SAC62 3524-7000
62 98557-6105

Notícias

Depressão e preguiça: como diferenciar?

Publicado em : 09/09/2017

Muita gente confunde preguiça e depressão. Entretanto, quando a preguiça pode ser um sinal de depressão? O psiquiatra e consultor Daniel Barros explicou essa diferença. A psicóloga especialista em neuropsicologia e desenvolvimento profissional Maitê Lourenço falou sobre a relação trabalho, estresse e depressão.
Na depressão não há graça em fazer as coisas – o que é bom fica indiferente, o que é indiferente fica ruim e o que é ruim fica intolerável. Isso porque a doença altera o entendimento sobre as coisas. Já a preguiça surge por outros motivos: a pessoa é calma e parece que é preguiçosa, ela precisa descansar, tem algum distúrbio do sono, problemas na tireoide.
A depressão tem um ciclo que se repete: ‘eu não faço nada, eu não tenho vontade’. Para interromper esse ciclo, é importante tentar fazer um pouquinho gradualmente, antes mesmo de ter vontade. Não espere a vontade vir para fazer. O fazer vem antes da vontade e é ele que quebra o ciclo.
 
Excesso de atividades
Outra coisa que pode levar a depressão é o excesso de atividades. Para conseguir olhar para a própria rotina e entender se está tudo bem, existe uma técnica simples que ajuda a diagnosticar e até tratar a depressão: o quadro de atividades.
A ideia é descrever em uma agenda semanal tudo o que está fazendo. A partir daí o objetivo é tentar equilibrar as atividades que dão prazer e as obrigações. Para dar certo é preciso colocar tudo desde a hora que acordou até a hora que foi dormir.
Depois de preencher o quadro, é hora de colocar estrela em tudo que dá prazer e um martelinho em tudo o que é obrigação ou realização. Se no final tiver mais obrigações do que prazer, o caminho é se presentear com momentos mais leves, de descontração.
 
Fonte: g1.globo.com
 

Notícias

Qual é a dose certa de sal para saúde?

19/09/2017

Quando abusamos do sal, o corpo manda alguns sinais de que exageramos. São eles: sede, pressão alta, inchaço e ganho de peso imediato.

Entenda o que é a fibromialgia, síndrome da cantora Lady Gaga

16/09/2017

A Síndrome da Dor Generalizada atinge 5% da população mundial -- quase 3% dos brasileiros -- e principalmente as mulheres. Ocasiona dores fortes em todo o corpo e por longos períodos, causando grande sensibilidade em articulações, músculos e tendões.

Sífilis: mal que voltou a crescer em todo o mundo

14/09/2017

A falta do uso de preservativo nas relações tem causado o aumento da sífilis e outras doenças sexualmente transmissíveis entre jovens de todo o mundo. A sífilis é uma doença sexualmente transmissível (DST) causada pela bactéria Treponema pallidum. Pode ser assintomática ou se manifestar em três fases, como um nódulo endurecido nos genitais (sífilis primária), manchas na pele (sífilis secundária) e, em casos graves, chegar ao sistema nervoso central causando quadros de demência (sífilis terciária). Além disso, gestantes com sífilis não tratada podem transmitir a doença para seus bebês, que têm o risco de nascer com problemas de audição, visão e outras alterações graves de sistema nervoso central, a chamada sífilis congênita.
 

Anemia pede atenção em todas as faixas etárias

11/09/2017

Caracterizada pela deficiência de ferro, a anemia acomete cerca de 20% a 30% da população mundial (cerca de 2 bilhões de pessoas). Segundo dados da Organização Mundial da Saúde – OMS, das dez principais causas de agravo à saúde da população geral, a DFe corresponde a 6ª causa nos países em desenvolvimento e a 10ª causa nos países desenvolvidos.

SUS incorpora medicamento para tratamento de microcefalia

04/09/2017

Levetiracetam trata convulsões relacionadas às anomalias causadas pelo vírus da zika.

Dez Passos para Parar de Fumar: Encontre substitutos saudáveis

31/08/2017

Fumar não é um hábito. O tabagismo é uma doença crônica que causa mais de 50 outras patologias. Na série de matérias com um passo a passo em dez etapas para ajudar a deixar o tabaco de lado, a plataforma Saúde Brasil ressalta o quinto tópico, comentado pela médica pneumologista Cristina Cantarino, Coordenadora do Centro de Tratamento de Tabagismo do Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA).

Dez mitos e verdades sobre a calvície e a queda de cabelos

29/08/2017

Será que cortar o cabelo fortalece o fio e previne a queda? 

SUS inclui medicamento anti-HIV na lista de remédios essenciais

28/08/2017

Dolutegravir passa a constar na lista de compostos que não podem faltar no Sistema Único de Saúde. Lista também incluiu adesivo para o mal de Alzheimer.

Pessoas com mais de 40 anos devem fazer teste para hepatite C, diz campanha

25/08/2017

Campanha para diagnóstico precoce de hepatite C alerta para a necessidade de exames nessa população. Segundo dados do Ministério da Saúde, 1,5 milhão de pessoas não sabem que têm o vírus.

Citomegalovirus: Devemos nos preocupar?

21/08/2017

O citomegalovírus (CMV) é um vírus da família dos herpes vírus. A infecção por CMV é comum e normalmente inofensiva. Uma vez que o CMV está no corpo de uma pessoa, ele permanece lá para o resto da vida.