Laboratório Citocenter

Exames

PENFIGO ANTICORPOS

MATERIAL
SORO
 
MEIO(S) DE COLETA
Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)
 
VOLUME MÍNIMO
2 mL
 
INSTRUÇÕES DE COLETA
Tubo seco:
Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame.
Tubo com gel separador:
Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após este período, centrifugar a amostra para obtenção do soro (sobrenadante) e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame.
 
INSTRUÇÕES DE REJEIÇÃO
Amostras recebidas diferente das condições solicitadas e amostras com hemólise grau I.
INTERPRETAÇÃO
Este exame é utilizado para auxiliar no diagnóstico das diferentes formas clínicas de pênfigo.
Os pênfigos são doenças tratáveis relativamente raras caracterizados pela formação de bolhas na pele e, às vezes,  nas mucosas (boca, garganta, olhos, nariz e região genital de homens e mulheres). São consideradas doenças autoimunes, desencadeadas quando o sistema imunológico produz, anticorpos contra a substância intercelular da epiderme. Os anticorpos se ligam a essa substância e a danificam, deixando espaços entre as células. Assim, ocorre a passagem de líquido e formação de bolhas que se rompem após algum tempo e deixam feridas que demoram para fechar.
O pênfigo foliáceo endêmico ou "fogo selvagem" é de extrema importância no Brasil pois associa aspectos endêmicos à auto-imunidade, já que tem alta incidência no país, e com frequente distribuição familiar. Os anticorpos IGG podem ser detectados por imunofluorescência direta no soro.

Sinonímia

ANTI-EPITELIO HUMANO ; ANTICORPOS ANTI PELE-EPITELIO HUMANO ; EPITELIO HUMANO ANTICORPOS ; PENFIGO ; PENFIGO ANTICORPOS

Informações Adicionais

Prazo de Entrega

16 Dias

Matarial

Soro Quantidade: 1 ml

Em que podemos te ajudar?