras Chave Insulin like growth factor-binding protein-3 Proteina ligadora 3 do IGF IGFBP3   Jejum Desejável de 4 horas.   Outros Laboratórios É obrigatório informar o sexo do paciente. Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 mL.   Volume Recomendável 0,5 mL.     Critérios de Rejeição Amostra com hemólise acentuada. Amostra […]

ANTI-COLAGENO TIPO II

PALAVRAS CHAVE -Anticorpo anti colageno tipo II – Colageno tipo II anticorpo -Anti colageno tipo II   CONDIÇÕES – Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL – Colher 5,0 mL de sangue em tudo gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM – Jejum não obrigatório. COMENTÁRIOS -A presença de altos níveis de anticorpos anti-colágeno do tipo II […]

GAMA-GT, GAMA-GLUTAMIL TRANSFERASE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

GASTRINA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Hormonio gastrointestinal Instruções Antes da coleta, o cliente deverá suspender o uso de medicamentos inibidores da bomba protoiônica (omeprazol e correlatos) por um período mínimo de 7 dias e desejável de 14 dias ou conforme orientação médica. Medicamentos bloqueadores H2 (cimetidina, ranitidina e correlatos) devem ser suspensos por um […]

POTASSIO URINA AMOSTRA ISOLADA

AMOSTRA Urina. 20 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher a urina diretamente no frasco fornecido pelo laboratório. Manter refrigerada.   MÉTODO Eletrodo íon seletivo.   VALORES REFERENCIAIS 25 – 125 mmol⁄L   INTERPRETAÇÃO O potássio é o principal cátion intracelular, com concentração […]

GLICEMIA DE JEJUM

Material Sangue [S]   Palavras Chave glicose em jejum glicose   Jejum Jejum obrigatório de 8 a 14 horas ou conforme orientação médica. Em caso de crianças, seguir orientação médica. Se jejum superior a 14 horas, não realizar a coleta e orientar paciente a retornar em um outro dia com jejum adequado. Caso cliente insista […]

CLONAZEPAM

CLONAZEPAM (RIVOTRIL) SINÔNIMOS: CLONOTRIL, NAVOTRAX   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo desmineralizado   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA⁄ESPECTROMETRIA DE MASSAS EM TANDEM (LC-MS⁄MS)   INSTRUÇÕES DE PREPARO Outros: Recomenda-se que a coleta de amostras para a monitorização de fármacos seja realizada antes da tomada da dose.   INSTRUÇÕES DE COLETA […]

HGH BASAL E POS EXERCICIO

PALAVRAS CHAVE -HGH -Hormônio Somatotrófico -GH   ATENDIMENTO -Em todas as unidades.Restrições de alguns convênios.   CONDIÇÃO -Soro. 5,0 ml para cada tempo da prova.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum de 8 horas.   COLETA Estímulo: Exercício físico Duração: […]

GLICEMIA POS-PRANDIAL

                                             NAO FUMAR ANTES DA COLETA DE SANGUE. MATERIAL Plasma fluoreto   MEIO(S) DE COLETA Tubo tampa  cinza   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO O termo pós-prandial, para a glicemia, designa a coleta de glicemia realizada após uma refeição. Essa refeição é definida pelo médico assistente. Quando não definida, o laboratório sugere […]

PUNCAO BIOPSIA ASPIRATIVA CUTANEA

AMOSTRA Aspirado de tecido. 1 ou mais esfregaços.   ATENDIMENTO Apenas na unidade Vila Brasilia mediante agendamento prévio pelo telefone 4004-8860. A coleta é realizada por um médico de nossa equipe. O paciente ou seu responsável legal deve assinar o TÊRMO DE CONSENTIMENTO INFORMADO após as explicações do médico que vai realizar o procedimento. Nota: […]

PUNCAO BIOPSIA ASPIRATIVA SUPERFICIAL

AMOSTRA Aspirado de tecido. 1 ou mais esfregaços.   ATENDIMENTO Apenas na unidade Vila Brasilia mediante agendamento prévio pelo telefone 4004-8860. A coleta é realizada por um médico de nossa equipe. O paciente ou seu responsável legal deve assinar o TÊRMO DE CONSENTIMENTO INFORMADO após as explicações do médico que vai realizar o procedimento. Nota: […]

GLICOSE UAI

PALAVRAS CHAVE -Glicosúria dosagem   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Restrições de convênios   CONDIÇÕES – Urina recente.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 10 ml de urina em frasco estéril fornecido pelo laboratório   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório   INSTRUÇÕES – Colher preferencialmente no laboratório a 1ª urina da manhã ou com intervalo de […]

GLICOSE U24H

PALAVRAS CHAVE -Glicosúria dosagem   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Urina de 24 horas   COLETA -Ao acordar pela manhã esvaziar totalmente a bexiga desprezando esta urina. Marcar a hora. A partir deste momento, recolher toda a urina eliminada do período da manhã, tarde e noite, inclusive a primeira da manhã […]

G6PD, GLICOSE 6 FOSFATO DESIDROGENASE

G6PDS – GLICOSE-6 FOSFATO DESIDROGENASE G6PD- SANGUE TOTAL   SINÔNIMOS: GLICOSE 6 FOSFATO DEHIDROGENASE EM SANGUE TOTAL   MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO ENZIMÁTICO  COLORIMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Não é necessário jejum.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta G6PDS: Realizar a […]

HEMOGLOBINA GLICADA – HbA1c

PALAVRAS CHAVE -HbA1c -Hemoglobina Glicada -Hemoglobina Glicosilada -HB Glicosilada   CONDIÇÃO -Sangue EDTA .   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante EDTA, rolha (roxa).   TEMPO DE JEJUM -Jejum desejável de 4h.   COMENTÁRIOS -A dosagem de Hb A1c deve ser utitilizada tanto para o monitoramento de pacientes […]

KAPPA CADEIA LEVE, U24H

Material Urina de 24 horas [U-24]   Palavras Chave Cadeias leves Instruções O exame é realizado na amostra de urina 24h. Utilizar o frasco sem conservante fornecido pelo laboratório para coleta de urina 24h. Refrigerar desde o início da coleta. Ao acordar esvaziar a bexiga, jogando fora a urina (não armazenar no frasco da coleta). […]

IGA SALIVA

Material Saliva [SAL]   Palavras Chave IgA Salivar IgA Secretoria IgA Secretora Instruções Saliva in natura: Não colher logo após alimentação. Colher 1,0 mL de saliva por aspiração, usando uma seringa descartável (sem agulha) nos casos de crianças ou pacientes incapacitados, ou simplesmente deixar a boca acumular saliva, eliminando-a no frasco de coleta. O uso […]

FENOBARBITAL

FENB – FENOBARBITAL SINÔNIMOS:  GARDENAL, GRATUSMINAL, MALIASIN, PROVAGO, VAGALUM, GAMIBETAL   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Desmineralizado   VOLUME MÍNIMO 1,05 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.     INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta Coletar  antes de uma das tomadas do medicamento (2 horas antes) ou conforme […]

FENOL UFJT

FENU – FENOL URINÁRIO FINAL DE JORNADA DE TRABALHO SINÔNIMOS: ÁCIDO FÊNICO, ÁCIDO CARBÓLICO, HIDROXIBENZENO,  HIDRÓXIDO DE FENILA   MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 10 mL   MÉTODO CROMATOGRAFIA GASOSA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo Bebidas Alcoólicas: Evitar o consumo de bebidas alcoólicas. Dieta: […]

PARVOVIRUS B19 IGM

PB19M – PARVOVÍRUS – ANTICORPOS IGM   SINÔNIMOS: ERITROVÍRUS HUMANO (PARVOVÍRUS) B19 IGM   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1,0 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter […]

FERRITINA

PALAVRAS CHAVE -Não aplicável     CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher  5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum desejável de 4 horas.   COMENTÁRIOS -O teste de ferritina é utilizado no diagnóstico e seguimento de anemias ferroprivas e hemocromatose. A dosagem de ferritina […]

FERRO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum desejavel de 4 horas   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido […]

FIBRINOGENIO

PALAVRAS CHAVE -FATOR I -FATOR I DA COAGULAÇÃO   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Plasma de citrato.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante citrato, rolha (azul). -A coleta deverá ser realizada com o mínimo de trauma possível, preferencialmente, não utilizar garrote. A amostra […]

POLIOMA VIRUS PESQUISA CITOLOGICA

AMOSTRA Urina amostra isolada.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Colher amostra de urina em frasco estéril. Enviar imediatamente ao laboratório.   MÉTODO Exame microscópico de preparações coradas pelo Papanicolaou.   INTERPRETAÇÃO Laudo descritivo e interpretativo.

FOSFATASE ACIDA PROSTATICA

Material Sangue [S]   Palavras Chave PAP Fosfatase ácida tártarato sensível FAP ACP Instruções Aguardar 48 horas caso tenha realizado exame de toque retal Aguardar 48 horas caso tenha praticado relação sexual ou ejaculação. Em caso de dúvidas consultar o seu médico.   Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios – Este exame não pode ser […]

FOSFATASE ACIDA TOTAL

Material Sangue [S]   Palavras Chave Fosfatase acida total   Jejum Não é necessário. Outros Laboratórios – Este exame não pode ser incluído em amostras que já tenham sido manipuladas internamente na área técnica, pois sofrem degradação após abertas.   Condições Soro. Coleta Apoio – Após a centrifugação, transferir o soro para tubo de transporte […]

FOSFATASE ALCALINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

FOSFORO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

FOSFOLIPIDES

FOSFOLÍPIDES   Instruções Interromper 48 horas antes da coleta ou conforme orientação médica: Antiácidos, vitamina D, heparina, tetraciclina, meticilina, insulina e eter Anestésico.   Jejum Mínimo de 12 horas ou conforme orientação médica   Material Sangue   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,5 mL.   Comentários Os fosfolípides são indispensáveis ao metabolismo intermediário das lipoproteínas […]

FOSFORO U24H

PALAVRAS CHAVE -Fosforo 24 H   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Urina de 24 horas com HCL   VOLUME RECOMENDÁVEL -Todo volume da diurese em frasco estéril fornecido pelo laboratório   COLETA -Ao acordar pela manhã esvaziar totalmente a bexiga desprezando esta urina. Marcar a hora. A partir deste momento, recolher […]

IMUNOELETROFORESE URINARIA

IMU24 – IMUNOFIXAÇÃO DE PROTEÍNAS EM URINA DE 24 HORAS   SINÔNIMOS: IMUNOELETROFORESE DE PROTEÍNAS, PROTEÍNA MONOCLONAL, PROTEINA M   MATERIAL URINA 24 HORAS   MÉTODO ELETROFORESE EM GEL DE AGAROSE E IMUNOFIXAÇÃO   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta IMU24: Desprezar a primeira miccção da manhã, anotar o horário de início, a partir da próxima miccção, […]

FRUTOSAMINA

PALAVRAS CHAVE -Albumina glicosilada -Proteina glicosilada total   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum obrigatório de 8 horas   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar entre 2° a 8°C   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO […]

PORFOBILINOGENIO PESQUISA

Material Urina   Palavras Chave PBG Instruções Utilizar frasco protegido da luz (âmbar). O material deve ser colhido preferencialmente no laboratório. Colher a primeira urina da manhã ou após retenção urinária de 4 horas. Lavar as mãos com água e sabão. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de […]

FTA-ABS IGG

Material Sangue   Palavras Chave Antigenos Treponemicos FTA-ABS IgG FTA ABS IgG Sifilis Treponema IgG qualitativo   Jejum Não é necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,2 ml.   Volume Recomendável 0,5 ml.   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana.   Comentários A sífilis é uma infecção de caráter sistêmico causada pela bactéria Treponema pallidum […]

FUNCAO HEPATICA PROVA

PALAVRAS CHAVE -Perfil hepático -Hepatograma   ATENDIMENTO   -Este exame é um perfil composto pelos seguintes testes:  Fosfatase alcalina, Gama-GT, TGO, TGP,Bilirrubinas e Eletroforese de proteínas séricas.   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum desejável de 4 […]

FUNÇÃO TIREOIDIANA PROVA

PALAVRAS CHAVE -Função tireoidiana   -Este exame é um perfil composto pelos seguintes testes: T3, T4 e TSH.   CONDIÇÃO -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo sem anticoagulante rolha (amarela)   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS -O hormônio Tireoestimulante (TSH) é uma glicoproteína secretado pela […]

ACIDO BETA HIDROXIBUTIRICO

Material Sangue   Palavras Chave Ácido beta hidroxibutírico Corpo cetônico I Jejum Não necessário.   – Este exame é um dos corpos cetônicos, mas não substitui o exame CETONEMIA. Não realizamos cetonemia. – Realizar este exame somente quando houver a solicitação específica de BETA HIDROXIBUTIRATO.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,7 mL.   Volume […]

ESTRONA, E1

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, […]

ETOSUXIMIDA

Material Sangue [S]   Palavras Chave Etossuximida Succinimida Zarontim   Instruções Para a realização deste teste, o cliente deve estar com a dosagem estável da medicação há pelo menos 15 dias. O indivíduo precisa manter, obrigatoriamente, o horário usual de tomar o medicamento e fazer a coleta da amostra até uma hora antes desse momento […]

FALCIZACAO DE HEMACIAS

PALAVRAS CHAVE -Drepanócitos -Teste de afoiçamento -Hemácias falciformes   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Sangue total   COLETA -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante EDTA, rolha (roxa).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar de 2° a 8°C   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -O […]

FATOR DU

PALAVRAS CHAVE -Pesquisa de Du -Fator Rh   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Sangue.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante EDTA, rolha (roxa).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar entre 2° a 8°C   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -Os antígenos […]

FATOR II ATIVIDADE

MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,3 mL   MÉTODO COAGULOMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: A coleta deverá ser realizada com o mínimo de trauma possível, preferencialmente não utilizar garrote. A amostra deverá ser imediatamente transferida […]

FATOR IX ATIVIDADE

MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,3 mL   MÉTODO COAGULOMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: A coleta deverá ser realizada com o mínimo de trauma possível, preferencialmente não utilizar garrote. A amostra deverá ser imediatamente transferida […]

PORFIRINAS TOTAIS PESQUISA FEZES

CF – COPROPORFIRINA – FEZES   MATERIAL FEZES PROTEGIDA DA LUZ   MEIO(S) DE COLETA Frasco coletor de fezes sem conservante protegido da luz   VOLUME MÍNIMO 5 gramas   MÉTODO FLUORESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Necessário envio de fezes frescas recém eliminadas coletadas em frasco coletor âmbar limpo, seco e sem aditivos. INSTRUÇÕES DE […]

CHLAMYDIA TRACHOMATIS IFI IGA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO IMUNOFLUORESCÊNCIA INDIRETA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em […]

FATOR RH

PALAVRAS CHAVE -Fator RH   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Sangue.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante EDTA, rolha (roxa).   PREPARO DO PACIENTE -Jejum não obrigatório.   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar entre 2° a 8°C   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -Os antígenos eritrocitários são geneticamente […]

FATOR V ATIVIDADE

PALAVRAS CHAVE -Fator 5 da coagulação   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÃO -Plasma.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com anticoagulante citrato, rolha (azul).   TEMPO DE JEJUM -Jejum desejável de 4 horas.   COLETA -A coleta deverá ser realizada com o mínimo de trauma […]

PORFIRINAS NA URINA DE 24 HORAS

Material Urina 24 horas [U-24]     COM CONSERVANTE BICARBONATO DE SODIO   Palavras Chave Uroporfirina na urina Coproporfirinas na urina Heptaporfirinas na urina Hexaporfirinas na urina Pentaporfirinas na urina Porfirinas na urina Porfirinas urinárias Instruções O exame é realizado na amostra de urina 24h. Utilizar o frasco protegido da luz e com conservante fornecido pelo laboratório […]

FATOR VIII ATIVIDADE

FAT8 – FATOR VIII SINÔNIMOS: FATOR ANTI HEMOFÍLICO, FATOR VIII FUNCIONAL, HEMOFILIA A   MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,3 mL   MÉTODO COAGULOMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: A coleta deverá ser realizada com o […]

DIAZEPAM

Material Sangue   Palavras Chave Benzodiazepinicos Diazepam Nordiazepam Dualid Valium   Instruções A coleta deve ser realizada imediatamente antes da administração da próxima dose ou conforme orientação médica. No momento do cadastro informar os medicamentos em uso.   Jejum Não necessário ou conforme orientação médica.   Condições Soro. Coleta Apoio – Coletar em tubo seco […]

FATOR XI ATIVIDADE

FAT11 – FATOR XI SINÔNIMOS: ANTECEDENTE DA TROMBOPLASTINA PLASMÁTICA, Fator 11   MATERIAL PLASMA CITRATADO CONGELADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,3 mL   MÉTODO COAGULOMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: A coleta deverá ser realizada com o mínimo […]

FATOR XII ATIVIDADE

FAT12 – FATOR XII SINÔNIMOS:  FATOR DE HAGEMAN, Fator 12   MATERIAL PLASMA CITRATADO CONGELADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,3 mL   MÉTODO COAGULOMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: A coleta deverá ser realizada com o mínimo de […]

FATOR XIII QUALITATIVO

FAT13 – FATOR XIII DA COAGULAÇÃO SINÔNIMOS: FXIII E FATOR 13, FATOR XIII FUNCIONAL, FATOR ESTABILIZADOR DE FIBRINA   MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 3 mL   MÉTODO TÉCNICA COAGULOMÉTRICA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo: Jejum: Jejum de 8 horas. Outros: Enviar amostra única para a […]

FATOR X ATIVIDADE

FAT10 – FATOR X SINÔNIMOS:  FATOR DE STUART-PROWER, PROTROMBINASE, FATOR 10     MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,3 mL   MÉTODO COAGULOMÉTRICO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: A coleta deverá ser realizada com o mínimo […]

FENILCETONURIA PESQUISA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico.   VOLUME MÍNIMO 5 mL   MÉTODO REAÇÃO CLORETO FÉRRICO   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta Urina Isolada: Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a última micção. Desprezar o primeiro jato de urina e […]

FENITOINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo desmineralizado   VOLUME MÍNIMO 1,05 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Aconselhável de 4 horas.   Medicação: Realizar coleta antes de uma das tomadas do medicamento (2 horas antes) ou conforme orientação médica.   INSTRUÇÕES DE COLETA Coleta Tubo desmineralizado Realizar coleta utilizando tubo seco. […]

EPSTEIN BARR VIRUS ANTICORPOS ANTI-VCA EIE IGM

PALAVRAS CHAVE -Mononucleose Infecciosa   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório     COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -O vírus Epstein Barr (EBV) é o principal agente da Mononucleose Infecciosa […]

FTA-ABS IGM

Material Sangue   Palavras Chave FTA ABS IgM FTA-ABS IgM Sifilis Treponema IgM   Jejum Não é necessário.   Condições Soro   Volume Mínimo 1,0 mL.   Volume Recomendável 1,0 mL.   Critérios de Rejeição Hemólise acentuada. Lipemia acentuada . Contaminação microbiana.   Comentários A sífilis é uma infecção de caráter sistêmico causada pela bactéria […]

ELETROFORESE DE HEMOGLOBINAS

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 2,5 mL   MÉTODO ELETROFORESE POR CAPILARIDADE   INSTRUÇÕES DE COLETA Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente.   INTERPRETAÇÃO A eletroforese de hemoglobinas é importante no diagnóstico diferencial de anemias e […]

ELETROFORESE DE LIPOPROTEINAS

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1mL   MÉTODO ELETROFORESE   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum obrigatório de 12 a 14 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura […]

ELETROFORESE DE PROTEINAS URINARIAS

SINÔNIMOS: ELETROFORESE DE PROTEÍNAS URINÁRIAS   MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA   MEIO(S) DE COLETA Meio alternativo: tubo cônico   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO ELETROFORESE EM AGAROSE   INSTRUÇÕES DE COLETA Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou com intervalo mínimo de 4 horas após a última miccção. Desprezar o […]

ENOLASE NEURONAL ESPECIFICA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. Medicação: As amostras não devem ser colhidas em pacientes em uso de biotina. Recomenda-se a suspensão do uso por, no mínimo, 48 horas antes da coleta da amostra.   INSTRUÇÕES […]

EOSINOFILOS, PESQUISA, FEZES

MATERIAL FEZES   MEIO(S) DE COLETA Frasco coletor de fezes sem aditivos   VOLUME MÍNIMO 5 gramas   MÉTODO MICROSCOPIA – COLORAÇÃO DE MAY-GRUNWALD E GIEMSA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Usar laxativos somente quando houver orientação médica. Evitar o uso de antiácidos e de contraste oral (utilizado em exames radiológicos) no mínimo 72 horas […]

ERITROGRAMA

MATERIAL SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Tubo com EDTA (roxo)   VOLUME MÍNIMO 1,33 mL   INSTRUÇÕES DE COLETA – Análise citomorfológica: Sangue total em EDTA : Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame , homogeneizar e acondicionar corretamente.   INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO Amostras recebidas diferente das condições solicitadas […]

ERROS INATOS DO METABOLISMO PESQUISA

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA  E PROTEGIDA DA LUZ   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril sem conservantes protegido da luz   VOLUME MÍNIMO 30  mL   MÉTODO TESTE COLORIMÉTRICO E CROMATOGRAFIA EM CAMADA DELGADA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Necessário informar medicamentos em uso. Jejum: Não é necessário jejum ou cuidados especiais.   INSTRUÇÕES DE COLETA […]

ESTRADIOL, E2

PALAVRAS CHAVE -E2   Anotar medicamentos em uso e data da última menstruação e idade gestacional (quando pertinente).   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS -O 17-beta estradiol é o estrogênio mais ativo […]

ESTRIOL, E3

ESTRI – ESTRIOL LIVRE   SINÔNIMOS: ESTRIOL NÃO CONJUGADO   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso […]

AMINOACIDOS CROMATOGRAFIA QUANTITATIVA U

MATERIAL URINA AMOSTRA ISOLADA  E PROTEGIDA DA LUZ   MEIO(S) DE COLETA Frasco estéril sem conservantes protegido da luz   VOLUME MÍNIMO 3 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Medicação: Evitar o uso de medicamentos ou conforme orientação médica.   INSTRUÇÕES DE COLETA Urina Isolada: Coletar em frasco apropriado preferencialmente a primeira urina da manhã ou […]

DHT, DEHIDROTESTOSTERONA

DHT – DI-HIDROTESTOSTERONA – DHT SINÔNIMOS SINÔNIMOS: 5-ALFA-DIHIDROTESTOSTERONA, DEHIDROTESTOSTERONA, DIHIDROTESTOSTERONA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo […]

DHL, DESIDROGENASE LATICA

PALAVRAS CHAVE -DHL   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum desejável de 4 horas   CONSERVAÇÃO TRIAGEM -Transportar refrigerado entre 2° a 8° C   COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -É uma […]

PROTEINA S LIVRE

PTSL – PROTEÍNA S LIVRE   MATERIAL PLASMA CITRATADO   MEIO(S) DE COLETA Tubo com citrato (azul)   VOLUME MÍNIMO 1,2 mL   MÉTODO TURBIDIMETRIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Coagulação: A coleta deverá ser realizada com o mínimo de trauma possível, preferencialmente não utilizar garrote. A […]

DHEA, DEHIDROEPIANDROSTERONA

DHEA – DEHIDROEPIANDROSTERONA – DHEA SINÔNIMOS: DEHIDROISOANDROSTERONA, DESIDROEPIANDROSTERONA   MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO ENZIMAIMUNOENSAIO   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. Medicação: Informar o uso de medicamentos, principalmente corticosteróide.   INSTRUÇÕES DE COLETA   Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente após […]

FAN HEP-2 IFI

Material Sangue [S]   Palavras Chave FAN Anticorpos anti nucleares, Anticorpos anti-nucleares Hepatite auto imune Anticorpo anti nucleo ANA hep-2 FAN Padrao e Titulo   Jejum Não necessário.   Condições Soro.   Volume Mínimo 0,3 ml   Volume Recomendável 0,6 ml   Critérios de Rejeição Contaminação microbiana. Hemólise excessiva. Lipemia excessiva. Amostra inativada pelo calor. […]

DIGOXINA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 1 mL   MÉTODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. Medicação: As amostras de sangue devem ser colhidas 6-8 horas após a dose diária ou imediatamente antes da dose seguinte programada.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: […]

DISMORFISMO ERITROCITARIO

PALAVRAS CHAVE                                                                                                                                                 -Morfologia das hemácias Microhematúria Acantócitos Codócitos                                                                                                                                                                                          ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições. -Chamar boy de urgência imediatamente para buscar a amostra e enviar diretamente para triagem -COLETA REALIZADA DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA ATE AS 10:00 hs   CONDIÇÃO -Urina  recente                                                        VOLUME RECOMENDÁVEL                                                            -Colher 20 ml […]

EPSTEIN BARR VIRUS ANTICORPOS ANTI-VCA EIE IGG

PALAVRAS CHAVE -Mononucleose Infecciosa   ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES -Soro.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório     COMENTÁRIOS PRODUÇÃO -O vírus Epstein Barr (EBV) é o principal agente da Mononucleose Infecciosa […]

CRIOAGLUTININAS PESQUISA

CRAGL – CRIOAGLUTININAS – PESQUISA   SINÔNIMOS: CRIOHEMOLISINA, AUTO-AGLUTININA   EXAME COLHIDO SOMENTE NA CLINICA CITOCENTE.   MATERIAL SORO E SANGUE TOTAL   MEIO(S) DE COLETA Soro: Tubo seco (desmineralizado) Sangue Total: Tubo com EDTA (roxo).   VOLUME MÍNIMO 2 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. Lactantes: coletar no intervalo […]

CRIOGLOBULINAS PESQUISA

PLAVRAS CHAVE -Não aplicável                                                   A COLETA DESSE EXAME SO É REALIZADA NA CLINICA                                                                                         CITOCENTER , DEVIDO A PARTICULARIDADE DO EXAME PÓS                                                                          COLETA ATENDIMENTO -Em todas as unidades. Sem restrições.   CONDIÇÕES -Soro.   INSTRUÇÕES DE COLETA CRIO: Soro: Tubo seco: Coletar o sangue em seringas ou tubos pré-aquecidos a 37°C. Retirar o material […]

CRISTAIS PESQUISA LIQUIDO SINOVIAL

AMOSTRA Líquido sinovial colhido. 1,0 ml.   ATENDIMENTO Em todas as unidades. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório. Anotar medicamentos em uso.   INSTRUÇÕES PARA COLETA A coleta é realizada pelo médico assistente por meio de punção articular com seringa estéril. Enviar a amostra na própria seringa ou transferir para frasco estéril. […]

CROMATINA X, PESQUISA MUCOSA ORAL

AMOSTRA Raspado da mucosa oral.   ATENDIMENTO Somente na Unidade Vila Brasilia. Sem restrições.   PREPARO DO PACIENTE Jejum não obrigatório.   COLETA Raspado da mucosa oral em lâmina de microscopia. Após a coleta o paciente deverá aguardar a avaliação do material, pela seção de citologia, para sua posterior liberação. Ver detalhes no manual de […]

CROMO UFJT

MATERIAL URINA FINAL DA JORNADA DE TRABALHO   MEIO(S) DE COLETA Tubo cônico   VOLUME MÍNIMO 4 mL   MÉTODO ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP⁄MS   INSTRUÇÕES DE PREPARO Preparo: Dieta: Evitar a ingestão de alimentos que podem elevar os níveis de cromo: Carnes, frango e frutos do mar, ovos, Leite […]

DENSIDADE

PALAVRAS CHAVE -Não aplicável   CONDIÇÕES -Urina.   VOLUME RECOMENDÁVEL -Colher 10 ml de urina diretamente no frasco fornecido pelo laboratório. Usar coletores apropriados em lactentes.   TEMPO DE JEJUM -Jejum não obrigatório.   COMENTÁRIOS -A prova de densidade possibilita ver o estado de hidratação do paciente, bem como a incapacidade de concentração pelos túbulos […]

CREATINAFOSFOQUINASE, CK-MB

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para […]

CREATINAFOSFOQUINASE

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. Medicação: Suspender medicamentos (à critério médico) a base de anfotericina b, captopril e propanolol.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo seco: Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração […]

CREATININA

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)   VOLUME MÍNIMO 0,55 mL   INSTRUÇÕES DE PREPARO Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas. Medicação: Devem ser suspensos medicamentos (à critério médico) a base de ácido ascórbico, cefoxitina, cefalotina, frutose, glicose, levodopa, metildopa, nitrofurantoína e piruvato.   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo […]

C5 COMPLEMENTO

MATERIAL SORO   MEIO(S) DE COLETA Gel separador   VOLUME MÍNIMO 2 mL   MÉTODO NEFELOMETRIA   INSTRUÇÕES DE COLETA Tubo com gel separador: Homogeneizar imediatamente ap&oac