Laboratório Citocenter

Exames

IMUNOELETROFORESE SERICA

MATERIAL
SORO
 
MEIO(S) DE COLETA
Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)
 

VOLUME MÍNIMO
1,0 mL
 
INSTRUÇÕES DE PREPARO
Jejum: Jejum obrigatório de 8 horas.
NSTRUÇÕES DE COLETA
Tubo seco:
Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame.
Tubo com gel separador:
Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após este período, centrifugar a amostra para obtenção do soro (sobrenadante) e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame.
 
INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO
Amostras recebidas diferente das condições solicitadas .
 
INTERPRETAÇÃO
Técnica utilizada para determinar qual tipo de imunoglobulina (Ig) monoclonal os plasmócitos estão secretando. Esse exame é sensível e deve ser solicitado quando houver pico monoclonal nas gamaglobulinas na eletroforese de proteínas, para determinar a responsável por esse aumento. Em gamopatias monoclonais, como no Mieloma Múltiplo, os plasmócitos podem produzir altas concentrações de um único anticorpo monoclonal. Essas imunoglobulinas monoclonais podem ser fragmentos, polímeros ou monômeros.
A determinação de qual isotipo está sendo secretado em altas concentrações é muito importante como marcador tumoral para acompanhamento da evolução da doença e resposta ao tratamento, e auxilia no diagnóstico de paraproteinemias como doenças proliferativas e macroglobulinemias. Neste processo também é possível avaliar quantitativamente as concentrações de IgG, IgM, IgA, Kappa e Lambda.
 

Sinonímia

IEESORO ; IMUNOELETROFORESE SERICA ; IMUNOELETROFORESE DE PROTEÍNAS SÉRICAS ; ELETROFORESE DE IMUNOGLOBULINA

Informações Adicionais

Prazo de Entrega

8 Dias

Matarial