SAC62 3524-7000
62 98557-6105

Notícias

Transtorno Obsessivo Compulsivo: como reconhecer os sinais?

Publicado em : 07/04/2018

Em que momento a fixação com organização, segurança e limpeza, por exemplo, pode virar um transtorno? O TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) é mais frequente do que se imagina. O que acontece é que muitas pessoas escondem por causa da vergonha ou medo de serem consideradas ‘esquisitas’.
 
O diagnóstico não é difícil. Com observação e muita conversa fica fácil entender os sintomas. 
Hoje, em cada 150 crianças no mundo, uma tem TOC. A pediatra Ana Escobar explicou porque é importante perceber os sinais desse transtorno logo no início, ainda na infância. Pesquisas mostram que quanto mais cedo se inicia o tratamento, melhor é a evolução.
 
Um exame clínico é feito para descobrir se a pessoa tem TOC. É feita uma análise dos comportamentos – o quanto é repetitivo: vezes, horas e dias. Não existe relação entre trauma e TOC. Geralmente há picos de incidência na infância e pré-adolescência, que vai até os 25 anos, em média, mas também há diagnóstico com início tardio, entre 40 e 50 anos.
 
Situações mais comuns em crianças:
  • Gostam de comer tudo separado, onde a comida não pode se misturar (normal até os seis anos, depois pode indicar TOC);
  • Dormir sempre do mesmo jeito, na mesma posição;
  • Organização dos brinquedos sempre a mesma, com uma certa ordem;
  • Ler e reler várias vezes, ou escrever, apagar e reescrever várias vezes;
  • Arrumar o material escolar de forma simétrica;
  • Não querer usar o banheiro da escola.
 
Situações mais comuns em adultos:
  • Limpeza excessiva e repetitiva;
  • Organização excessiva;
  • Pensamentos que causam incômodo.

Fonte: g1.com

Notícias

'Pensei que fosse doença da Idade Média': o novo avanço da sífilis no mundo - e no Brasil

11/04/2018

Casos de doença sexualmente transmissível aumentam em vários países; ausência de sintomas faz com que ela passe despercebida no começo; não tratada, pode causar cegueira, derrames e demência.

H1N1: devemos nos vacinar contra a gripe em 2018?

10/04/2018

“Vacina da gripe dá gripe? Precisa mesmo tomar a vacina? Já tomei no ano passado: tem que tomar de novo? Este vírus H3N2 é pior que o H1N1? ” 

Problema hormonal pode provocar a queda de cabelo

04/04/2018

A testosterona, hormônio masculino, é a principal causa de calvície. Estresse, amamentação, pós-cirurgias, deficiência de nutrientes, menopausa também podem provocar a queda de cabelo.

Os perigos para a saúde que moram no seu banheiro

31/03/2018

Desde germes em sabonetes e toalhas até riscos de acidentes, veja que precauções são indispensáveis nesse cômodo da casa.

Como se preparar para a temporada da gripe

22/03/2018

Entenda também o que é a bronquiectasia, uma doença que pode aparecer como consequência de infecções respiratórias graves.

Maioria dos pacientes com dor na lombar recebe tratamento errado, dizem estudos

21/03/2018

Condição afeta 540 milhões de pessoas em todo o mundo, concluem pesquisas publicadas no 'The Lancet'. A avaliação é de que medicamentos não deveriam ser a primeira opção.

Síndrome da Mão-Pé-Boca: o que é isso?

20/03/2018

O quadro geralmente tem início com febre, que pode ser alta. Algumas crianças chegam a apresentar mais de 39ºC de febre, o que certamente deixa os pais muito apreensivos. Essa febre pode durar de 2 a 3 dias. Importante observar que quando a febre cede, o estado geral das crianças é bom. Geralmente, elas conseguem brincar e ficam bem dispostas até a próxima elevação da temperatura.

8 dicas de saúde para mulheres

05/03/2018

Cuidados específicos ligados à higiene íntima, fertilidade e alimentação podem contribuir para desfrutar de dias mais saudáveis e tranquilos ao longo da vida.

Cardiopatia e anemia falciforme podem causar o AVC infantil

28/02/2018

A prevalência é de dois a oito casos para cada 100.000 crianças até 17 anos por ano, mas quando acontece costuma ser grave e deixar sequelas.

Qual é o seu tipo de fome?

26/02/2018

A fome é uma necessidade fisiológica de nutrientes e o corpo sinaliza a fome. O primeiro aviso vem do cérebro, seguido do estômago.