Laboratório Citocenter

Exames

CAPACIDADE DE FIXACAO DO FERRO

PALAVRAS CHAVE
-Capacidade Total de Fixação do Ferro
-Capacidade Ferropéxica T otal
-Capacidade Total de Ligação do Ferro
-CTCF
 
ATENDIMENTO
-Em todas as unidades. Sem restrições.
 
CONDIÇÕES
-Soro.
 
COLETA
-Colher 5,0 ml de sangue em tubo a vácuo com gel separador, rolha (amarela).
 
TEMPO DE JEJUM
-Jejum não obrigatório
 
CONSERVAÇÃO TRIAGEM
-Transportar de 2° a 8°C
 
COMENTÁRIOS PRODUÇÃO
-O teor de transferrina é tradicionalmente mensurado como a capacidade
da transferrina. Normalmente, 1⁄3 dos sítios de ligação da transferrina estão ocupados pelo ferro. Assim, a transferrina tem uma considerável capacidade latente de ligação ao ferro, a chamada Capacidade de Combinação Latente ou Livre do Ferro. A quantidade máxima de ferro que pode se ligar a transferrina é a Capacidade Total de Combinação do Ferro (CTCF). Encontra-se elevada na anemia ferropriva, no uso de anticoncepcionais e gravidez.
Valores normais ou baixos sao encontrados nas anemias de doenças crônicas, sideroblásticas, hemolíticas,hemocromatose, desnutrição, estados inflamatórios e neoplasias.
-A CTCF aumenta ao mesmo tempo que a queda do ferro sérico na anemia ferropriva, podendo, as vezes, precede-lo. cerca de 30% a 40% dos pacientes com anemia ferropriva crônica tem CTCF normal.
-A ferritina e mais sensível que a capacidade de combinação do ferro para avaliação da falta ou excesso de ferro. Atualmente, imunoensaios podem determinar diretamente a transferrina, havendo boa correlação entre os níveis de transferrina e a CTCF.
 
METODOLOGIA
-Colorimétrico
 
ROTINA
-Considerar de segunda a sexta-feira.
 
 

Sinonímia

CAFIFE ; CAPACIDADE DE COMBINAÇÃO DO FERRO ; CAPACIDADE DE FIXACAO DO FERRO ; CAPACIDADE DE LIGAÇÃO DO FERRO

Informações Adicionais

Prazo de Entrega

4 Dias

Matarial