SAC62 3524-7000
62 98557-6105

Notícias

H1N1: devemos nos vacinar contra a gripe em 2018?

Publicado em : 10/04/2018

Estas e tantas outras dúvidas pairam no ar e na cabeça de muitas pessoas tão logo o outono chega e a temporada da gripe e das doenças respiratórias se intensifica. Vamos entender as principais dúvidas sobre a gripe 2018 e sua vacina.

 
Quem já tomou a vacina no ano passado deve tomar de novo? 
A vacina contra a gripe é atualizada todo ano. A Organização Mundial de Saúde ( OMS ) informa quais são os tipos de vírus que estão circulando e, com base nesta informação, as vacinas são produzidas. Assim, a cada ano, a cada nova temporada de gripe, todos devemos nos vacinar. 
 
Quais vírus estão contidos na vacina de 2018?
Há 2 vírus Influenza A (H1N1 e H3N2) e 2 vírus Influenza B. O H3N2, que causou um surto nos Estados Unidos neste último inverno, está contido na vacina de 2018.
 
O vírus H3N2 chegou aqui no Brasil?
Neste ano de 2018, no Estado de São Paulo, entre 10 de janeiro e 31 de março foram notificados 57 casos de H3N2, com 10 mortes. Importante dizer que isso não significa um surto ou motivo para alarde; mas a atenção é sempre necessária e recomenda-se que as pessoas se vacinem. Este vírus está contido na vacina de 2018.
 
Para quem a vacina está indicada? 
Os grupos que podem receber a vacina gratuitamente na rede pública são: crianças de 6 meses a 5 anos de idade; gestantes; puérperas, isto é, mães que deram à luz há menos de 45 dias; idosos; profissionais de saúde; professores da rede pública ou privada; portadores de doenças crônicas; povos indígenas e pessoas privadas de liberdade. Estes grupos necessariamente devem receber a vacina da gripe. Na rede privada, a vacina da gripe pode ser administrada para todas as pessoas. 
 
Quais são as contraindicações para a vacina da gripe?
Bebês com menos de 6 meses de idade ou pessoas com alguma contraindicação como, por exemplo, alergia grave ao ovo, não devem receber a vacina. 
 
A vacina da gripe dá gripe? Tem algum efeito colateral?
A vacina da gripe não dá gripe. É produzida por vírus mortos. Portanto, a vacina é bastante segura. O efeito colateral mais observado é um pouco de dor no local na administração. Pode também ocorrer febre e sensação de mal-estar. Os sintomas da gripe de verdade, porém, são realmente muito mais intensos.
 
As vacinas são uma das mais eficientes formas de proteção para sua saúde. 
 
Fonte: g1.com
 

Notícias

Dia Mundial Sem Tabaco: quais são os países com mais e menos fumantes?

31/05/2018

França teve queda em número dos que fumam todo dia e Brasil é exemplo de país que conseguiu redução drástica; mas há países em que mais de dois terços da população fumam; veja quais são estes e os que menos fumam.

Como se produz a menstruação e por que algumas mulheres sentem mais dor que outras

28/05/2018

Milhões de mulheres no mundo ainda sofrem com o estigma social de um processo biológico tão natural como respirar.

O ciclo menstrual é um fenômeno tão natural quanto respirar ou digerir, e acontece uma vez por mês com mais da metade da população mundial.

Cores e tipos de manchas na pele apontam para diferentes problemas

24/05/2018

O melasma tem o surgimento relacionado a fatores genéticos, hormonais e o sol. Entenda o que é o nevo congênito.

Intolerância a Lactose

14/05/2018

A lactose é o açúcar de quase todos os leites. Quando ingerimos, esta substância é quebrada em dois açúcares menores (galactose e glicose), os quais são absorvidos no intestino delgado, alcançam a corrente sanguínea e, então, são utilizadas como fonte de energia pelas células. A lactase é a enzima que faz esta quebra. A lactose não é digerida quando há deficiência parcial ou total da lactase, alcançando o intestino grosso (cólon). Desse modo, as bactérias do cólon metabolizam a lactose absorvida em gases que são responsáveis pelos sinais e sintomas da intolerância à lactose.

Dez coisas que você precisa saber sobre ADOLESCÊNCIA E MENSTRUAÇÃO

04/05/2018

Enurese (xixi na cama)

30/04/2018

A enurese é definida como perda involuntária de urina durante o sono em crianças com mais de cinco anos. Fazer xixi na cama é uma situação que acomete mais meninos do que meninas e gera muitos transtornos, tanto para a criança quanto para a família.

Dez coisas que você precisa saber sobre HIRSUTISMO

24/04/2018

'Pensei que fosse doença da Idade Média': o novo avanço da sífilis no mundo - e no Brasil

11/04/2018

Casos de doença sexualmente transmissível aumentam em vários países; ausência de sintomas faz com que ela passe despercebida no começo; não tratada, pode causar cegueira, derrames e demência.

Transtorno Obsessivo Compulsivo: como reconhecer os sinais?

07/04/2018

O diagnóstico não é difícil. Com observação e muita conversa fica fácil entender os sintomas.

Problema hormonal pode provocar a queda de cabelo

04/04/2018

A testosterona, hormônio masculino, é a principal causa de calvície. Estresse, amamentação, pós-cirurgias, deficiência de nutrientes, menopausa também podem provocar a queda de cabelo.