Laboratório Citocenter

Exames

CALPROTECTINA FECAL

Material
Fezes                   Coletar em frasco limpo e seco (sem líquido conservante)                      
 
Palavras Chave
Calprotectina fecal
 
Instruções
Antes de coletar as fezes, se necessário, urinar no vaso sanitário para evitar a contaminação do material. Em casos de crianças o coletor pode ser utilizado.
Evitar o uso de antiácidos, laxantes, supositório e contraste oral (utilizado em exames radiológicos) no mínimo 3 dias antes da coleta das fezes ou conforme orientação médica.
Coletar em frasco limpo e seco (sem líquido conservante) fornecido pelo laboratório ou adquirido em farmácias (frasco coletor universal).
Retirar frações de fezes em diferentes partes do bolo fecal (início, meio e fim), de modo que complete pelo menos meio frasco.
Conservação e prazo para envio: após a coleta refrigerar a amostra imediatamente e transportar ao laboratório o mais rapidamente possível. Refrigerar por no máximo 1 dia.
Em casos de coleta DOMICILIAR o frasco para a realização do exame deve ser retirado pelo cliente ou responsável em uma de nossas lojas ou adquirido em farmácias. O material deverá ser entregue ao colhedor no momento do atendimento domiciliar. Se não for possível, o cliente ou responsável deverá entregar o material posteriormente, em uma de nossas unidades.
 
Jejum
Não é necessário.
 
Condições
Fezes.
 

Volume Mínimo
Aproximadamente 1⁄3 do frasco de fezes.
 
Volume Recomendável
– Aproximadamente metade do frasco de fezes .
 
Critérios de Rejeição
Fezes coletadas há mais de 6 dias.
Fezes não refrigeradas.
 
Comentários
A calprotectina é uma proteína encontrada nos grânulos citoplasmáticos dos neutrófilos. Concentrações elevadas de calprotectina nas fezes são observadas nas doenças inflamatórias intestinais (DII), como Doença de Crohn e retocolite ulcerativa. Níveis elevados de calprotectina também são observados em doenças infecciosas e neoplásicas do intestino. Por sua vez, as doenças funcionais do intestino, como síndrome do intestino irritável (SII), cursam com níveis normais de calprotectina. A quantificação dos níveis de calprotectina nas fezes é um exame útil para diferenciar pacientes com DII de pacientes com SII. Pacientes com DII apresentam concentração significativamente elevada de calprotectina nas fezes, enquanto pacientes com SII apresentam concentrações normais. Resultados de caprotectina acima de 200 mcg⁄g de fezes indicam doença inflamatória intestinal em atividade e apontam a necessidade de realização de testes adicionais como colonoscopia. As concentrações de calprotectina nas fezes se correlacionam com a atividade da DII, sendo útil no acompanhamento dos pacientes, pois o teste é um bom preditor de recidivas.
 

Sinonímia

CALF ; CALPROTECTINA FECAL

Informações Adicionais

Prazo de Entrega

5 Dias

Matarial

Fezes Quantidade: 1 g