Laboratório Citocenter

Exames

HPV, BAIXO E ALTO RISCO, CAPTURA HIBRIDA, DV

Material
Diversos [DIV]
 

Palavras Chave
Teste de Detecçao do DNA para HPV por Captura Hibrida
Captura Hibrida para DNA do HPV
Papiloma Virus Humano, Captura Hibrida
PAP DNA, Pesquisa de HPV
Captura hibrida de 2ª geraçao
HPV de alto e baixo risco
Instruções
Apresentar pedido médico.
Permanecer no mínimo 8 horas sem higiene local para coleta peniana, anal ou genitália externa feminina.
Se coleta uretral, permanecer 4 horas sem urinar.
Não estar menstruada.
Aguardar 48 horas após o término da menstruação para realizar a coleta.
Nas 72 horas que antecedem a coleta:
Não fazer exame digital (toque) ou assepsia endovaginal.
Manter abstinência sexual.
Não usar creme⁄óvulo vaginal, ducha ou realizar lavagem interna (endovaginal);
Não fazer ultrassom transvaginal ou colposcopia;
Não fazer peniscopia.
É recomendável aguardar 3 meses após cauterização ou tratamento para testar a eficácia do tratamento.Verificar sempre a orientação médica quanto ao tempo de espera e seguir essa orientação.
Caso não haja orientação, passar nossa recomendação e solicitar que se confirme com o médico assistente.
Não realizamos a coleta do material de biópsia, pois trata-se de um procedimento médico.
 

Jejum
Não é necessário.
Outros Laboratórios
– Solicitar kit Digene para coleta do material.
 
Condições
Raspado de lesões:
Raspado de região considerada suspeita: Colo uterino, vagina, vulva, região perineal, perianal, anal, uretral, pênis, glande, prepúcio, bolsa escrotal, cavidade oral, pele, biópsia (colo uterino, vulva, pênis, ânus, etc.).
Coleta Apoio
Utilizar o kit Digene (enviar a escova dentro do frasco).
A coleta de Captura Híbrida deve ser realizada utilizando-se, exclusivamente, a escova própria do Kit Digene.
A utilização de outras escovas, que não seja a fornecida pelo kit Digene, comprometem a qualidade do exame.
Descarregar o material no líquido conservante e enviar a escova dentro do kit.
Efetuar a coleta com leve atrito da escova na região que se quer estudar (colo uterino, vagina, vulva, região perineal, pênis, cavidade oral), preferencialmente nas áreas consideradas suspeitas.
Inserir a escova no tubete imediatamente após a coleta do material; quebrar a haste e fechar o tubete.
O líquido conservante não deve entrar em contato com a mucosa, pois o mesmo é irritante.
Se houver necessidade da coleta de citologia na mesma consulta, esta deve ser realizada em primeiro lugar.
Secreção uretral:
Se houver secreção abundante, usar swabs para retirar toda a secreção;
No caso de uretra masculina, introduzir o swab de 2 a 3 cm dentro do meato uretral, colhendo células epiteliais da uretra mediana, após fazer movimentos circulares.
Nos casos femininos, introduzir o swab de 1 a 2 cm.
Secreção endocervical:
Certificar-se de que a paciente não é virgem;
Com a escova cervical, obter amostra da endocervice;
Inserir a escova no canal endocervical até que as últimas cerdas estejam visíveis, girar lentamente 1⁄2 volta, em apenas uma direção.
Não gire a escova mais de uma volta completa, pois pode causar sangramento.
Não utilize em pacientes grávidas.
Retire o swab cuidadosamente, evitando qualquer contato com as paredes vaginais.
Amostras de swab cervical devem ser coletadas antes da aplicação do ácido acético e iodo, no exame colposcópico (aguardar mínimo de 3 dias para coleta).
Evitar contaminar a escova;
A presença de sangue (não menstrual) ou conteúdo vaginal supostamente infectado não traz qualquer alteração no resultado.
Caso seja solicitado uma coleta única de várias regiões, procurar obedecer a seguinte ordem de coleta: 1 – Colo, 2 – Vagina, 3 – Vulva. Utilizar a mesma escova (do kit) para as três regiões e descarregar o material somente no final da coleta.
Raspado de região anal:
Introduzir o swab na região anal por 2 a 3 cm, girar a haste várias vezes para retirar as células da parede anal;
Coleta de demais regiões consideradas suspeitas:
Na coleta de material da pele, essa deve ser umedecida com soro fisiológico e raspada com lâmina de bisturi.
Efetuar a coleta com leve atrito da escova na região que se quer estudar, inserir a escova no tubete imediatamente após a coleta do material; quebrar a haste e fechar o tubete.
Na presença de lesões planas ou vegetativas, é importante coletar nas bordas das lesões.
Em caso de biópsia, o material deve ser inserido no tubo utilizando a escova do kit, mas não é necessário o envio da escova no tubete.
A coleta do exame pode ser realizada utilizando o Kit ThinPrep Pap Test, BD SurePath, GynoPrep ou coletor CellPreserv. Entretanto não fornecemos mais estes kits.
Para coletas realizadas em meio Digene:
Agitar vigorosamente a escova dentro da solução e esfregar as cerdas na parede do frasco para ajudar na liberação das células coletadas.
A escova deve vir dentro do frasco.
Fechar o frasco com firmeza para evitar vazamento.
Identificar a amostra.
 
Para coletas realizadas em meio CellPreserv e ThinPrep:
Agitar vigorosamente a escova dentro da solução e esfregar as cerdas na parede do frasco para ajudar na liberação das células coletadas.
Descartar a escova (CellPreserv e ThinPrep)
Fechar o frasco com firmeza para evitar vazamento.
Identificar a amostra.
 
Para coletas realizadas no meio Surepath e GynoPrep:
Agitar vigorosamente a escova dentro da solução e esfregar as cerdas na parede do frasco para ajudar na liberação das células coletadas.
Ainda dentro do frasco, quebrar a cabeça da escova e dispensá-la dentro do frasco.
Fechar o frasco com firmeza para evitar vazamento.
Identificar a amostra.
 
Volume Mínimo
Kit Digene: 1,0 mL (todo conteúdo do kit)
Kit ThinPrep Pap Test: 4,0 mL de solução PreservCyt.
Kit BD SurePath : 3,0 mL
Kit CellPreserv: 4,0 mL
GynoPrep: 4,0 mL
 

Volume Recomendável
Kit Digene: 1,0 mL (todo conteúdo do kit)
Kit ThinPrep Pap Test: 5,0 mL de solução PreservCyt.
Kit BD SurePath : 3,0 mL
Kit CellPreserv: 5,0 mL
GynoPrep: 5,0 mL
Conservação Apoio
Escovados de raspado de lesões ou raspado de região considerada suspeita: até 2 semanas a temperatura ambiente.
Biópsias: colocar imediatamente dentro do kit digene e manter entre -5 a -25 °C por até 30 dias.
Questionário
– Para material de biopsia é Obrigatório envio do Termo de Consentimento – Biópsias, disponível no Portal em Formulários e Questionários (Termo para transporte de amostras);
– Obrigatório pedido médico.
 
Critérios de Rejeição
Ausência da escova no tubo digene.
Apenas em casos de biópsia, pode-se receber o material sem a escova no tubo digene.
Amostras em formol ou álcool.
Amostras colhidas com escovas que não sejam a específica do kit.
Kit ThinPrep Pap Test: amostras com volume inferior a 4,0 mL de solução PreservCyt.
Kit BD SurePath : amostras com volume inferior a 3,0 mL.
Kit GynoPrep: amostras com volume inferior a 4,0 mL.
Kit CellPreserv: amostras com volume inferior a 4,0 mL.
 
Comentários
Útil no diagnóstico e acompanhamento da infecção pelo HPV. Identifica 18 tipos do HPV divididos em sondas de baixo e alto risco para neoplasia cervical. Permite a detecção de 1 pg⁄mL de DNA-HPV, equivalente a 0,1 cópia de vírus por célula. Considera-se positivo quando as relações RLU⁄PCA para os vírus do grupo A (6,11,42,43 e 44) e⁄ou RLU⁄PCB para os vírus do grupo B (16,18,31,33,35,39,45,51,52,56, 58,59 e 68) forem iguais ou maiores que 1. O teste é semi-quantitativo.

Sinonímia

HPV BAIXO E ALTO RISCO SECRECAO CERVICAL ; HPV, BAIXO E ALTO RISCO, CAPTURA HIBRIDA, DV ; HPVCAPSC

Informações Adicionais

Prazo de Entrega

10 Dias

Matarial

Diversos